Informativo IMC 39

  • Published on
    06-Mar-2016

  • View
    220

  • Download
    4

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Informativo Semanal da Igreja Metodista Congregacional

Transcript

  • TEMPLO: Rua Ponte Nova, 280 - Floresta - BHCASA PASTORAL: Rua lvares de Azevedo, 273 - Floresta - BH

    (31) 3245-9009 / 8322-0236 - FAX:(31) 3889-1574 / secretaria@imcbh.com.br

  • INFORMATIVO SEMANAL - www.imcbh.com.br

    O conceito de pecado de Thomas Merton no se centra em atos peca-minosos isolados, mas fundamentalmente no ato de optarmos por uma vida de fingimento. A vida em torno do falso eu gera o desejo compul-sivo de apresentar ao pblico uma imagem perfeita, de modo que todos

    nos admirem e ningum nos conhea. S pode haver dois amores fun-damentais, escreveu Agostinho, o amor a Deus, numa negligncia do

    meu eu, ou o amor do eu, numa negligncia de Deus.

    Merton disse que a vida dedicada sombra uma vida de pecado. Pe-quei em minha recusa covarde por temer ser rejeitado de pensar,

    de sentir, de agir, de responder e de viver a partir do meu eu autntico.

    Recusamos ser nosso verdadeiro eu at mesmo com Deus e depois

    nos perguntamos por que nos falta intimidade com ele.

    O dio pelo impostor na verdade o dio de si mesmo. O impostor e eu

    constitumos uma s pessoa. O desprezo pelo falso eu d vazo hos-tilidade, o que se manifesta como irritabilidade geral irritao pelas

    mesmas faltas nos outros que odiamos em ns mesmos. O dio prprio

    sempre redunda em alguma forma de comportamento autodestrutivo.

    Aceitar a realidade da nossa pecaminosidade significa aceitar o nosso eu

    autntico. Judas no conseguiu encarar sua sombra; Pedro conseguiu.

    Este fez as pazes com o impostor interior; aquele se levantou contra ele.

    Quando aceitamos a verdade do que realmente somos e a rendemos a

    Jesus Cristo, somos envoltos em paz, quer nos sintamos em paz, quer

    no. Quero dizer com isso que a paz que ultrapassa o entendimento no

    uma sensao subjetiva de paz; se estamos em Cristo, estamos em paz,

    mesmo quando no sentimos nenhuma paz.

    O Mestre nos diz: Queime as velhas fitas que lhe giram na cabea; elas

    o atam e o aprisionam, reduzindo-o a um esteretipo autocentrado. Es-cute a nova cano de salvao escrita para os que se sabem pobres. Abra

    mo do medo que sente do Pai e do desagrado que sente por si mesmo.

    O Pai das Mentiras torce a verdade e deturpa a realidade. Ele o autor

    da insegurana e do ceticismo, da desconfiana e do desespero, do pen-

    REFLEXO

    Ano IX, Semana 38, 21 a 28 de Setembro - 2013

    O IMPOSTOR

    MENSAGEM

    O HOMEM (A MULHER) QUE DEUS USAPr. Joaquim Salum

    1 Reis 17

    No sculo XIX, um jovem bronco e rude, filho de um ho-mem do campo, ouviu as seguintes palavras da boca de um

    pregador: O mundo est para ver o que Deus pode fazer

    com um homem que se disponha a estar totalmente consa-grado nas mos de Deus. D. L. Moody respondeu: Eu serei

    este homem.

    Quem este que aparece de repente nas pginas da Bblia?

    Quem este homem que sobe apressado as escadarias do

    palcio real, passa pelos guardas assustados e vai com au-toridade de profeta confrontar o rei Acabe com as palavras

    do verso 1 To certo como vive o Senhor...

    Quem este profeta tambm chamado de profeta do fogo

    que, com a mesma rapidez com que chegou, sai e vai embo-ra e se esconde no deserto por certo espao de tempo?

    Apresento-lhes o profeta Elias, nascido do outro lado do Jor-do, na provncia de Gileade, e designado por Deus para esta

    misso explosiva diante do rei Acabe.

    O contexto em que vivia? 1 Rs 16:30-33

    De onde vinha tamanha convico e autoridade?

    1. Elias tinha convico da realidade de Deus

    samento doentio e do dio prprio. Eu sou o Filho da Compaixo. Voc

    pertence a mim, e ningum o arrancar de minha mo.

    Jesus revela os verdadeiros sentimentos de Deus em relao a ns. Ao

    virarmos as pginas dos evangelhos, descobrimos que as pessoas que

    Jesus l encontra so voc e eu. O entendimento e a compaixo que ele

    oferece a elas, ele tambm estende a voc e a mim. Quanto maior o

    tempo na presena de Jesus, mais voc ficar acostumado com sua face

    e de menos adulao necessitar, porque ter descoberto por si mesmo

    que ele suficiente. E, nessa Presena, voc se encantar com a desco-berta do que significa viver pela graa e no pelo desempenho.

    Se algum confessa publicamente que Jesus o Filho de Deus, Deus permanece nele, e ele em Deus. Assim conhecemos o amor que Deus tem por ns e confiamos nesse

    amor. 1 Joo 4:15-16 35.Fonte: O Obstinado Amor de Deus, Brennan Manning, Mundo Cristo

    To certo como Deus vive esta declarao traduz a fir-me convico de algum que conhece o seu Deus, capaz de

    confrontar poderes e autoridades corruptas, no teme o que o

    inimigo pode fazer contra ele, pois, um com Deus maioria.

    To certo como vive o Senhor no era apenas uma decla-rao de f do profeta Elias, no era apenas uma crena como

    muitos fazem era o estilo de vida de um homem que sabe

    que, se Deus Deus e se Deus existe, ento eu posso cami-nhar na luz e no poder deste Deus majestoso com todas as

    implicaes que isto traz minha vida:

    Deus santo Eu creio que Ele vive viver uma vida santa;Deus forte Eu creio que Ele vive - faz forte ao cansadoDeus amor viverei uma vida de amor e compaixo...Deus justo posso confrontar as pessoas que ainda no esto de-baixo do Seu senhorio, com justia e autoridade...Deus o Todo-Poderoso eu creio em milagres, vou viver uma vida de milagres!

    To certo como vive o Senhor era to central na vida do

    profeta que o encontramos mais uma vez, em 1 Rs 18:

    Hb 11:6 -Creia que Deus existe e galardoador dos que o

    buscam

    2. Elias tinha a convico que era o representante de DeusPerante cuja face estou Diante de quem estou Dian-te de quem eu me prostro.

    Voc precisa saber diante de quem voc est! Elias sabia e

    repetia: To certo como vive o Senhor, perante cuja face eu

    estou.

    O que significa ento, to certo como vive o Senhor, diante

    de cuja face estou?

    Significa que, pelo sangue do Cordeiro, o vu do santurio

    rasgou-se de alto a baixo, e eu tenho livre acesso ao Santo dos

    Santos, ao lugar da habitao de Deus.

    Significa vida de relacionamento, comunho e intimidade ple-na com o Criador dos Cus e da terra. Quem servo do Se-nhor precisa ter a sensibilidade to aguada quanto a descrita

    no Salmo 123:2: Assim como Elias, em todo este captulo 17:

    Confrontando Acabe e Jezabel;Indo para o oriente;Escondendo-se junto ao ribeiro de Querite;Comendo po e carne, trazidos pelos corvos;Levantando-se e indo para Sarepta, de Sidom;Sendo sustentado por uma viva.

  • DOMINGO MISSIONRIO: Hoje (29) as crianas doam ofertas para abenoar a Casa de Jos, instituio que atende crianas e adolescentes de 4 a 16 anos. Toda a IMC est mobilizada a arrecadar doaes e as crianas podero doar material escolar (lpis de cor, giz de cera, papis, massinha), brinquedos e literatura infantil crist, at o dia 03/11, na recepo do DIIMC, nos domingos, pela manh.

    ATENO PAIS: no prximo domingo, dia 06 de OUTUBRO, passaremos a trabalhar com a tolerncia de 15 minutos para as entradas no DIIMC (9h30 e 11h). Aps estes horrios, as crianas ficaro com os pais, em suas classes ou no culto, evitando, assim, o grande prejuzo

    que o DIIMC vem sofrendo com as constantes interrupes na rotina, quando uma criana chega atrasada.

    LIO DO DIA: Domingo Missionrio Casa de JosVERSCULO: mais feliz quem d do que quem recebe. Atos 20:35

    ESCALA DO BERRIO - SETEMBRO/NOITE DIA EQUIPE29 Angela e Silvana

    AO SOCIALConvocamos a igreja para participar com oferta de Leite em p (NESTOGENO

    N 1 ou NAN N 1 )para o abrigo de crianas CASA NOVELLA.

    Necessitamos de um fogo para doao a uma famlia carente. (URGENTE)

    Contatos na Ao Social: La Medeiros Tel. 31 8437 4784

    MINISTRIOS

    3. Elias tinha a certeza de que o poder de Deus estava com ele No haver orvalho, nem chuva, a no ser pela minha pala-vra.

    Antes de voc sair por a, ligando e desligando, fazendo e

    acontecendo, leia o texto completo: To certo como vive o

    Senhor, perante cuja face estou...

    somente nesta condio cujo espelho fiel vamos encon-trar em Joo 15:7: Se vs...

    A determinao de Elias: orar com instncia... Tg 5:17,18.

    AGENDADIA EVENTO

    28/09 Reunio de Homens da Verdade29/09 Almoo IMC

    11 a 13/10 Acampamento Juventude

    DIACONIADIA EQUIPE29 Equipe 2: Francisco, Elisa, Zenilda, Marcio 06 Equipe 3: Edson, Helen, Rosane, Candida

    ANIVERSRIOSDIA NOME CONTATO30 Margareth A. Carvalho Suarez 3296-9326 / 9761-038101 Marcos Medeiros 2514-7638/8497-820401 Mariana Valria Gouvea Maciel de Oliveira 3421-3709/8785-575602 Carolina Silveira Gomes de Morais 8772-933802 Claudio Eduardo de Andrade 3066-6340 /8560-239303 Antonio Carlos Ferreira 3455-1177/9647-156504 Osvaldo Luis de Alvarenga Pinto Cotrim 3221-2195/9128-760405 Lucimar Duarte Franco Guimaraes 3422-1187 / 9631-106505 Marco Elisio Corradi 3442-3934/9115-977005 Silvana Laguardia Grossi 3342-3110/9192-9393

    DZIMOS E OFERTAS

    Se voc usa o procedimento atravs de cheque, favor faz-lo nominal Igreja

    Metodista Congregacional. Se voc faz sua contribuio por meio de depsito

    bancrio, utilize os dados abaixo:

    Igreja Metodista Congregacional: CNPJ 20.858.080/0001-28Banco do Brasil / Agncia: 3068-6 / Conta: 44229-1

    Favor colocar o comprovante em um envelope de contribuio e entreg-lo

    nos momentos de oferta ou encaminh-lo para o e-mail: financas@imcbh.com.br

    COMUNICAO IMCCoordenador Eclesistico: Pr. Ari Otavio Borja Pinto; Coordenador Administrativo: Ronald F. Guimares

    Criao e Desenvolvimento: Fabiana Silva, Marcio Moreira, Roberto Campos e Thiago Rezende

    TEMPLO: Rua Ponte N