TDC Floripa 2016 - Modelagem de Negócio: Preparando a Organização para a Mudança

  • Published on
    23-Jan-2017

  • View
    156

  • Download
    0

Embed Size (px)

Transcript

  • Rafael Targino

  • Rafael Targino

    Mestre em Engenharia de Sistemas e Computao

    COPPE/UFRJ

    Business Architect na Governana Brasil

    Professor Universitrio e de Ps-Graduao

    na Unicarioca e na PUC-Rio

    Professor-Tutor nos cursos EAD da FGV Online

    @rafatargino

    br.linkedin.com/in/rafaeltargino

    pt.slideshare.net/rafaeltargino2

    http://www.architectonics.com.br/

    http://www.architectonics.com.br/

  • A ORGANIZAO EST EM CONSTANTE

    MUDANA

    COMPLEXIDADE

    ADAPTAO

  • PROCESSO CONSTANTE DE TRANSFORMAO11

    mtodos geis enterprise architecture

    1

  • ANLISE ESTRATGICAANLISE DE NEGCIO

  • Como fazer analise de negocio sem conhecer o negocio como um todo?1

    Como tomar deciso de qual projeto priorizar sem ter uma ideia de onde se quer chegar?

    2

  • UTILIZAO DE MODELOS

  • O QUE MODELAGEM DE NEGCIO

    Processos de Negcio

    ?

    Requisitos

    Cadeia de Valor

    Regras de Negcio

    Funes de Negcio

    Modelo de Negcio

    Papis

    Produtos e Servios

    Sites e Localizaes

    Organograma

  • A ORGANIZAOOPERA EM SILOS

    - from -NOW?

  • DE ZACHMANFRAMEWORK

    Estratgia

    Arquitetura do Negcio

    Arq. de Aplic.

    Arquitetura Tecnolgica

    Arq. de Info

  • NOS MAIS VARIADOS NVEIS DE ABSTRAOMODELOS INTERCONECTADOS

  • Um modelo sobre outros modelosMetamodelos para conectar Modelos

  • AtividadeProcesso

    decomposto em

    Metamodelos para conectar Modelos

    Evento

    interligada em

    Raia

    organizada em

    inicia

    Metamodelo:

    Modelo:

  • CONSTRUA O METAMODELO

    Defina os Principais Conceitos que faro parte

    da sua Arquitetura de Negcio

    Mapeie o Glossrio de Negcio

    Regras de Negcio so mais importantes

    que Processos

    Comece Simples

    2

  • Termos de Negcio

    Palavras simples e compostas que so geralmente

    usadas em contextos especficos, como por exemplo, o

    ambiente de negcio de uma empresa.

    Uma terminologia um conjunto de termos de uma

    linguagem, aplicados a um domnio especfico,

    descrevendo elementos, ou interaes entre

    elementos.

    Possui relacionamentos entre si de:

    Sinnimos

    Antnimos

    Homnimos

    Fonte:Slides do Curso de Regras de Negcio Prof. Pereira Neto (PUC-Rio)

  • Uma interao (ligao, relacionamento) um fenmeno da natureza

    que envolve dois ou mais termos e representa aes de elementos

    sobre outros elementos;

    Fatos de Negcio

    Um Fato sempre verdadeiro!

    Fonte:Slides do Curso de Regras de Negcio Prof. Pereira Neto (PUC-Rio)

  • Mapa Conceitual Termos + Fatos de Negcio

    Fonte:Slides do Curso de Regras de Negcio Prof. Pereira Neto (PUC-Rio)

  • Uma Proposta de Metamodelo para Arquitetura de Negcio

    Termo

    Fato

    origem de

  • Regras de Negcio

    uma regra que define ou restringe algum aspecto do

    negcio.

    As regras de negcios so destinadas a afirmar a

    estrutura de negcios ou controlar ou influenciar o

    comportamento do negcio.

    As regras de negcios descrevem as operaes,

    definies e restries de uma organizao

    Uma regra de negcio ir restringir um fato de

    negcio

  • Uma Proposta de Metamodelo para Arquitetura de Negcio

    Termo

    Fato

    origem de

    Regra de Negcio

    restringido por

    Processo

    interligada em

    so utilizadas em

    Atividade

    organizado em

  • Cadeia de Valor

  • Uma Proposta de Metamodelo para Arquitetura de Negcio

    Termo

    Fato

    origem de

    Regra de Negcio

    restringido por

    Processo

    interligada em

    so utilizadas em

    Atividade

    organizado em

    Macroprocesso

    decomposto

    Item da Cadeia de Valor

    possui

  • Uma Proposta de Metamodelo para Arquitetura de Negcio

    Termo

    Fato

    origem de

    Regra de Negcio

    restringido por

    Processo

    interligada em

    so utilizadas em

    Atividade

    organizado em

    Macroprocesso

    decomposto

    Item da Cadeia de Valor

    possui

    Requisitos de Negcio

    Produto e Servios

    so definidos por

  • Uma Proposta de Metamodelo para Arquitetura de Negcio

    Termo

    Fato

    origem de

    Regra de Negcio

    restringido por

    Processo

    interligada em

    so utilizadas em

    Atividade

    organizado em

    Macroprocesso

    decomposto

    Item da Cadeia de Valor

    possui

    Requisitos de Negcio

    Produto e Servios

    so definidos por

    Requisitos de Software

    so detalhados em

    Casos de Uso

    Histrias de Usurio

    um tipo deutilizam

    apoiada por

  • Uma Proposta de Metamodelo para Arquitetura de Negcio

    Termo

    Fato

    origem de

    Regra de Negcio

    restringido por

    Processo

    interligada em

    so utilizadas em

    Atividade

    organizado em

    Macroprocesso

    decomposto

    Item da Cadeia de Valor

    possui

    Requisitos de Negcio

    Produto e Servios

    so definidos por

    Requisitos de Software

    so detalhados em

    Casos de Uso

    Histrias de Usurio

    um tipo deutilizam

    apoiada por

    Business Capability

    necessita de

    Ativo Organizacional

    Competncias Papel

    so desempenhadas por

    Localizao Equipamento Patrimnio

    um tipo de

  • EXPLORE O METAMODELO3

    CATLOGOS

    MATRIZES

    DIAGRAMAS

  • Vista Orgnica de um Sistema X

    Apresenta os elementos que compem o sistema X numa

    lgica orgnica hierrquica

    Vista Orgnica

    Sistema X

    Fonte: Apresentao Dr. Pedro Souza. Instituto Superior Tcnico Lisboa

  • Vista Orgnica de um Sistema X - Exemplo

  • Vista de Contexto de um Sistema X

    Viso dos elementos externos ao Sistema que tem

    dependncias diretas com o sistema

    Vista de Contexto

    Sistema X

    Fonte: Apresentao Dr. Pedro Souza. Instituto Superior Tcnico Lisboa

    X

  • Vista de Contexto de um Sistema X - Exemplo

  • Vista de Integrao de um Sistema X

    Viso das dependncias dos elementos internos do

    sistema com os elementos externos

    Sistema X

    Fonte: Apresentao Dr. Pedro Souza. Instituto Superior Tcnico Lisboa

    Vista de Integrao

  • Vista de Integrao de um Sistema X - Exemplo

  • PROCESSO CONTNUO DE ORGANIZAO DOS MODELOS4

  • Rafael TarginoPerguntas?

    @rafatargino

    br.linkedin.com/in/rafaeltargino

    pt.slideshare.net/rafaeltargino2

    http://www.architectonics.com.br/

    http://www.architectonics.com.br/