FACULDADE SANTA TEREZINHA - CEST COORDENAÇÃO DISCIPLINAS/FISIO/2014.1/2o... · 1.1.-Conceitos Fundamentais…

  • Published on
    16-Dec-2018

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Transcript

FACULDADE SANTA TEREZINHA - CEST COORDENAO DO CURSO DE FISIOTERAPIA

PLANO DE ENSINO

DADOS DA DISCIPLINA CDIGO NOME CARGA HORRIA PERODO HORRIO

0313 Filosofia 40h 2 Sexta-feira 09:20 s 11:00

PROFESSOR (A) Esp. Isabel Cristina Costa Freire EMENTA Origem e conceitos fundamentais do pensamento filosfico. Evoluo histrica da Filosofia. Filosofia e Cincia. Principais correntes filosficas clssicas e contemporneas. As questes filosficas contemporneas.

OBJETIVOS DA DISCIPLINA Geral Compreender a importncia da Filosofia no processo da formao da conscincia crtico-reflexiva do sujeito atuante e participativo na pluralidade dos contextos, a partir do conhecimento de seus fundamentos, evoluo histrica e suas correntes.

Especficos

Entender as contribuies da Filosofia para o desenvolvimento do pensamento humano.

Destacar o papel da Filosofia nos diferentes contextos scio-histricos, visando situ-la enquanto base para a leitura da realidade.

Analisar de forma crtico-reflexiva as diferentes correntes filosficas.

Reconhecer o homem como ser consciente na mediao ativa da realidade em que est inserido.

Descrever a responsabilidade poltica e social do profissional da rea da sade.

Refletir criticamente o belo relacionado com o contexto histrico-social e a sensibilidade humana.

Quarta-feira9:20 s 11:00

FACULDADE SANTA TEREZINHA - CEST COORDENAO DO CURSO DE FISIOTERAPIA

CONTEDO PROGRAMTICO

PROCEDIMENTOS DIDTICOS Aulas expositivas dialogadas com o auxlio de slides, esquemas, textos e transparncias. Discusso dos textos referentes a temas especficos, preparao e apresentao dos

resultados da pesquisa realizada para o Projeto Caf Filosfico. Apresentao e discusso de filmes, documentrios, debates, elaborao de argumentos

e outros

TRABALHOS DISCENTES EFETIVOS TDEs

Leitura,,anlise de estudo dirigido de um texto. (4 h) Leitura, anlise e resumo de um artigo cientfico para o projeto interdisciplinar de leitura

Caf Filosfico. (4h)

RECURSOS DIDTICOS Quadro branco e seus acessrios Transparncias Data-show Fitas e/ou CD/DVDs Livros , revistas, textos, artigos e outros.

SISTEMA DE AVALIAO

A avaliao tem carter processual e diagnstico, objetivando o acompanhamento do desempenho do aluno no decorrer da disciplina, para tanto, devem ser considerados aspectos qualitativos como a participao ativa nas aulas e atividades acadmicas, o relacionamento aluno-professor e aluno-aluno, a cooperao, a competncia fundamentada na segurana dos conhecimentos adquiridos, a autonomia para aprofundar os conhecimentos, a pontualidade, o cumprimento de prazos na entrega de trabalhos, dentre outros.

Cotidianamente, a cada aula, a avaliao ocorrer com base em procedimentos como: - discusso de temas relacionados aos contedos; - exerccios escritos; - produo textual; - estudos dirigidos; - demais atividades avaliativas correlacionadas aos objetivos da unidade de estudo.

UNIDADE I FILOSOFIA: PERODO CLSSICO E MEDIEVAL (14h) 1.1.-Conceitos Fundamentais

1.2 A passagem da conscincia mtica Conscincia Filosfica 1.3 Filsofos Pr-Socrticos 1.4 Filsofos do Perodo Socrtico 1.5 Filsofos da Patrstica e Escolstica

UNIDADE II PERODO MODERNO (12h)

2.1 Filsofos do Perodo Moderno

UNIDADE III PERIODO CONTEMPORNEO (14h) 3.1 Uma abordagem hermenutica sade-doena 3.2 O belo como significao da realidade: a questo corprea

FACULDADE SANTA TEREZINHA - CEST COORDENAO DO CURSO DE FISIOTERAPIA

Alm dos aspectos qualitativos, sero observados os critrios objetivos regimentais: freqncia mnima de 75% da carga horria da disciplina, trs notas parciais (uma por ms, a cada 1/3 do contedo trabalhado, cumulativamente ou no) que sero compostas da seguinte forma:

- avaliaes escritas individuais (provas) na proporo mnima de 70% para composio da nota; - atividades acadmicas individuais, na proporo de at 30% (quando estas se fizerem

necessrias) para a composio da nota. Esto previstas como atividades acadmicas: - leitura, anlise e resumo de um artigo cientfico; - leitura, anlise e fichamento de um texto; Em consonncia s normas institucionais, no obtendo mdia para aprovao a partir das

trs notas parciais, o discente poder fazer prova substitutiva e, se necessrio, prova final.

ARTIGO CIENTFICO E TEXTO PARA ATIVIDADES ACADMICAS Siqueira-Batista R, Schramm FR. A filosofia de Plato e o debate biotico sobre o fim da vida: intersees no campo da Sade Pblica .Cad. Sade Pblica, Rio de Janeiro, 20(3):855-865, mai-jun, 2004< http://www.scielo.br/pdf/%0D/csp/v20n3/23.pdf> Acessado em 05 de janeiro de 2013. MARCONDES, Danilo. Textos bsicos de Filosofia: Pr-Socrticos Wittgenstein. 5.ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2005.

REFERNCIAS Bsica

CHAU, M. Introduo histria da filosofia. 2. ed. So Paulo: Atlas, 2005. MARCONDES, D. Iniciao histria da filosofia: dos pr-socrticos a Wittgenstein. 11. ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2007. __________. Textos bsicos de filosofia: dos pr-socrticos a Wittgenstein. 2. ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2007.

Complementar

ARGERAMI-CAMON, V. A. et. al. A tica na sade. So Paulo: Pioneira, 2006. BUZZI, A. R. Filosofia para principiante: a existncia humana no mundo. 17. ed. So Paulo: Makron Books, 2009. CHAU, M. Convite Filosofia. 13. ed. So Paulo: Atlas, 2005. JAIME, J. Histria da Filosofia no Brasil. 2. ed. Petrpolis: Vozes, 2000. REALE, G.; ANTISERI, D. Histria da Filosofia. So Paulo: Paulus, 2006 So Lus, 2 de janeiro de 2013.

Profa. Esp. Izabel Cristina Costa Freira

_____________________________ Coordenador(a)

Aprovado em Conselho de Curso no dia ___/___/___

So Lus, 3 de janeiro de 2014.

Profa. Esp. Isabel Cristina Costa Freire

SCORSOLINI-COMIN, Fabio, SANTOS, Manoel Antnio dosTODOS PASSAM PELA VIA CRUCIS: A CORPO-REIDADE EM CLARICE LISPECTOR. Psicologia em Estudo, Maring, v. 15, n. 3, p. 623-632, jul./set. 2010 < http://www.scielo.br/pdf/pe/v15n3/v15n3a20.pdf> Acessado em 03 de janeiro de 2014.MARCONDES, Danilo. Textos bsicos de Filosofia: Pr-Socrticos Wittgenstein. 5.ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2005.

Recommended

View more >