Clipping Fapeam

  • Published on
    09-Mar-2016

  • View
    218

  • Download
    3

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Clipping Fapeam

Transcript

<ul><li><p>Veculo: SITE Cincia em Pauta Editoria: Pag:</p><p>Assunto: Fapeam divulga lista dos aprovados no PAPE(X) Release da assessoria de imprensa ( ) Release de outra instituio( ) Matria articulada pela assessoria (X) Publicado no Site da FAPEAM ( ) Iniciativa do prprio veculo de comunicao</p><p>Contedo(X) Positivo ( ) Negativo</p><p>Data: 01/03/2013</p><p>( ) Pesquisa financiada pela Fapeam Cita a Fapeam: (X) Sim ( ) NoProjeto: Pesquisador(a): Programa:</p><p>Fapeam divulga lista dos aprovados no PAPEPostado em 28/02/2013</p><p>A Fundao de Amparo Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) divulgou a lista dos contemplados no Programa de Apoio Participao em Eventos Cientficos e Tecnolgicos (PAPE). Ao todo, 22 propostas submetidas ao Edital 001/2013 foram aprovadas.</p><p>O Programa uma iniciativa do Governo do Estado e apoia a participao de pesquisadores e estudantes qualificados em eventos cientficos e tecnolgicos relevantes no Pas e no exterior. Por meio do PAPE, os contemplados podem apresentar trabalhos, ainda no publicados, desenvolvidos no Amazonas.</p><p>Nesta edio, 22 pesquisadores foram contemplados com passagens areas. Do total, 20 so para eventos nacionais e duas para internacionais. Entre as instituies com maior nmero de propostas aceitas est a Universidade Federal do Amazonas (Ufam), com 10 participantes em eventos nacionais e dois em eventos internacionais.</p><p>O Instituto Nacional de Pesquisa da Amaznia (Inpa) foi contemplado com sete representantes. A Universidade do Estado do Amazonas (UEA) teve trs propostas aceitas.</p></li><li><p>Os pesquisadores participaro de eventos que iro acontecer nos meses de abril e maio nas cidades de Belm (PA), Foz do Iguau (PR), Porto de Galinhas (PE), Cuiab (MT), Canoas (RS), Fortaleza (CE), guas de Lindia (SP), Lima (Peru) e em Perugia na Itlia.</p><p>Acesse a lista com os contemplados aqui:</p><p>SOBRE O PAPE</p><p>O programa foi criado pela Fapeam para apoiar a participao de pesquisadores, professores e estudantes qualificados em eventos cientficos e tecnolgicos relevantes, no Pas e no exterior, para apresentao de trabalho cientfico e/ou tecnolgico de sua autoria, no publicado, resultante de pesquisa desenvolvida no Estado do Amazonas.</p><p>Fonte: Agncia Fapeam, por Rosa Dovalhttp://www.cienciaempauta.am.gov.br/2013/02/fapeam-divulga-lista-dos-aprovados-no-pape/</p></li><li><p>Veculo: SITE IFAM Editoria: Pag:</p><p>Assunto: Transferncia de tecnologia para setor rural no AM recebe </p><p>investimento de R$ 22 milhes ( ) Release da assessoria de imprensa (X) Release de outra instituio(X) Matria articulada pela assessoria ( ) Publicado no Site da FAPEAM ( ) Iniciativa do prprio veculo de comunicao</p><p>Contedo(X) Positivo ( ) Negativo</p><p>Data: 01/03/2013</p><p>( ) Pesquisa financiada pela Fapeam Cita a Fapeam: (X) Sim ( ) NoProjeto: Pesquisador(a): Programa:</p><p>Transferncia de tecnologia para setor rural no AM recebe investimento de R$ 22 milhes Postado em 28/02/2013 </p><p>Diante de pecuaristas, agricultores, produtores rurais do estado do Amazonas e autoridades, o Governador do Amazonas lanou, na manh desta tera-feira (26), o Edital Pr-Rural Programa Estratgico para Transferncia de Tecnologia para o Setor Rural (Residncia Agrria). A iniciativa tem o objetivo de levar para o homem do campo os conhecimentos desenvolvidos por pesquisadores dos centros de pesquisa do Estado.</p><p>De forma inovadora no Brasil, o Pr-Rural contar com investimento de R$ 22 milhes para ser executado at 2015. O programa fruto da parceria entre a Secretaria de Estado da Produo Rural (Sepror), a Secretaria de Cincia, Tecnologia e Inovao do Amazonas (Secti-AM) e a Fundao de Amparo Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam).</p><p>Confira o edital completo aqui.</p><p>O Pr-Rural um programa de bolsas e auxlio financeiro que contribuir para a disseminao e incorporao de novas tecnologias de produo sustentvel junto s populaes rurais do Estado do </p></li><li><p>Amazonas por meio da transferncia de tecnologias para o setor rural.</p><p>A diretora-presidenta da Fapeam, Maria Olivia Simo, destacou que a associao das trs instituies na criao do programa constitui-se como um desafio e uma grande oportunidade. um desafio porque coloca a Fapeam e a Secti em um trabalho conjunto com os tcnicos desde o incio de sua formatao. Ousado porque vamos sair das unidades experimentais, dando oportunidade ao anseio do pesquisador, que ver a tecnologia desenvolvida por ele sendo utilizada pelos trabalhadores e trabalhadoras rurais, explicou Simo.</p><p>Para o secretrio da Sepror, Eron Bezerra,o lanamento deste edital de assistncia tecnolgica vem resolver um gargalo existente na produo com a separao que historicamente existe entre a academia e o setor pblico. De um lado voc tem a academia produzindo conhecimento e de outro, trabalhadores ansiosos por esse conhecimento e no meio do caminho um grande vazio. Essa medida visa encurtar esse caminho, disse o secretrio.</p><p>O titular da Secti-AM, Odenildo Sena, destacou o importante papel da Fapeam como rgo financiador do Programa, uma vez que conceder bolsas de incentivo pesquisa para os coordenadores de projetos e para os tcnicos recm-formados em nvel superior e mdio, que atuaro como agentes de transferncia de tecnologia nos 62 municpios do Estado.</p><p>SOBRE O PR-RURAL</p><p>O Programa Estratgico para Transferncia de Tecnologia para o Setor Rural (Residncia Agrria) tem a meta de contratar 180 pessoas, sendo 10 coordenadores de projetos e 170 tcnicos recm-formados em nvel superior e mdio para atuar como agentes de transferncia de tecnologia no interior do Estado. A previso de que os tcnicos j estejam em campo em abril deste ano.</p><p>Os tcnicos contratados recebero um pacote tecnolgico desenvolvido em centros de pesquisas, como a Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Instituto Nacional de Pesquisas da Amaznia (Inpa), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuria (Embrapa) e Instituto Federal do Amazonas (Ifam), e tornaro essas tecnologias acessveis aos produtores rurais do interior do Amazonas. Um importante diferencial que essas tecnologias alm de serem acessveis no podem gerar impactos ambientais.</p><p>Alm de ser uma experincia indita, o Programa visa, a um s tempo, transferir tecnologia contempornea para o campo, ampliar a capacidade de assistncia tcnica maior gargalo do setor e incluir 17 mil famlias, cerca de 85 mil pessoas no processo produtivo.</p><p>Os projetos selecionados devem visar promoo da adoo de novas tcnicas de produo sustentvel resultantes de pesquisas cientficas e tecnolgicas, adequadas realidade regional, nos seguintes setores: Agricultura (fruticultura, culturas alimentares, malva e juta), Avicultura, Aquicultura, Pecuria, Extrativismo Madeireiro e No Madeireiro, potencializando a qualidade de vida e a gerao de renda do agricultor familiar do interior do Estado do Amazonas. Alm dessas reas de produo, haver tambm apoio para as reas de organizao social e comercializao.</p><p>Fonte: Comunicao da Secti-AMhttp://www.ifam.edu.br/portal/component/content/article/51-destaques/1548-transferencia-de-tecnologia-para-setor-rural-no-am-recebe-investimento-de-r-22-milhoes</p></li><li><p>Veculo: SITE Portal do Agronegcio Editoria: Pag:</p><p>Assunto: FAEA participa do lanamento do Programa Residncia Agrria( ) Release da assessoria de imprensa (X) Release de outra instituio(X) Matria articulada pela assessoria ( ) Publicado no Site da FAPEAM ( ) Iniciativa do prprio veculo de comunicao</p><p>Contedo(X) Positivo ( ) Negativo</p><p>Data: 01/03/2013</p><p>( ) Pesquisa financiada pela Fapeam Cita a Fapeam: (X) Sim ( ) NoProjeto: Pesquisador(a): Programa:</p><p>FAEA participa do lanamento do Programa Residncia AgrriaPostado em 28/02/2013, 15:10</p><p>A Federao da Agricultura e Pecuria do Estado do Amazonas - FAEA participou, na tera-feira (26/02) do lanamento do Projeto Residncia Agrria, que ter uma verba de R$22 milhes</p><p>Assessora de Comunicao do Sistema FAEA-SENAR</p><p>A meta contratar 180 pessoas, sendo 10 coordenadores especialistas e 170 tcnicos recm-formados em nvel superior e mdio para atuar como agentes de transferncia de tecnologia no interior do Estado do Amazonas.</p><p>"A maior parte dos agricultores amazonenses formada por pequenos agricultores familiares que no tm dinheiro para pagar a contratao do seu prprio tcnico.Essas pessoas precisam ter acesso a informao disponibilizadas atravs da extenso rural pblica e gratuita. O IBGE divulgou uma pesquisa que os produtores rurais que tem acesso a assistncia tcnica e que so assessorados por tcnicos produzem quatro vezes a mais do que aqueles que no tem acesso a esse tipo de servio. Esse projeto lanado hoje vai permitir que a pesquisa chegue ao homem do campo", afirmou o presidente da Federao da Agricultura e Pecuria do Estado do Amazonas (FAEA), Muni Loureno. </p></li><li><p>Loureno avaliou durante seu discurso as iniciativas para desenvolver o setor. "Ns pecuaristas, agricultores e produtores rurais, tivemos em julho de 2012, o ousado lanamento do programa Amazonas Rural, a sinalizao muito clara da determinao e compromisso do nosso governante em fomentar a gerao de trabalho, renda e oportunidade no interior do Estado, e mais do que isso, o compromisso com a interiorizao da economia amazonense. O setor agropecurio j representa segundo o IBGE, 7% do Produto Interno Bruto (PIB) amazonense, com trajetria de crescimento que nos faz antever que nos prximos cinco anos alcanar 10% de todas as nossas riquezas produzidas. Ns estamos no corao da Amaznia, o mundo e os consumidores demandam os produtores rurais amazonenses para que levem em considerao a questo do desenvolvimento sustentvel e para isso a assistncia tcnica Projeto de Residncia Agrria so fundamentais para que possamos democratizar o acesso a informao". O governador do Amazonas, Omar Aziz, enfatizou que o Estado alm de preservar tambm tem que produzir. "Vamos espalhar a assistncia tcnica pelo interior, tambm vou conversar com os prefeitos dos municpios para que eles tambm contratem tcnicos. No temos que fazer o caboclo do interior se ajustar realidade da burocracia. a burocracia que tem que se ajustar ao caboclo para ele produzir", afirmou. O Projeto ser viabilizado por meio do Programa Estratgico para Transferncia de Tecnologia (Pro -Rural), da Fundao de Amparo Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam). "De fato a Instituio se associa as demais secretarias, um programa que nos coloca desenvolver um trabalho conjunto de seus tcnicos. Desde o inicio da formao desse programa trabalhamos de forma imersa, com diagnostico e situaes que pudesse aparecer. O programa ousado porque muito fcil trabalhar nas unidades experimentais, ento ns vamos sair e levarmos, que o anseio dos pesquisadores de ver a tecnologia que ele desenvolveu na ponta com os produtores rurais", disse a presidente da Fapeam, Maria Olivia Simo. Os agentes vo receber capacitao nas tecnologias desenvolvidas pelos centros de pesquisas nas respectivas reas e, sob a orientao dos coordenadores doutores, dissemin-las entre os produtores. Alm de acessveis, as novas tecnologias priorizam a diminuio do impacto ambiental na atividade produtiva. O Pro-Rural realizado em parceria entre as secretarias estaduais de Produo Rural (Sepror) e Cincia, Tecnologia e Inovao (Secti) e a Fapeam.</p><p>http://www.portaldoagronegocio.com.br/conteudo.php?id=89181</p></li><li><p>Veculo: SITE Limno News Editoria: Pag:</p><p>Assunto: O que o Pronex?( ) Release da assessoria de imprensa ( ) Release de outra instituio( ) Matria articulada pela assessoria ( ) Publicado no Site da FAPEAM (X) Iniciativa do prprio veculo de comunicao</p><p>Contedo(X) Positivo ( ) Negativo</p><p>Data: 01/03/2013</p><p>( ) Pesquisa financiada pela Fapeam Cita a Fapeam: (X) Sim ( ) NoProjeto: Pesquisador(a): Programa:</p><p>O que o Pronex? Postado em 28/02/2013</p><p>H algum tempo eu falei aqui sobre o projeto Pronex-Mercam, e hoje vou explicar um pouco mais sobre seu funcionamento.</p><p>O que o Pronex?</p><p>O Pronex#-Mercam, ou s Pronex, um projeto de pesquisa com o nome oficial de: Biogeoqumica do Mercrio e do Carbono na Amaznia. Iniciado em 2011 e ainda em andamento, envolve vrias instituies do Brasil e tem patrocnio e apoio do CNPq, FAPEAM, CAPES e INPeTam.</p><p>O que queremos responder?</p><p>O principal objetivo do Pronex entender como funcionam os ciclos biogeoqumicos do carbono e do mercrio em ambientes aquticos. Queremos saber, por exemplo, quanto de mercrio existe na gua nos principais rios da regio e quanto deste elemento est sendo consumido pelo plncton e pelos peixes. Alm disso queremos entender onde e como ocorrem as reaes que transformam o mercrio inorgnico em sua forma mais txica, o metilmercrio.</p></li><li><p>Em relao ao carbono, so duas as perguntas principais: 1- quanto CO2 e metano (gases-estufa importantes) so emitidos pelos rios, lagos e matas alagada da Bacia Central Amaznica?; e 2- como estes gases so produzidos nestes ambientes: atravs da ao de microorganismos, sob efeito da luz solar ou por outra via?</p><p>Prof. Vinicius Farjalla coleta amostra no Rio Negro</p><p>Prof. Vinicius Farjalla coleta amostra no Rio Negro</p><p>Por que?</p><p>Mercrio e carbono so dois elementos muito estudados na ecologia. O primeiro por ser txico e estar presente em diversos ambientes e alguns alimentos consumidos pelo homem. E o segundo por ter um importante papel em vrios processos dos ecossistemas, e devido crescente preocupao com gases que podem aumentar o aquecimento global e influenciar as mudanas climticas. A Amaznia, apesar de ser bastante estudada, muito grande e muito complexa, fazendo com que existam ainda hoje inmeras questes no respondidas pela cincia.</p><p>Quais ambientes estudamos?</p><p>As campanhas de coleta do Pronex foram concentradas em duas regies principais: a bacia do Rio Negro e a bacia do Rio Solimes. Ns coletamos em um total de 32 grandes rios e lagos, ao longo de um percurso de mais de 700 km no Rio Negro e mais de 1100 km no Solimes e Amazonas. Os ambientes foram os mais variados possveis: lagos com o dobro do tamanho da Baa de Guanabra; rios com gua cor de mate; rios de gua naturalmente barrenta; florestas que passam 6 meses por ano embaixo da gua, entre outros.</p><p>Malha amostral do Pronex</p><p>Malha amostral do Pronex (clique para aumentar)</p><p>O que j foi feito?</p><p>Em dezembro de 2012 foi realizada a ltima campanha de coleta do projeto. Foram um total de 6 campanhas, iniciadas em julho de 2011 e totalizando mais de 100 dias embarcados. Coletamos uma quantidade imensa de dados, que esto sendo analisados agora. O workshop do projeto marcou o incio de uma nova fase, onde vamos processar todos os resultados o...</p></li></ul>