O Correio - Ed 1014

  • View
    248

  • Download
    34

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Um jornal de verdade

Transcript

  • LAGUNA/SC - ANO IXX - EDIO 1014 - LAGUNA/SC 28/12/2013 - R$ 2,00 - JORNAL BISSEMANAL O Senhor meu pastor, nada me faltar

    Laguna: 3646-5123 / 9926-6333Brao do Norte: 3658-2446 / 9627-3120

    Fone: 3646-2488Fone: 3646-2488

    Dr. Mauro Srgio Fernandes da Silva CRM 8789 - Pediatra

    Rua. Voluntrio Fermiano. 60 Laguna SC

    A sade de sua criana merece a ateno de um especialistaDiretor TcnicoMauro Srgio Fernandes da Silva

    CRM 8789 - PediatraRQE 4329

    Prximo a Colnia de Pescadores

    Temos sala de VacinasVisite o site: http://clinicavidalaguna.wix.com/vida

    Vai comear o SESC VERODe 11 a 26 de janeiro

    para todos os pblicos que

    frequentam a praia.

    Todas as atividades

    acontecem das 9h s 12h

    e das 15h s

    Rveillon em Laguna a maior festa do sulA virada do ano em Laguna promete diversas atraes. No dia 31, a noite comea com a banda PH7, em seguida Jeito Louco, terminando com o show nacional do Art Popular. De acordo com a Secretaria de Turismo e Polcia Militar, a expectativa de pblico para este rveillon de 300 mil pessoas.Todas as atraes sero realizadas na Arena Skol, numa estrutura que ser montada na praa Seival, nos Molhes. As apresentaes da virada (dia 31) so gratuitas. Sero vendidos somente camarotes.O rveillon est sendo realizado pelo Governo Municipal, atravs da Secre-taria de Turismo, em parceria com a Creative Way Produes.Segundo o secretrio de turismo, Joo Carlos Fagundes, todos os eventos es-to sendo realizados sem recursos do municpio. Estamos criando opor-tunidades para atrair parcerias para captao de recursos, garantindo assim a realizao de eventos impor-tantes para a cidade.A concretizao do futuro depende do sucesso dessas duas aes que estamos realizando para o rveillon e carnaval, disse.A Fundaa Lagunense de Cultura ser responsvel pela organizao do show pirotcnico, que ser re-alizado em dois pontos da orla da praia do Mar Grosso, com durao de aproximadamente 15 minutos simultaneamente.

    Programao:Local: Arena Skol/Praa Seival22h Banda PH700h Jeito Louco01h30min - Art PopularOutros shows nacionais:A megavirada Laguna pro-mete duas semanas de atraes. Os preparativos comeam no dia 28, com o show nacional do cantor de reggae Armandinho e o sertanejo de Michel Tel. No dia 4 de janeiro, a festa ser com o samba do

    grupo Sorriso Maroto.Os ingressos j esto disponveis para venda em Ararangu, Brao do Norte, Cricima, Forquil-hinha, Imbituba, Morro da Fumaa, Orleans, Urussanga, Tubaro e Laguna.Em Laguna, podem ser adquiridos nos seguintes pontos: Recanto Bike, O Boticrio, Deck Lanches e Loja Bloko Rosa.

    Art Popular no show da virada

  • O CORREIO P. 02

    NOSSAS UTOPIAS

    Advocacia & Assessoria

    Dr. Victor Baio PereiraOAB/SC 15.896

    Atanazio Lameira lameira00@hotmail.com

    EXPEDIENTEFundado em 29.07.1995

    Direo Geral: PAULO SRGIO SILVAJORNAL O CORREIO. LTDA. ME.

    C.G.C. 03.002.178/0001-60 Insc. Mun. 54.0375

    Redao e Administrao:Rua Voluntrio Fermiano, 52 - Centro Fone: (48) 3644-3959 - Laguna/SC

    Nmero Avulso: R$ 2,00 Assinatura Semestral (Bissemanal) R$ 100,00

    Tiragem: 1.000 exemplaresOs artigos assinados so de

    responsabilidade de seus autores. Circulao quartas-feiras e aos sbados :

    Laguna, Pescaria Brava, Garopaba, Imbituba, Paulo Lopes e Imaru.

    E-mail: ocorreio@ocorreio.net hp:http://www.ocorreio.net

    Este jornal filiado:

    Visite o meu: Blog: athanaziolameira.blogspot.com

    LAGUNA/SC 28/12/2013

    Causas cveis: aes possessrias, indenizatrias e de famlia.

    Rua Raulino Horn - Centro - Fone 3644-6882

    Hora do cafezinho

    Paulo Srgio Silva

    Reinventando o Profissionalartigo

    Mello Jr - www.gmtreinamentos.com.br - mello@gmtreinamentos.com.br

    Empresrio, Empreendedor ou Dono de empresaHoje, nesse mercado cada vez mais gil, com-petitivo e questionador vrios conceitos e no-menclaturas so discutidos e at criados novos desdobramentos para identificar pessoas que se intitulam de determinada forma caracteri-zada profissionalmente, mas agem totalmente contrrios a sua descrio, ou seja, de forma amadora dentro desse contexto.

    A exemplo disso, cito a diferena entre Em-presrio, Empreendedor questo proposta num debate entre profissionais de recursos humanos quando um dos participantes fez o seguinte comentrio: na minha rede de lojas tenho um dono de lojas pois falta muita coisa para ele ser um lojista. Outro ento emendou: no hotel onde trabalho tem um dono de hotel. Fui por muito tempo consultor e instrutor do programa Brasil Empreendedor do Governo Federal em parceria com o SEBRAE/SC e aprendi com os participantes exatamente estas diferenas. Vi verdadeiros empreendedores sem que tivessem uma empresa registrada, sem que tivessem esta-do numa faculdade, mas com uma incrvel viso de mercado servindo de referncia a outros empreendedores. Vi muita gente boa insatisfeita trabalhando em empresas amadoras cujo em-presrio era simplesmente dono de empresa e cobrava resultados sem clareza ou objetividade, sem conhecimento. Vem a questo: porque o

    funcionrio precisa ser profissional, se muitas vezes os chamados patres no os so? Neste caso incluo nas discusses os chamados donos de empresas. Estes na maioria das vezes chegam a ser empreendedores, mas no so empresrios.

    As principais diferenas entre eles so:

    EMPRESRIO: Toda a pessoa que tem uma empre-sa devidamente registrada um empresrio(a);EMPREENDEDOR: Toda pessoa que empreende; tem viso global de organizao; lder, criativo, tico, motivado, motivador; age profissional-mente;DONO DE EMPRESA: Todo aquele quem tem uma empresa formal ou informal para sua prpria ma-nuteno sem conhecer a realidade do mercado e do segmento que atua (olha somente para o umbigo e est alheio as necessidades do cliente).

    Aparentemente e s vezes parece tudo igual e os conceitos se misturam, mas as atitudes so bem diferenciadas. Um dono de empresa pode ter sucesso? Claro que sim! Mas para manter-se nesse mercado onde a velocidade est ditando as regras, dever buscar conhecimentos e ter humildade de buscar profissionais que possam ser o empreendedor que ele no . Assim como profissionais empreendedores que por algum motivo no conseguem montar seu prprio

    Sabores e amores do Par Meu Belm do Par que trouxeste meu pai. Tanta beleza no rio rica em cores - sab-ores - nas mangas. Crio de Nazar onde o povo percorre a cidade com f. Mercado Ver-o-Peso - metrpole que toda tarde cai um pau dgua molhando o suor do povo Paraense.

    Amor nas estradas E seguir o amor nas estradas. Enfrentar multides. Cantar apenas por prazer. In-ventar letras no amanhecer. Acordar cedo ensaiar improvisar, aquela cano tirar o melhor som. Nunca ter visto o mar mesmo assim cantar as ondas do imaginrio e pensar como lindo azul verde levando, s vezes trazendo alegrias, bem como tristezas.

    Pssaro negroQuando a vida nos desafia. Exige que seja agora. No h espera. Quando a alma chora clamando qualquer coisa que seja esperana. Quando a morte anuncia e a utopia insiste em recomear tudo.

    Silncio das palavras Alguma coisa de bom para a gente viver e pensar no amor, no carinho. Alguma coisa que elevasse nosso esprito. Talvez a gratido ou ouvir uma cano do Milton pode ser a cano do sal, pode ser Morro Velho, ou quem sabe Travessia. Alguma coisa que pudesse dizer mesmo no silncio das palavras.

    Velhos amigosSe a vida boa. Tem-se o amor. Tem-se o carinho. Simplesmente caminhar talvez

    Quero registrar com enorme tristeza o passamento do senhor Nerino Justino quinta-feira(26) que durante muitos anos foi enfermeiro no Hospital de Caridade Senhor Bom Jesus dos Passos, onde o conheci, ainda criana. Na sua trajetria de vida, tambm foi op-erador de transmissor da Rdio Garibaldi de Laguna. Deixou muitas saudades e uma famlia maravilhosa, dentre eles alguns de seus filhos, que comigo con-viveram no Rdio Lagunense, Vnio Santos e Valmir Luiz aos quais, apresento meus psames pedindo que transmitam a todos familiares os sentimentos de toda equipe do Jornal O Correio.

    O deputado federal Edinho Bez e o presidente da Copa do Torcedor, Amauri Luckina, trouxeram Laguna/SC, na sexta-feira (27/12), o jogador de futebol e deputado federal Romrio, para participar de um jogo beneficente em prol da Apae da cidade.O evento, que celebrou os 12 anos de fundao da Copa do Torcedor de Laguna, ocorrer na Associao Espor-tiva Rus, no bairro Barbacena, s 17h45min e teve o apoio do Jornal de Laguna no companheiro Mrcio Carneiro. Na Assembleia Legislativa de Santa Catarina depois da ltima reunio ordinria da Comisso de Constituio e Justia, em 2013, o presidente do colegiado, deputado Mauro de Nadal (PMDB) fez uma avaliao positiva dos trabalhos da CCJ no ano. Foram 36 reunies ordinrias e oito extraordinrias e mais de mil proposies anali-sadas. Alguns temas foram levados para debate com a populao nas oito audincia pblicas realizadas pela comisso.

  • O CORREIO P. 03

    As boas do Fernandinho

    SALGADOS TPICOSGRAA RODRIGUES

    Salgados tpicos aorianos de La-guna, Casquinha de Siri, Camares Recheados . Tratar: Av. Joo Pinho, 756 Mar Grosso Fones: 3647-1710 e 9986-1141.

    Aceitamos pedidos

    para pronta-entrega

    Fone: 3644-3959

    Leia e assine

    Texto e fotos DALMO FASCA

    LAGUNA/SC 28/12/2013

    O sujeito foi a um psiclogo porque a mulher batia nele e toda a vizinhana o via como um frouxo. Mas muito simples para voc resolver isso aconselhou-o o psiclogo Toda vez que voc estiver apanhando, basta ficar gritando: "Tome! Tome!", que todos os vizinhos vo associar o barulho dos socos e tapas com a sua voz e vo achar que voc que est batendo.O cara gostou da idia e na primeira oportunidade resolveu coloc-la em prtica.Chegou em casa tarde e assim que a mulher lhe deu a primeira pancada ele berrou: "Tome! Tome sua sem