Encontro com... Luís Represas

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Biobibliografia

Text of Encontro com... Luís Represas

  • ENCONTRO COM ENCONTRO COM ENCONTRO COM ENCONTRO COM

    Biblioteca E.B. 2, 3 de Lea da Palmeira

    SEMANA DA LEITURA 2011

    28 de Fevereiro / 30 de Maro

  • Biografia

    Lus Represas interessou-se desde muito cedo pela msica.

    Aos 13 anos comprou a sua primeira guitarra.

    Em 1997, funda a bandaTROVANTE juntamentecom Joo Gil, Joo NunoRepresas, Manuel Faria ecom Joo Gil, Joo NunoRepresas, Manuel Faria eArtur Costa.

    Este grupo vir-se-ia arevelar um dos maisinfluentes da msicapopular portuguesa.

    BIBLIOTECA - E.B. 2, 3 de Lea da Palmeira

  • Em 1992, inicia uma carreira a solo.

    Lus Represas refugia-se, ento, em Havana, ondecomea a viver novas experincias musicais, conquistando o

    seu espao para compor msicas, com a colaborao do

    baixista portugus Nani Teixeira e dos cubanos Pablo

    Milans e Miguel Nuez.Milans e Miguel Nuez.

    Assim nasce o lbum Represas.

    De xito em xito, vai compondo e editando discos, que tmbastante impacto junto do pblico, dando-lhe grandepopularidade. So famosos os lbuns: Cumplicidades; AHora do Lobo; Cdigo Verde; Fora de Mo; AHistria Toda; Olhos nos Olhos; Um Caso a Mais,entre outros.

    BIBLIOTECA - E.B. 2, 3 de Lea da Palmeira

  • Os concertos, em que participa, enchem o Coliseu dos Recreios,o Auditrio do Centro Cultural de Belm, o Pavilho Atlntico,o Coliseu do Porto e outras casas de espectculos, dentro efora do pas, arrastando multides.

    Tambm em 1999, Represas aceita o convite para ser a voz,na verso portuguesa, dos temas originais de Phil Collins,para a banda sonora do filme de animao Tarzan, daDisney.

    Em 2005, no dia 10 de Junho, condecorado com a Ordem

    do Mrito pelo Sr. Presidente da Repblica, Dr. Jorge Sampaio.

    Em 2010, estreia-se como escritor, com o livro infantil A Coragem de Tio.

    BIBLIOTECA - E.B. 2, 3 de Lea da Palmeira

  • Depois de vrios anos pelo mundo das canes, sentiude repente a vontade de escrever.

    O escritor

    Estava em casa a pensar em dois universosque me so muito familiares e muitoqueridos: o universo subaqutico e o outroque o mundo dos cavalos. Apeteceu-me,de repente, escrever uma histria queenvolvesse estes dois universos. Da ternascido um ser, que um bocado filhodestes dois universos, que o cavalo-marinho.

    BIBLIOTECA - E.B. 2, 3 de Lea da Palmeira

  • Sentei-me ao computador e, sem saberporqu, comecei a escrever. No tinhaobjectivos concretos. medida que fuiredigindo, a narrativa tomou algumasredigindo, a narrativa tomou algumascaractersticas de um livro infanto-juvenil.Ao mesmo tempo, pretendia que a histriafosse transversal, permitindo aos pais teralgum prazer quando esto a cont-la aosfilhos.

    BIBLIOTECA - E.B. 2, 3 de Lea da Palmeira

  • Numa entrevista, afirma ainda:

    Escrever um livro um exerccio completamente

    diferente, sobretudo para quem est habituado a redigir

    histrias condensadas em trs minutos numa cano,

    durante 30 anos de carreira no mundo da msica.

    Sinto-me to emocionado com este livro como me senti

    Tendo sido questionado quanto ao seu futuro como

    escritor, se vai continuar a escrever, responde:

    Vamos ver. H tanto caminho para andar e tantas

    coisas para fazer. Tudo pode acontecer.

    quando lancei o primeiro disco, com os Trovante, em

    1976.

    BIBLIOTECA - E.B. 2, 3 de Lea da Palmeira

  • A ObraA Coragem de Tio conta com

    as ilustraes de Catarina Frana

    e foi lanado pela Editora Dom

    Quixote.

    Mas quem Tio?Mas quem Tio?

    Tio um cavalo-marinho preto.

    Gosta de arriscar, de explorar o

    desconhecido, de sentir o prazer

    da aventura

    Se queres ficar a conhecer esta personagem, l o livro.BIBLIOTECA - E.B. 2, 3 de Lea da Palmeira

  • Bibliografia

    http://www.luisrepresas.com/

    http://www.expressoeslusitanas.com/308700.html

    BIBLIOTECA - E.B. 2, 3 de Lea da Palmeira