O PAPEL DA EQUIPE DIRETIVA NA FORMAÇÃO ?· no respeito ao outro, na escuta-sensível, no diálogo,…

  • Published on
    10-Nov-2018

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Transcript

  • O PAPEL DA EQUIPE DIRETIVA NA FORMAO CONTINUADA DE PROFESSORES: A PARCERIA UNIVERSIDADE ESCOLA

    Mari Margarete dos Santos Forster Universidade do Vale do Rio dos Sinos

    mari.forster@gmail.com

    Andria Veridiana Antich Universidade do Vale do Rio dos Sinos

    andreiaveri@terra.com.br

    Resumo: O estudo investigou o papel da equipe diretiva de uma escola pblica municipal sobre o processo de formao docente, intermediado pela pesquisa-formao vivenciada em parceria com a Universidade. Foram entrevistadas a diretora, a orientadora educacional e a supervisora escolar. A anlise das falas indicou que h especificidades na ao das profissionais, favorecedoras da formao docente, mas que o fundamental so os pressupostos comuns que as orientam: respeito ao outro, escuta sensvel, dilogo, acompanhamento do trabalho e reflexo crtica. A pesquisa-formao vivenciada pela escola tem provocado qualificao das aes empreendidas, porque rupturante de concepes e representaes.

    Palavras-chave: parceria universidade/escola; desenvolvimento profissional docente; equipe diretiva.

    A formao continuada dos professores pode ser examinada sob diferentes prismas.

    Este estudo investigou o papel da equipe diretiva de uma escola pblica de ensino fundamental, localizada no municpio de Montenegro/RS - Brasil, sobre o processo de formao docente. Os dados aqui analisados situam-se no mbito de um projeto maior, intitulado (Re)significando a escola como espao formativo: dos dilogos com a comunidade escolar sistematizao do conhecimento. Este projeto tem indicado, quando ouvidos os professores, ser fundamental o trabalho desenvolvido pela equipe gestora. Portanto, pareceu-nos importante ouvi-la e isso foi feito atravs de entrevistas semi-estruturadas realizadas com a diretora, a orientadora educacional e a supervisora pedaggica da escola. Com o intuito de investigar o modo com que a ao da equipe diretiva repercute na qualificao do professor e, tambm, o sentido/significado que a parceria entre escola e universidade, desenvolvida atravs da pesquisa, tem para essas profissionais na conduo de seu trabalho, props-se que estas falassem livremente sobre sua atuao na escola, direcionando, posteriormente, as questes parceria escola/universidade. A anlise de contedo (Bardin, 1977) das falas foi realizada por integrantes do grupo de pesquisa de diferentes formaes (Pedagogia, Psicologia, Filosofia, Letras), o que permitiu vises complementares acerca dos dados coletados. As anlises indicaram diferentes dimenses e, entre elas, destacaram-se pressupostos atitudinais (cuidado/humanizao das relaes; abertura para o dilogo; reconhecimento do trabalho docente...) que favorecem aes formativas (trabalho coletivo/colaborativo; discusses e reflexes grupais...), que repercutem no desenvolvimento

  • profissional docente, na escola e nas suas interaes com a comunidade. O estudo concluiu que h clareza quanto s especificidades do trabalho de cada uma das profissionais, mas que tambm h pressupostos comuns que orientam suas aes. Estes pressupostos sustentam-se no respeito ao outro, na escuta-sensvel, no dilogo, no acompanhamento e na reflexo crtica. Chamou-nos ateno o quanto a parceria com a Universidade, atravs da pesquisa-formao, foi favorecedora de aes mais qualificadas, na medida em que permitiu um repensar sobre as mesmas, ressignificando-as, ampliando-lhes os horizontes. As entrevistadas destacam rupturas significativas, especialmente referentes compreenso da escola como espao formativo, do assumir-se como protagonistas e autoras/produtoras de saberes coletivos. O grupo de pesquisa reconhecido como um porto seguro pelas entrevistadas, pois sentem que h a espao para refletir e avaliar suas aes, alm de possibilitar muitas trocas que propiciam e potencializam mudanas e transformaes na postura dos sujeitos. Entendem tambm que esse espao favorecedor da ampliao de olhares para outros portos. O grupo de pesquisa, da mesma forma, identifica-se com estas verbalizaes, uma vez que seus integrantes tambm percebem a escola como um novo porto para a Universidade, reconfigurador de concepes e representaes do ensinar- aprender, da relao teoria-prtica, favorecedor de uma melhor compreenso do prprio espao escolar e do entorno social.

    REFERNCIASBARDIN, Laurence. Anlise de contedo. Lisboa: Edies 70, 1977.

Recommended

View more >