Aços ARBL (HSLA)

  • View
    1.132

  • Download
    2

Embed Size (px)

Transcript

Aos HSLAAos: a mais verstil e a mais importante das ligas metlicas conhecidas pelo ser humano. A produo mundial de ao bruto no ano de 2004 foi superior a 1 bilho de toneladas. Cerca de 100 pases produzem ao. O Brasil considerado o oitavo produtor mundial. Existem mais de 3.500 tipos diferentes de ao, 75% deles foram desenvolvidos nos ltimos 20 anos. Ao uma denominao geral, dada a uma grande famlia de ligas de ferro e carbono contendo diferentes variedades de diferentes elementos qumicos.

MATERIAIS METLICOS

FERROSOSFerros fundidos

NO FERROSOS

Ligas Fe-C Aos

Sem liga Baixa liga HSLA Ligados Ferrticos Austenticos Martensticos Duplex PH

Ligas leves

Ligas Ti

Fe-Cr (-Ni) Outras Fe(INOX)

Bronzes

Ligas Cu Ligas Ni Ligas Tm(REFRACTRIOS)

Lates Cu-Ni

Fe-Ni(MARAGING)

Ligas Tm

Fe-C-Mn

Aos HSLADenominaes: High Strength low Alloy. Aos de alta resistncia e baixa liga. Em portugus aos BLAR. Em brasileiro aos ARBL. Conhecidos tambm como aos microligados.

Aos HSLA

A tendncia moderna no sentido de se utilizar estruturas cada vez maiores tem levado os engenheiros, projectistas e construtores a escolher aos de maior resistncia, os chamados aos de alta resistncia e baixa liga de modo a evitar estruturas cada vez mais pesadas.

Aos HSLACaractersticas: Categoria de baixo teor de carbono, com menos de 0,1%. (de 0,1 % a 0,3%) Devem a sua resistncia elevada adio de Nibio. (e tambm vandio) Os elementos mais comuns so o Nibio, o Vandio e o Titnio. ptima combinao entre propriedades mecnicas do material, resistncia corroso e boa soldabilidade. produzido numa grande variedade de tipos e formas. Permite a construo de estruturas de menor peso e custo reduzido

Aos HSLAElementos microligantes O nibio tem alta afinidade por carbono e nitrognio, formando carbonetos e carbonitretos. O nibio adicionado na forma de ferro-nibio e encontra a sua aplicao principal em produtos de ao microligado (aos com pequenas adies de Nb, Ti ou V, normalmente menores que 0,10%) e em aos inoxidveis. O titnio, por exemplo, embora no confira qualidade superior superfcie de uma chapa, utilizado nos aos livres de tomos intersticiais, os chamados Interstitial Free, que so aplicados nas partes internas da carroaria dos veculos. Os melhores resultados, porm, so obtidos por uma adio combinada de microligas, que permite explorar os benefcios sinrgicos, como o emprego de nibio e titnio juntos, imprimindo qualidade superior superfcie das chapas expostas da carroaria dos automveis. Os aos HSLA so aos cujas normas AISI-SAE no os classificam como aos ligados (tais como 4340/8620/4320) A soma de elementos de liga geralmente no ultrapassa os 2%, e o teor de carbono situa-se abaixo de 0,1% (de 0,1 a 0,3).

Aos HSLAVantagens:Reduo de custos. Rapidez de construo. Diminuio de peso. Economia de recursos naturais, uma vez que o ao reaproveitvel e reciclvel.

Aos HSLADesvantagens: Requerem maiores cuidados durante a fabricao e o processamento mecnico a fim de garantir integridade estrutural. Custos de produo ligeiramente maiores que os aos comuns. No entanto, isso compensado pela menor quantidade de material utilizado.

Os aos HSLAUtilizados sempre que se pretende:Aumentar a resistncia mecnica. Melhorar a resistncia corroso atmosfrica. Melhorar a resistncia ao choque e o limite de fadiga. Elevar a relao do limite de escoamento para o limite de resistncia traco, sem perda aprecivel da ductilidade.

Aos HSLAAplicaes:Edifcios altos. Plataformas offshore. Navios. Pontes. Equipamento ferrovirios. outras obras de grande porte.

Aos HSLAEdifcio do Centro Empresarial do Ao, So Paulo. A obra utilizou cerca de 4800 toneladas de ao em rea construda de 68.750 m2 em 14 pavimentos.

Aos HSLAA ponte Erasmus em Rotterdam, Holanda A estrutura faz uso de 6550 toneladas de ao microligado de alta resistncia.

Aos HSLAA ponte Oresund, Dinamarca e Sucia. No total, foram utilizadas 82.000 toneladas de ao microligado de alta resistncia. Isso gerou uma reduo de peso de 15.000 toneladas e economia de US$25 milhes.

Aos HSLAEstdio da Frana. As 18 colunas que sustentam a estrutura so confeccionadas em ao microligado de alta resistncia. No total, o estdio consumiu 32,5 mil toneladas de ao.

Aos HSLAConcluso Ganho de peso a custo reduzido comparativamente com outros aos, A sua temperatura de transio dctil-fragil muito baixa, A sua tenacidade fractura elevada. Este tipo de aos devem o seu ganho de resistncia soluo slida dos elementos de liga e no por tratamentos trmicos posteriores como acontece na maior parte dos aos consumidos pelos diferentes tipos de indstrias. Permitem aumentar a resistncia mecnica do conjunto estrutura onde esto inseridos permitindo um acrscimo da carga unitria da estrutura ou tornando possvel uma diminuio proporcional da seco, tornando as estruturas mais leves.