Palestrante José Hipolito

  • Published on
    25-Jul-2015

  • View
    48

  • Download
    1

Embed Size (px)

Transcript

<ul><li><p>Jos HiplitoConsultoria e implantao de projetos de Gesto Estratgica de Pessoas</p></li><li><p>PErfil</p><p>Jos Hiplito referncia na consultoria e implantao de projetos de Gesto Estratgica de Pessoas.</p><p> apontado como um dos mais renomados especialistas em Gesto e remunerao por Competncias e De-sempenho. Essa posio de referncia foi desenvolvi-da ao longo de 20 anos de carreira como consultor de grandes empresas. Doutor em Administrao pela Universidade de so Paulo (UsP), professor em diver-sos cursos de Ps Graduao, especialmente naqueles ministrados pela Fundao Instituto de Administrao (FIA), Hiplito transita com facilidade por diversos cam-pos e setores de atuao, trazendo em seu portflio as maiores empresas do Brasil. </p><p> autor de obras que so adotadas em universida-des de todo o pas, entre elas a participao e autoria de diversos livros e artigos.</p></li><li><p>liVros pUBliCADoS</p><p> autor de obras que so adotadas em universidades de todo o pas, entre elas a participao e autoria de diversos livros e artigos</p></li><li><p>PalEstrasa linguagem acessvel e o contedo visionrio so diferenciais do palestrante, que dialoga es-pecialmente com os pblicos: de lideranas a equipes de recursos Humanos. </p><p>Jos Hiplito acredita que no existem solues universais para atender s necessidades de to-das as organizaes e utiliza sua experincia para encontrar os caminhos mais adequados para os desafios de cada empresa, com prti-cas e contedo customizados. </p></li><li><p>1) GeSto eStrAtGiCA De peSSoASO discurso de que as pessoas so o maior ativo de uma Organizao e que, portanto, deve-se gerenci-las de forma estratgica est presente em grande parte do mundo corporativo. No entanto, na maioria das situaes, percebe-mos um grande distanciamento entre discurso e prtica. Em primeiro lugar, pela banalizao da palavra estratgia, que vem sendo utilizada para designar ini-ciativas de abrangncia ttica e, por vezes, operacional. Em segundo, porque para gerenciar algo estrategicamente necessrio pensar estrategicamente, de-senvolver uma estratgia e elaborar instrumentos para coloc-la em prtica no entanto, so raras as situaes em que esses elementos podem ser percebidos com nitidez. Nesta palestra Hiplito discursa sobre o significado da Gesto Estratgica de Pessoas, os instrumentos necessrios para suport-la, bem como exemplos de situaes em que se trabalha a Gesto de Pessoas de forma inte-grada e estratgica.</p><p>2) remUnerAo e reCompenSAS em AmBienteS CompetitivoS Foco de pesquisa de Hiplito em seus trabalhos de Mestrado e Doutorado e de diversos trabalhos de consultoria, a palestra aborda os aspectos crticos para uma Gesto Estratgica de Remunerao e Recompensas que considere todas as suas dimenses: a remunerao fixa, a remunerao varivel e as recompen-sas no financeiras.</p><p>alGUNs temAS</p></li><li><p>3) GeSto por CompetnCiAInmeros so os percalos e dificuldades enfrentados para uma efetiva implan-tao da Gesto por Competncias. Falta de clareza sobre as limitaes e po-tencialidades do conceito; abordagens frgeis e experimentaes inconsistentes tm levado ao questionamento e, mesmo, a resistncias aplicao da Gesto por Competncias em inmeras realidades corporativas.</p><p>Esta palestra tem como objetivo apresentar de forma objetiva e clara as condi-es necessrias para uma efetiva implantao do conceito de competncias como elemento integrador dos diversos processos de RH e como elemento cen-tral para a elaborao e efetivao de uma Gesto Estratgica de Pessoas.</p><p>4) GeSto De DeSempenHoA sofisticao do ambiente e a crescente expectativa sobre a atuao e contri-buio dos profissionais para a consecuo dos resultados, tm levado as Or-ganizaes a introduzirem, simultaneamente, diversos instrumentos para induzir, monitorar, orientar e aferir o desempenho de seus colaboradores e equipes.</p><p>Ao mesmo tempo em que esses instrumentos podem constituir-se em ferramenta determinante para o alcance de resultados, a falta de clareza sobre seu fun-cionamento, sobre suas diferenas e aplicaes, pode levar perda de foco e dificuldades para a efetivao da Gesto de Desempenho. Esta palestra procura preparar os participantes para compreenderem as diversas dimenses e instrumentos para anlise e gesto do Desempenho de modo a que possam avaliar criticamente suas experincias e instrumentaliz-los para utilizarem de forma adequada as solues implantadas em suas Organizaes. </p><p>alGUNs temAS</p></li><li><p>5) GeSto De peSSoAS em orGAnizAeS pBliCASUm dos grandes pecados que se pode cometer nas Organizaes considerar que uma experincia de sucesso, obtida em determinado contexto e sob certas condies, pode ser reproduzida com resultados semelhantes em outros contex-tos. Com esta afirmao colocamos em dvida a eficincia das chamadas best practices, que, ao invs de se configurarem apenas como uma base para a reflexo e como ponto de partida para a formulao de solues especficas cada contexto, so empacotadas como nico caminho vlido para o alcance de resultados.</p><p>Essa constatao ganha em expresso quando analisamos a realidade das organizaes pblicas que, por inmeras vezes, sofreram as consequncias da tentativa de implantao de solues inadequadas sua realidade. Mais do que nunca, torna-se necessrio s Organizaes Pblicas observarem cau-telosamente seu contexto, respeitarem suas caractersticas e assumirem as van-tagens e limitaes que sua condio traz Gesto de Pessoas. A partir de um amplo repertrio de experincias em Organizaes Privadas e Pblicas, o palestrante trar luz questes essenciais para a Gesto de Pessoas no Setor Pblico.</p><p>alGUNs temAS</p></li><li><p>momentoS</p></li><li><p>CONTATO COMERCIAL DMT Palestras | palestras@dmtpalestras.com.br R. Desembargador Jorge Fontana, 80/511 Belvedere | Belo Horizonte MG+55 (31) 4141-3931 | +55 (31) 2537-5469</p></li></ul>