G5 Wetlands

  • View
    87

  • Download
    0

Embed Size (px)

Transcript

SISTEMA DE CONSTRUO EM REAS ALAGADAS

Hamyne Lisboa Laiz Russo Duarte Vanessa da Rosa Delabari Thamires Morais Thamirys Suelle Silva

O

que significa o termo Wetlands (reas alagadas)?

Esse termo utilizado para caracterizar vrios ecossistemas naturais que ficam parcial ou totalmente inundados durante o ano. O que o sistema denominado Wetlands? O sistema denominado wetland tem como principal fundamento a filtragem e purificao de guas superficiais.Que podem ser naturais ou artificiais, ambos desenvolvem funes semelhantes.

Wetlands naturais:Funcionam como filtros naturais que purificam a gua na medida que a mesma escoa, causando varios beneficios direta ou indiretamente ao meio ambiente.

Wetlands construidos:O sistema trata biologicamente o esgoto ps- tanque sptico, utilizando o potencial do junco Zizanopsis bonariensis brs., o qual atravs das razes permite o tratamento secundrio do esgoto domstico e industrial, pela decomposio da matria orgnica e nutrientes mais simples e diminui sensivelmente a contaminao por coli fecal, favorecendo o equilbrio ambiental.

Podem ser de 4 tipos:1. 2. 3. 4. Sistemas de plantas aquticas flutuantes . Sistemas de plantas aquticas emergentes. Sistema de depurao hdrica. Sistema de drenagem.

1.Sistemas de plantas aquticas flutuantes.Grupo de plantas de diversas espcies utilizadas em canais relativamente rasos contendo uma espcie ou uma combinao de espcies. A mais estudada a Eichornia Crassipes ,nome popular: aguap A ao depuradora acontece pela absoro de partculas pelo sistema radicular das plantas; pela absoro de nutrientes e metais pelas plantas; pela ao de microorganismos associados rizosfera e pelo transporte de oxignio para a rizosfera.

2. iste

s e l

t s

tic s e er e tes.

Utiliza la tas e se ese l e te siste a ra ic lar res a se i e t e ca le e ersas. r f a e etra siste a ra ic lar er ite a as f l as arcial e te s ex l ra e ra e l e e se i e t s, e e e a es cie c si era a. es cie ais tiliza a e r jet s te si a Ty a latiflia, c eci a l ar e te r ta a. Todas as es cies s o morfologicamente adaptadas para se desenvolverem em sedimentos inundados em decorrncia dos grandes volumes de espaos internos capazes de transportar oxignio para o sistema radicular. Parte do oxignio pode ainda sair do sistema radicular para a rea em torno da rizosfera criando assim condi o para decomposi o de matria orgnica, bem como para crescimento de bactrias nitrificadoras.

3. Sistema de depurao hdrica.O sistema DHS (Despoluio Hdrica com Solos) constitudo por camadas superpostas de brita, pedrisco e solo cultivado com arroz (Patente PI 850.3030). O arroz utilizado no cultivo o IAC 101. As dimenses dos m dulos de solos filtrantes, bem como a espessura da camada do solo, variam de acordo com o efluente a ser tratado e da eficincia que se deseja atingir. Pode-se filtrar de 100 a 300 l/s/ha.

4. Sistema de drenagem.A ao depuradora dos solos filtrantes se d atravs de sua ao como filtro mecnico, filtro fsico-qumico e filtro biolgico. A) Ao de filtragem fsico-qumica: depende fundamentalmente da estrutura granulomtrica do solo e da sua composio; a reteno de ctions e nions est intimamente relacionada capacidade de troca catinica (C C) do solo; B) Ao biolgica: b.1) Ao de microorganismos do solo que decompem a matria orgnica, ativam os processos biogeoqumicos e atuam sobre microorganismos que e istem nas guas poludas; b.2) Ao de plantas que crescem nos solos e retiram nutrientes ao mesmo tempo em que mantm a permeabilidade do solo atravs de seu sistema radicular. Os solos filtrantes com alto coeficiente de condutividade hidrulica e alta capacidade de troca catinica.

Vantagens1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. Bai o custo de Implantao Durabilidade 50 anos Fcil operao e manuteno reduzida Evita proliferao de moscas, mosquitos, borrachudos e roedores Remove satisfatoriamente matria orgnica e s lidos suspensos, nitrognio e f sforo No provoca cheiro, evita acumulo de lodo Considervel reduo de pat genos Integra-se ao meio ambiente e no polui Respeita o equilbrio ambiental, moderno, seguro, econmico e eficaz

Desvantagens1. De a a ia . ecessi a e e s . sce t el a e s strat . ecessi a e e e rea strat , c t i e t a ej as rita e areia s es a s azi s acrfitas

Embora as macr filas aquticas sejam plantas melhor adaptadas em clima tropical, pesquisas mostram apresentam boa eficincia de remoo de nutrientes , tanto em pases com clima temperado com frio.

No Brasil, o clima apropriado para o crescimento de macr filas, sendo necessrio requerendo medidas de controle, para evitar que a eficincia de remoo de nutrientes seja prejudicada.