Jornal Cáritas maio 2013

  • Published on
    09-Aug-2015

  • View
    104

  • Download
    1

Embed Size (px)

Transcript

<ol><li> 1. S egue fazendo o bem. Deus te guarda e te inspira. Quem mais cami- nha a frente sempre quem mais serve. Pedra, lama, espi- nheiro? Quem trabalha prossegue. Alguem busca entravar-te? Continua servin- do. Haja o que hou- ver a noite. Ninguem prende a alvorada. A luz dissolve as trevas. Segue e confia em Deus. Emmanuel XAVIER, Francisco Cndido. Deus Sempre. Pelo Esp- rito Emmanuel. Confia e segue. O Passe Confia e segue M eu amigo, o passe e transfusao de energias fisi- opsquicas, opera- ao de boa vontade, dentro da qual o companheiro do bem recebe de si mesmo em teu be- nefcio. [...] Trazes detri- tos e aflioes e al- guem te confere recursos novos e balsamos reconfor- tantes. No clima de pro- vas e da angustia, es da necessidade e do sofrimento. Na esfera da pre- ce e do Amor, um amigo se converte no instrumento da infinita Bondade, para que recebas remedio e assisten- cia. Ajuda o traba- celestes do supri- mento divino, hu- milha-te, conser- vando a receptivi- dade edificante, inflama o teu cora- ao na confiana positiva e, recor- dando que alguem vai arcar com o peso das tuas afli- oes, retifica o teu caminho, conside- rando igualmente o sacrifcio incessante de Jesus por todos nos, porque, de conformidade com as letras sagradas, le tomou sobre si as nossas enfermi- dades e levou as nossas doenas. Emmanuel XAVIER, Francisco Cndido. Segue-me. Pelo Esprito Em- manuel. O Passe Maio/2013 Edio N 02 GRUPOS DE ESTUDOS O LIVRO DOS ESPRITOS HORRIOS: DOMINGOS: aps a palestra e os passes QUARTAS-FEIRAS: 15:00 INFORMAES NA CASA. PARTICIPE! ESTUDE E CONHEA MELHOR A DOUTRINA ESPRITA! lho de socorro aqui mesmo, com esfor- o da limpeza inter- na. squece os males que te apo- quentam, desculpa as ofensas das criatu- ras que te nao com- preendem, foge ao desanimo destrutivo e enche-te de simpatia e en- tendimento para com todos os que te cercam. O mal e sempre a ignorancia, e a ig- norancia reclama perdao e auxlio [...] Se pretendes, pois, guardar as vantagens do Passe que, em substancia, e ato sublime de fraternidade crista, purifica o senti- mento e o racioc- nio, o coraao e o cerebro. Ninguem deita ali- mento in- dispensavel em vaso impuro. Nao abuses, sobretudo, daqueles que te auxi- liam. Nao tomes o lugar do verdadeiro necessitado, tao-so porque teus capri- chos e melindres pessoais estejam feridos. Se necessitas de semelhantes inter- venao, recolhe-te a boa vontade, cen- traliza a tua expec- tativa nas fontes Rua Luiz Fogliatto, 122 - Centro - Iju/RS Fora da caridade no h salvao - Allan Kardec PARTICIPE TAMBM DO CLUBE DO LIVRO Com apenas R$ 15,00 mensais, voc recebe uma obra valorosa em suas mos, todo ms. Associe-se! Informaes na Casa. .LEIAMAIS!ESPIRITUALIZE-SE! FAA ESSA CARIDADE COM VOC! LIVRO DO MS: Educando os Sentimentos Maria Anita Rosas Batista. Reflexoes acerca da educaao senti- mental/emocional N 04 </li><li> 2. Edio N 01 Pgina 2 gua fluidificadagua fluidificadagua fluidificada E qualquer que tiver dado s que seja um copo de gua fria por ser meu discpu- lo, em verdade vos digo que, de modo algum, perder o seu galardo. Jesus (Mateus, 10:42) Meu amigo, quan- do Jesus se referiu a benao do copo de agua fria, em seu nome, nao apenas se reportava a compai- xao rotineira que sacia a sede comum. Detinha-se o Mes- tre no exame de valores espirituais mais profundos. A agua e dos cor- pos o mais simples e receptivo da terra. como que a base pura, em que a me- dicaao do Ceu pode ser impressa, atra- ves de recursos substanciais de as- sistencia ao corpo e a alma, embora em processo invisvel aos olhos mortais. A prece interces- soria e o pensamen- to de bondade re- presentam irradia- oes de nossas me- lhores energi- as. A criatu- ra que ora ou medita exteri- oriza poderes, ema- naoes e fluidos que, por enquanto, esca- pam a analise da inteligencia vulgar e a linfa potavel rece- be a influencia, de modo claro, conden- sando linhas de fora magnetica e princpios eletricos, que aliviam e sus- tentam, ajudam e curam. A fonte que proce- de do coraao da Terra e a rogativa que flui no imo dal- ma, quando se unem na difusao do bem, operam milagres. O sprito que se eleva na direao do ceu e antena viva, captan- do poten- cias da nature- za su- perior, poden- do distribu-las em benefcio de todos os que lhe seguem a marcha. Ninguem existe orfao de semelhante amparo. Para auxili- ar a outrem e a si mesmo, bastam a boa vontade e a confiana positiva. Reconheamos, pois, que o Mestre, quando se referiu a agua simples, doada em nome da sua memoria, reportava -se ao valor real da providencia, em benefcio da carne e do esprito, sempre que estacionem atra- ves de zonas enfer- mias. Se desejas, portanto, o concurso dos Amigos spiritu- ais, na soluao de tuas necessidades fisiologicas ou dos problemas de saude e equilbrio dos com- panheiros, coloca o teu recipiente de agua cristalina, a frente de tuas ora- oes, espera e confia. O orvalho do Plano Divino magnetizara o liquido, com raios de amor, em forma de benao, e estaras, entao, consagrando o sublime ensina- mento do copo de agua pura, abenoa- do nos Ceus. Emmanuel XAVIER, Francisco Cndido. Segue-me. Pelo Esprito Emma- nuel. gua fluda amigos do que todos os que mais intima- mente se vos liguem na Terra? les se acham ao vosso lado por ordem de Deus. Foi Deus quem a os colocou e, a permanecendo por amor de Deus, desempenham bela, N ao vos pa- rece gran- demente consoladora a ideia de terdes sempre junto de vos seres que vos sao superio- res, prontos sempre a vos aconselhar e amparar, a vos aju- dar na ascensao da abrupta montanha do bem; mais since- ros e dedicados porem penosa mis- sao. Sim, onde quer que estejais, estarao convos- co. Nem nos car- ceres, nem nos hospi- tais, nem nos lugares de de- vassidao, nem na solidao, estais sepa- rados desses amigos Minuto EspritaAnjos Guardies a quem nao podeis ver, mas cujo bran- do influxo vossa alma sente, ao mes- mo tempo que lhes ouve os ponderados conselhos.(...) Allan Kardec KARDEC, Allan. O Livro dos Espritos. Parte II. Cap.IX Interveno dos Espritos no mundo corporal. Questo 495. Pgina 3 Jamais imponha seus pontos de vista. Lembre-se de que o mundo no foi feito apenas para voc. XAVIER, Francisco Cndido. Agenda Crist. Pelo Esprito Andr Luiz. Cap. 02: Princpios Redentores Segue adiante, trabalhando e servindo. No retenhas seno os recursos de que tenhas necessidade. Considera os companheiros do caminho. Quanto mais baga- gem, mais inquietao... BACELLI, Carlos Antnio. Oraes de Chico Xavier. Maternidade/paternidade na viso espritaMaternidade/paternidade na viso espritaMaternidade/paternidade na viso esprita A paternidade e a maternidade tem um cara- ter divino, compro- misso e benao, onde o crescimento do sprito deve ser o foco, aliando o equilbrio na ternu- ra e na exigencia, com muito amor e dialogo. Ter filhos, no sentido biologico ou nao, tambem e uma tarefa missio- naria, que costura compromissos pas- sados e esperanas futuras. Para nos, espritas, ela tem um carater mais sublime, onde o filho de hoje e o irmao de amanha, reforando na carne os laos da parente- la espiritual. Que se trata de um desafio, nao temos duvida! uma vere- da de dificuldades, as vezes quase insu- peraveis, criar um filho. Mas tambem e uma jornada, acom- panhada de spri- tos que brindaram o nosso lar e repre- sentam um instru- mento do nosso crescimento. ssa e a forma que a Provi- dencia Divina, em uma atitude para alem da perpetua- ao da especie, per- mitir que o egosmo latente ceda ao sa- crifcio de nos doar- mos a um ser mais proximo, como es- cola para nos doar- mos para aqueles nem tao proximos. Desse modo, a expe- riencia da paternida- de/maternidade traduz-se em viven- cias exclusivas, de uma felicidade tam- bem exclusiva. Nao e apenas um calculo feito na ponta do lapis, e uma consoli- daao de laos ante- riores que se traduz em crescimento mu- tuo para os envolvi- dos. Marcus Braga Artigo do site Viso Esprita. Ttulo: Frutos e Sementes. </li></ol>