Caderno Sustentável - 20ª Edição

  • Published on
    08-Mar-2016

  • View
    215

  • Download
    3

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Transcript

<ul><li><p>Rio do Sul, 20 de dezembro de 2011 - Ano 1 - N 20 - Adove Assessoria de Comunicao - Jornal Folha do Alto Vale</p><p>2</p><p>3</p><p>3</p><p>Minutos de </p><p>chuva e lixo de </p><p>muito tempo </p><p>Mastervale </p><p>Supermercados </p><p>investe </p><p>em sacos de lixo </p><p>biodegradvel</p><p>O lixo que </p><p>no vai </p><p>pro lixo</p><p>DIVULGAO</p><p>ARQUIVO</p><p>DIVULGAO</p><p>J. Carlos/Panoramio</p><p>Com o objetivo de diminuir o consumo devido alta capacidade de processamento </p><p>de petrleo e ajudar na reduo de gases </p><p>causadores do efeito estufa, um experimen-</p><p>to-piloto pretende transformar o gs </p><p>liberado durante o processo de tratamento </p><p>de esgoto em combustvel para automve-</p><p>is. A ao um convnio entre instituies </p><p>pblicas brasileiras e alems.</p><p>O projeto, que pretende transformar o </p><p>gs de esgoto em combustvel para auto-</p><p>mveis, visa diminuir o consumo de do esgoto. Alm dos 49 veculos, que </p><p>petrleo e reduzir as emisses de dixido </p><p>de carbono na atmosfera. No entanto, </p><p>tambm poder ser usado para manter os </p><p>geradores de energia eltrica, substituindo </p><p>os que so mantidos com diesel.</p><p>Segundo informaes, a tcnica de </p><p>transformao do biogs de esgoto em </p><p>combustvel j ocorre em outras cidades do </p><p>mundo. Na Alemanha j existe h 15 anos e </p><p> destinado para a produo de energia serviro de teste, a Sabesp pretende levar </p><p>eltrica, o que ser diferente no Brasil. O </p><p>experimento ser realizado com 49 vecu-</p><p>los, que sero abastecidos com o novo </p><p>combustvel, resultando numa economia </p><p>de 1.800 litros de gasolina por dia e reduo </p><p>nas emisses de CO2. </p><p>O projeto-piloto ser implantado pela </p><p>Companhia de Saneamento Bsico de So </p><p>Paulo (Sabesp) na cidade de Franca. A </p><p>cidade foi escolhida para receber o projeto projeto para toda a frota da Companhia.</p><p>Projeto vai transformar de gs </p><p>de esgoto em combustvel</p><p>O vero est ai e com ele o sol, a piscina </p><p>e a alegria da maioria d o s b r a s i l e i r o s . </p><p>Devido a tanto calor, bvio que </p><p>passamos a gastar mais com gua e </p><p>energia , para podermos nos </p><p>r e f r e s c a r . Pensando nesse </p><p>grande consu- mo, alm do </p><p>normal nesta poca do ano, </p><p>o C a d e r n o Sustentvel </p><p>traz dicas de como usar e </p><p>reuti l izar a gua da sua </p><p>casa, economi- zando dinheiro, </p><p>energia e claro, ajudando o plane-</p><p>ta.</p><p> Seu carro no precisa de tantos banhos quanto </p><p>voc, lave com balde e esponja. Feche a torneira </p><p>para ensaboar a loua no h necessidade de </p><p>deix-la aberta. No demore no banho, fique o </p><p>menos possvel embaixo do chuveiro. Procure </p><p>deixar a roupa acumular para lavar tudo de uma </p><p>vez. Antes de lavar a calada limpe-a com a vas-</p><p>soura. Aposente a mangueira, para lavar sua casa </p><p>utilize o balde. </p><p> Medidas simples ajudam a cuidar do meio </p><p>ambiente e a economizar esse recurso natural </p><p>indispensvel, a gua. Especialmente no vero, </p><p>onde o consumo maior, vale poupar, afinal de </p><p>contas, toda a existncia do planeta depende dessa </p><p>fonte de vida.</p><p>De gota </p><p>em gota</p><p>Dica:</p></li><li><p>E mais um fim de ano se </p><p>aproxima e com ele a retros-</p><p>pectiva de nossas aes em </p><p>2011 e o planejamento para </p><p>2012. O que realmente valeu </p><p>a pena? Conseguimos </p><p>realizar os objetivos? E de que </p><p>forma contribumos com um </p><p>ano novo ainda melhor? </p><p>Vamos aproveitar essa </p><p>poca do ano para repensar </p><p>na vida e nas atitudes que </p><p>tivemos em relao ao meio </p><p>ambiente. </p><p>O l t i m o C a d e r n o </p><p>Sustentvel de 2011 chega a </p><p>sua 20 edio trazendo </p><p>dicas, informaes e produ-</p><p>tos ecologicamente corre-</p><p>tos. Saiba o que fazer com o </p><p>lixo que no vai pro lixo e </p><p>confira os produtos inovado-</p><p>res que contribuem com a </p><p>sociedade e com o planeta. </p><p>Nesta edio voc vai </p><p>entender tambm porque </p><p>vrios pontos de Rio do Sul </p><p>a lagaram aps a lguns </p><p>minutos de chuva. a nature-</p><p>za reagindo sobre as aes </p><p>humanas. Fizemos ento, um </p><p>ano de mais responsabilida-</p><p>de social e de mais compro-</p><p>metimento com o meio em </p><p>que vivemos.</p><p>Feliz Natal e um Ano Novo </p><p>mais Sustentvel, o desejo </p><p>de toda equipe Adove! </p><p>2</p><p>Rua: Herculano Teixeira Nunes, 105</p><p>Centro - Rio do Su - SC</p><p>Jornalistas Responsveis:</p><p> Karine Sabino</p><p> Lucilene Juncek</p><p> Mira Daniela da Costa</p><p>Diagramao: Istela Capristano</p><p>Imagens: Arquivo Digital Adove, e Fotos Divulgao</p><p>Contato:</p><p>assessoria@adove.com.br</p><p>Telefonme: (47) 3521-7146</p><p>Redao e Edio Adove Assessoria </p><p>de Comunicao e Imprensa</p><p>As frias chegaram, e vivemos em uma nova novas geraes.</p><p>poca em que a sustentabilidade est presente nas Prestigiar o artesanato local, consumindo os </p><p>atividades de uma grande parcela da populao. artigos produzidos na regio uma atitude susten-</p><p>Assim, com toda essa preocupao com o meio tvel bem vinda. Informe-se sobre produtos tpicos </p><p>ambiente, as viagens de frias sustentveis so que dificilmente podero ser encontrados em outras </p><p>mais comuns em nossas vidas. regies. Tenha conscincia e no adquira produtos </p><p>Devemos usufruir bem nosso perodo de frias feitos com peles de animais ou espcies em extino. </p><p>com tudo que temos direito, no entanto, no pode- No se esquea que ao comprar produtos que </p><p>mos esquecer nossas atitudes de preservao do utilizam corais, conchas, estrelas-do-mar, mrmore, </p><p>meio ambiente. Devemos manter a mesma conscin- couro, penas ou qualquer outro produto natural, </p><p>cia sustentvel que temos em nossas casas. Ou seja, voc est incentivando um comrcio que nem </p><p>respeitar o meio ambiente local. Como por exemplo, sempre sustentvel.</p><p>na economia de gua no chuveiro, no uso do ar- Se os locais visitados agirem de forma social ou </p><p>condicionado apenas para se refrescar e ao apagar as ambientalmente irresponsvel ou se as atitudes </p><p>luzes quando sair, alm de no remover plantas ou poderiam ter sido melhores, contribua dando </p><p>dar comida aos animais nos ambientes naturais. opinies.</p><p>A utilizao do transporte pblico, as caminha- Na volta da viagem recicle os materiais usados. </p><p>das ou andar de bicicleta so alternativas ecologica- As brochuras, revistas, guias e outros materiais </p><p>mente corretas e ajudam a reduzir a poluio e podem ser reutilizados por outros amigos que </p><p>preservar o local. queiram viajar para o mesmo destino.</p><p> importante evitar o desperdcio, levando uma Com essas dicas possvel viajar com tranquili-</p><p>sacola para guardar restos de alimentos ou embala- dade e sustentabilidade. No esquea de repassar as </p><p>gens para depois fazer o descarte corretamente. dicas para outras pessoas, e de aproveitar muito </p><p>Alm de economizar voc ajuda a preservar a bem as frias.</p><p>natureza e garantir um futuro sustentvel para as *Puro Bem Estar</p><p>Toda ao gera uma reao. A Lei da </p><p>Fsica se comprova em muitas atitudes que </p><p>tomamos e quando o assunto meio </p><p>ambiente no diferente. Ento, muito </p><p>cuidado ao jogar lixo na rua, ele pode </p><p>voltar pra dentro de casa quando voc </p><p>menos esperar ou provocar alagamentos </p><p>sem explicao em apenas alguns minutos </p><p>de chuva. Foi o que aconteceu em Rio do </p><p>Sul, no dia 14 de dezembro. </p><p>A forte chuva de aproximadamente </p><p>meia hora alagou vrios pontos da cidade. </p><p>A gua entrou em alguns estabelecimen-</p><p>tos, prejudicou o trnsito e deixou a popu-</p><p>lao em estado de alerta. Os bueiros, </p><p>responsveis por escoar a gua, no conse-</p><p>guiram cumprir com a funo. O lixo </p><p>espalhado pela cidade, contribuiu para que </p><p>As pessoas deveriam esperar o carro que coleta o o trabalho de escoamento fosse dificultado. </p><p>lixo domstico passar pelas ruas, mas poucos fazem O grande montante de lixo gerado pela populao </p><p>isso, ou seja, os moradores criam por conta prpria preocupante, se no destinado de forma correta a </p><p>os pontos de despejos. O que se pode ver com isso, situao se agrava ainda mais. Alm das guas, o que </p><p>que, ainda h muito que se aprender sobre a nature-mais se viu durante o ocorrido foi garrafas pet, </p><p>za. O incidente foi uma resposta, uma reao ao sacolas, entulhos e at sacos de lixo fechados boiando </p><p>comportamento humano. rumo aos bueiros.</p><p>Dicas para uma viagem de frias sustentvel</p><p>Minutos de chuva e </p><p>lixo de muito tempo </p><p>Centro Empresarial Laura Pasqualini</p><p>Alameda Aristiliano Ramos, n900</p><p>Sala 02, Centro - Rio do Sul - SC</p><p>J. Carlos/Panoramio</p><p>Com o objetivo de diminuir o consumo devido alta capacidade de processamento </p><p>de petrleo e ajudar na reduo de gases </p><p>causadores do efeito estufa, um experimen-</p><p>to-piloto pretende transformar o gs </p><p>liberado durante o processo de tratamento </p><p>de esgoto em combustvel para automve-</p><p>is. A ao um convnio entre instituies </p><p>pblicas brasileiras e alems.</p><p>O projeto, que pretende transformar o </p><p>gs de esgoto em combustvel para auto-</p><p>mveis, visa diminuir o consumo de do esgoto. Alm dos 49 veculos, que </p><p>petrleo e reduzir as emisses de dixido </p><p>de carbono na atmosfera. No entanto, </p><p>tambm poder ser usado para manter os </p><p>geradores de energia eltrica, substituindo </p><p>os que so mantidos com diesel.</p><p>Segundo informaes, a tcnica de </p><p>transformao do biogs de esgoto em </p><p>combustvel j ocorre em outras cidades do </p><p>mundo. Na Alemanha j existe h 15 anos e </p><p> destinado para a produo de energia serviro de teste, a Sabesp pretende levar </p><p>eltrica, o que ser diferente no Brasil. O </p><p>experimento ser realizado com 49 vecu-</p><p>los, que sero abastecidos com o novo </p><p>combustvel, resultando numa economia </p><p>de 1.800 litros de gasolina por dia e reduo </p><p>nas emisses de CO2. </p><p>O projeto-piloto ser implantado pela </p><p>Companhia de Saneamento Bsico de So </p><p>Paulo (Sabesp) na cidade de Franca. A </p><p>cidade foi escolhida para receber o projeto projeto para toda a frota da Companhia.</p><p>Projeto vai transformar de gs </p><p>de esgoto em combustvel</p><p>O vero est ai e com ele o sol, a piscina </p><p>e a alegria da maioria d o s b r a s i l e i r o s . </p><p>Devido a tanto calor, bvio que </p><p>passamos a gastar mais com gua e </p><p>energia , para podermos nos </p><p>r e f r e s c a r . Pensando nesse </p><p>grande consu- mo, alm do </p><p>normal nesta poca do ano, </p><p>o C a d e r n o Sustentvel </p><p>traz dicas de como usar e </p><p>reuti l izar a gua da sua </p><p>casa, economi- zando dinheiro, </p><p>energia e claro, ajudando o plane-</p><p>ta.</p><p> Seu carro no precisa de tantos banhos quanto </p><p>voc, lave com balde e esponja. Feche a torneira </p><p>para ensaboar a loua no h necessidade de </p><p>deix-la aberta. No demore no banho, fique o </p><p>menos possvel embaixo do chuveiro. Procure </p><p>deixar a roupa acumular para lavar tudo de uma </p><p>vez. Antes de lavar a calada limpe-a com a vas-</p><p>soura. Aposente a mangueira, para lavar sua casa </p><p>utilize o balde. </p><p> Medidas simples ajudam a cuidar do meio </p><p>ambiente e a economizar esse recurso natural </p><p>indispensvel, a gua. Especialmente no vero, </p><p>onde o consumo maior, vale poupar, afinal de </p><p>contas, toda a existncia do planeta depende dessa </p><p>fonte de vida.</p><p>De gota </p><p>em gota</p><p>Dica:</p></li><li><p>3DIVULGAO</p><p>O lixo que no vai pro lixo</p><p>Mastervale Supermercados investe </p><p>em sacos de lixo biodegradvel</p><p>Novas tecnologias e o fcil devemos fazer o correto descarte </p><p>acesso da populao a elas, fez do lixo que produzimos. </p><p>com que o consumo de lixo Em Rio do Sul algumas campa-</p><p>eletrnico aumentasse considera- nhas j foram realizadas pela </p><p>velmente no Brasil e no mundo, prefeitura, porm podemos </p><p>onde j representam 5% dos observar que muitas pessoas no </p><p>detritos produzidos mundial- tm essa conscincia scio ambi-</p><p>mente e 500 mil toneladas ao ano ental na hora de se desfazer do </p><p>no pas. lixo eletrnico. Tambm nem </p><p>Na maioria dos casos esses mesmo sabem que mercados, </p><p>detritos no so descartados lojas e at empresas recebem este </p><p>corretamente, so depositados material, destinando de forma </p><p>em aterros sanitrios afetando o certa o que no devemos jogar no </p><p>solo e at os lenis freticos. Na lixo.</p><p>dvida o melhor entrar em O fim do ano uma poca de </p><p>contato com o fornecedor para muitos presentes, e muitos </p><p>obter o descarte correto. produtos novos chegam nos </p><p> Placas de circuito impresso, lares, ocupando o espao de </p><p>celulares, baterias recarregveis, algum antigo que ser descarta-</p><p>cada um possui uma forma do. A melhor ideia entrar em </p><p>reutilizado na gerao de energia. Praticando a reciclagem diferente e correta de serem contato com a prefeitura ou </p><p>O lixo eletrnico dos celulares, possvel conciliar o desenvolvi-reciclados e so utilizados na alguma empresa especializada </p><p>por exemplo, reutilizado nas mento tecnolgico e sustentvel, fabricao de novos produtos, at para que seu eletrnico que </p><p>indstrias qumicas, farmacuti- o fato de morarmos numa cidade mesmo o plstico, que demora proporcionou tantas alegrias no </p><p>cas e eletroeletrnicas. menor no significa que no 200 anos para se decompor, atrapalhe o meio ambiente. </p><p>Sempre atenta as necessidades </p><p>dos clientes e de olho na preserva-</p><p>o do meio ambiente a Mastervale </p><p>Supermercados apresenta um </p><p>novo produto. O saco de lixo </p><p>biodegradvel Bigu um produ-</p><p>to ecologicamente correto, desen-</p><p>volvido com o intuito de amenizar </p><p>os efeitos da poluio. </p><p>Estamos cientes do nosso </p><p>compromisso com o meio em que </p><p>vivemos. Investir em produtos que </p><p>no agridem a natureza colabo-</p><p>rar com o futuro do planeta, </p><p>explica o gerente comercial da </p><p>Mastervale Supermercados, Desenvolvido pela empresa meio ambiente. Vale lembrar que dos Mastervale a partir de janeiro </p><p>Valdemar Gilz. O investimento Brooklin de Blumenau, o produto este um produto Bigu, uma com um preo especial. O produto </p><p>tem como objetivo proporcionar produzido em plstico com marca exclusiva da Mastervale, ser a escolha de consumidores </p><p>mais conforto e praticidade, bem aditivo biodegradvel. A mistura destaca. conscientes de que o meio ambien-</p><p>como a conscientizao de respon- que compe o saco de lixo se Reforado e muito resistente, o te precisa ser preservado. </p><p>sabilidade social aos clientes. degrada mais rapidamente no saco de lixo Bigu entra nos merca-</p><p>J. Carlos/Panoramio</p><p>Com o objetivo de diminuir o consumo devido alta capacidade de processamento </p><p>de petrleo e ajudar na reduo de gases </p><p>causadores do efeito estufa, um experimen-</p><p>to-piloto pretende transformar o gs </p><p>liberado durante o processo de tratamento </p><p>de esgoto em combustvel para automve-</p><p>is. A ao um convnio entre instituies </p><p>pblicas brasileiras e alems.</p><p>O projeto, que pretende transformar o </p><p>gs de esgoto em combustvel para auto-</p><p>mveis, visa diminuir o consumo de do esgoto. Alm dos 49 veculos, que </p><p>petrleo e reduzir as emisses de dixido </p><p>de carbono na atmosfera. No entanto, </p><p>tambm poder ser usado para manter os </p><p>geradores de energia eltrica, substituindo </p><p>os que so mantidos com diesel.</p><p>Segundo informaes, a tcnica de </p><p>transformao do biogs de esgoto em </p><p>combustvel j ocorre em outras cidades do </p><p>mundo. Na Alemanha j existe h 15 anos e </p><p> destinado para a produo de energia serviro de teste, a Sabesp pretende levar </p><p>eltrica, o que ser diferente no Brasil. O </p><p>experimento ser realizado com 49 vecu-</p><p>los, que sero abastecidos com o novo </p><p>combustvel, resultando numa economia </p><p>de 1.800 litros de gasolina por dia e reduo </p><p>nas emisses de CO2. </p><p>O projeto-piloto ser implantado pela </p><p>Companhia de Saneamento Bsico de So </p><p>Paulo (Sabesp) na cidade de Franca. A </p><p>cidade foi escolhida para receber o projeto projeto para toda a frota da Companhia.</p><p>Projeto vai transformar de gs </p><p>de esgoto em combustvel</p><p>O vero est ai e com ele o sol, a piscina </p><p>e a alegria da maioria d o s b r a s i l e i r o s . </p><p>Devido a tanto calor, bvio que </p><p>passamos a gastar mais com gua e </p><p>energia , para podermos nos </p><p>r e f r e s c a r . Pensando nesse </p><p>grande consu-...</p></li></ul>