ATALHO e VINHETA - uma proposta de entendimento1

  • View
    216

  • Download
    3

Embed Size (px)

Transcript

  • DPSedes Departamento de Psicodrama Instituto Sedes Sapientiae - Julho 2008

    1

    ATALHO e VINHETA - uma proposta de entendimento1 Eni Fernandes2

    RESUMO

    Trata-se de um estudo que visa a compreenso de Atalho e Vinheta, prope definies

    de tais conceitos e discute algumas recomendaes e limites em relao a suas aplicaes

    prticas.

    Apresenta, inicialmente, um levantamento quanto s designaes gerais ligadas a

    esses termos. Em seguida, em funo da pouca bibliografia tcnica, expe pesquisa informal

    realizada com alguns psicodramatistas sobre suas idias e prticas a respeito desses temas.

    Analisa essas respostas, intercalando-as com conceitos tericos do psicodrama e fragmentos

    de casos clnicos. Passo a passo, extraindo definies parciais, chega a uma proposta de

    entendimento e distino entre Atalho e Vinheta.

    DESCRITORES

    Atalho, concretizao, estratgia de direo, rapidez, foco, aquecimento, vinheta.

    ABSTRACT

    The aim of this study is to distinguish between Short Cut and Vignette, to propose a

    definition of these concepts and discuss the recommendations and restrictions of their

    practical use.

    Initially, an investigation on the general designations of these terms will be

    introduced. In face of the limited literature in this area, this study will then present some

    informal research done with professionals in psychodrama about their ideas and practices.

    Concepts will be analyzed based on their responses and on fragments of clinical cases. Step

    by step, through partial definitions, this study will make an attempt to understand and

    distinguish between the two concepts.

    INDEX TERMS

    Short cut, concretization, strategies of direction, quickness and focus, warming up,

    vinhete.

    1 Trabalho apresentado no XVI Congresso Brasileiro de Psicodrama, Recife 2008. Ganhador do prmio FEBRAP, melhor escrito psicodramtico, 2 lugar, foco psicoterpico. Trata-se de um resumo da monografia apresentada para obteno do ttulo de Psicodramatista Didata, sob orientao de Anna Maria A. C. Knobel, em dezembro de 2006. 2 Psicodramatista Didata, aluna do Nvel III (Psicodramatista Didata Supervisor) do DPSedes, 2008.

  • DPSedes Departamento de Psicodrama Instituto Sedes Sapientiae - Julho 2008

    2

    I INTRODUO

    Tomei contato com o termo Short Cut em psicodrama com dr. Dalmiro Bustos, no

    grupo auto-dirigido3. Aprendemos a tomar um atalho na dramatizao, via concretizao, e ir

    diretamente ao ponto a ser trabalhado, enxugando a sesso.

    Muitas indagaes, porm, permaneceram. Estaramos falando de uma tcnica ou de

    uma estratgia de direo? Por vezes ouvi o termo Short Cut, por vezes Atalho, por vezes

    Vinhete e ainda Vinheta. Percebi que os termos se confundiam, o que possivelmente

    refletia uma confuso terico-prtica. Alm do mais, em que momentos a aplicao desses

    conceitos seria mais apropriada ou recomendada, quer da sesso, quer do vnculo teraputico?

    E que cuidados so necessrios para ser diretivo e cortar caminho em uma dramatizao, sem

    deixar de ser acolhedor?

    Desses questionamentos surgiu o tema desta monografia. Realizo uma reflexo sobre

    a prtica e sobre pontos tericos a ela correlatos, ensaiando uma definio dos conceitos e

    dicutindo sua prtica.

    II LEVANTAMENTO INICIAL DA TERMINOLOGIA EXISTENTE

    A denominao correta ajuda, certamente, no entendimento de um conceito. Short

    cut, Atalho, Vinheta ou Vinhete?

    Do ingls, short cut tem sua traduo para o portugus como atalho, significando

    o mesmo que em nosso idioma: rpido e curto caminho para se chegar a um lugar ou um jeito

    de fazer algo que mais rpido que o usual. (WEHMEIER, 2000) (HOUAISS, 2006)

    3 Grupos de psicodramatistas que se encontram mensalmente sob a coordenao de dr. Dalmiro Bustos, para aprender psicodrama atravs do psicodrama, vivendo alternadamente papis de diretor, ego auxiliar, processador ou protagonista, integrando conhecimentos tericos e vivncias emocionais em todos eles.

  • DPSedes Departamento de Psicodrama Instituto Sedes Sapientiae - Julho 2008

    3

    No idioma espanhol temos atajo, com acepes semelhantes. Possui tambm outros

    significados: ajuste ou corte que se d para finalizar um negcio; ato de interromper o

    discurso de algum. H ainda, nesse idioma, uma instigante e perigosa designao de atajo

    proveniente da esgrima, que indica um artifcio sutil e engenhoso para atingir o adversrio por

    um meio mais curto, esquivando-se da defesa (REAL ACADEMIA ESPAOLA). Vamos

    imediatamente excluir a idia de luta ou disputa em um contexto de psicoterapia, mas vamos

    colocar ateno na idia de superar ou ir alm de uma atitude defensiva para se chegar ao

    objetivo.

    Vinheta quer dizer [...] ornato que se estampa na cabeceira dos livros e no princpio

    ou fim dos captulos [...] que, primitivamente, tinha como motivo [...] a videira.

    (DICIONRIO DE LNGUA PORTUGUESA ON LINE, 2006). Das artes grficas, o

    significado de vinheta se expande para outras reas da comunicao, sempre indicando um

    pequeno elemento de decorao ou ilustrao, guisa de continuidade ou conectivo entre

    seqncias ou como identificador. (HOUAISS, 2006). No rdio ou na televiso pode ser um

    trecho musical ou pequena msica, um desenho animado de curtssima metragem, que

    identificam o programa, a estao ou o patrocinador.

    Vinheta a traduo para o portugus de vignette, palavra francesa que se origina

    de vigne, e quer dizer exatamente uma vinha pequena. (LABORATOIRE DANALYSE ET

    DE TRAITEMENT INFORMATIQUE DE LA LANGUE FRANAISE, 2006).

    O interessante para destacar, num estudo da procedncia do termo, a simbologia da

    uva nos textos sagrados da Idade Antiga, onde vinheta representa a divindade. Vale

    depreender a relao entre o texto e o elemento decorativo que o representa de forma sinttica

    e simblica.

    Acredito que o sentido de vinheta como conectivo entre partes e identificador,

    alm de suas caractersticas de pequenas dimenses ou curtssima metragem, interessem

    particularmente a este estudo.

    Vinhete, em portugus, quer dizer vinho fraco, uma traduo direta que no guarda

    relao com as acepes aqui tratadas.

  • DPSedes Departamento de Psicodrama Instituto Sedes Sapientiae - Julho 2008

    4

    Se short cut o mesmo que atalho e se vignette o mesmo que vinheta, prefiro adotar

    as palavras de nossa lngua. Esta monografia tratar, portanto, de Atalho e Vinheta.

    III ENTREVISTAS

    Realizei entrevistas com alguns pioneiros ou renomados profissionais do psicodrama,

    buscando referncias e parmetros que suprissem a falta de bibliografia sobre Atalho e

    Vinheta. Os dados que obtive funcionaram, portanto, como fonte de informao e foram

    fundamentais para o desenvolvimento deste estudo.

    A) AS PERGUNTAS

    Foram sete as perguntas elaboradas para as entrevistas: a primeira se referiu

    definio dos conceitos de Atalho e Vinheta; a segunda, sobre a experincia prtica dos

    entrevistados nesses temas; a terceira foi relativa s recomendaes e contra-indicaes do

    uso na clnica; a quarta, sobre a relao do Atalho com as demais tcnicas do psicodrama; a

    quinta buscou referncias tericas; a sexta pesquisou a opinio dos entrevistados quanto

    postura do diretor ao utilizar Atalho ou Vinheta; e a ltima disse respeito autorizao de

    publicao das informaes colhidas.

    B) OS ENTREVISTADOS

    Dos doze profissionais contatados, por e-mail ou telefone, foram obtidas oito

    respostas, todas valiosas para este meu estudo, cada uma de uma forma. A disponibilidade e a

    gentileza de cada um desses profissionais tambm foram para mim bastante inspiradoras e de

    grande estmulo.

  • DPSedes Departamento de Psicodrama Instituto Sedes Sapientiae - Julho 2008

    5

    C) AS RESPOSTAS

    Apresento a seguir um quadro com um resumo das respostas, com as informaes mais fundamentais para o desenvolvimento deste trabalho.4

    Entrevistados Definio

    dos Conceitos

    Experincia

    Pessoal

    Aplicao

    Prtica

    Relao com

    outras tcnicas

    Referncias

    Tericas

    Postura do diretor

    Zerka

    Moreno

    - H distines entre Atalho e

    Vinheta.

    - No saberia dizer como

    Moreno usava essa distino.

    - Cr que Moreno pensava o

    Psicodrama como um mtodo

    de atalho (antes dele o padro

    era a psicanlise).

    -As sesses nicas geravam

    resultados concretos; eram

    atalhos.

    -Vinheta, conceito de Moreno,

    descrito como Psicodrama de

    cena nica: protagonista

    representava a cena como a

    vivenciava e depois

    resolvendo-a em Realidade

    Suplementar.

    -Inteiramente determinado pela

    relao com paciente

    - Nunca programado

    - Depende do

    aquecimento

    - Freqentes no

    comeo da terapia, mas

    Psicodrama flexvel

    - Nada especfico

    - Ir fonte = ler

    Moreno

    -Cuidado em ser

    diretiva, para no

    prejudicar o

    acolhimento

    -Respeitando o

    aquecimento, o

    paciente ajuda o diretor

    a gui-los.

    4 As entrevistas completas, perguntas e respostas, inclusive a entrevista original, em ingls, com Zerka Moreno, podem ser consultadas no texto integral da monografia ou soli