Jornal Vitrine Edição 15 internet

  • Published on
    25-Mar-2016

  • View
    214

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Conhea os benefcios do picol durante o vero Manifestao exige duplicao da Edgar Pires de Castro BELEZA & SADE Carnaval 2010 Jornalismo com Responsabilidade Saiba tudo sobre o Carnaval do Porto Seco, alm de todos os detalhes da Estado Maior da Restinga, que vai com toda fora para a Avenida. exemplares/ms pginas 8 e 9 Anuncie: 3266.3266 pgina 04 pgina 03 pgina 12 pgina 14 Ricardo Giusti/PMPA Jhonata Petersen

Transcript

  • Porto Alegre Janeiro de 2010Edio 15 Ano 1Circulao:Zona Sul e Extremo SulDistribuio:GratuitaFale Conosco3266.3266jornalvitrine@jornalvitrine.orgwww.jornalvitrine.org

    16 milexemplares/msVitrine

    Jornalismo com Responsabilidade Anuncie: 3266.3266

    INFORMATIVOVitrine em novo endereo, mais prximo do leitorpgina 03

    Carnaval 2010 pginas 8 e 9

    Ricardo Giusti/PM

    PA

    GERALManifestao exige duplicao da Edgar Pires de Castropgina 12

    BELEZA & SADEConhea os benefcios do picol durante o veropgina 14

    Ponte de acesso Restinga liberada em meia pista

    Principal ligao do bairro com o restante da cidade volta a ser utilizada em meia pista, aps a queda de parte da ponte sobre o arroio do Salso, no dia 7 de janeiro. A EPTC est auxiliando a passagem de veculos no local, enquanto os profissionais responsveis pela reforma continuam tra-balhando na obra, que no possui data de entrega.

    Jhonata Petersen

    tempo de SambaSaiba tudo sobre o Carnaval do Porto Seco, alm de todos os detalhes da Estado Maior da Restinga, que vai com toda fora para a Avenida.

    pgina 04

  • JornalVitrineSegunda Quinzena

    Janeiro 2010 3

    Jornal Vitrine Gacha Ltda.Rua Av. Joo Antnio da Silveira, 370Fone: (51) 3266.3266Porto Alegre / RS - CEP 91790-400CNPJ: 10.691.072/0001-86Insc. Municipal: 52366928E-mail: jornalvitrine@jornalvitrine.orgDiretor Administrativo e Comercial:Valtencir Cruz - valtencircruz@hotmail.comCRA 31906Cel.: (51) 8476.6444

    Diretor de Marketing e Redao:Jhonata Petersen Iranso Ramosjhonatapetersen@gmail.comCel.: (51) 8516.0971

    Diagramador e Revisor:Jaciel Germano Fernandes Kaulejaciel.gfk@hotmail.comCel.: (51) 9132.4854Tiragem: 16.000 exemplares/msImpresso: Zero Hora

    Os artigos, quando assinados, no refletem necessariamente a opinio do Jornal Vitrine e so de inteira responsabilidade de seus autores, que no possuem vnculo empregatcio de qualquer natureza com o jornal. Da mesma forma, no nos responsabilizamos pelo teor dos anncios. Matrias no assinadas so da redao.

    Expediente

    A nova gesto 2010-2011 da ONG Amigos do Extremo Sul est repleta de novos projetos que visam melhorias para a comunidade da nossa regio. Alguns dos projetos para 2010 so: Nosso Bairro em Debate, Al Conselho, Local de Sade, Som na Praa, e estamos com muito esforo trabalhando para reabrir a rdio comunitria para a populao se manifestar. Contatos com a ONG podem ser feitos pelos fones: 3259.5121 e 9265.6322, ou pelo email: diretoriaongamigos@gmail.com

    ONG AMIGOS DO EXTREMO SULINFORMATIVO 01-2010

    INFORMATIVOSEditorial

    Novo escritrio localizado no corao do bairro

    Espao do ProfessorO Programa Mais Educao

    O programa Mais Educao um pro-jeto integral que permite que o aluno passe mais tempo na escola para desenvolver outras atividades no contraturno, tendo como foco a melhoria ao atendimento inte-gral da criana e do adolescente. Ao investir na formao integral dos alunos, o projeto busca aumentar o horrio de estudo, o ren-dimento escolar e a qualidade de vida dos estudantes.

    O programa foi institudo em abril de 2007, e as atividades tiveram incio em 2008, com a participao de 1.380 escolas nos 27 estados para beneficiar 386 mil estudantes. Em 2010, a meta atender a 10 mil escolas nas capitais, regies metropolitanas, defini-das pelo IBGE.

    A concepo do projeto surgiu para aten-der alunos em situao de risco, que ficam sozinhos enquanto seus pais precisam traba-lhar e outro objetivo seria o incentivo para o rendimento escolar dos participantes fazendo com que tomem gosto pela escola, pela edu-cao, o que estamos precisando muito.

    Parabns todos os envolvidos na con-tribuio para a melhoria da qualidade da educao bsica, na formao da cidadania destes alunos, assim com certeza seremos um dia, muito bem representados.

    Maria Beatriz Castilho BizarroOrientadora Educacional/Coord. Pedaggica

    O Jornal Vitrine, desde sua fundao em fevereiro de 2009, sempre pautou pelo pro-fissionalismo, tica e o bom atendimento aos seus leitores e anunciantes. Dando conti-nuidade nesta mesma linha de trabalho, a equipe que compe o Vitrine tem orgulho de apre-sentar e receber toda a comu-nidade para conhecer o novo local onde esto sendo reali-zadas as matrias mais impor-tantes sobre a Restinga, Hpica e regio.

    Localizada na Av. Joo Antnio da Silveira, 1837, sala 204 prdio do Cart-rio, na Restinga, o novo escri-trio possui uma rea maior

    e com equipamentos mais modernos para atender ao pblico. Funcionando desde o dia 20 de janeiro, o horrio de atendimento externo ficou de segunda a sexta das 9h s 18h e aos sbado das 10h s 17h30min, ou tambm atravs do e-mail jornal-vitrine@jornalvitrine.org e pelo telefone 3266.3266. Agradecemos a todos que colaboraram para esta evoluo na empresa e convidamos a comuni-dade para conhecer o local que rene as not-cias e informaes mais relevantes da regio.

    Antigo endereo:

    O endereo antigo do Jor-nal Vitrine, Av. Joo Antnio da Silveira, 370, agora serve como depsito e espao para encarte dos 16 mil jornais ao ms, distribudos pelo Vitrine.

    Sede nova do Vitrine

    Jhonata Petersen

    Prdio da nova sede do Jornal Vitrine.

  • JornalVitrineSegunda QuinzenaJaneiro 20104 ACONTECE NO BAIRRO

    O principal acesso da Restinga e Extremo Sul de Porto Alegre, com o restante da cidade que estava interdi-tado devido queda de parte da ponte sobre o Arroio do Salso na Estrada Edgar Pires de Castro, no dia 7 de janeiro, foi liberado em meia pista na manh do dia 20 de janeiro. A passagem ficou interrompida durante duas semanas, o que acarretou em muitas compli-caes para moradores e pes-soas que dependem da ponte para se deslocar ao trabalho, entre outras atividades. As linhas de nibus que atendem o bairro estavam realizando o desvio pela Estrada Chapu do Sol, aumentando em 8 km a viagem. Com a liberao da entrada, mesmo que de meia pista, o itinerrio voltou a sua normalidade. Uma sinaleira provisria est instalada na proximidade da ponte, para organizar a circulao, j que o trfego de veculos fica ape-nas em um sentido. Em um momento centro-bairro, e em outro, o inverso.

    Desvio continua

    A Empresa Pblica de Transporte e Circulao (EPTC) manter o desvio no local para diminuir o fluxo na regio, pois no horrio das 7h30min s 8h30min e das 17h30min s 19h, o

    nmero de carros, cami-nhes, motos e nibus muito intenso, formando uma grande fila no entorno. Enquanto a ponte estiver em meia pista, o trfego pode se tornar complicado. Por esse motivo, o desvio continua sinalizado, afirma Carlos Pires, gerente de transportes da EPTC. O desvio alterna-tivo para os dois sentidos o seguinte: Av. Joo Ant-nio da Silveira, Estr. Edgar Pires de Castro, Rua Darcy Pereira Pozzi, Estrada Cha-pu do Sol, Av. Juca Batista. A Secretaria Municipal de Obras e Viao (SMOV) prosseguir com os reparos para recuperao da ponte, que sofreu danos em parte do asfalto no sentido cen-tro-bairro, em decorrncia das chuvas e falta de con-servao. Ainda no h uma data definida para a entrega total da obra, mas segundo a assessoria de imprensa da SMOV, o andamento da obra est acelerado. No momento, a empresa contratada emer-gencialmente concluiu a conteno do talude, com estacas- prancha ao lado do muro que foi arrancado pela gua. Tambm est trabalhando no reforo das fundaes da ponte para a construo de novo muro de conteno em concreto.

    Moradores e comerciantes reclamam

    da demora

    Nas proximidades da ponte que d acesso ao bairro, esto localizados diversos estabelecimentos comerciais, como lojas de materiais de construo, borracharias, postos de abastecimento, fru-teiras, restaurantes, bares,

    entre outros comrcios que sofreram com a forte baixa nas vendas de produtos e ser-vios por conseqncia da queda de parte da ponte sobre o Salso. O posto de abasteci-mento Tingo, tradicional na Restinga, depende do fluxo de veculos que passa pela regio, e com a interdio da via acabou tendo um prejuzo enorme, assim como todos

    comerciantes que reclamam da demora por parte das auto-ridades na resoluo do pro-blema. O estudante Matheus Gonalves, morador do Laje-ado reclama da demora na obra da ponte: J faz quase 20 dias e mal arrumaram a ponte, a pista liberada j estava boa, antes deles comearem a obra, conclui o rapaz, indignado.

    Acesso limitadoObras

    Trfego sobre ponte do Arroio do Salso volta em meia pista, enquanto obras de reparao continuam sendo feitas.

    Jhonata Petersen

    Veculos revezam pista por meio de semforo, com o auxlio de fiscais da EPTC nos horrios de pico.

  • JornalVitrineSegunda QuinzenaJaneiro 20106 ESPAO MOTOR

    Servios Mecnicos e Automotivos

    Muitos sabem que podem ser multados se colocarem no carro uma roda que ultrapasse o pra-lama, rebaixarem a sus-penso ou turbinarem o motor. Mas voc imaginaria que usar uma simples lmpada diferente da original ou instalar um DVD player tambm oferece o risco de perder alguns reais numa multa e ganhar pontos na carteira? No porque um acessrio parece ino-fensivo e vendido amplamente que seu uso legal em qualquer circunstncia. Isso ocorre com muitas pessoas. Preste ateno em algumas dicas:

    DVD e GPS

    Ter uma tela de TV ou monitor de DVD na parte dian-teira do carro pode ser sinal de problemas vista. Isso porque a exibio de imagens perto do

    motorista considerada um motivo de distrao e de maior risco direo. Na frente, hoje, s se pode usar GPS. Trafegar com a tela de TV ou DVD em operao infrao prevista no artigo 230 do Cdigo de Trn-sito (andar com acessrio proi-bido) e infrao grave, que custa ao bolso 127,69 reais e acrescenta 5 pontos carteira.

    Aeroflio, spoiler e rodas Para quem gosta de enfei-

    tar o carro com aeroflios, spoi-lers, rodas de aro grande e at borraches, vai um aviso: essas mudanas, de carter visual, a rigor s poderiam ser efetuadas se constassem no documento do automvel. Em termos legais, elas se equiparam a uma alterao na cor da pintura. isso que exige a resoluo 292.

    Desrespeit-la leva a infrao grave, com 5 pontos na carteira e 127,69 reais de multa.

    Faris

    Usar faris de luz azul e at os de xennio tambm pode se transformar em multa 5 pontos na carteira e 127,69 reais de prejuzo. O Conselho Nacional de Trn-sito (Contran) exige que as lmpadas no ultrapassem 6.000 kelvin de temperatura de luz, que emitam luz ama-rela ou branca, no mximo (nunca azul ou de qualquer outra cor).

    legal!

    Se voc alterou seu carro e fez todos os regis-tros, pode ser que os guardas resolvam mul-

    t-lo mesmo assim. comum em veculos que tm a suspen-so modificada. Atualmente,

    possvel registrar alteraes na altura da suspenso. E se as suas mudanas no carro estive-rem registradas, utilize de seu documento para defender-se.Fonte: Quatro Rodas

    Nota:

    Evite a pressa A urgncia de chegar a

    um encontro leva as pessoas a cometer barbaridades, como no respeitar quem esperava por uma vaga ou ultrapassar em lugar proibido. Mas uma das piores infraes mesmo andar no acostamento. Alm do preju-zo (multa de 574,62 reais mais 7 pontos), pode haver danos irreversveis. Segundo a Polcia Rodoviria Federal, 38% das mortes em estradas so causa-das por atropelamentos, boa parte deles em acostamentos.

    Arquivo

    Modificaes no seu carro necessitam de registro de alterao de caracterstica.

    Cuidados com os acessriosAeroflio, DVD, faris entre outros utenslios podem render uma multa sem voc saber

    Modificao Veicular

  • JornalVitrineSegunda QuinzenaJaneiro 20108 CARNAVAL 2010

    O Carnaval 2010 est chegando. Nos dias 12 a 14 de fevereiro, o Complexo Cultural do Porto Seco, na Zona Norte, vai tremer com as Escolas de Samba de Porto

    Alegre e regio metropo-litana. Ao todo, 19 escolas iro desfilar toda sua beleza e harmonia para o corpo de jurados e espectadores na avenida. Divididas entre 13 do grupo especial e 6 do grupo de acesso, as escolas de Porto Alegre, junto com a Secretaria Municipal de Cultura (SMC) da prefei-tura, vm crescendo a cada Carnaval. Uma das princi-pais conquistas do evento foi a mudana do desfile: antes feito na Av. Augusto de Carvalho (ao lado do par-que da Harmonia), para o Complexo Cultural do Porto

    Seco, ocorrida em 2004. Alm de toda a rea que o complexo possui para o esta-cionamento e arquibancadas, a mudana trouxe tambm a construo dos 15 barraces

    das escolas do grupo espe-cial, facilitando a confeco das alegorias e o desloca-mento delas para o momento do desfile. No ano de 2008 as escolas sentiram-se mais iluminadas e o pblico pode ouvir com mais clareza todo samba enredo cantado pelos intrpretes, pois no mesmo ano foram instalados novos aparelhos de som modernos e mais refletores na avenida.

    Abertura oficial

    O Prefeito Jos Fogaa deu como aberto oficialmente o Carnaval de Porto Alegre no dia 17 de janeiro, com a

    entrega das chaves da cidade para o Rei Momo Fbio Ver-osa. Aps a cerimnia, diversos eventos do samba marcaram janeiro, como a decida da Borges de Medei-ros, com a participao das campes em 2009 e mais de 20 mil pessoas, relembrando os antigos carnavais do centro. Nos dias 5 e 6 de fevereiro ser realizada a muamba oficial do Carnaval de Porto Alegre j na avenida, mostrando um aperi-tivo do que vai ser a festa este ano. Especialistas do samba, como o presidente da Asso-ciao das Entidades Carna-valescas de Porto Alegre e Rio Grande do Sul (AECPARS) Antnio Ademir de Moraes, o Urso, diz que este ser um dos melhores anos do Carnaval de Porto Alegre.

    Confira algumas dicas para os dias dos desfiles:

    Agenda do Carnaval

    Muamba Oficial do Carnaval de Porto Alegre 5 e 6 de fevereiro no Complexo do Porto Seco

    Venda de IngressosDias 9 e 10 de fevereiroHorrio: das 8h s 17hLocal: Ginsio Tesourinha - Av. Erico Verssimo, s/n

    Lista dos desfiles na ordem

    12 e 13 de FevereiroDesfile do Grupo Especial

    Sexta-Feira1 - Imprio do Sol2 - Bambas da Orgia3 - Embaixadores do Ritmo4 - Unio da Vila do IAPI5 - Protegidos da Prin-cesa Isabel6 - Imprio da Zona Norte

    Sbado1 - Acadmicos de Gravata2 - Imperatriz Dona Leopoldina3 - Praiana4 - Vila Isabel5 - Imperadores do Samba6 - Acadmicos de Niteri7 - Estado Maior da Restinga

    Apurao dos resultados16 de fevereiro no Complexo do Porto Seco

    Desfile da Campes20 de fevereiro no Complexo do Porto SecoInformaes: 3289-8120/3289-8121Horrio dos nibus saindo da Restinga:

    Como chegar no Porto Seco, saindo da Restinga

    Av. Joo Antnio da Sil-veira at o fim / Av. Joo de Oliveira Remio at o fim / Av. Bento Gonalves / Av. Antnio de Carvalho at o fim / entre na

    Av. Protsio Alves / Av. Manoel Elias / siga reto at a Av. Plnio Kroeff direita. J ser possvel avistar as luzes do Complexo Cultural do Porto Seco.

    Horrio dos nibusLinha E10 Restinga - CarnavalVia Lomba do Pinheiro

    Grupo Especial: 12/02 e 13/02E10 - Restinga Carnaval18:45 APD - 19:15 - 19:4520:15 - 20:45 APD - 21:1521:45 - 22:15 - 22:45 APD23:15 - 23:45 - 00:15*APD= Adaptado paraPortadores de DeficinciaMais informaes: 118 - EPTC

    Prepare-se: a folia vai comear!Vitrine no Carnaval

    Montagem das arquibancadas e camarotes para o Carnaval de Porto Alegre 2010. Local: Complexo do Porto Seco.

    Bateria da Unio da Vila do IAPI durante o desfile de 2009.

    Vinicius Reis/PMPA

    Luciano Lanes/PMPA

  • JornalVitrineSegunda Quinzena

    Janeiro 2010 9A hora essa: Tinga, teu povo te ama!

    Chegou a hora da Restinga mostrar toda a fora d...