Alterações da orientação

  • Published on
    11-Jun-2015

  • View
    1.972

  • Download
    2

Embed Size (px)

Transcript

DEFINIO DE ORIENTAO a capacidade de um indivduo de estimar precisamente o tempo, o espao e a pessoa, em seu ambiente corrente

A orientao depende em grande parte da integridade da conscincia

E TAMBEM DA PRESERVACAO DA CAPACIDADE NEURONAL

A ORIENTAO (E A DESORIENTAO) PODE(M) SER:- Alopsquica:

-Autopsquica:

PORTO ALEGREMARO DE 2007 16 HORAS

A ORIENTAO EM GERAL ALTERA-SE NA SEGUINTE ORDEM:

A DESORIENTAO CAUSALMENTE PODE SER:- APTICA: Decorrente da vida instintiva-afetiva.(profundo desinteresse por tudo)

- MNSTICA: Bloqueios dos processos mnmicos(demncias, epilepsia, quadros dissociativos)

- DELIRANTE: Decorrente de delrios

A DESORIENTAO CAUSALMENTE PODE SER:-Confusional

NOS DELRIOS, A DESORIENTAO PODE SER AINDA:- Falsa orientao auto-psquica

- Dupla orientaoNunca! Eu sou Hugo Chavez

Eu sou o Bush!!

EXEMPLOS DE DESCRICAO DE ALTERACOES DA ORIENTAO:Sempre referir a origem da desorientacao: APTICA, MNSTICA, DELIRANTE OU CONFUSIONAL

Paciente orientado quanto a sua identidade, mas desorientado quanto a sua situao (no percebe que est doente). Orientao alopsiquica preservada.

Paciente desorientado em relao ao tempo espao e tambm quanto a sua situao. Mantm preservada orientao quanto a sua identidade. Paciente orientado em relao a tempo espao. Desorientado quanto a sua situao e apresentando dupla orientao quanto a sua identidade. Paciente orientado autopsiquicamente em relao a identidade e situao, mas com desorientao alopsquica, com predomnio da desorientao temporal.