His Eyes - Renee Carter.pdf

  • View
    180

  • Download
    7

Embed Size (px)

Transcript

2

Sinopse:Qual a maneira mais provvel de encontrar o amor? De bab. Ou, ao menos que seja Amy Turner. Amy est a ponto de se formar no colgio quando encontra um anncio para cuidar de crianas durante o vero. No tinha ideia de onde estava metendo-se. Seu novo trabalho era cuidar de Tristan Edmund, um garoto sexy e rico de sua idade... e que recentemente ficou cego. Tristan no est interessado em aceitar sua ajuda. Isso o que ele pensa. Desde que perdeu seu pai e ficou cego em um concurso de salto a cavalos, Tristan passa os dias na escurido, negando-se a aceitar sua deficincia. Para seu desgosto, Amy entra em sua vida e o arrasta para a luz. Mas quando os dois comeam a sentir algo um pelo outro, a linda ex-namorada de Tristan aparece. Ser muita tentao, ou Tristan ser capaz de escolher a nica garota que realmente o v?

Tradues 4Love

3

PrlogoSeus olhos, refletindo o azul do cu do Arizona, concentraram-se na continuao. Seus msculos retesaram-se ao sentir os poderosos movimentos do cavalo negro debaixo dele. Sentou-se reto na sela, com seu suave palet escuto, respirando superficialmente com antecipao. Essa competio era mais difcil do que esperava e precisava ganhar, o desejo bombardeava brutalmente pelas suas veias. Ele sabia que seu tempo era bom e tinha transposto oito barreiras sem erros. S tinha duas a esquerda. Alto sobre o centro, alto sobre o centro. sussurrou e comeou a inclinar-se para frente. Viu como a oxidada barreira quadrada rapidamente se aproximava. Aconteceu em um instante. Muito rpido, sentiu o som da contrao. Logo depois, as orelhas do cavalo foram inclinadas para frente; quebrou suas costas. Captou um movimento com o canto dos olhos, a areia mudava. No, era s um galho. No, era s uma serpente bronzeada! No momento que a realidade bateu, o cavalo j tinha plantado seus cascos e se assustado. Ele falou rapidamente. Tranquilo, tranquilo. Mas o cavalo encheu-se de pnico quando a serpente lanou-se mais perto de suas pernas. O cavalo irritou-se e se voltou para trs antes que o jquei pudesse raciocinar. O tempo ficou mais lento. Viu o cu brilhante arqueando-se por cima dele e sentiu a rajada de vento quente em sua pele. Ouviu os gritos distantes da multido e o som de um corpo lanando-se no cho... Ento seu mundo desvaneceu-se ao preto.

Tradues 4Love

4

Captulo Um Dei-me por vencida e comecei a buscar um trabalho. Agora mesmo estou a caminho de uma entrevista. No me olhe desse jeito, sou uma garota, ento posso realizar vrias coisas Parei de escrever e olhei o caminho, assegurando-me que estivesse to deserto quanto antes. Suficientemente segura, no tinha nada mais que uma comprida linha de pavimento pela frente. Olhei para baixo para o pedao de papel que eu tinha pressionado contra o meio de meu volante. De qualquer forma, o aviso disse que eles precisam de uma bab para um menino, que inicie o mais rpido possvel. Quando liguei, a me soava bastante desesperada. Ela disse que eu poderia trabalhar nos finais de semana por enquanto e fazer tempo integral quando for vero. Quando passei por cima de um buraco na estrada, o rdio de meu velho carro deu um assobio de protesto e caiu na esttica. Franzi a testa, sustentando a caneta entre os meus dentes, balanando o comando. A esttica ficou mais forte e terminou por fim, dando passo para a impressionante potncia de The Who. Clssico. Meu pequeno Toyota Camry de 891 seguiu seu caminho. Lancei minha carta sobre o assento do passageiro e cantei. O cu sobre minha cabea era de um azul brilhante e sem nuvens. Manualmente abaixei meus vidros para deixar que a brisa entrasse. O vento era surpreendentemente gentil para o ms de maio em Grayfield, Illinois; estava acostumada a dirigir em um furaco, que me fazia lutar com o volante. Verifiquei a nota escrita nas costas de minha mo, confirmando que teria que encontrar a Estrada Edmund, n 100. Mas, isso era tudo? No tinha visto casas nessa rua, s rvores. Na realidade, no tinha visto nem um s sinal de... Wow. Apaguei o motor do carro, de boca aberta. A rua levava direto a uma impressionante porta de ferro. Tratava-se de uma rua privada, o que explicava a falta de caixa de correio. Parei na entrada da porta e baixei a msica, no caso dos ces de guarda odiarem o Roger Daltrey2, no que eu tenha visto algum co de guarda, mas se havia uma ocasio que eu esperava ver algum, era agora.1

Toyota Camry de 89: http://t.co/L1X7R2x Roger Daltrey: Conhecido como fundador e vocalista da banda britnica The Who.

2

Tradues 4Love

5

Vacilante, olhei pela janela e apertei um boto de chamada no interfone. Depois de um momento, o alto-falante no porto rangeu e emitiu uma voz feminina. Ol, quem ? Equilibrando-me precariamente para fora de meu carro para colocar minha boca perto da caixa, gritei: Ol! Sou Amy Turner! Estou aqui para uma entrevista! O porto deu um zumbido e logo se abriu. Apressei meu carro para frente no longo caminho de entrada. O paraleleppedo fez com que meu pequeno automvel balanasse de um lado para o outro, mas apenas notei porque a vista ante mim era assombrosa. A casa era enorme, extremamente enorme, era facilmente dez vezes maior que a cabana que meus pais e eu chamamos de casa. Feita de tijolo de cor caf-claro e vidro era o resumo de elegncia moderna com ngulos agudos e tetos abobadados. Parei na entrada, que consistia em uma curta escada que conduzia a uma porta de vidro gigante, e fiz uma careta quando meu carro parou em seco. Velhos freios estpidos. Lambendo os meus lbios secos, deixei o carro para trs, subindo as escadas de dois em dois degraus. Antes que tivesse a oportunidade de tocar a campainha, a porta abriu-se. Decepcionei-me ao ver que a pessoa parada na porta principal no era o mordomo de terno e gravata borboleta, mas sim uma mulher de meia idade em jeans. Sorri, entretanto, e estendi minha mo. Ol! Sou Amy Turner. A mulher apertou minha mo. Ol, Amy. Sou a Sra. Edmund. Acho que conversamos pelo telefone? Sim, era eu. A Sra. Edmund retrocedeu para que eu pudesse entrar. Eu a segui por um amplo corredor de entrada e uma sala do tamanho de uma das salas de aula de meu colgio. Senti-me culpada com cada passo que os meus sujos Chucks3 vermelhos davam no tapete de cor branca pura. Ofereceu-me um lugar em uma poltrona rgida, com padres de flores. Enquanto me sentava, ela tomou assento frente a mim e encolheu suas mos em uma bola de nervos em seu colo. Ento, est no ensino mdio? Comeou. Sim, sou estudante do ltimo ano. E voc gosta? Bom, a escola. Ri, mas notando o aspecto de preocupao em seu rosto, rapidamente acrescentei. Mas vou formar-me rapidamente. Vou para a universidade.3

Chucks: Chucks Taylor All-Stars, ou Converse All-Stars, conhecido como o famoso tnis All-Star.

Tradues 4Love

6

A Sra. Edmund ofereceu um tentativo sorriso. Oh, onde? Uh... A menos de duas semanas da formatura, deveria saber a resposta a essa pergunta. A verdade que fui aceita em duas universidades: a Universidade de Illinois (grande, pblica e barata) e a Universidade Evanston (pequena, particular e incredulamente cara). A primeira, meus pais sabiam e estavam encantados. A segunda, bom... esse era meu segredo. Sabia que meus pais no podiam bancar isso, mas eu tirei minha poupana para reservar meu lugar para o caso de, se de algum modo, puder ir. Seu programa de jornalismo era de morrer. Eu respondi de m vontade. Universidade de Illinois. Ento, voc uma pessoa sria? Perguntou ela, vendo suspeitosamente minha camisa. Talvez Led Zeppelin no fosse a melhor opo para uma entrevista, mas eu no sabia que seria uma bab em um lugar como esse. Sentei-me com as costas retas e sorri deslocada. Sim. Bom. A Sra. Edmund parecia ter chegado concluso que eu no era uma drogada psicopata e assentiu aprovando. Olhou-me fixamente no rosto. Como se sente ajudando algum que cego? Meus olhos abriram-se alarmados e me engasguei. O qu? Oh querida. Ela dirigiu seus olhos para o tapete. Deve ter lido a verso de sexta-feira do aviso. Houve um erro... O jornal esqueceu a palavra cego. Bom. No grande coisa. Amy, tem algum problema? Perguntou a Sra. Edmund. Pisquei, dando-me conta que tinha me esquecido de dizer alguma coisa. Tentei soar convincente enquanto respondia. Oh, claro que no. No tem problema. H quanto tempo seu filho est cego? A mulher novamente olhou o tapete. Ela explicou. S dois meses. Foi um acidente num salto a cavalo... Tristan no falar com nenhum especialista. Na realidade, nega-se a fazer qualquer coisa. Pensei que se tivesse algum de sua idade, s para convenc-lo um pouco, seria melhor. Gritei. Ele tem dezoito? Escutei o som de dois garotos rindo no final do corredor. Deu-me um n na garganta ao pensar. Exatamente o que eles excluram desse anncio? Notando minha expresso, a Sra. Edmund disse rapidamente. No se preocupe, eu cuido da Marly e do Chris. Sua voz elevou-se ligeiramente. Devem permanecer na cozinha, queridos! depois que o riso afastou-se, ela suspirou. Amy, posso pagarte $10 por hora.

Tradues 4Love

7

Ver um menino recm-cego e de minha idade? Comecei a mover minha cabea. No sei... $20 por hora! gritou a Sra. Edmund. Por favor, a nica garota que veio. Provavelmente era a nica que no tinha se interessado pelos detalhes antes do tempo... Mas $20! Rapidamente fiz as contas: $20 por 40 horas = $800 em uma semana! 3.200 em um ms! Uma loucura. Esta erminha oportunidade perfeita! Com todo esse dinheiro, poderia pagar meu dormitrio em Evanston! Com meus olhos brilhando, disse: Sim, eu aceito. De repente, escutei pequenos ps batendo pelo corredor. A Sra. Edmund pulou e gritou. Por favor, no incomodem seu irmo! Mas j era muito tarde. No momento em que chegamos ao corredor, os dois meninos tinham se precipitado voando pelas escadas e desaparecendo pela esquina. Mame conseguiu uma bab para voc! Ela teve que pagar a ela uma tonelada para que ficasse! Quando alcanamos o segundo p