4ª Edição - Revista Catavento

  • Published on
    22-Mar-2016

  • View
    225

  • Download
    9

DESCRIPTION

4 Edio da Revista Catavento - produzida pela Fundao Educar DPaschoal para compartilhar notcias sobre educao, cidadania e voluntariado

Transcript

<ul><li><p>CataventCatavento</p><p>dezembro/janeiro de 2012/13</p><p>Voc faz parte de nossas conquistasEdio especial, traz o que a Fundao Educar, atravs de seus projetos e parcerias, fez no ano de 2012.</p></li><li><p>2 | Catavento dezembro/janeiro</p><p>editorial</p><p>Uma Catavento diferente!</p><p>Esta uma publicao bimestral das empresas do Grupo DPaschoal sobre as prticas de sustentabilidade, Educao e responsabilidade. Produo de texto: Fundao Educar Dpaschoal; Reviso de texto: Katia rossini; Projeto grfico: BJ Carvalho (FocoEditorial); Coordenao: simone B. santos; tiragem: 4.200; Impresso: Citygrfica.</p><p>Papel certificado</p><p>Esta edio da Catavento especial, ela conta para voc e sua famlia um pouco de tudo o que a Fundao Educar, atravs de seus projetos e parcerias, fez no ano de 2012.</p><p>No importa como cada um de ns entende a Fundao Educar, se pelos livros distribudos, pelos jovens da Academia ou pelas aes de voluntariado - O fato que a Fundao Educar tudo isso e muito mais.</p><p>A Educar o investimento social do Grupo DPaschoal, que tem o propsito de promover a educao como ferramenta para transformar nossas vidas, e com o esforo de cada um de ns que podemos prosseguir com estas iniciativas.</p><p>Por isso, esta edio foi a forma que encontramos para prestar contas e agradecer a cada um de vocs pela dedicao e o comprometimento com a empresa que nossa mantenedora.</p><p>Convidamos a todos, tambm, para que se sintam parte de tudo o que fazemos. </p><p>Deem suas opinies, crticas e sugestes.</p><p>Muito obrigada, e Feliz 2013 para voc e seus familiares!</p><p>Isabela Pascoal BeckerFundao Educar DPaschoal</p><p>Fale Conoscose voc tem alguma sugesto, comen-</p><p>trio, ou sabe de algum exemplo de boas prticas, compartilhe conosco. Escreva para fundacao@educardpaschoal.org.br</p></li><li><p>Catavento dezembro/janeiro | 3</p><p>Academia Educar</p><p>Em agosto, a Fundao Educar realizou uma gincana para conseguir reencontrar alunos que j participaram da Academia Educar ao longo destes 23 anos de histria.</p><p>Para participar da gincana, responderam a uma pesquisa, para mapear os principais benefcios, percebidos por eles, resultantes da vivncia na academia. A turma com o maior nmero de inscritos ganhou, e recebeu uma linda festa de confraternizao. Confiram alguns dos resultados</p><p> DNmero de respondentes: 132 DTurma com o maior nmero de ex-alunos inscritos: 1996</p><p>Muitas histrias para contar </p><p>Foram anos de grandes descobertas no campo do conhecimento. Tive a certeza que sonhar possvel e, mais que sonhar, colocar em prtica tudo aquilo em que acredito. [...] sem contar as grandes amizades que foram criadas [...].</p><p>H 23 anos desenvolvendo jovens para gerar impacto positivo!</p><p>Resultados em 2012</p><p>Nmero de escolas pblicas envolvidas: </p><p>Nmero de jovens que concluram o programa: dentre 100</p><p>Jos Edcler da Silva Brito: estudou na Fundao em 1996 e 1997. Trabalhou por 5 anos na Daterra.Formado e ps-graduado em cincias contbeis.</p><p>Ao voltarem das frias, os jovens da Academia Educar recebem um novo desafio: pesquisar sobre um determinado pas, sua cultura e, assim, expandir sua viso do mundo. </p><p>O lado emocionante disso tudo apresentar o resultado para um banca julgadora composta por voluntrios do Grupo DPaschoal. E, alm das informaes sobre histria, os alunos devem levar um nativo do pas, servir comida e bebida tpica, apresentar uma dana tradicional e curiosidades. </p><p>Conhecendo o Mundo</p><p>20</p><p>74</p></li><li><p>Mario Sergio Cortella: filsofo, mestre e doutor em educao pela PUCSP, e Luis Norberto Pascoal</p><p>4 | Catavento dezembro/janeiro</p><p>Sonho, utopia e atitude proativa</p><p>V I I I E n c o n t r o d e E d u c a o e P a r t i c i p a o</p><p>Como diziam os antigos: o impossvel no um fato, apenas uma opinio , esta foi a reflexo trazida pelo prof. dr. Mario Sergio Cortella para mais de 150 educadores da rede pblica de Campinas, durante o VIII Encontro Educao e Participao, organizado pela Fundao Educar.</p><p>Para essa discusso, Cortella trouxe o tema Utopia e sonho: O sonho nosso indito vivel, algo que ainda no , mas pode ser.</p><p>E completou citando so Bento e sua regra 34, da Ordem dos Beneditinos: [...] proibido resmungar. Resmungo aquele que, ao invs de acender a vela, fica amaldioando a escurido. O otimista tem trabalho, levanta e faz!</p><p>O Encontro Educao e Participao acontece para promover a escola como espao cidadania e valorizar os educadores, um despertar para reflexes sobre nossos sonhos e o comportamento proativo voltado a torn-los realidade.</p><p>Na academia, os jovens tambm montam uma agncia de jornalismo, para compartilhar com sua escola e as famlias o que acontece na Academia Educar. Dividimos com vocs um trecho desse jornal. Ser jovem, por Lucas Paschoa, de 15 anos:</p><p>N o tema Integrao, foram realizadas ativi-dades para que os jovens aprendessem a se valorizar, reconhecer o seu valor na sociedade e tambm para que estimulassem a comunicao e mos foi Defendendo os sonhos, onde os jovens aprenderam a no destruir os sonhos alheios.tir sobre o que cada um traz em si, suas opinies, vontades e sonhos, respeitando assim os dos nossos companheiros.Nayara Almeida Rocha 13 anos</p><p>EMEF Prof Clotilde Barraquet von Zuben</p><p>Ano 3 / N 6 Maio/Junho 2012</p><p>A Academia Educar busca prepa-rar lderes juvenis, que possam mudar o mundo com suas atitu-des. As atividades propostas pelos moni-tores, chamadas dinmicas, tm como objetivo despertar valores em cada um e, assim, o conhecimento vai se multipli-cando sucessivamente.Com essas dinmicas, o senso de hu-manidade desperta em cada jovem, tor-nando-o melhor e com um jeito diferente de ver o mundo, com mais solidariedade e amor ao pr-ximo.As coisas que parecem banais do nosso cotidiano so valorizadas e trazem valores aos aprendizes.O tema que levamos na camisa apresenta a seguin-te frase: Os incomodados que mudem o mundo!, e transmite muitos valores, como liderana, resilincia, </p><p>protagonismo, os quais a Academia traz com foras </p><p>juvenis, de um jeito simples, porm que possa mudar </p><p>o mundo realmente.</p><p>Thalita Silva Ferreira de Lima 13 anosE.E. Norberto de Souza Pinto</p><p> racudE aimedacA a e</p><p>uq serolav sO </p><p>desperta em ns</p><p>Integrao</p><p>Ano 3 / N 7 agosto/setem</p><p>bro 2012</p><p>Dando uma fora</p><p>A importncia dos pai</p><p>s na vida </p><p>escolar dos lhos</p><p>O</p><p>O incentivo ao protago</p><p>nismo juvenil tem um</p><p>a grande impor-</p><p>tncia para a escola,</p><p> porque a partir da</p><p> que expandimos </p><p>todo o conhecimento</p><p> que adquirimos e de</p><p>senvolvemos na </p><p>Academia. uma at</p><p>itude direcionada n</p><p>o s escola, mas </p><p>tambm para qualqu</p><p>er lugar pelo qual pas</p><p>semos no futuro. </p><p>Um pequeno incenti</p><p>vo, principalmente d</p><p>os pais, pode </p><p>fazer uma grande dif</p><p>erena, pois, a cada n</p><p>ovo conhecimen-</p><p>to nasce uma ideia, e</p><p> cada ideia uma op</p><p>ortunidade para </p><p>cada jovem tomar inic</p><p>iativas para melhora</p><p>r nossa realidade. </p><p>Ento um viva! para</p><p> todos os jovens que</p><p>, hoje, fazem a </p><p>perder sua essncia </p><p>e seu protagonismo</p><p>, construindo um </p><p>novo mundo para o </p><p>futuro.</p><p>No espere, faa a su</p><p>a parte.Iara Silva R</p><p>odrigues 13 anos</p><p>E.E. Prof. Luiz Gonzaga</p><p> Horta Lisboa</p><p> muito importante</p><p> que os pais compr</p><p>eendam a </p><p>responsabilidade de</p><p> educar, conversar, ex</p><p>plicar, ensi-</p><p>nar a conviver e a res</p><p>peitar o prximo.</p><p>A escola e os pais dev</p><p>em estar sempre cam</p><p>inhando </p><p>juntos, para que, ju</p><p>ntos, obtenham um</p><p> resultado </p><p>famlia, a famlia preci</p><p>sa da escola.</p><p> necessrio que os </p><p>pais participem das </p><p>reunies </p><p>e que, sempre que fo</p><p>r possvel, faam um</p><p>a visitinha </p><p>anda o aprendizado</p><p> da criana ou do ado</p><p>lescente. </p><p>Os pais ou respons</p><p>veis so e sempre </p><p>sero as </p><p>assim, de extrema</p><p> importncia que h</p><p>aja dilogo, </p><p>respeito e compree</p><p>nso, no apenas e</p><p>ntre pais e </p><p>Sempre acompanhe</p><p>i a vida escolar das </p><p>minhas </p><p>importante saber c</p><p>omo esto se dese</p><p>nvolvendo, </p><p>apoiar e orientar qu</p><p>ando necessrio. </p><p>Santana Alves Me</p><p>Estella Maria 14 an</p><p>os </p><p>EMEF Dr. Edson Lus </p><p>Chaves</p><p>Mudando o Mundo </p><p>Mas a resposta est por virE eu consigo enxergar.A resposta est na juventude.Temos que acreditar.</p><p>Ser</p><p> jo</p><p>vem</p><p>Lucas Paschoa 15 anos</p><p>Academia Educar</p></li><li><p>Catavento dezembro/janeiro | 5</p><p>Durante o ano, jovens da Academia Educar recebem dois desafios: o Osis e o Projeto na Escola.Nas duas situaes, so convidados a descobrir um sonho possvel de sua escola e transform-lo em realidade. </p><p>Alm de revitalizar espaos fsicos e promover aes de conscientizao, o empenho dos jovens em captar recursos, mobilizar pessoas e fazer acontecer um sonho comum um imenso aprendizado e exemplo de atitude! </p><p>Colaboradores do Grupo DPaschoal tambm arregaaram as mangas e contriburam para a construo desses sonhos.</p><p>O resultado sempre grandioso; volto pra casa com a certeza de ter aprendido mais do ensinado -- os jovens so timos para isso. O sentimento de felicidade; o mais legal fazer parte de uma transformao brincando, dando risada e conhecendo pessoas novas (Aline Sirotto, colaboradora da DPaschoal).</p><p>Osis e Projeto na EscolaJovens da Academia Educar transformam sonhos na mais pura realidade!</p><p>Os jovens que se destacam no Programa Academia Educar so convidados para atuar como monitores da turma do ano seguinte e, como parte do processo de desenvolvimento, participam de uma semana de estgio nas reas de apoio, ou em alguma empresa parceira. Vejam s os dois lados desta experincia:</p><p>Experincia proFIssional</p><p>Sua vontade de aprender, postura profissional e desenvoltura para se relacionar com pessoas ficaram no somente como destaques, mas tambm como exemplos para ns, profissionais barbados.</p><p>Diego Suzuki - Estdio Azul DPaschoal</p><p>Aprender e conviver foram palavras-chave para o que passei; o obrigado que resume tudo o que preciso dizer, por mim e por todos os muitos jovens que cresceram muito graas Academia Educar!.</p><p>Lucas Paschoa - 15 anos, monitor da Academia Educar 2012</p><p>Academia Educar</p></li><li><p>6 | Catavento dezembro/janeiro</p><p>O projeto da Fundao Educar, para nossa escola, tem sido muito significativo e importante. Atravs desta parceria, percebo que os alunos desenvolvem mais suas capacidades de serem realmente protagonistas de suas histrias; e ainda se tornam cidados responsveis e conscientes, homes e mulheres de bem. </p><p>A Academia Educar valoriza os representantes das escolas que apoiam os alunos. Para mant-los informados e tambm inspir-los, levamos convidados, como a contadora de histria Cristina Lazaretti, que ensinou novas formas de contao de histrias, e o psiclogo Ivan Capelatto, que falou sobre o comportamento dos adolescentes. Mas o mais emocionante foi o ltimo encontro do ano, quando os jovens fizeram uma homenagem aos educadores.</p><p>Catavento de ideiasEncerramento Catavento de ideias</p><p>A importncia da famliaUm recado de filha para os pais</p><p>A importncia da famlia na vida dos filhos evidente. Os prprios filhos afirmam: Um pequeno incentivo, principalmente dos pais, pode fazer uma grande diferena, pois, a cada novo conhecimento, nasce uma ideia, e cada ideia uma oportunidade para cada jovem tomar iniciativas para melhorar nossa realidade.</p><p>Iara Rodrigues 13 anos, participante da Academia Educar 2012</p><p> O espetculo de final de ano foi uma grande e merecida homenagem aos pais, pois, quanto maior o envolvimento, maiores os benefcios.</p><p>Academia Educar</p><p>Mylenne Moreira Santos, orientadora pedaggica do EMEF Padre Domingos Zatti.</p></li><li><p>Catavento dezembro/janeiro | 7</p><p>Trote da Cidadania</p><p>Reconhecendo iniciativas de trote solidrio e estimulando universitrios para prticas empreendedoras. </p><p> projetos</p><p>13 estados brasileiros (MG, ES, RJ, PR, SP, BA, DF, GO, PB, PE, PI, RO, SC)</p><p>Entre celebrar a entrada na universidade e gerar impacto positivo na sociedade, fique com as duas coisas. </p><p>Confira dois cases empreendedores de recepo aos calouros em universidades pelo pas:</p><p>Calouros, veteranos, professores e coordenadores do Centro de Ensino Superior dos Campos Gerais CESCAGE, uniram-se para reformar 20 casas nas vilas Princesa e Coronel Cludio em Ponta Grossa (PR). </p><p>Em forma de gincana, a universidade conseguiu mobilizar alunos e docentes para beneficiar as famlias. Os grupos foram divididos e cada um recebeu, aleatoriamente, um envelope com o endereo de uma residncia. Algumas das atividades realizadas foram de pintura, telhados refeitos, captao de gua e aquecimento solar com garrafas pet. A cada trabalho realizado, as equipes eram pontuadas. Cerca de 2 mil pessoas estiveram envolvidas na ao, desde a divulgao, busca de parcerias para doao de recursos at o mutiro de reconstruo. Histria da qual vale muito compartilhar!</p><p>Projeto: Trote Social - Calouro Humano 2012</p><p>64</p></li><li><p>8 | Catavento dezembro/janeiro</p><p>Desde 2011, a DPaschoal e a Fundao Educar apoiam o Movimento de Empresas Juniores MEJ. A proposta do movimento, existente em diversos pases, promover experincias prticas de empreendedorismo e gesto de projetos entre estudantes universitrios. Para celebrar esta parceria, a Fundao Educar esteve presente nos encontros estaduais de SP e do DF e patrocinou a 16 edio do Prmio da Qualidade, que reconhece as melhores prticas em projetos realizados pelas empresas juniores do estado de So Paulo.</p><p>Projeto Trote Social - Reciclando e Empreendendo</p><p>O trote solidrio promovido pelos alunos do curso de administrao da Faculdade Doctum de Vila Velha (ES) contribuiu para o projeto Cego Faz, uma iniciativa da Unio de Cegos Dom Pedro II, na mesma cidade. A instituio sofria com a falta de matria-prima para sua fbrica de vassouras ecolgicas. A proposta foi montar uma campanha de arrecadao de garrafas pet que contribuiria no s para evitar descarte incorreto, mas tambm para gerar um canal de recepo fundamental para a produo das vassouras e garantir a gerao de renda da instituio parceira.</p><p>A mobilizao para arrecadao de garrafas foi feita com ajuda de alunos e docentes, e uma das conquistas do projeto foi a construo de um site para divulgao permanente da campanha.</p><p>Envolvimento com empresas junioresUniversitrios que geram impacto social</p><p>A parceria da FEJESP com a Fundao Educar algo fundamental para realizao de nosso trabalho. Buscamos gerar impacto na sociedade, aprimorar o ambiente em que estamos inseridos e formar profissionais de mudana. A parceria com a Fundao Educar, com seus valores, a concretizao deste profissional que fomentamos dentro do Movimento Empresa Jnior, um profissional diferenciado, que luta por uma sociedade igualitria e de oportunidades para todos. </p><p>Caio Dias, vice-presidente da FEJESP Federao das Empresas Juniores do </p><p>Estado de So Paulo</p><p>Trote da Cidadania</p></li><li><p>Catavento dezembro/janeiro | 9</p><p>Prepare o seu corao pras coisas que eu vou contar...</p><p>Em 2012, o Projeto Leia Comigo! inovou e lanou as tcnicas de contao de histrias para auxiliar pais, educadores e voluntrios. A proposta , por meio de recursos simples, criar momentos ldicos de interao para estimular o gosto pela leitura.</p><p>Fundao Educar realiza oficina de contao de histrias para </p><p>colaboradores da empresa Rota das Bandeiras aps investirem em </p><p>livros do Projeto Leia Comigo!</p><p>Uma forma divertida de estimular leitura</p><p>Tambm em 2012, a Educar lanou o Projeto Estao Leitura uma tenda com livros suspensos onde a crianada se diverte de uma maneira bem criativa. E levamos o Estao leitura para qualquer lugar, com almofadas, cadeiras, lenis e imaginao; assim, possvel montar um espao maravilhoso. </p><p>Quer saber se funciona? Confira os sorrisos nas ima...</p></li></ul>