O Correio - Ed 1008

  • Published on
    09-Mar-2016

  • View
    221

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Um jornal de verdade

Transcript

<ul><li><p> LAGUNA/SC - ANO IXX - EDIO 1008 - LAGUNA/SC 07/12/2013 - R$ 2,00 - JORNAL BISSEMANAL O Senhor meu pastor, nada me faltar</p><p>Laguna: 3646-5123 / 9926-6333Brao do Norte: 3658-2446 / 9627-3120</p><p>Fone: 3646-2488Fone: 3646-2488</p><p> Dr. Mauro Srgio Fernandes da Silva CRM 8789 - Pediatra</p><p>Rua. Voluntrio Fermiano. 60 Laguna SC</p><p>A sade de sua criana merece a ateno de um especialistaDiretor TcnicoMauro Srgio Fernandes da Silva </p><p>CRM 8789 - PediatraRQE 4329</p><p> Prximo a Colnia de Pescadores</p><p> Temos sala de VacinasVisite o site: http://clinicavidalaguna.wix.com/vida</p><p>ESPETCULO DE FINAL DE ANO ALUNOS DE MSICA: </p><p>Msica para ouvir, curtir e compartilhar </p><p>Dia: 11/12 quarta-feira </p><p>Hora: 20h </p><p>Local: Centro Cultural Sto Antonio </p><p>Ingressos Valor: R$ 7,00 Ingressos podero ser adquiridos com as alunas de msica do SESC Laguna. </p><p>MAIORES INFORMAES CENTRAL DE ATENDIMENTO OU PELO TELEFONE: (48) 3644-0152. </p><p>Laguna recebe Papai NoelO bom velhinho inicia as comemoraes natalinas em nossa cidade neste domingo s 21:00h.(Pgina 12)</p><p>Fotos da decorao natalina, especialmente da Vila do Papai Noel, desfilam nas re-des sociais e so compartilhadas com todos numa demonstrao de que agradou a grande maioria que no perdeu a oportunidade para parabenizar os responsveis pelo evento. (Leia mais na pgina 12)Vigilncia Sanitria mantm creche fechada na vila Vitria</p><p>Sade divulga orientaes sobre meningite (Pgina 10)</p><p>Dia Internacional contra a CorrupoPara fortalecer a cooperao entre as instituies, ampliar a preveno e combater a corrupo, ocorre na prxima segunda-feira (9/12), no au-ditrio do Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina (TCE/SC), o encontro alusivo ao "Dia Internacional contra a Corrupo".No encontro, o Procurador-Geral de Justia, Lio Marcos Marin, ministrar, a partir das 15h, a conferncia com o tema ''A atuao do MPSC na defesa da mor-alidade pblica''. Logo depois, s 16h50 min, o Promotor de Justia Affonso </p><p>Guizzo Neto falar sobre o tema ''O que voc tem a ver com a corrupo?: con-quistas e perspectivas internacionais''.O evento promovido pelo Ministrio Pblico de Santa Catarina (MPSC), pela Controladoria-Geral da Unio em Santa Catarina (CGU/SC), pela Empresa Brasileira de Correios e Telgrafos (Correios), pelo Ministrio Pblico Federal em Santa Catarina (MPF/SC), pelo Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina (TCE/SC) e conta com o apoio da Associao Catarinense de Imprensa (ACI).</p></li><li><p>O CORREIO P. 02</p><p>NOSSAS UTOPIAS</p><p>Advocacia &amp; Assessoria</p><p>Dr. Victor Baio PereiraOAB/SC 15.896</p><p>Atanazio Lameira lameira00@hotmail.com</p><p>EXPEDIENTEFundado em 29.07.1995</p><p>Direo Geral: PAULO SRGIO SILVAJORNAL O CORREIO. LTDA. ME.</p><p>C.G.C. 03.002.178/0001-60 Insc. Mun. 54.0375</p><p>Redao e Administrao:Rua Voluntrio Fermiano, 52 - Centro Fone: (48) 3644-3959 - Laguna/SC</p><p>Nmero Avulso: R$ 2,00 Assinatura Semestral (Bissemanal) R$ 100,00</p><p>Tiragem: 1.000 exemplaresOs artigos assinados so de </p><p>responsabilidade de seus autores. Circulao quartas-feiras e aos sbados : </p><p>Laguna, Pescaria Brava, Garopaba, Imbituba, Paulo Lopes e Imaru.</p><p>E-mail: ocorreio@ocorreio.net hp:http://www.ocorreio.net</p><p>Este jornal filiado:</p><p>Visite o meu: Blog: athanaziolameira.blogspot.com</p><p>LAGUNA/SC 07/12/2013</p><p>Causas cveis: aes possessrias, indenizatrias e de famlia.</p><p>Rua Raulino Horn - Centro - Fone 3644-6882 </p><p>Hora do cafezinho</p><p>Paulo Srgio Silva</p><p>Reinventando o Profissionalartigo</p><p>Mello Jr - www.gmtreinamentos.com.br - mello@gmtreinamentos.com.br</p><p>Com qual conceito voc trabalha!</p><p>Quando falamos de mudanas, inovao, ousadia, pro-curamos alertar as empresas e seus profissionais sobre o risco da acomodao. A Venda Mais (n 159 - julho) traz pesquisa sobre as marcas mais poderosas do mundo e chama a ateno sobre o fato de que histrias de sucesso e marcas poderosas influenciam ou ditam as tendncias. Durante anos ouve-se falar de marcas como Google, GE, Microsoft, Coca Cola, Nike, Brastemp e tantas outras e cada uma em seu segmento vende conceitos. A Coca Cola j foi a marca mais valiosa do mundo e hoje est em quarto lugar - continua tendo lucros fantsticos, mas a marca no mais a primeira - ainda a velha Coca Cola de guerra e muito respeitada, mas perdeu espao e com isso a preocupao que perde credibilidade, investido-res e poder de fogo em negociaes no mercado. Isso tambm alerta para a necessidade de fazer sua marca ser lembrada o tempo todo. </p><p>O mercado est cada vez mais valorizando o CONCEITO - cada empresa vende um conceito, moda conceito, tribo conceito, famlia conceito por isso, atrs de todas as aes deve estar a preocupao com a imagem que ser refletida ao cliente, com o conceito que a empresa </p><p>quer repassar e assumir. Algum tempo atrs as indstrias criavam a moda e as lojas vendiam o que a indstria criava, hoje, quem dita a moda a aldeia dos nossos clientes. uma grande inverso de ida e vinda e conceitos e a par-ceria entre fabricantes, lojistas e clientes tende a crescer cada vez mais. Existe uma srie de conceitos disposio dos clientes, mas muitas lojas antigas enfrentam srias dificuldades porque no entenderam estas mudanas. O sucesso muito relativo, mas no existe mais sucesso sem ouvir nossos parceiros. </p><p>Para reflexo: Qual o conceito de mercado que sua empresa defende? Qual o conceito que seu cliente deseja? Qual a aldeia ou tribo do seu cliente? Qual o melhor marketing para vender seus conceitos? Sua empresa vende produtos ou conceitos? Qual o conceito de resultados que voc trabalha?</p><p>Bem! Vamos pensar e buscar novas alternativas? Trabalhe novos conceitos, motive sua equipe para buscar novos conceitos e oua os conceitos de seus clientes.</p><p>Dinheiro e Paz No escritrio em que trabalho e fico rico - quanto mais eu mltiplo diminui o meu amor (Belchior). s vezes esquecemos-nos de ns mesmos pela ganncia de mais e mais no enxergamos ningum somos cegos diante da vida.Ser poeta no privilgio de ningumQualquer um pode escrever poesia bas-ta ter corao - sentimento. Ser humano. Ser gente. Acreditar no esprito e acom-panhar a vida cotidiana. A poesia no pode ser somente dos poetas. A poesia est quem quiser pode se apropriar livremente. Escreva qualquer coisa, mas com sentimento, com verdade. Deixa o pblico ler e, depois se for o caso conti-nue escrevendo.</p><p>Um rompimento na rede de fibra tica da operadora OI deixou fora do ar na tarde de quinta-feira o telefone gratuito do servio de atendimento da CASAN.Apesar de no conseguir acessar o telefone de dis-cagem gratuita, o call center da CASAN continuou funcionando, porm com tarifao de chamada. Os usurios tiveram que telefonar para o nmero: (48) 3279.9100, pagando o custo de uma chamada para a regio de Florianpolis.Com objetivo de discutir sobre vrios assuntos im-portantes, dentre eles, o repasse de verbas, o prefeito Everaldo dos Santos esteve reunido na tarde de quinta feira, dia 5, com a diretoria da Escola Especial Solar da Ternura (Apae).Ficou definido que at o dia 20 de dezembro ser feito um repasse de R$ 10.500 mil para fechar o ano, dos convnios que foram feitos em 2013.A partir de janeiro, atravs de um convnio firmado entre a prefeitura e Apae, ser feito o pagamento da primeira parcela de R$ 4.000 mil, antes era repassado R$ 3.500.Alm desse convnio, outro assunto da pauta da re-unio foi a contratao de um profissional atravs da Secretaria da Sade, para atender os estudantes da escola especial.</p><p>Entre os dias 27 de novembro e 26 de dezembro, a Prefeitura de Pescaria Brava, atravs da Secretaria de Educao, Cultura e Esportes, abre as inscries do processo seletivo para a contratao temporria de professor e agentes de servios gerais, visando atuar na educao infantil e ensino fundamental, no ano de 2014, no municpio. Costa do Sauipe, Costo do Santinho Resort Golf SPA, Ponta dos Ganchos, Resort Refgio do Estaleiro no existiriam se tivessem que ser construdos em Laguna, onde se d preferncia a invaso desordenada de ter-ras a uma ocupao qualificada e preservao com sustentabilidade garantida. E ainda falamos em turismo 1Torneio de vaca mecnica rene laadores da regioUma moto, um cavalo, um lao, e a vontade de continuar com as tradies campeiras. Esses elementos so sufi-cientes para trazer alegria para um grupo de amantes do tiro de lao com vaca mecnica. A ao acontece neste final de semana no Stio Trs Maria, na localidade do Serto da Maricota, em Pescaria Brava.Os parlamentares catarinenses manifestaram seu apoio, na sesso plenria de quinta-feira (05), proposta do deputado federal Onofre Agostini (DEM-SC), que busca alterar a denominao de dois trechos da BR 101 no estado. Atualmente, chamada rodovia Mrio Covas.Na Cmara de Laguna vereador Rodrigo Moraes - PR, denunciou creche que no aceita filho de casal que tra-balha fora. Argumentam que quem trabalha pode pagar uma creche particular.</p></li><li><p>O CORREIO P. 03</p><p>As boas do Fernandinho</p><p>SALGADOS TPICOSGRAA RODRIGUES</p><p>Salgados tpicos aorianos de La-guna, Casquinha de Siri, Camares Recheados . Tratar: Av. Joo Pinho, 756 Mar Grosso Fones: 3647-1710 e 9986-1141.</p><p>Aceitamos pedidos</p><p> para pronta-entrega</p><p>Fone: 3644-3959</p><p>Leia e assine</p><p>Texto e fotos DALMO FASCA</p><p>LAGUNA/SC 07/12/2013</p><p>Atena Daiana Schneider Ferla Especialista em Direito Previdencirio - OAB/SC 29.549</p><p>Direito Previdencirio Um homem telefona para a sua esposa e diz: - Que-rida, o meu chefe convidou a mim e a alguns dos seus amigos para irmos pescar num lago distante. Vamos ficar fora uma semana. Esta uma excelente oportunidade para eu conseguir a promoo de que tenho estado espera, por isso me prepare roupas su-ficientes para uma semana e tambm a minha caixa de apetrechos de pesca. Vamos partir diretamente daqui do escritrio e vou passar a apenas para apanhar essas coisas. Ah!...Por favor, coloque tambm o meu pijama novo, aquele de seda azul. A mulher acha que isso soa um bocado estranho, mas sendo a boa mulher que faz o que o marido pediu. No fim de semana seguinte, ele regressa da pescaria um bocado cansado, mas fora isso, sem nada de anormal. A mulher lhe recebe com um beijo e lhe pergunta se apanharam muitos peixes. Ele responde: - Sim! Muitos pargos, algumas garoupas e uns poucos carapaus. Mas porque que voc no colocou o meu pijama de seda azul, tal como te pedi? A mulher responde: - Arrumei sim, querido! Coloquei-o na caixa de apetrechos de pesca. Marido e mulher esto jantando num restaurante fins-simo, quando de repente, uma loura maravilhosa se aproxima da mesa, tasca um tremendo beijo na boca do marido e vai-se embora, sem dizer uma palavra. - O que isso, Juvenal? Quem essa mulher! E o sujeito, con-strangido: - Bem, querida... eu ia te contar... - Ento conte j! - Essa minha amante! - Amante? Ora essa! Mas que desaforado! Quero o divrcio imediatamente! - Tudo bem... mas ela que financia nossas frias na Europa, as roupas que voc usa, as festas que a gente da... Ela fica em silencio e continua comendo. De repente, um amigo do casal passa exibindo uma morena estonteante. - Quem essa mulher que esta com o Toninho, Juvenal? - a amante dele! - A nossa muito melhor, voc no acha?</p><p>Um casal viajava de carro na rodovia dos Bandeirantes a 100 km/h. A esposa falou: - Querido, ns estamos casados ha 15 anos, mas eu quero o divorcio. O marido nada disse e aumentou a velocidade para 120 km/h. A esposa continuou: - Eu no quero que voc peca para mudar de idia, eu estou tendo um caso com o seu melhor amigo. O marido calado, aumentou a velocidade para 130 km/h. Ela continuou: - Eu quero a casa. O marido aumenta a velocidade para 140 km/h. Ela continuou: - Eu quero ficar com as crianas. O marido aumenta a velocidade para 150 km/h. Ela completa: - Eu quero o carro, a conta-corrente, todos os cartes de credito. O marido calado, aumenta a velocidade para 160 km/h. Ela ento pergunta: - E voc, tem alguma que coisa que vai querer? Ele responde: - No, eu tenho tudo que poderia querer. - O que voc tem?- Pergunta a mulher. O marido responde, alguns segundos antes de ir contra a mureta: - Eu tenho o air bag! ... e voce no.</p><p>A esposa entra na cozinha e encontra o marido atarefado com um mata-moscas. - O que voc est fazendo? - pergunta ela. - Estou caando moscas. - E j matou alguma? - Sim! 3 machos e 2 fmeas. - Intrigada, ela pergunta: Mas como voc consegue distinguir o sexo? - Fcil! 3 estavam na garrafa da cerveja e 2 no telefone.Benefcio Assistencial ao Idoso </p><p>e ao Deficiente Fsico - LOAS</p><p> Alm dos benefcios previdencirios (aposentadoria por idade, tempo de contribuio, invalidez, auxlio-doena, salrio-maternidade etc), o INSS paga um benefcio de carter assistencial ao idoso ou portador de deficincia fsica ou mental.Chama-se como Amparo Assistencial ao Idoso ou Portador de Deficincia ou BPC (Benefcio de Prestao Continuada) ou ainda, LOAS, porque est disciplinado pela Lei 8.742/93 - Lei Orgnica da As-sistncia Social. Este benefcio consiste no pagamento de um salrio-mnimo, mensal para as pessoas que o requerem, desde que preencham os requisitos legais, que so: ser idoso com mais de 65; ou, ser deficiente ou ter algum prob-lema de sade; e no ter condies de se manter ou ser mantida por sua famlia (miserabilidade ou hipossuficincia).Faz-se necessrio distinguir o benefcio previdencirio do benefcio assistencial. E importante destacar que a Seguridade Social compreende a Sade, a Previdncia e a Assistncia Social.A sade direito de todos e dever do Estado, diz a Constituio Federal. Para algum ser atendido pela rede pblica de sade, no precisa ser contribuinte e nem segurado do INSS. Sabe-se que a Previdncia para quem paga. Dessa maneira, se o cidado quiser se aposentar ou receber auxlio-doena, tem que estar em dia, gozando de cobertura da Previdncia Social.J a Assistncia Social dada a quem dela necessita, sem exigir uma contrapre-stao financeira. Para requerer o benef-cio assistencial ao idoso ou ao deficiente fsico/mental, a pessoa no precisa ser segurado ou contribuinte do INSS. Desse modo, a LOAS trouxe um benefcio assistencial a determinadas pessoas, visando mantena de um mnimo necessrio para que vivam de forma </p><p>Momento da construo da </p><p>antiga estao rodoviria na </p><p>rua Gustavo Richard (Rua da </p><p>Praia) no ano de1945</p></li><li><p>O CORREIO P. 04LAGUNA/SC 07/12/2013</p><p>Rua Voluntrio Fermiano 60 - Centro - Laguna / SC </p><p>Fone 3646-2488Dr. Mauro Srgio Fernandes da Silva </p><p>Diretor TcnicoDr. Mauro Srgio Fernandes da Silva </p><p>CRM 8789 - PediatraRQE 4329</p><p>Vacine-se contra a catapora</p><p>cgmattos@hotmail.Dr Cleber Guedes Mattos</p><p>No hesite em esclarecer suas dvidas conosco! </p><p>Dr Cleber Guedes MattosCirurgio Dentista CRO/SC 6109ESPECIALIZANDO EM PRTESE DENTRIA - FlorianpolisESPECIALISTA em IMPLANTES DENTAIS UNIVALIAPERFEIOAMENTO em CIRURGIA e IMPLANTES DENTAIS - EAP/ABO/PG/PRMEMBRO DO C.C do HOSPITAL N.S.B.J.P, de LagunaGRADUADO em ODONTOLOGIA UFSC</p><p>IMPLANTES DENTAIS</p><p>6 parteDieta:</p><p> A ingesto de lquidos muito importante. Beba o mximo de lquido possvel. Use apenas alimentos lquidos ou pastosos (gelatino-sos) frios ou gelados nas primeiras 24 horas. Se voc estiver em jejum, sugerimos que voc inicie com lquidos claros. Aps a estabilizao da funo do estmago voc pode ingerir lquidos como chs, refrig-erantes, sucos, caldos ou sopas. Evite usar canudinho nos primeiros 3 dias, poi...</p></li></ul>