Combustíveis Fósseis.ppt

  • Published on
    10-Dec-2015

  • View
    5

  • Download
    1

Embed Size (px)

Transcript

<ul><li><p>O CarvoO Gs Naturale O Crude</p></li><li><p>Combustveis fsseisOs Combustveis fsseis so as reminiscncias da decomposio da matria orgnica, depositada h milhes de anos atrs sob rochas sedimentares. </p><p>Estes combustveis fsseis so o carvo, o petrleo e o gs natural.</p></li><li><p>O Carvo ou carvo mineralAo longo de milhes de anos, camadas de materiais foram sedimentando e, por ao da temperatura e da presso, deram origem aos carves com teores em carbono cada vez maiores.O CARVO o combustvel fssil mais abundante no nosso planeta.</p><p>O principal elemento combustvel do carvo o carbono slido.</p></li><li><p>Diferentes tipos de carvo</p></li><li><p>O Carvo vegetal feito a partir da combusto da madeira, a altas temperaturas, sem que esta se encontre em contacto com o ar.</p><p>O Coque obtm-se a partir do aquecimento da hulha, num recipiente fechado, sem que haja combusto.</p></li><li><p>Como era extrado o carvo?Diferentes tcnicas de extraco do carvo tiveram de ser desenvolvidas e melhoradas devido a diferentes formaes geolgicas: Mina primitiva em forma de sino (A); A cu aberto (B); Em galeria (C);Em profundidade (D).</p></li><li><p>Como transportado o carvo?O transporte do carvo feito, principalmente em vages (comboio), camies e barcos.</p><p>O carvo utilizado como combustvel nas centrais termoelctricas, no aquecimento de habitaes e nas refinarias de coque e de gs.</p></li><li><p>PetrleoO petrleo o combustvel fssil mais consumido no mundo.Os petrleos brutos ou crude, que se obtm directamente do subsolo so lquidos negros, mais ou menos viscosos, constitudos por uma mistura de um grande nmero de hidrocarbonetos, com um nmero de tomos de carbono geralmente inferior a 30 carbonos.</p></li><li><p>De onde vem o petrleo?Um gelogo sabe que para encontrar gs e petrleo no subsolo ou no fundo marinho necessrio que haja uma rocha porosa rica em material orgnico que os produza e uma outra (impermevel) que os contenha. Para as detetar, os gelogos utilizam equipamentos de ondas sonoras - sonares.A posio da jazida de gs fica sempre por cima da do crude devido densidade do gs ser menor que a do crude.</p></li><li><p>Actualmente, a perfurao de um poo ou furo uma operao relativamente simples e usam-se brocas rotativas na extremidade de uma haste, tambm rotativa e oca, para perfurar as rochas. </p><p>As brocas tmTipo de brocas depende </p><p> dentes de ao muito duro ou uma coroa de diamantes industriais da dureza da rocha a perfurar do dimetro do furo que se pretende abrir da profundidade que se deseja atingir.</p></li><li><p>As plataformas de extrao do petrleo bruto, dependendo da sua localizao, so designadas por:</p><p> Plataformas onshore localizam-se em terra firme; </p><p> Plataformas offshore localizam-se no mar</p></li><li><p>Como se distribui o petrleo?Os principais processos de transporte do petrleo esto esquematizados na figura:</p></li><li><p>Como se transporta o gs natural?</p></li><li><p>Destilao fracionadaAps a entrada do petrleo bruto ou crude (mistura muito complexa) na refinaria, este submetido a diversas tcnicas de separao muito eficientes e processos qumicos, denominados genericamente por refinao, cuja finalidade extrair do petrleo bruto a maior quantidade possvel de produtos comerciais, dos quais se salienta a gasolina.</p></li><li><p>Este processo realiza-se numa torre designada por coluna de fracionamento ou de pratos.</p><p>A torre pode ter uma largura entre 8 e 10 metros, uma altura de 60 metros e tratar cerca de 30 000 toneladas de petrleo por dia.</p><p>Destilao fracionada</p></li><li><p>A partir deste processo de destilao, obtm-se, para cada patamar de temperatura, uma mistura de vrias substncias, designadas por fraes.</p><p>Durante a destilao, vo sendo recolhidas ao longo da coluna, e a partir do topo, as fraes com cadeia carbonada de tamanho crescente e pontos de ebulio tambm crescentes, de acordo com o esquema anterior.</p></li><li><p>Parte dos resduos, formados pelos componentes de maior massa molar, so evacuados para uma torre de vazio.</p><p> A, so destilados a presso reduzida para evitar que os compostos correspondentes se decomponham antes de entrarem em ebulio. </p><p>Esta tcnica traz vantagens em termos de custos energticos.</p></li><li><p>Gasolinas de Vero e de InvernoUma das fraes obtidas na destilao fracionada corresponde s gasolinas para veculos motorizados e, durante o ano, as empresas petrolferas fornecem gasolinas de diferentes composies em compostos volteis, em funo da temperatura ambiente por forma a facilitar a ignio.</p><p>Estas gasolinas so genericamente designadas por gasolinas de Vero e de Inverno, ou gasolinas oxigenadas.</p></li><li><p>Cracking catalticoO cracking uma das mais importantes reaes na indstria petrolfera.</p><p>Consiste na quebra de ligaes em molculas de alcanos de cadeia longa, de modo a obter hidrocarbonetos de cadeias mais pequenas alcenos e alcanos.</p><p>Esta reao d-se na presena de catalisadores e da o nome de cracking cataltico.</p></li><li><p>Esta operao efetua-se a cerca de 500 C, a uma presso prxima da presso atmosfrica e na presena de catalisadores muito cidos os zelitos.</p><p>Os zelitos so aluminosilicatos (Si O Al) e so tanto mais cidos quanto maior a proporo Al/Si.</p><p>Cracking cataltico</p></li><li><p>Zelitos A sua importncia deve-se sua estrutura.</p><p>Os zelitos naturais so constitudos por uma rede de canais, o que faz com que sejam catalisadores muito seletivos.</p><p>S catalisam processos nos quais as molculas, devido sua forma e tamanho, se podem movimentar dentro desse canais.</p><p>Hoje empregam-se quase exclusivamente zelitos sintticos.</p></li><li><p>Exemplo de uma reao de crackingC15H32 2 C2H4 + C3H6 + C8H18</p><p>*************************</p></li></ul>

Recommended

View more >