Monografia Roselita Pedagogia 2010

  • Published on
    18-Nov-2014

  • View
    3.936

  • Download
    5

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Pedagogia 2010

Transcript

<ul><li> 1. UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA-UNEB DEPARTAMENTO DE EDUCAO CAMPUS VII SENHOR DO BONFIM-BA PEDAGOGIA 2005.1 ROSELITA MARIA ANDRADE ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO: DAREALIDADE EM PRETO E BRANCO PARA O MULTICOLORIDO DA LUDICIDADE NA SALA DE RECURSOS SENHOR DO BONFIM 2010 </li> <li> 2. 1 ROSELITA MARIA ANDRADE ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO: DA REALIDADE EM PRETO E BRANCO PARA O MULTICOLORIDO DA LUDICIDADE NA SALA DE RECURSOS Monografia apresentada como pr- requisito para concluso do Curso de Pedagogia: Docncia e Gesto de Processos Educativos, Departamento de Educao Campus VII da Universidade do Estado da Bahia. Orientador: Prof. Pascoal Eron dos Santos Souza. SENHOR DO BONFIM 2010. </li> <li> 3. 2 ROSELITA MARIA ANDRADE ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO: DA REALIDADE EM PRETO E BRANCO PARA O MULTICOLORIDO DA LUDICIDADE NA SALA DE RECURSOS Aprovada em _____de _____________ de 2010. ________________________________________ Prof. Pascoal Eron dos Santos Souza (Orientador) ______________________________________ Avaliador (a) _____________________________________ Avaliador(a). </li> <li> 4. 3 A minha eterna gratido quele que jamais me desampara e est frente da minha vida e de todas as minhas decises, abrindo os caminhos para novas buscas de conhecimento. Meu Deus, ser supremo e vivo em minha vida! E que me permitiu chegar aonde cheguei.Senhor minha luz guia! Ao meu querido, amado, inesquecvel pai (in memorian), que sempre sonhou com essa conquista, que sempre incentivou ao meu desenvolvimento intelectual. Paizinho te amerei eternamente. A minha me que hoje compartilha comigo este momento to especial, que me levou a compreenso do saber, me... te amo. A Weslley, meu filho, pedao de mim, ddiva de Deus, meu eterno prncipe. A minha irm, pela fora nos momentos em que desanimei, por todos os momentos de luta. Ao meu esposo Givanildo, pela compreenso nos momentos to difceis que juntos passamos. Te amo meu amor!. </li> <li> 5. 4 AGRADECIMENTOSAos professores da Instituio de Ensino: Ana Maria, Gilberto Lima, Glria daPaz, Ozelito Cruz,Llian Teixeira,Cludia Masa, Sandra Fabiano, Elizabeth,Joanita Moura, que ao socializarem seus conhecimentos, me oportunizou achegar nesta etapa de trabalho. A professora Suzzana Alice, que abriu asportas ao me receber no espao acadmico, dando a primeira chance comomonitora, para mostrar meu trabalho, e com toda sua exigncia me levou abuscar incessantemente o conhecimento, ao tempo que mostrou o valor, e aimportncia da pesquisa para a compreenso dos fenmenos.Em especial a professora Simone Wanderley, a qual me deu oportunidade deser sua monitora por dois semestres e aprender contigo alm dos saberesacadmicos, saberes significantes do processo de interao do ser humano, orespeito diversidade, o valor e o amor ao prximo. A voc Simone meu muitoobrigada pelas escutas nas horas difceis e desanimadoras, onde voc sempreme energizou com suas palavras positivas,alm de proporcionar um ambientede trabalho que dava prazer em estar, caracterstica mpar sua.Ao meu professor e orientador neste trabalho Pascoal Eron aqui minha gratidopela maneira de como me orientou, pela sua credibilidade, para que eupudesse concretizar este trabalho to importante para mim. Sua sabedoria esocializao de conhecimentos contriburam muito para que eu chegasse ataqui. Pascoal meu eterno obrigado!Agradeo ainda a bab do meu filho, J, por me compreender nos momentosde extresse, se fazendo uma amiga, e por cuidar do meu filho com tantapacincia, e tambm nos dias e horas que mais precisei, com tanta dedicao.A todos os colegas do curso de Pedagogia, pelas discusses, os momentos desocializaes que tanto contriburam para o enriquecimento dos meusconhecimentos, com um carinho enorme a Marilcia e Letcia, amigas da minhaturma de 2005, a Viviane por sempre acreditar no meu potenciale proferir. </li> <li> 6. 5palavras de segurana, e aos demais, uma turma que realmente surgiu paramarcar presena! Aos colegas de Pedagogia da turma de 2006.1 que meacolhereram. Aos demais colegas dos cursos de Matemtica, Biologia eCincias Contbeis, que nos bastidores da Uneb, sempre estivemoscompartilhando as alegrias, e os conhecimentos.A Universidade do Estado da Bahia Uneb, especificamente aos funcionriosdo Departamento do Campus VII, que durante meu curso me acolheram commuito carinho e respeito. Em especial a: Jos Bites, que com suas palavras meincentivou quando momentos difceis de sade com meu pai passei, a Rita,primeira amizade no Departamento, Assivnia, por sua dedicao epreocupao com o prximo, pessoa humana, simples, atenciosa, querida,palavras so insuficientes para demonstrar o carinho que tenho por ti, sou felizpor t-la como amiga. A L, sempre pronta para ouvir, a Elivete, porproporcionar descontrao com suas palavras, e ao Cludio por sua pacincia.E a todos os funcionrios da biblioteca meu lugar preferido no Departamento,que me acolheram como verdadeiras amigas, proferindo palavras deperseverana nos dias mais cansativos em especial, a Maria, Margarida eAndrea.O meu muito obrigada, quelas pessoas que no foram citadas, mas quetiveram sua participao neste meu processo de formao acadmica.. </li> <li> 7. 6 "Trago dentro do meu corao, Como num cofre que, se no pode fechar de cheio, Todos os lugares onde estive, Todos os portos a que cheguei, Todas as paisagens que vi atravs de janelas ou vigias, Ou de tombadilhos, sonhando, E tudo isso, que tanto, pouco para o que eu quero. Fernando Pessoa. </li> <li> 8. 7 RESUMOO propsito deste trabalho foi realizar uma pesquisa sobreO propsito deste trabalho monogrfico apresentar e discutir os resultados deuma pesquisa que visou elucidar a articulao entre ludicidade edesenvolvimento do aluno com necessidades educativas especiais. Com esteintuito nosso objetivo foi identificar qual o papel da ludicidade nodesenvolvimento scio-cognitivo dos alunos especiais na perspectiva dosprofessores das salas de recursos e averiguar qual a compreenso que essesprofessores tm sobre o trabalho ldico nas atividades dirias. Para esclarecertais questes buscamos fundamentos para nosso objeto de estudo partindo daconcepo de alguns autores que subsidiaram nossas reflexes: Kishimoto(2000), Piaget (1990), Luckesi (2000) Maluf (2003), Santos (2001), Vygotsky(1984), Wallon (2007), Almeida (2006), entre outros. Realizamos uma pesquisade campo de cunho qualitativo, e utilizamos e como instrumentos de coleta dedados o questionrio aberto, o questionrio fechado e a observaoparticipante. Ao analisarmos e interpretarmos os dados dos sujeitosentrevistados constatamos que as professoras das salas de recursos tm oldico como recurso didtico em sua prtica pedaggica, ao tempo em queacreditam neste instrumento como mediador do processo de aprendizagem edesenvolvimento de seus alunos. Verificamos ainda que as atividades ldicasesto presentes em seu cotidiano, porm de uma maneira restrita, essasprofessoras deram nfase aos jogos, limitando outras atividades ldicas, toimportantes neste processo. Ressaltamos que ainda necessrio que polticaspblicas ofeream maior disponibilidade de recursos para esses profissionais, afim de que sua prtica se faa eficaz para a realidade de cada aluno.Palavras-chave: Ludicidade, Professores, Desenvolvimento scio-cognitivo,Atendimento Educacional Especializado e Sala de Recursos.. </li> <li> 9. 8 SUMRIO INTRODUO.............................................................................................. 12CAPTULO I 1. O fenmeno ldico na escola contempornea......................................... 151.1Desenvolvimento scio-cognitivo do aluno com necessidades 18educacionais especiais: por meio da ludicidade, isso possvel?................CAPTULO II2. Nada mais desigual do que tratar todo aluno igual.................................... 232.1 Professor: mediador do processo de aprendizagem.............................. 232.1.1 O papel do professor na proposta do trabalho ldico........................... 242.2 O sentido da ludicidade........................................................................... 262.2.1 Retratos da ludicidade no desenvolvimento scio-cognitivo do aluno.. 272.3 Educao inclusiva: reconhecendo e valorizando a diversidade............. 312.3.1 Atendimento Educacional Especializado para Alunos Especiais: 33Aspectos Legais.............................................................................................2.4 O que uma Sala de Recursos?............................................................. 342.5 A influncia da ludicidade no processo de desenvolvimento do aluno 37especial..........................................................................................................CAPITULO III3. Abordagem Metodolgica.......................................................................... 393.1 Conhecendo a realidade atravs da pesquisa qualitativa....................... 403.2 Lcus: Nosso campo de estudo............................................................... 413.3 Os sujeitos: Atores sociais no contexto................................................... 413.4 Instrumentos de coleta de dados............................................................. 413.4.1 Observao participante: Um olhar no normalizador.......................... 423.4.2 Questionrio fechado............................................................................ 433.4.3 Questionrio aberto.............................................................................. 44. </li> <li> 10. 9CAPTULO IV4. ANLISE E INTERPRETAO DOS DADOS.......................................... 454.1 Anlises do questionrio fechado: Caractersticas dos sujeitos 45pesquisados...................................................................................................4.1.1 Gnero.................................................................................................. 454.1.2 Faixa etria........................................................................................... 464.1.3 Formao profissional........................................................................... 474.1.4 Tempo de docncia na sala de recursos.............................................. 484.1.5 Participao em cursos complementares para trabalhar nas salas de 49recursos.........................................................................................................4.1.6 Material pedaggico disponvel............................................................ 504.2 Anlises do questionrio aberto............................................................... 514.2.1 A viso do professor frente educao ldica para alunos especiais 514.2.2 As implicaes das atividades ldicas para o processo de 53desenvolvimento scio-cognitivo do aluno especial......................................4.2.3 A relevncia dos jogos para o desenvolvimento do aluno especial...... 534.2.4 O trabalho docente na sala de recursos............................................... 554.2.5 Tinha uma pedra no meio do caminho................................................. 585. TECENDO ALGUMAS CONSIDERAES.............................................. 60REFERNCIAS.............................................................................................. 65APNDICES. </li> <li> 11. 10 LISTA DE FIGURASFIGURA 01: Gnero............................................................................... 46FIGURA 02: Faixa Etria........................................................................ 46FIGURA 03: Formao........................................................................... 47FIGURA 04: Tempo que Leciona........................................................... 48FIGURA 05: Participao em Cursos de Aperfeioamento.................... 49FIGURA 02: Satisfao com Material Pedaggico................................. 50. </li> <li> 12. 11 LISTA DE ABREVIATURASANEE - Alunos com Necessidades Educativas EspeciaisAEE - Atendimento Educacional EspecializadoNEE- Necessidades Educativas EspeciaisONU Organizao das Naes UnidasSR - Sala de RecursosLDB - Lei de Diretrizes e BasesDNEE/EB -Diretrizes Nacionais para a Educao Especial na Educao BsicaCNE/CEB Conselho Nacional de Educao. Cmara de Educao Bsica...</li></ul>