Empreendedor 169

  • View
    257

  • Download
    28

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edio n. 169 da revista Empreendedor, de novembro de 2008

Transcript

  • www.empreendedor.com.br

    ISSN

    141

    4-01

    52

    EMPREENDEDOR

    RUMO

    AOEXTERIOR

    ANO15

    N o169

    NOVEMBRO

    2008

    ANO 15 No 169 NOVEMBRO 2008 R$ 9,90

    www.empreendedor.com.br

    ANO 15 No 169 NNNNNNNNOOVEVEMBRO 2008 R$$ 99 9 99,900

    ESPECIAL: AS OPORTUNIDADES E A FORA DA CADEIA DE VALOR DOS BANCOS

    TI: AS VANTAGENS DO SOFTWARE LIVRE MARCOS WETTREICH: COMPULSO POR EMPREENDER

    Capacitao e apoio para pequenas empresas consolidarem a presena no mercado internacional CC tt lid d t iCC iitt ii lid d ii t i llRumo ao exterior

    Mervyn Lowe, diretor da P3D

  • 2empr

    eend

    edor

    | n

    ovem

    bro 2

    008

  • 3empr

    eend

    edor

    | no

    vemb

    ro 2

    008

  • 4empr

    eend

    edor

    | n

    ovem

    bro 2

    008

    N E S T A E D I O

    PEQUENASINTERNACIONAIS

    16

    10 | ENTREVISTA Ary PlonskyO presidente da Anprotec anuncia uma srie de iniciativas para melhorar o de-sempenho e ampliar o nmero de neg-cios de base tecnolgica, que somam 6 mil empresas apenas nas 400 incubadoras e 20 parques tecnolgicos distribudos por todo o Pas.

    24 | ESPECIALValor para bancosCom a crise financeira mundial, a eficin-cia da cadeia de valor e das ferramentas dos bancos brasileiros ainda mais ne-cessria para evitar riscos e prejuzos, e manter a rentabilidade em um cenrio de turbulncia.

    30 | ESTRATGIATrabalho em redeMicro e pequenas empresas, principal-mente do ramo de tecnologia, trocam a concorrncia pela cooperao, evitando o desperdcio de dinheiro e esforos, e ga-nham fora para competir e atender gran-des companhias.

    34 | GESTO Hora da organizaoFerramentas de housekeeping ajudam a organizar o espao de trabalho e a mant-lo assim para aumentar a produtividade. Segundo especialistas, os cinco sensos (separao, organizao, limpeza, con-servao e disciplina) trazem resultados logo que adotados.

    36 | TRIBUTOS Olho no caixaMicro e pequenas empresas podem adotar o regime de caixa como mtodo de escri-turao fi scal e usar o valor recebido como base de clculo. Um alvio para as fi nanas de pequenos negcios, que deixam de pa-gar antes de receber pela venda.

    CRIS

    TINA

    GALL

    O

    Elas j so metade das empresas exportadoras do Pas, embora respondam por apenas 2% do valor total exportado.

    Aumentar a participao efetiva de empreendimentos de micro e pequeno portes meta do governo federal, que

    conta com a ajuda de instituies como o Sebrae para a capacitao de empresrios

    e a Apex-Brasil para a promoo dos negcios brasileiros no exterior.

    Marcelo Torres, diretor da VO2Max

  • 5empr

    eend

    edor

    | no

    vemb

    ro 2

    008

    55555555555555555555555555555555555555555

    emememememememeeeeeeeeeeeeprprprprrprppppp

    eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeendndndndndndndndndndndndddndndndndnddndnddnddnddnddndndndndndnddnnnnnnnnn

    edededededededededdedededededdddededdeeeeeorororororororoooooooooooo

    | | | |||||||||||

    oooooooooonooooonooononooononononoononononononononoononnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnevevevevevevevevevevevevevevevvvvvvvvvvvvvvvvvvvv

    bbbbbmbmbmbmbmbbbmbmbbmbmbmbbmbbmbmbmbmbmbbmbbbbmbmmmmmmmrorooooooooooooorooooooooorororooorororoorooororrrrrrrrrrrrr

    222 2 2222 2 2 2222222 222 22 222222222222222222222222 2222200000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000008888888888888888888888888888

    Quando conseguiu abrir seu negcio, o ex-bia-fria apostou em um produto tipicamente nacional, mas extremamente marginalizado. Com muita disposio e dedicao, ele ajudou a reverter esse estigma, e hoje reconhecido como o embaixador da cachaa.

    L E I A T A M B M

    44PERFIL

    Delfino Golfeto

    38 | CRDITODinheiro certoA Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas garantiu preferncia a estes empreendimen-tos nas licitaes de compras pblicas. Para facilitar a participao, o Banco do Brasil oferece crdito pr-aprovado para aquelas que vencerem concorrncias.

    EMPREENDEDORESNO DURMA NO PONTOPEQUENAS NOTVEISNEGCIO CERTOPRODUTOS E SERVIOSLEITURA DINMICA EMPREENDEDORAAGENDAANLISE ECONMICAE-EMPREENDEDOR

    81 4

    486672747677

    8082

    40 | MEMRIA Lado a ladoA Empreendedor entra neste ms em seu 15 ano de vida. Ao longo de suas 169 edies, sua equipe de produo procurou sempre levar aos seus leitores as oportunidades de neg-cios existentes no mercado e solues para melhorar suas empresas.

    50 | A VOZ DA EXPERINCIA Marcos WettreichReconhecido como um empreendedor se-rial, ele se destaca tanto pela habilidade e compulso em criar empresas quanto em vend-las, obtendo retornos milionrios que j chegaram a 14 e 18 vezes o valor investido. E no pensa em parar.

    54 | TI Liberdade digitalSoftwares abertos tm efi cincia e segurana maiores ou iguais aos programas licenciados, mas ainda so uma realidade distante das micro e pequenas empresas, que perdem a oportunidade de implantar ou melhorar sua rea de TI por um preo acessvel.

    58 | FRANQUIA Treinamento remotoTecnologias de educao a distncia, princi-palmente o e-learning, facilitam o treinamen-to de grupos grandes e dispersos, caractersti-ca comum s redes de franchising, reduzindo gastos com logstica e o tempo dispensado na capacitao.

    PAULA/SINKROFOTO

  • 6empr

    eend

    edor

    | n

    ovem

    bro 2

    008

    E D I T O R I A L

    A Revista Empreendedor uma publicaoda Editora Empreendedor Diretor-Editor: Acari Amorim [acari@empreendedor.com.br]

    Diretor de Comercializao e Marketing:Geraldo Nilson de Azevedo[geraldo@empreendedor.com.br]

    Redao Editor-Executivo: Alexsandro Vanin [vanin@empreendedor.com.br] Reprteres: Andria Seganfre-do, Clia Schmitz, Diogo Honorato, Francis Frana e Raquel Rezende Edio de Arte: Gustavo Cabral Vaz Projeto Grfico: Oscar Rivas Fotografia: Arquivo Empreendedor, Casa da Photo, Cristina Gallo, Pau-la/Sinkrofoto e PurestockX Foto da capa: Divulga-o Reviso: Lu Coelho

    Sedes

    So Paulo Gerente Comercial: Fernando SantAnna Borba Executivos de Contas: Ana Carolina Canton de Lima e Osmar Escada Jr Rua Sabar, 566 9 andar conjunto 92 Higienpolis 01239-010 So Paulo SP Fone: (11) 3214-1020 [empreendedorsp@empreendedor.com.br]

    Florianpolis Executivos de Contas: Nelson Rosa [nelson@em-preendedor.com.br] Executiva de Atendimento: Kerlly Corra [kerlly@empreendedor.com.br] Av. Osmar Cunha, 183 Ed. Ceisa Center bloco C 9 andar 88015-900 Centro Florianpolis SC Fone: (48) 2106-8666

    Escritrios Regionais

    Rio de Janeiro Triunvirato Desenvolvimento Empresarial Ltda Milla de Souza [triunvirato@triunvirato.com.br] Rua So Jos, 40 sala 31 3 andar Centro 20010-020 Rio de Janeiro RJ Fone: (21) 3231-9017

    Braslia Ulysses C. B. Cava [ulyssescava@gmail.com] Fone: (61) 3963-7732/9975-6660 CLSW 301 Bloco C Loja 62 Sudoeste 70673-603 Braslia Distrito Federal

    Paran Merconeti Representao de Veculos de Comunicao Ltda Ricardo Takiguti [ricardo@merconeti.com.br] Rua Dep. Atlio Almeida Barbosa, 76 conjunto 1 Boa Vista 82560-460 Curitiba PR Fone: (41) 3079-4666

    Rio Grande do Sul Alberto Gomes Camargo [ag_camar-go@terra.com.br] Rua Arnaldo Balv, 210 Jardim Itu 91380-010 Porto Alegre RS Fone: (51) 3340-9116

    Pernambuco HM Consultoria em Varejo Ltda Hamilton Marcondes [hmconsultoria@hmconsultoria.com.br] Rua Ribeiro de Brito, 1111 conjunto 605 Boa Viagem 51021-310 Recife PE Fone: (81) 3327-3384

    Minas Gerais SBF Representaes Srgio Bernardes de Faria [comercial@sbfpublicidade.com.br] Av. Getlio Vargas, 1300 17 andar conjunto 1704 30112-021 Belo Horizonte MG Fone: (31) 2125-2900

    Assinaturas Servio de Atendimento ao Assinante Diretor: Ronaldo Cesar Pacheco Fone: 0800-9797979 [assine@empreendedor.com.br] O valor da assinatura anual (12 edies mensais) de R$ 118,80. Aproveite a promoo especial e receba um desconto de 20%, pagando somente R$ 95,04. Estamos sua disposio de segunda a sexta-feira, das 8h s 18h30.

    Produo Grfica Impresso e Acabamento: Coan Grfi ca Editora CTP Distribuio: Distribuidora Magazine Ex-press de Publicaes Ltda So Paulo

    Empreendedor.com http://www.empreendedor.com.br

    As micro e pequenas empresas j so metade dos exportadores bra-sileiros, e um quarto de mdio porte. O primeiro grupo, no en-tanto, responde por apenas 1,9%

    do valor total exportado. Aumentar a parti-cipao das MPEs no mercado internacional estratgico, do ponto de vista econmico e social, pois elas so quase 99% dos ne-gcios formais no Pas e respondem pela maior parte dos empregos gerados. Em uma ao conjunta, governo federal e ins-tituies, como o Sebrae, visam preparar o terreno e capacitar 4 mil empreendimentos em dois anos.

    Mas estimular as empresas a exporta-rem, no momento em que uma crise mun-dial acaba de eclodir, sensato? Pelo menos dois fatores derrubam essa dvida. Primei-ro, toda crise passageira, por mais intensa e longa que possa ser, e a capacitao de empresrios e funcionrios no se faz de uma hora para outra, exige tempo e inves-timento. Segundo, a cultura necessria para atuar no exterior tambm tem outra utili-dade: no mercado interno mais favorvel

    neste momento de turbulncia a compe-tio com produtos importados acirrada.

    E se o assunto crise financeira, o que dizer dos bancos, as instituies mais afeta-das diretamente? Uma coisa certa: agora, mais do que nunca, preciso contar com uma cadeia de valor eficiente para evitar ris-cos desnecessrios e prejuzos e manter a rentabilidade. As principais oportunidades encontram-se na rea de Tecnologia da In-formao, de gesto de crdi