Jornal do Guará 702

  • Published on
    04-Apr-2016

  • View
    216

  • Download
    2

Embed Size (px)

DESCRIPTION

27 de setembro a 2 de outubro de 2014

Transcript

<ul><li><p>ano 32 edio 702 distribuio Gratuita27 de setembro a 2 de outubro de 2014</p><p>jornaldoguara.com</p><p>Demora na obra, que deveria ter sido entregue no dia 16 de setembro segundo a Administrao do Guar, e qualidade da pavimentao do novo calado do Guar II deixam moradores preocupados. Substituio das pedras portuguesas por asfalto </p><p>foi um pedido dos prprios moradores. Apesar das reclamaes com a demora, usurios esto satisfeitos com a obra. O administrador do Guar garante que s vai receber a obra se estiver tudo de acordo com o que foi licitado (Pginas 4 e 5). </p><p>Administrao vai asfaltar via entre QE 38 e a rua principal da Cidade do Servidor. Moradores do IAPI sero os maiores beneficiados (Pgina 6). </p><p>Novo acesso ao IAPI</p><p>Segundo pesquisa encomendada pela Tv Globo, Rollemberg e Frejat esto frente do governador Agnelo na corrida pela gesto do GDF nos prximos 4 anos (Pgina 11). </p><p>Segundo turno indefinido</p><p>Obra de reforma da pista de skate do Cave est em andamento, e aa rampa vertical, ou half pipe, tambm ser reconstrudo. A estrutura vai ser reerguida ao lado da pista de skate, trazendo mais conforto ao usurios e a facilitando a realizao de competies no Guar (Pgina 17). </p><p>Complexo de skate revitalizado</p><p>Nadador guaraense comeou a competir aos 55 anos e hoje, aos 63, recebeu da Federao Internacional de Natao uma medalha que o coloca entre os 10 melhores do mundo na sua categoria (Pgina 21). </p><p>Zequinha, o colecionador de medalhas</p></li><li><p>27 de setembro a 2 outubro de 2014 jornal do guar2 </p><p>Palavra Franca</p><p>ISSN 2357-8823Editor: Alcir Alves de Souza (DRT 767/80)Reportagem: Rafael Souza (DRT 10260/13)</p><p> Endereo: EQ 31/33 Ed. Consei Sala 113/114 71065-315 Guar DF</p><p> O Jornal do Guar (tiragem comprovada de 8 mil exemplares) distribudo gratuitamente por todas as bancas de jornais do Guar; em todos os estabelecimentos comerciais, clubes de servio, associaes, entidades; nas agncias bancrias, na Administrao Regional; nos consultrios mdicos e odontolgicos e portarias dos edifcios comerciais do Guar. E, ainda, atravs de mala direta a lderes comunitrios, empresrios, autoridades que moram no Guar ou que interessam cidade; empresas do SIA, Sof Sul e ParkShopping; GDF, Cmara Legislativa, bancada do DF no Congresso Nacional e agncias de publicidade.</p><p>Circulao</p><p>opinio</p><p>contato@jornaldoguara.com</p><p>JORNAL DO GUAR</p><p>alcir de souza</p><p>alcir@jornaldoguara.com</p><p>jornaldoguara.com /jornaldoguara61 33814181 61 96154181</p><p>&amp;Poucas Boas</p><p>GuaraensesDe acordo com a maioria das pesquisas, o Guar </p><p>pode ter trs representantes na Cmara dos Deputados, na banca de oito deputados federais. Alrio, Izalci e Policarpo so apontados como potenciais eleitos.</p><p>Quanto a deputado distrital, ainda uma incgnita e no d para mensurar o potencial dos representantes da cidade, mas, pelos meus clculos, a cidade tem condies de eleger dois representantes.</p><p>InvasoMoradores da colnia Aschagas, entre a quadra </p><p>Lcio Costa, a Reserva Biolgica do Parque do Guar e o Terminal de Cargas esto sendo ameaados por um grupo do movimento dos sem teto. Uma das chcaras foi invadida por cerca de 30 famlias, que alegam que a terra pblica e elas tambm direito de ficar l.</p><p>Os ocupantes das outras chcaras temem que outros grupos do movimento faam o mesmo com outros chacareiros</p><p>Posto do DetranTo logo se encerrem as eleies, o Detran comea </p><p>a construir o posto do Guar, dentro do Clube de Vizinhana do Guar II, ao lado do Ginsio Coberto do Cave.</p><p>O posto deveria ficar pronto em outubro, mas o rgo resolveu deixar para depois das eleies para evitar que candidatos tirassem proveito poltico da obra uns contra e outros a favor. O posto ter capacidade para atender at 250 pessoas por dia, com todos os servios do Detran.</p><p>Falta criatividadeEst faltando criatividade aos </p><p>criadores de jingles das campanhas polticas deste ano. Quando no utilizam melodias de msicas antigas, tem letras bobas. Em vez de conquistar o eleitor, boa parte desses jingles acaba irritando a populao.</p><p>Boi no Rolete pra Frejat</p><p>Empresrios do Setor de Oficinas, QE 40 e Polo de Moda vo oferecer, neste sbado, 27 de setembro, um churrasco de boi no rolete, ao candidato a governador Jofran Frejat e sua vice Flvia Arruda e ao candidato ao Senado Gim Argelo. O churrasco ser aberto ao pblico no estacionamento da rea Especial 2A (Setor de Oficinas) em frente Saraiva Material de Construo.</p><p>Magela no GuarA Cooperativa Habitacional </p><p>Amoriguar, presidida por Tereza Dias, recebeu o candidato ao Senado, Geraldo Magela, para um caf da manh no Guar, para retribuir a contribuio do ex-secretrio de Habitao ao movimento cooperativista do DF.</p><p>Banda do Guar</p><p>A banda guaraen-se Sapiens foi uma das selecionadas pelo DFTV da Rede Globo em 3o lugar no projeto Braslia In-dependente. A banda ganhou um clipe gra-vado e editado pela emissora de televiso. O vdeo da banda ser transmitido no prximo sbado, 4 de outubro. A banda que receber mais votos pelo site do DFTV vai ganhar uma entre-vista no programa. </p><p>No custa nada ajudar os artistas da nossa cidade, entran-do no site da emisso-ra no prximo sbado e votando na banda Sapiens. </p><p>Guerra das placasAps a reportagem da edio passada </p><p>do Jornal do Guar, a destruio e furto de cavaletes de campanha diminuiu no Guar. Mas ainda continua. Parte do material destrudaww para reduzir a divulgao da campanha do adversrio, mas parte levada para ser reaproveitada com a troca do cartaz.</p><p>Essa uma prtica que disseminou nesta campanha em todo o Distrito Federal. Muito feio.</p><p>Campanha feiaVergonhoso o que est acontecendo </p><p>com a disputa entre os candidatos do Guar, conforme noticiou o Jornal do Guar. Eu j presenciei pessoal de cam-panha de um determinado candidato retirar cavaletes de outro para ocupar o espao. E assim deve acontecer todos os dias. Virou uma verdadeira guerra por espao. </p><p>Acompanho as eleies no Distri-to Federal desde 1990 e nunca vi tanta disputa desleal nas ruas como agora. J presenciei tambm briga de militantes na praa da QE 7 na semana passada. No horrio poltico no rdio e na TV a bai-xaria come solta.</p><p>As eleies esto ficando cada vez menos civilizadas. Boa parte dos candi-datos no se preocupa mais em divulgar suas bandeiras ou seu currculo, mas em atacar seus adversrios. </p><p>Essas baixarias esto afastando cada vez mais o eleitor da poltica. Se o voto no fosse obrigatrio, acredito que nem a metade dos brasileiros votaria. </p><p>Arglio Souza Ramos</p><p>Setor JqueiLi, com interesse, a matria sobre a </p><p>criao do Setor Jquei. Interesse, por-que a criao de uma quadra desse tama-nho ao lado do Guar vai piorar ainda mais a qualidade de vida da nossa cida-de. De acordo com a matria do Jornal do Guar, sero mais 40 mil moradores na Regio. Imaginem como vai ficar o trnsito e o servio de sade...</p><p>J no basta o que aconteceu com criao dessa quantidade de arranha cus na orla do Guar II, o que est tor-nando o trnsito um caos nas horas de pico. Esse Setor Jquei vai congestionar mais ainda a EPTG e a via Estrutural, que ainda no so as vlvulas de escape para quem procura um caminho mais r-pido para sair do Guar.</p><p>O Setor Jquei s vai atender aos in-teresses do setor imobilirio, porque no h mais tanta demanda por imveis de renda mais alta no DF. E s vai atrapa-lhar mais a nossa vida.</p><p>Jos Alves Possidnio</p></li><li><p>Tudo o que voc precisa,melhor do que imaginava.</p><p>guas Claras - Rua 7 Sul Guar II - QE 30 Taguatinga - Samdu Norte QI 8 Sobradinho I - Qd. 6 Gama Leste - Qd. 8 Candangolndia - QR 5/7www.superdonadecasa.com.br /donadecasasupermercados</p><p>Pizzaria</p><p>Escolha o sabor de sua pizza que ns montamos e assamos na hora pra voc. Pizza quentinha... Huuuuummm!</p><p>Frutas e legumes</p><p>A maior variedade e qualidade de frutas e verduras, frutas exticas e folhagens sempre fresquinhas. Fornecedores </p><p>selecionados para alto padro de qualidade.</p><p>Sushi</p><p>No almoo ou no jantar nosso sushi, com muita variedade e rigoroso controle de qualidade, sempre uma tima pedida.</p><p>Adega</p><p>Rtulos selecionados, de vrios pases, e um sommelier para te </p><p>auxiliar na melhor escolha.</p><p>Padaria</p><p>Po quentinho o dia todo, pes especiais, tortas e doces de dar </p><p>gua na boca.</p><p>Aougue</p><p>Carnes com alto padro de qualidade, cortes especiais e timo atendimento. Seu churrasco merece carnes do Supermercado Dona de Casa.</p></li><li><p>27 de setembro a 2 outubro de 2014 jornal do guar4 cidade</p><p>A obra de substituio das pedras portuguesas do calado do Guar II por pavimentao asfltica est quase no fim. Mesmo com o prazo estoura-do, quase todo o percurso de 8,5 quilme-tros j foi asfaltado. Falta agora a colocao dos meios-fios e a sinalizao. </p><p>Alguns moradores do Guar e frequen-tadores do calado tm reclamado da qua-lidade da obra, que custou mais de R$ 800 mil. O aposentado Jos Soares Neto cami-nha todos os dias. Nos ltimos meses foi um sofrimento. A demora da obra e a falta de espao para caminhar deixou a gente de-sanimado. Agora, a preocupao que o as-falto est muito irregular e abaixo do nvel do solo. Se chover, vai alagar. Mas, o admi-nistrador do Guar Antonio Carlos Freitas ameniza as crticas e garante que a obra est em fase de acabamento. A populao pode ficar tranquila que a Administrao ser ri-gorosa na fiscalizao e tudo dever estar dentro das especificaes exigidas, caso contrrio, sero tomadas todas as medidas necessrias garante. </p><p>A motivao para a retirada das pedras foram as centenas de reclamaes dos seus usurios. Como mais de duas mil pessoas se exercitam pelas caladas diariamente, os casos e leses causadas pela irregularida-de do piso so frequentes. A dona de casa Francisca Nunes Bezerra foi uma das vti-mas dos buracos na pista. Ela comeou a caminhar por recomendao mdica, como parte de um tratamento para artrite. Mes-mo com os passos curtos e lentos, Francis-ca, de 77 anos, pisou em uma pedra solta e torceu o tornozelo. O tratamento para a </p><p>inflamao nas articulaes foi prejudicado pelo tempo que dona Francisca ficou sem poder levantar. J era hora algum trocar essas pedras. Era bonito, mas agora est muito feio. Desde que me recuperei, fao exerccio s na piscina. O risco menor. </p><p>A retirada das pedras portuguesas che-gou a ser objeto de audincia pblica na Administrao do Guar, no dia 4 de abril </p><p>de 2013. Na reunio, os moradores vota-ram pela retirada das pedras. Quem defen-de a permanncia da calada ornamental argumenta que a finalidade da pista no a prtica de esportes, mas o deslocamento pela cidade e a decorao. E que as pedras fazem parte da identidade do Guar. Para esse pequeno grupo, deveriam consertar as pedras, com o mesmo padro em G, e cons-</p><p>truir uma pista paralela, essa sim, destina-da prtica esportiva. Os padres criados pelas pedras em mosaico contrastam com a praticidade do piso. Mesmo em Portu-gal, a pouca oferta de mestres calceteiros, profissionais especializados na colocao desse tipo de calada, tem dificultado a ma-nuteno e tem desencorajado o governo a construir novas.</p><p>Calado quase prontoObra deveria ter sido entregue no dia 16 e moradores reclamam da qualidade do asfalto</p><p>Meios-fios comeam a ser colocados, mas a fina camada de asfalto preocupa os usurios. O administrador do Guar, Antonio Carlos Freitas, garante que a empresa cumprir integramente o que est previsto no projeto de licitao</p></li><li><p>27 de setembro a 2 de outubro de 2014jornal do guar 5 cidade</p><p>O que pensam os moradores Usurios do calado comentam sobre a nova pavimentao asfltica</p><p> uma reforma boa. Eles retiraram as pedras </p><p>portuguesas que tinha muito mais problemas, s que essa nova reforma no concluram at o momento. Nos cantos tem um vo que qualquer </p><p>pessoa pode pisar e quebrar o p fcil e no era para eles fazerem isso. Eu acho que no </p><p>precisava desse tempo todo para fazer uma obra dessas.</p><p>Gabriel Teixeira</p><p>Est tendo um bom resultado s que esta demorando muito. </p><p>J era para est pronto h muito tempo. Eu vi que eles </p><p>comearam a reformar a parte de fora e depois passaram pela parte debaixo. D para correr, </p><p>andar ou fazer ciclismo. Eu aproveito a oportunidade para pedir para reformar o circuito de malhao que esta muito </p><p>antigo.iGor rafael</p><p> uma obra que chegou para beneficiar os moradores do </p><p>Guar. No momento o que eu vejo a demora dessa reforma. </p><p>Um projeto que envolve bastante dinheiro e ainda esta inacabada. Seria bom tambm </p><p>se colocassem placas para fazer a divisa de bicicletas, </p><p>caminhada ou para quem gosta de correr. </p><p>felipe de paulo</p><p>Eu frequento cinco dias por semana usando bicicleta, </p><p>fazendo caminhada e corrida. A obra veio para trazer </p><p>melhorias, mas esta demorando demais para ser concluda. </p><p>Espero que eles possam concluir logo o meio fio e que possam tirar esse amontoado de terra que esta circundando os locais </p><p>da reforma.Clvis Bezerra</p><p>Eu acho positiva essa obra porque a antiga calada </p><p>machucava. Eu j tropecei e torci meu p. Ainda precisa melhorar muito, porm est </p><p>melhor do que estava antes. J tem tempo que eu observo que </p><p>a reforma ainda continua. Giovana de andrade</p><p>VAlOr r$ 700,00</p><p>VAlOr r$ 700,00</p></li><li><p>27 de setembro a 2 outubro de 2014 jornal do guar6 cidade</p><p>Grupo Mes e Filhas do Guar investe em eventos</p><p>Nas redes sociais h apenas um ano, o grupo Mes e Filhas do Guar &amp; Regio j tem mais de 9 mil seguido-ras. O perfil criado com a finalidade de trocar dicas, informaes e experincias vem crescendo cada vez mais. O grupo surgiu da fuso de outros dois grupos que j vinham fazendo sucesso entre as mes. Depois da juno, a repercusso foi bastante positiva e isso visto pelo nmero de mulheres que participam do grupo. </p><p>As administradoras do perfil, Mayara Franco, Tmara Mansur e Camila Ri-beiro se uniram para ajudar outras mes em todos os aspectos. No grupo elas de-batem todo tipo de assunto e se ajudam de vrias formas. uma espcie de div onde as participantes desabafam seus problemas pessoais e tambm dividem suas alegrias. </p><p>Em algumas datas especficas o grupo de mes e seus familiares se rene para sair um pouco do mundo virtual e interagir pessoalmente, alm de confra-ternizaes em datas especiais. Recente-mente o grupo promoveu a Feira Mix do Guar, com cerca de 80 expositoras, a maioria com produo prpria.</p><p>Ocupada por lixo e moradores de rua, o acesso sem pavimentao entre a QE 38, ao lado do campo de futebol at a via principal da Cidade do Servidor ser pavimentada a partir de ou-tubro. Alm da nova via com 1,8 mil m de asfalto, os moradores tambm contaro com 28 bicicletrios nos pontos de maior movimento da regio, conforme publica-do na ltima semana no Dirio Oficial do Distrito Federal.</p><p>"A construo dessa pista ir melhorar o trnsito na regio, alm de acabar com o depsito de lixo que est se formando no local e prevenir a invaso de terras", expli-cou o diretor de Obras da Administrao do Guar, Rubens Mendes.</p><p>A pista vai facilitar o acesso dos mo-radores das futuras quadras, mas ser imediatamente til a quem precisa ir at o Setor de Manses IAPI, e precisa en-frentar um longo engarrafamento na pista que passa sobre o crrego Vicente Pires, ao lado do Polo de Moda, em direo ao Ncleo Bandeirante. </p><p>Novos bicicletriosA Adminsitrao tambm vai instalar </p><p>novos biciletrios, na verdade paraciclos. Cada mdulo pode dar suporte para at 10 bicicletas de uma vez. </p><p>A previso que os primeiros mdu-los sejam instalados ainda em setembr...</p></li></ul>