09 newsletter fevereiro 2008

  • Published on
    14-Aug-2015

  • View
    24

  • Download
    4

Embed Size (px)

Transcript

<ol><li> 1. FEVEREIRO 2008Terra Roxa recebe comitiva alemEntre os dias 14 e 15 prximos, a Terra Roxa Desenvolvimento recebeu mais umacomitiva de empresrios rurais da Alemanha. Eles chegaram ao Brasil dia 11 parauma srie de compromissos por vrios Estados do pas. O foco de interesse dogrupo foi a produo de cana-de-aucar e agroenergia. </li><li> 2. No Paran, atendendo a convite da Terra Roxa Desenvolvimento, a comitiva,composta por 33 empresrios rurais, visitou a Usina Vale do Iva, em So Pedrodo Iva. Alm da unidade industrial, eles tambm conheceram as lavouras decana-de-aucar da usina.Alm de conversar com empresrios, o grupo tambm ouviu uma palestra,proferida por Sandy Schler, da rea de contatos internacionais da Terra RoxaDesenvolvimento sobre o trabalho que realiza e os potenciais econmicos doNorte do Estado.Divulgando o Norte do EstadoFernando Kireeff, presidente da Terra Roxa, avalia a vinda dos empresrios comoaltamente positiva, especialmente, por ser um caminho para divulgar o Norte doParan. So empresrios que multiplicam as informaes que levam daqui.Ano passado, tambm por intermdio da Terra Roxa, outro grupo de alemesesteve na regio. Um dos integrantes da comitiva na poca, Gerhard Ammon,retornou vrias outras vezes e discute a instalao, na regio, de uma empresa doramo de mineralizao de resduos urbanos.O ano da atrao de investimentosChegar ao final de 2008 com atraes pr-ativas de atrao de investimentos.Esta a meta da Terra Roxa Desenvolvimento para este ano, traada aps umaampla avaliao e concluso de que a agncia j est madura para dar estepasso. Fizemos um trabalho de base, informando empresrios, instituies epopulao sobre o nosso trabalho e nossos objetivos. J estamos prontos paraavanar, avalia o diretor executivo da agncia Flvio Vicente.Abaixo, as principais aes planejadas para o ano:1. Ao com empresas ncoras Empresas com escala ou tecnologia diferenciada que justifique areunio da cadeia atravs de empresas satlites.2. Ao com Clusters Atrao de empresas do mesmo ramo ligadas a umsegmento/cadeia representativo da regio.3. Ao atravs das vocaes regionais </li><li> 3. Busca de empresas que podem se beneficiar das vantagenscompetitivas intrnsecas da regio.4. Ao de Busca de Oportunidades Ateno a informaes sobre empresas em expanso. Misso de Prospeco interna Misso de Prospeco externa5. CIN (Centro Internacional de Negcio) Estreitar os laos com o CIN sendo a referncia regional deinformaes para misses estrangeiras, buscando uma parceria pararepresentar regionalmente o Centro.6. Publicao NORTHERN PARANA - 1OO Reasons to invest here Contactar potenciais parceiros para lanamento em Junho de 2008.7. Projeto de resduos urbanos em Apucarana Acompanhamento e aprofundamento das aes e parceiras.8. Ampliar a receita financeira da TRI. Busca de novos associados entre prefeituras, entidades e empresasprivadas. Criao de projetos e prestao de servios que gerem receita paraa TRI.Diretores estabelecem prioridadesAlm das aes citadas acima, outras 14 foram listadas comocomplementares, e que daro suporte s aes prioritrias. Tambm foramestabelecidas as prioridades para o ano.Abordar as empresas consideradas ncoras na regio uma iniciativa quej comea a sair do papel. A inteno, informa o presidente da Terra Roxa,Fernando Kireeff, mostrar aos empresrios destas grandes empresas que aagncia pode ser sua aliada e juntas, podem favorecer o desenvolvimento de todaa regio.Kireeff lembra que ao tomar conhecimento das necessidades de mo-de-obrae servios terceirizados destas empresas ncoras, possvel agir para atrair regio empresas ligadas aos segmentos abordados. Ele destaca que a meta doano tornar as aes da Terra Roxa mais concretas. </li></ol>