corpos estaveis

  • Published on
    28-Mar-2016

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

ana_melhoria cfm

Transcript

  • Corpos estticos no Jardim Botnico

    Entre o roseiral e o parque, num lugar sombrio, solitrio e verde, havia um pequeno jardim rodeado de rvores altssimas que o cobriam com os seus ramos. No meio desse jardim havia um lago redondo sempre cheio de folhas. No centro do lago havia uma ilha muito pequena feita de pedregulhos e onde cresciam fetos. E no centro da ilha estava uma esttua que era um rapaz feito de bronze. ...E durante o dia o Rapaz de Bronze no se podia mexer e tinha que estar muito quieto, sempre na mesma posio, porque era uma esttua. Mas durante a noiteJardim onde noite todas as plantas ganhavam vida. Os gladolos estavam muito na moda e eram as flores mais colhidas. Certo dia, nasceu um gladolo que ficou muito contente por saber que ia ser colhido. Mas ele ouviu a dona da casa a dizer ao jardineiro para no colher mais gladolos porque faziam falta ao jardim.Ento, o gladolo decidiu fazer uma festa para no ficar to triste. Ele tinha de pedir autorizao ao rapaz de bronze que era o dono do jardim durante a noite. Ele autorizou a festa e o gladolo convidou todas as flores.

    Sophia de Mello Breyner Andresen in O rapaz de Bronze.

  • ... E durante o dia o Rapaz de Bronze no se podia mexer ...

  • ... e tinha que estar muito quieto, sempre na mesma posio, ...

  • ... porque era uma esttua.

  • Corpos estticos no Jardim Botnico

    Nos terrenos da antiga casa da famlia Andersen estende-se o jardim. Nele nasceu a obra de Sophia de Mello Breyner Andresen, O rapaz de Bronze. com base neste conto que a captao das imagens fora feitas, identificanto os corpos estticos, incorporados no jardim e tendo como plano de fundo a casa Andresen.

    Faculdade de Arquitectura da Universidade do PortoComunicao Fotografia e Multimdia

    Fevereiro 2011

    Ana Carolina Sousa Ferreira