Cito Desbloq

  • View
    155

  • Download
    1

Embed Size (px)

Transcript

  • CITOLOGIA E HISTOPATOLOGIA BSICAS DO COLO UTERINO

    PARA GINECOLOGISTAS

    Uma sesso de slides

    Samuel Regis Arajo

    A mente aprende melhor por imagens.

  • Prefcio O diagnstico o desafio central de toda clnica. Este atlas produto do esforo mdico em busca do diagnstico das leses comuns sua clnica cotidiana. Samuel Regis Araujo utiliza sua experincia em citologia e histopatologia para ilustrar os problemas da prtica em rastreamento e deteco das leses cervicais inflamatrias e neoplsicas. A diagnose a verdadeira praxis, enquanto sntese entre a teoria e a prtica cientfica. Samuel Regis Araujo sorveu seu conhecimento das melhores fontes acadmicas e garimpou com carinho na sua prtica cotidiana as imagens que ilustram esta preciosa obra. Penso que Samuel determinado para essa tarefa de sistematizao do saber fazendo, sendo pea muito produtiva em sua funo, que exerceu desde o incio, dentro do Controle de Qualidade do Programa de Controle do Cncer do Colo do tero do Estado do Paran, programa que em nossa empreitada na Sade Pblica do Paran, atravs do Governo do Estado, sempre foi assumida de forma compartilhada com as instituies, com os profissionais e com os cidados, homens e mulheres protegendo a vida. Devo portanto registrar nossa gratido por contarmos com a dedicao laboriosa de tantos artesos da Sade, e em especial pela colaborao das Secretarias Municipais de Sade e do Movimento de Mulheres no aperfeioamento contnuo do Programa de Controle do Cncer do Colo do tero em todo o Estado do Paran. Mais Sade e Cidadania! Armando Raggio Secretrio de Estado da Sade

  • O desenvolvimento da Patologia, disciplina que estuda as doenas, recebeu enorme impulso neste sculo com o advento de inmeras tcnicas laboratoriais diagnsticas. Dentre estas, destaca-se o Teste de Papanicolaou, que revolucionou a deteco precoce e preveno do Cncer do colo uterino. Atualmente temos a grata satisfao de presenciar o profundo envolvimento da Associao Paranaense de Patologia, Sociedade Brasileira de Patologia e Sociedade Brasileira de Citologia em campanhas sociais para o controle do cncer do colo do tero. Desta forma, alm dos ginecologistas, os citotcnicos, mdicos patologistas e citopatologistas de nosso pas iro receber com jbilo este livro elaborado com profundo zlo e capricho pelo Dr. Samuel Regis Araujo, mdico patologista com larga experincia na rea de citopatologia. A estrutura geral desta publicao utiliza o principal critrio diagnstico para o patologista: IMAGENS. Sendo assim o leitor ir encontrar uma ilustrao de excelente qualidade cobrindo todos os aspectos da citologia crvico-vaginal onctica e de microflora, substrato indispensvel para a interpretao correta de preparados citolgicos. Alm disto, um ponto importante da presente publicao a correlao da citologia com achados histolgicos e colposcpicos, permitindo que tenhamos um viso clnica completa das diversas situaes estudadas. Sendo assim, tenho certeza que o presente atlas ser de grande valia como livro de cabeceira para todos os profissionais dedicados ao diagnstico e preveno das leses cervico-vaginais. Luiz Fernando Bleggi Torres Professor Titular de Anatomia Patolgica da UFPR Presidente da Associao Paranaense de Patologia Vice-Presidente da Sociedade Brasileira de Patologia

  • Neste final de sculo,no qual o Paran finalmente acordou para uma efetiva preveno do cncer do colo uterino, como instrutor junto ao Programa Estadual Protegendo a Vida, pude observar o ganho que houve com a participao direta da Associao Paranaense de Patologia, da qual o Dr. Samuel Regis Araujo um dos fundadores. Nestes trs ltimos anos, esse Programa permitiu, no nosso Estado, um espetacular salto na cobertura da citologia onctica de Papanicolaou sob um prisma de coleta ideal e total controle de qualidade dos resultados. Essa experincia paranaense veio mostrar o precioso intercmbio entre os ginecologistas e patologistas, que sem dvida nenhuma vai ser ainda mais sedimentada com a presena desta obra. O presente livro preenche um espao at ento inexistente na literatura mdica nacional. Diversas vezes, ao receber a incumbncia de dar aula sobre o tema Patologia Cervical, sonhei em poder apresentar junto com imagens colposcpicas as correspondentes citologias e histologias. Este livro, apropriadamente denominado de uma sesso de slides vem de encontro a este sonho. Ao presenciar uma alterao cervical, podemos colocar lado a lado os indissociveis elos necessrios para compreender as neoplasias intraepiteliais cervicais: citologia e histologia. um obra didtica, objetiva e atual. A maneira com que so descritas as alteraes do colo, permitem ao clnico o conhecimento preciso e essencial para traar um plano de tratamento e seguimento das pacientes. A sabedoria em elaborar um obra oportuna e til no obra do acaso. H muitos anos vivenciamos o interesse pessoal do autor pela Patologia Cervical. A sua perspiccia cientfica em elaborar mtodos de apresentao de imagens em seus laudos o tornou um pioneiro. Mas aprendemos tambm que h muito para pesquisar e alegro-me com a oportunidade de poder expor imagens de Cervicografia, mtodo indito no Brasil que est sendo implementado no nosso meio. Olson e Nichols disseram o ginecologista que no usa colposcpio como o astrnomo que continua a observar as estrlas sem usar o telescpio. A esta frase acrescentaria que olhar e imaginar a estrutura citolgica e histolgica estar muito perto de alcanar as estrlas com a ponta de nosso dedo. Nesta obra podemos exercitar esse sonho, contemplando e revendo as imagens tantas vezes quantas quisermos em um laudo citolgico. Edison Luiz Almeida Tizzot Professor do Departamento de Tocoginecologia da Universidade Federal do Paran Diretor da Sociedade de Obstetrcia e Ginecologia do Paran

  • A idia de criar este despretensioso livro surgiu durante a realizao de algumas sesses de slides, em 1996, para grupos de ginecologistas, quando alguns deles, amigos pessoais meus, sugeriram que eu aproveitasse as inmeras imagens do curso e organizasse uma apostila ou um pequeno livro bsico sobre cito e histopatologia de colo uterino, mas algo assim como estas sesses, com figuras bem representativas e comentrios sucintos, com conceitos bem estabelecidos, sem visar ser um tratado, que em geral de to maantes so postos de lado na prateleira. A idia me empolgou e assim, aps 2 anos de intenso trabalho, eis aqui uma sesso de slides em forma de livro. Espero que gostem. Toda as imagens de citologia e de histologia so fruto de laboriosa documentao que implementei em meu servio particular, ao longo de 20 anos de atividade cotidiana, cabendo aqui o meu mais legtimo agradecimento aos numerosos colegas ginecologistas que, prestigiando meu trabalho com sua confiana, me possibilitaram retribuir com este livro. Igualmente procurei embasar o texto em conceitos sempre atualizados, pertinentes e cuidadosamente pesquisados em fontes consagradas. Agradeo ao colega Edison Tizzot as imagens de colposcopia e cervicografia que to gentilmente cedeu para fins ilustrativos.

    Agradeo particularmente minha esposa Sandra, bioqumica, minha parceira e scia, cuja excelncia em administrar nosso laboratrio me permitiu ocupar preciosas horas ao elaborar este livro. Curitiba, 30 de Janeiro de 1999 Samuel Regis Arajo

  • __________________________________________________________________ Arajo, Samuel Regis, 1953- Citologia e Histopatologia Bsicas do Colo Uterino para Ginecologistas: Uma Sesso de Slides: A mente aprende melhor por imagens/ Samuel Regis Araujo - Curitiba: VP Editora, 1999. 100.:il.color. Inclui bibliografia 1. Colo Uterino. 2. tero. I. Ttulo. __________________________________________________________________ AACR2 618.14 CDD 20.ed. 618.14 CDU S. E. S. CRB-9/755 O autor: Samuel Regis Araujo mdico formado pela Universidade Federal do Paran e patologista pela Universidade de So Paulo.

    Email: sraraujo@uol.com.br.

  • Citologia e Histopatologia Bsicas de Colo Uterino para Ginecologistas

    ndice Aspectos normais .............................................. 1 Epitlio escamoso ............................................. 6 Mucosa endocervical ........................................ 7 A colpocitologia durante o ciclo ...................... 10 Clulas endocervicais ...................................... 11 Muco cervical .................................................. 15 Clulas endometriais ........................................ 17 Trofismo .......................................................... 19 Inflamao ....................................................... 20 Alteraes inespecficas .................................... 23 Halos ................................................................ 25 Metaplasia escamosa ........................................ 26 Polipo endocervical .......................................... 33 Mosaico ...........................................