O Correio Ed - 880

  • Published on
    31-Jul-2015

  • View
    28

  • Download
    0

Embed Size (px)

Transcript

Diretor Tcnico Mauro Srgio Fernandes da Silva CRM 8789 - Pediatra RQE 4329

A sade de sua criana merece a ateno de um especialista

Dr. Mauro Srgio Fernandes da SilvaCRM 8789 - Pediatra

Agora em novo endereo px. a Colnia de Pescadores

Temos sala de Vacinas

Fone: 3646-2488Rua. Voluntrio Fermiano. 60 Laguna SC

O Senhor meu pastor, nada me faltar

LAGUNA/SC - ANO XVIII - EDIO 880 - LAGUNA/SC 15/09/2012 - R$ 2,00 - JORNAL BISSEMANAL

BR 101: Trfego ser interrompidoSero instaladas 12 vigas para compor a pista elevada da futura ponte, que ter 48 metros de extenso.

Q

uem pretende viajar neste fim de semana d e ve s e p ro g ra m a r. O f l u xo d e ve c u l o s , n o s d o i s sentidos de trfego da BR-101, ser interrompido neste fim de semana, das 8 s 11 horas, para o iamento e instalao de vigas na ponte sobre o Rio Capivari, na divisa com Tubaro. Ainda que incmoda, a manobra de extrema necessidade para a continuidade da construo da passagem. As vigas sero colocadas sobre os pilares construdos nas cabeceiras do rio. A interrupo necessria para garantir a segurana dos motoristas. Como so materiais imensos, o transporte exige uma certa

logstica. As vigas sero levadas de caminho at a atual ponte, onde sero depositadas e iadas. Um desvio para veculos leves e de transporte coletivo de passageiros ser feito durante a operao. A passagem altern a t iva ser exclusivamen te para estes dois tipos de veculos. Caminhes e outros tipos de carros de transporte de cargas tero que aguardar a finalizao do trabalho. A Polcia Rodoviria Federal far o monitoramento no local. preciso que os motoristas que circulam nas ruas urbanas de Capivari de Baixo e Tubaro respeitem a sinalizao e, principalmente, os espaos destinados aos pedestres.

P

TRE/SC GARANTE REGISTRO DE

TANARA E EVERALDOMais uma etapa do processo eleitoral em Laguna foi vencida ontem com deciso unanime dos juzes do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

or unanimidade, os juzes do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) aceitaram o recurso da candidata a prefeita de Laguna Tanara Cidade de Souza (PT). Ela tinha sido impugnada em primeira instncia, aps representao da coligao Laguna pra frente, liderada pelo PMDB. O indeferimento do recurso na Justia de Laguna se deveu ao fato de Tanara figurar na lista de contas rejeitadas do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Ela teve as contas do Fundo Municipal de Sade reprovadas em 2006 por pagamento de uma multa de trnsito de R$ 574,61, em uma infrao cometida por um veculo da secretaria de Sade. Aps a deciso de primeira instncia, Tanara recorreu ao TRE. O parecer da procuradoria regional eleitoral (PRE) foi de reformar a sentena, assim

Co da Polcia Militar de Laguna vem passando por uma adaptao para integrar as atividades de polciaCo Urso da Polcia Militar de Laguna vem passando por uma serie de atividades e treinamentos de adaptao com um policial militar que ser seu condutor no policiamento em operaes policiais. O animal da raa Labrador, doado por um morador de Laguna, foi encaminhado para o canil central da Polcia Militar de Florianpolis para passar por um perodo de treinamento at a concluso do canil da polcia militar de Laguna. O Urso foi treinado como cachorro de faro, destacando-se em seu treinamento por seu olfato aguado mostrando na prtica o timo desempenho da raa no encontro de entorpecentes.

como o posicionamento do relator, Luiz Henrique Portelinha. O argumento de que no houve dolo, nem ato de improbidade administrativa no pagamento da multa. Everaldo dos Santos Tambm foi julgado pelo TRE na sesso de quinta-feira (13) o recurso da coligao Pra Laguna seguir mudando, liderada pelo PT, contra o deferimento do registro do candidato a prefeito Everaldo dos Santos (PMDB). Ele e outros ex-vereadores foram condenados a devolver recursos Cmara referentes a sesses extraordinrias pagas indevidamente entre 1993 e 1994. Os juzes decidiram, por unanimidade, no prover o recurso, mantendo o registro, por entenderem que no houve dolo e nem ato de improbidade administrativa.

Laguna: 3646-5123 / 9926-6333 Brao do Norte: 3658-2446 / 9627-3120

LAGUNA/SC 15/09/2012

O CORREIO P. 02

O PODER DA PALAVRAatanaziolameira@brturbo.com.br

artigo

Reinventando o ProfissionalMais uma vez o atendimento a grande vedete nos debates sobre vendas. Lembro que anos atrs existiam alguns treinamentos focados em atendimento e outros em vendas, mas, hoje entendemos que no podemos desvincular uma coisa da outra e por isso tratamos em conjunto; um complementando o outro nos diversos momentos que estamos com o cliente. Parece ttulo de filme famoso: esqueceram de mim quatro. Quando no se atinge as metas surgem vrios culpados, preos, concorrncia, prazos, garantias, qualidade etc, menos o atendimento. O conceito de atendimento que trabalhamos liga todos esses culpados diretamente ao atendimento. Voc discorda? Ento vejamos! Negociar preos, prazos, garantias, qualidade e mostrar que sua empresa, produ-

Atanazio Lameira

Esqueceram do atendimento

A marca do dono

Umpoucodeisenonapalavratalvezsejaaelegnciaquedeveria reinarnestapocadedisputadeespaopolticopartidrio.Explico. Alguns boca alugada vivem elogiando o governo vigente sem a iseno devida por uma razo muito simples fazem parte do jogo poltico atual portanto deveriam ficar calados posto que sua opinio mesmo legtima - traz em seu bojo a marca do dono.

Compaixo pelo ser humano

Meus carssimos irmos de luta este perodo de eleies e disputas so passageiros importantssimos, mas passaro como tantos outroseoquefica?Pergunta-se.Porissodevemostercalmaeexerceracidadaniadaformamaisdemocrticapossvelsemretornar a poca do lutar e fugir sem uso s vezes da inteligncia e a razo para pensar e tomar as decises de forma pacfica e ordeira cumprindoasregraspreestabelecidas,afimdequeasociedadesetorne mais humana e tenha na essncia, a compaixo pelo ser humano.

As regras bsicas do discurso

Os candidatos nos respectivos comcios se limitam em repetir frasesdeefeitosemanunciarnadadenovoaopovoqueestvido na platia da vida. Por favor, tenham um pouco de amor prprio e se preparem antes e subir no palanque ningum obrigado nascer um exmio orador ou em outras palavras ter o dom de falar em pblico, mas mesmo assim existem regras bsicas que devem sob pena de inviabilizar todo o discurso serem cumpridas.

Mello Jr - www.gmtreinamentos.com.br - mello@gmtreinamentos.com.br

tos ou servios so melhores que os da concorrncia fazem ou no parte integrante do atendimento e da performance de quem est atendendo o cliente? Cuidado: exatamente por no acreditar que isso atender que algumas empresas esto perdendo bons negcios. Antigamente encantar o cliente era sorrir e estar disponvel, mas, hoje se voc no conhece produtos, perfil de clientes, mercado, formao de preos, estoques, compras e conhecimentos gerais, com certeza no atender bem seus clientes. Imaginem as cenas: o atendente diz bom dia sorrindo, enche o cliente de perguntas, no deixa o cliente falar, irrita-se com a calma do mesmo, perde a venda; ser que atendeu bem? Outro d bom dia sorrindo, coloca-se disposio do cliente, este pergunta pra que serve determinado boto

do controle remoto; o vendedor reconhece que no sabe e sugere que o cliente leia o manual de orientaes. Atendeu bem? Situaes como estas continuam acontecendo todos os dias e encontram-se vrios culpados, menos o atendimento. Sugiro que ao trabalhar os atendentes e vendedores a empresa integre uma coisa na outra, ou seja, alm de discutir e apresentar preos, metas e concorrncia tambm apresente e teste as novidades, importante o conhecimento dos produtos para atender e vender bem. Hoje percebemos a eficincia e a necessidade do trabalho com sistemas integrados, por isso, integre em seus treinamentos os conhecimentos de vendas e atendimento, pois, a sacada atender bem para vender bem!!! Pensem nisso!!!

A arrogncia no combina com a democracia

Digasimoudigano.Escolhacompacinciaseucandidato.Aoferta grande. A sociedade precisa de homens srios e humanos para dirigirosdestinosdetodos.Afinalnossademocraciarepresentativanohcomoresolverascoisaschamandosempre,porexemplo, o instituto do plebiscito. Votamos em algum para nos representar. Este algum precisa ter discernimento disto e no ignorar este mandamento e sair por a achando que o dono da cidade.

Hora do cafezinhoPaulo Srgio Silva

Exerccio de felicidade

Por que os braos no se abraam mais? Por que as bocas no se beijam mais? Por que a vida no pode ser uma verdadeira maravilha? Por que no beijar a mulher na esquina? Por que no viver sorrindo com a cara de tolo esbanjando felicidade? Por que no pode ser a cidade mais linda do mundo a minha Laguna?

A soluo fcil para tudo

A palavra chave no momento prometer. Eles sabem tudo o que fazer. Antes no fizeram, no sabemos a razo. O negcio que essa gente indecente quer se eleger a todo custo. Vale tudo. Sorriso amarelo. Olhar de vampiro. Mos de estivador. E a cara de pau de no parar de falar bagagens at a exausto, no rdio e na televiso.Visite o meu: Blog: athanaziolameira.blogspot.com

A produo dos materiais eleitorais que sero utilizados no pleito deste ano no estado est quase concluda. "Mais de 90% deles j foram produzidos, o restante deve estar pronto na semana seguinte", afirmou o coordenador de eleies do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina, Paulo Dionsio Fernandes. Itens como requerimentos de justificativa, cartazes indicativos, crachs e envelopes de segurana so indispensveis para garantir o sucesso do processo eleitoral e, por isso, j foram definidos pela Coordenadoria de Eleies do TRESC no ano passado.

Governo do estado finalizar todas as obras e estruturao do Aeroporto Regional Sul, em Jaguaruna. A licitao para a ad