Florida 17

  • View
    221

  • Download
    5

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Brazilian Times - Edio /Florida 17

Transcript

  • The best journal for youBrazilian Times

    Freewww.braziliantimes.comYear XXVII - N 1778 - Wed, Jul 1st, 2015 - Tue, Jul 7th, 2015

    17Time

    sThe Sunshine State

    leia mais naPGINA 07

    leia mais naPGINA 02

    leia mais naPGINA 08

    Famlia perde casa e todos osBens em incndio em Orlando

    ORLANDO, FL - Na ltima segunda-feira, dia 29, uma famlia brasileira teve sua casa incendiada no Subdvision Peppermill, em Orlando, na Flrida. Na casa moravam trs adultos e duas crianas. Um curto--circuito teria sido o motivo. Os bombeiros foram cha-mados para conter as chamas.

    A dona da casa Cristiane Fonseca, que tentou salvar ao mximo os bens, mas perdeu praticamente tudo. Ela e a famlia estavam ontem na casa de uma amiga, mas vo receber ajuda da Cruz Vermelha, que dever forne-cer seis dias num hotel.

    Caso de brasileira que morava na Florida inspira

    campanha sobre direitos na guarda

    de filhos com estrangeiros

    O Ministrio das Relaes Exteriores, a Secretaria dos Direitos Humanos e a Defen-soria Pblica da Unio faro uma campanha para esclarecer os direitos dos brasileiros que precisem disputar a guarda de filhos com pais estrangei-ros. O objetivo da medida evitar casos como o da brasi-leira Karla Janine Martins de Albuquerque que, em 2014, foi presa no Texas, Estados Unidos, aps tentar fugir com a filha Amy Galvin, menor de idade, para escapar do ento marido, o americano Patrick Joseph Galvin, que ela diz ser agressivo.

    Brasileira assume presidncia do Rotary Club de Boca Raton

    A brasileira Dini Heizer assumiu a presidncia do Rotary Club de Boca Raton West (Florida). Ela foi empossada no dia 30 de junho e ficar no cargo at 2016. A cerimnia aconteceu no clube Rotariano de Brasileiros da Florida e recebeu o Governador Juan Ortega do Distrito 6930.

    Hair stylist Dinho Payan faz sucesso em Miami com dois Studio D

    Brasileiros voparticipar de Congresso Epidemiolgicoem Miami (Florida)

    Brasileiro de Goinia um dos cabeleireiros mais requisita-dos pelas celebridades brasilei-ras que passam por Miami

    A cada cinco anos, o Congres-so de Epidemiologia das Amri-cas rene os principais pesqui-sadores, cientistas, docentes e estudantes de mais de 20 pases do continentes, alm de convi-dados da Europa, frica e sia. O evento organizado, conjun-tamente, pela International Epi-demiological Association (IEA);

    leia mais naPGINA 09

    leia mais naPGINA 12

  • Wednesday, July 1st, 2015

  • 03AdvertisementWednesday, July 1st, 2015

  • Wednesday, July 1st, 2015

  • 05AdvertisementWednesday, July 1st, 2015

  • Wednesday, March 4th, 2015 Column

    Wednesday, July 1st, 2015

  • 23

    Wednesday, March 4th, 2015 Column

    Wednesday, July 1st, 2015

    #

    Aproveito a oportunidade para expresser minha gratido Associao Brasileira de Imprensa

    Internacional, que me entregou o Golden Brazilian Press Award, j que o tempo de faz-lo ao vivo, foi

    escasso.

    No sei se aps 30 anos de Jornalismo, eu me tornei um melhor jornalista. Mas certamente, me tornei

    um jornalista bem mais velho, e quero dividir este prmio com todas as pessoas que me ajudaram nesta

    trajetria.

    Este foi o quarto Brazilian Press Award que recebi, o segundo de Ouro, e cada um deles tem um valor

    muito especial.

    Em primeiro lugar, quero dividi-lo com a minha maravilhosa famlia. Sem ela Eu teria minha prpria

    ilha no Oceano Pacco!

    No, srio! Sem ela, eu no estaria aqui. Estaria em Acapulco, tomando margaridas at o meu dinheiro

    acabar, e algum me jogar no mar como comida de tubaro.

    Eu dei sorte por ter 3 mes, pois ao menos uma delas pde estar comigo naquela noite, no Broward

    Center. E foi minha tia, Anna Cesar, que veio diretamente de Boston, mesma cidade de onde vieram

    minha lha Patricia e suas trs lhas nesta noite festiva.

    A Tia Anna a culpada por me trazer aos EUA. At hoje o governo Americano a culpa! Ela esteve

    minha espera em Boston, quando cheguei de So Paulo; esteve em minha formatura do High School;

    deu-me meu primeiro carro; na formatura da Faculdade; em meu casamento; no batizado do meu

    primeiro lho; me emprestou dinheiro, sempre me aconselhou, e esteve l, celebrando meus 30 anos de

    prosso. Espero que ela no perca o meu enterro. Srio! Ela merece viver muito mais tempo do que

    eu!

    Muito obrigado a meus lhos Marcos, Netinho e Iko. Ainda bem que nenhum deles virou jornalista. s

    minhas netas, espero que todas elas estudem computao!

    E muito obrigado minha esposa, Tnia Azevedo, que todos conhecem bem. H 29 anos comigo, Tnia

    a pessoa que mais tolerou minhas imbecilidades. Muito obrigado.

    Muito Obrigado minha me original, que infelizmente no esteve presente, Dona Adelaide, e ao meu

    pai, o Z Mulato, que apesar de pouco falar comigo, me deu minhas maiores lies:

    Seja nmero 1 na escola, no espere recompensas ou tapinhas nas costas, e nunca reclame de nada ou

    de ningum.

    Muito obrigado aos meus colegas da Mdia, que ao longo desses 30 anos, participaram diariamente da

    minha jornada. Entre eles, Edirson Paiva, Ivanor Tassis, Dr. Joel Stewart, Ferreira Neto, Arnon Dantas,

    Srgio Botinha, Gustavo Sampaio, Joo Bosco Tureta e Delano Vaz, bem como a Jimmy Albuquerque e

    aos pastores Silair, Moiss, Antonio, Flvio de Leidimar. Muitssimo obrigado a todos vocs!

    A todos os nossos colaboradores, leitores, patrocinadores, vendedores, ouvintes, telespectadores, e

    amantes da msica que nos prestigiaram em 30 anos do Canal Brasil, das turns internacionais, do

    Brazilian Paper, da Floridian Magazine, do Marcos Cesar Show e da Rdio Brasil, em especial aos

    nossos principais contribuintes: Augusto Cesar, Victor Neves, Marcio Mello, Srgio Melcio, Evelyn

    Caetanos, Jorge Nunes, Vanuza, Lo Faliveli, Letcia Spinelli, Barbar Cummings, Gilson do Pandeiro e

    Edson Pagotto. Com vocs, aprendi e me diverti muito em todos esses anos. Sei que deixei gente de

    fora, me desculpem!

    Aproveito para deixar algumas dicas baseadas no que vejo hoje em dia:

    1- Invista cada centavo seu no Depto. Comercial. Na maioria das vezes, camos

    putos em pagar comisses, mas sempre lembrem-se do quanto voc embolsa graas a ele. Valorize seus

    vendedores. O Depto. Comercial o corao de qualquer empresa de Mdia. Seu jornal pode ser uma

    droga e no ter quem o leia, mas se o seu Depto. Comercial for bom, eles vo achar quem invista nele.

    2- Se voc acha que o Nmero 1 do pedao, pode ter certeza de que no ser assim

    por muito mais tempo. Nunca se acomode. Na Comunicao, o poder muda de mos toda hora.

    3- Esteja atento a sua clientela e suas necessidades. O dinheiro est nas mos

    daqueles que beneciam o maior nmero de pessoas.

    4- De acordo com o USA TODAY, apesar de ainda ser gigante, com $20 bilhes s

    no ano passado, o gasto publicitrio com a mdia impressa caiu pela metade nos ltimos 10 anos,

    enquanto que a Mdia Digital cresceu 23% em um ano. Alm disso, tenha d da Terra e busque

    maneiras cada vez mais digitais para sustentar seu veculo, sem espalhar tanto papel e tinta pelo

    planeta.

    5- Capriche no PORTUGUS. Procure no assasssinar este idioma to lindo.

    Lembre-se de que voc talvez tenha algum leitor, e ele pode vir a aprender a escrever errado, assim

    como voc.

    6- Se voc est na Mdia s por causa dos crachs e reas VIP, divirta-se.

    Otrios so aqueles que lhe do tal assesso.

    7- A TV preto e branco acabou; o VHS acabou; o CD quase acabou; a ta

    cassete acabou; a revelao de fotograa acabou, e os jornais impressos esto por um triz.

    Modernize-se!

    8- Assimile as comunidades hispnica e negra com um pouco mais de

    respeito. Sem elas, ns ainda viveramos como 'CUCARACHAS', de verdade. Com 50

    milhes de representantes nesse pas s de hipnicos, temos ajuda hospitalar, tradutores nas

    Cortes e nos departamentos pblicos, literatura em vrios idiomas (at no DETRAN), leis

    de Imigrao e favorecimentos diversos nas escolas pblicas e universidades. No pense

    que os direitos e regalias que voc encontra neste pas hoje, foram criados para voc.

    Eles foram estabelecidos no decorrer de muitas dcadas, em incansveis lutas comunitrias

    travadas por hispnicos e negros. Eles merecem nosso pleno respeito e considerao.

    9- Lembrem-se de que a Mdia, apesar da distoro que existe hoje, no foi

    criada para fotografar casamentos ou lembrar-nos de quanto aquele ou aquela socialite tem

    mais dinheiro ou se diverte mais do que ns. A imprensa foi criada, neste pas, para checar

    as atividades do Governo, para informar os membros da comunidade em como viver

    melhor, expressar-se melhor, e adquirir os direitos a eles cabidos; para entreter e dar voz ao

    povo. nisso que um bom jornalista deveria estar focado.

  • Wednesday, March 4th, 2015 Column

    Wednesday, July 1st, 2015

  • Wednesday, March 4th, 2015 Column

    Wednesday, July 1st, 2015

    Famlia perde casa

    e todos os bens em

    incndio em Orlando

  • 10 Column Wednesday, July 1st, 2015

    Sucesso total o coquetel de lanamento do Maga-zine Evidncia, em Sunny Island, Miami, na semana passada. O Magazine Evi-dncia a nova Caras do Brasil, um magazine reple-to de gente que brilha e faz acontecer. O magazine um cone na Regio Amaznica e Central do Brasil e chega com fora total em Miami, uma publicao que trar curiosidades e informaes - em Portugus e Ingls - sobre a Regio Amaznica e a Florida. Somente quatro horas separam estas regies e tanto os brasileiros como os gringos podero conhe-cer o melhor do melhor na rota Miami - Manaus. Esta colunista com org