Analise Materiais Eletricos - Erick

  • Published on
    09-Jul-2015

  • View
    155

  • Download
    0

Embed Size (px)

Transcript

CENTRO FEDERAL DE EDUCAO TECNOLGICA DE MINAS GERAIS CAMPUS III - LEOPOLDINA Disciplina: Materiais Eltricos Professor: Evaristo Costa

Anlise do Livro de Materiais Eletricos Volumes 1e2

Erick da Silva Garcia

Leopoldina, abril de 2011

INTRODUO

Vamos analisar os livros, Materiais Eltricos Vol.1 Condutores e Semicondutores , que apresenta uma anlise geral dos metais, suas caractersticas, a constituio dos metais puros, as principais caractersticas dos metais condutores e semicondutores e Materiais Eltricos Vol.2 Isolantes e Magnticos, que fala sobre os dieltricos, isolantes e tambm sobre materiais magnticos . Ambos de Walfredo Schmidt, que foram usados para as aulas da matria Materiais Eltricos, onde lemos e discutimos eles, vimos que deixam um pouco a desejar no contedo, muito abrangente, mas no muito aprofundado, com algumas deixas confusas. O livro ainda possui uma terceira edio no estudada por ns. Ele foi de alguma ajuda na introduo ao assunto dos materiais eltricos, sendo testado agora por cada um por meio da critica que ser feita.

DESENVOLVIMENTO

O livro foi sendo escrito sem muita preocupao com o jeito com que a informao foi passada ao leitor, muitas vezes ficando complicado o entendimento devido a alguns fatores, como o alto numero de termos tcnicos e a falta de explicao sobre eles, o jeito de escrever e a pouca ligao entre os assuntos que influencia no entendimento. Esse fato foi observado durante as aulas, sendo ate mesmo criticado pelo professor em algumas horas, e deixando alguns alunos boiando durante o debate, que tinha participao mais efetiva daqueles que j tinham tido contato com a matria. Entretanto foi de alguma ajuda para introduzir alguns conceitos novos e deixar o leitor a par de muitas informaes, muitas vezes no explicadas devidamente, algumas dessas informaes sero vistas a seguir.

Volume 1

O volume 1 teve o objetivo de enfocar os "porqus" de um dado componente ser construdo com determinadas matrias-primas, e acompanhar estas matrias-primas no seu comportamento diante da variao de condies de uso, como temperatura, umidade etc. Mais em algumas horas ele deixa a desejar, logo nas figuras 8 e 9, o leitor tem uma dificuldade de intender o contedo das figuras devido a falta de espao. Na pagina 25, no subtopico de Condutividade ou Resistividade, pouco explicada a condutividade. Figura 18 da pgina 39, muito difcil de intender o grfico, poderia ter explicado um pouco melhor. Uma das figuras mais discutidas dentro de sala, a figura 33 da pgina 80 deixa muitas duvidas, poderia ficar melhor em alguma outra viso. Outro fato percebido foi a falta de nfase no inicio de um novo capitulo, ele entra no capitulo de semicondutores usando o carvo como subtopico de ligao, se voe no olhar no ndice no percebe que um inicio de capitulo. Captulo que comea com muita parte terica, deixando a leitura cansativa, alm de muitas figuras que no so muito uteis ao longo do captulo.

Figura 18

Volume 2

O volume 2 tambm teve o objetivo de enfocar nos "porqus" de um dado componente ser construdo com determinadas matrias-primas, s que focando em dieltricos, isolantes e materiais magnticos. Esse volume continua com os mesmos problemas do primeiro com relao as figuras, que j pode ser observado na pgina 33 com a figura 15, que fala da dependncia entre carga e tenso, esse volume pode tambm fazer uma certa confuso para o leitor ao usar muitas letras gregas seguidamente. E novamente volta o problema com as figuras na pgina 72 com a figura 44. Um pouco a frente comea uma parte de teoria bem grande, deixando novamente o leitor cansado. Em matrias magnticos ele tem o mesmo problema com as vistas da figura 68 da pgina 151. No foi possvel colar os exemplos das figuras citadas por falta do exemplar em formato virtual.

CONCLUSO

A partir da leitura feita, pode-se dizer que o livro no foi muito til para a matria, necessitando a busca em outros ttulos para um aprofundamento, mas por introduo no foi to ruim. Acredito ser necessria a adio de livros a biblioteca do CEFET para poder aumentar as opes de trabalho desta matria, escassas neste momento. Tambm acho que o mtodo de estudo foi valido, fazendo o prprio aluno procurar aprender, fato que encontrar muito no ambiente externo ao curso. E para finalizar atento ao fato de fazer uma leitura calma desse livro requer muita pacincia, coisa que nem todos possuem e acabam passando batidos por certas partes importantes, o que uma reviso do livro poderia dar um jeito.