Agricultura História da agricultura Pecuária História da pecuária Pesca História da pesca Exploração florestal Algumas Imagens Conclusão

  • Published on
    21-Apr-2015

  • View
    104

  • Download
    1

Embed Size (px)

Transcript

  • Slide 1
  • Agricultura Histria da agricultura Pecuria Histria da pecuria Pesca Histria da pesca Explorao florestal Algumas Imagens Concluso
  • Slide 2
  • Slide 3
  • Agricultura A agricultura , portanto, uma forma de artifcializao do meio natural e que vai desde a preparao do solo e sementeira, at colheita e armazenamento, passando pela conservao e irrigao das culturas, combate a pragas e a diversos outros tipos de condicionalismos naturais e ainda as actividades de melhoria das espcies vegetais e animais. Estas actividades podem ser efectuadas de uma forma mais tradicional, utilizando predominantemente o trabalho manual e o auxlio da fora animal, ou de uma forma mais moderna, com um elevado grau de mecanizao e recorrendo a tecnologias avanadas. A agricultura , portanto, uma forma de artifcializao do meio natural e que vai desde a preparao do solo e sementeira, at colheita e armazenamento, passando pela conservao e irrigao das culturas, combate a pragas e a diversos outros tipos de condicionalismos naturais e ainda as actividades de melhoria das espcies vegetais e animais. Estas actividades podem ser efectuadas de uma forma mais tradicional, utilizando predominantemente o trabalho manual e o auxlio da fora animal, ou de uma forma mais moderna, com um elevado grau de mecanizao e recorrendo a tecnologias avanadas.
  • Slide 4
  • Desenvolvimento da Agricultura O crescimento populacional e a queda da fertilidade dos solos utilizados aps anos de sucessivas culturas no continente europeu, causaram, entre outros problemas, a escassez de alimentos. Nesse sentido, por volta dos sculos XVII e XIX, intensifica-se a adopo de sistemas de rotao de culturas com plantas forrageiras (capim e leguminosas) e as actividades de pecuria e agricultura se integram. Esta fase conhecida como Primeira Revoluo Agrcola. O crescimento populacional e a queda da fertilidade dos solos utilizados aps anos de sucessivas culturas no continente europeu, causaram, entre outros problemas, a escassez de alimentos. Nesse sentido, por volta dos sculos XVII e XIX, intensifica-se a adopo de sistemas de rotao de culturas com plantas forrageiras (capim e leguminosas) e as actividades de pecuria e agricultura se integram. Esta fase conhecida como Primeira Revoluo Agrcola.
  • Slide 5
  • A pecuria corresponde a qualquer actividade ligada a criao de gado. Portanto, fazem parte da pecuria a criao de bois, porcos, aves, cavalos, ovelhas, coelhos, bfalos, etc. A pecuria ocorre, geralmente, na zona rural e destinada a produo de alimentos, tais como, carne, couro e l Existem dois tipos de pecuria: - pecuria de corte: destinada criao de rebanhos com objectivo de produo de carne para o consumo humano. Na intensiva, o gado criado preso ou em pequenos espaos, alimentado com rao especfica. Neste tipo de criao, a carne produzida macia e de boa qualidade para o consumo. Pode ser tambm pecuria extensiva (o gado criado solto e alimenta-se de capim ou grama). A carne produzida dura, pois o gado desenvolve uma musculatura rgida.. - Pecuria leiteira: destinada produo de leite e seus derivados (queijos, iogurtes, manteigas, etc).
  • Slide 6
  • A pecuria corresponde a qualquer actividade ligada a criao de gado. Portanto, fazem parte da pecuria a criao de bois, porcos, aves, cavalos, ovelhas, coelhos, bfalos, etc. A pecuria ocorre, geralmente, na zona rural e destinada a produo de alimentos, tais como, carne, leite, couro, l, etc. Existem dois tipos de pecuria: - Pecuria de corte: destinada criao de rebanhos com objectivo de produo de carne para o consumo humano. Na intensiva, o gado criado preso ou em pequenos espaos, alimentado com rao especfica. Neste tipo de criao, a carne produzida macia e de boa qualidade para o consumo. Pode ser tambm pecuria extensiva (o gado criado solto e alimenta-se de capim ou grama). A carne produzida dura, pois o gado desenvolve uma musculatura rgida. - Pecuria leiteira: destinada produo de leite e seus derivados (queijos, iogurtes, manteigas, etc).
  • Slide 7
  • Pesca Pesca a extraco de organismos aquticos, do meio onde se desenvolveram para diversos fins, tais como a alimentao, recreao (pesca recreativa ou pesca desportiva), a ornamentao(captura de espcies ornamentais), ou para fins industriais incluindo o fabrico de raes para o alimento de animais em criao e a produo de substncias com interesse para a sade - como o "famoso" leo de fgado de peixe (especialmente o leo de fgado de bacalhau). As principais espcies exploradas pelas pescas no mundo pertencem aos grupos dos peixes, dos crustceos e dos moluscos. No entanto, As pescas so igualmente um enorme fornecedor de emprego, contribuindo enormemente para a economia mundial.
  • Slide 8
  • Na Idade Mdia, o peixe se transforma em ouro. Usado como moeda de troca entre os senhores feudais e camponeses, era comum que o pagamento da renda da terra fosse feito em peixe ou leo de peixe. Outro impulso significativo actividade se deu no final do sculo 4, por incentivo dos monges que comearam a fabricar redes apropriadas para a pesca martima.
  • Slide 9
  • A explorao florestal Eram muito diversas as espcies florestais que foram utilizadas como madeiras para inmeras aplicaes. Essas espcies florestais eram cortadas (serradas) pelos denominados serradores que, para o efeito, usavam a fora braal, permanecendo, por vezes, durante vrios dias, nessa actividade, para quem os contratasse para o efeito. Pernoitavam muitas vezes em abrigos improvisados. Os troncos tinham diversos destinos, conforme a espcie florestal de onde provinham. Na sua maior parte destinavam-se a ser transformados em tbuas nos engenhos de serrao, conhecidos como serras de gua. Quando no existiam madeiras nas imediaes do engenho, os trabalhadores traavam carreiros, os chamados caminhos de madeira, para arrastarem os troncos at o engenho, evitando danificar os caminhos. Os troncos eram retirados da floresta, com o auxlio de Pernes cravados e de cordas, e deslizavam por estes caminhos, puxados pelos homens. Muitas vezes eram transportados ao ombro, utilizando-se, para o efeito, paus transversais, aos quais era pregado, na parte inferior, o tronco.
  • Slide 10
  • Slide 11
  • Slide 12
  • Slide 13
  • concluso Eu aprendi com este trabalho mais sobre o assunto Recursos Biolgicos. Aprofundei mais sobre os contedos dos recursos biolgicos
  • Slide 14
  • Stios onde pequisei: Google;livro