Onco& ed. 12, ano II

  • Published on
    30-Mar-2016

  • View
    216

  • Download
    2

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Especial ASCO, Farmacoeconomia, Palhaos de Hospital. E mais: entrevista com o oncocirurgio Ademar Lopes, presidente da SBCO, calendrio de eventos e um giro pelo mundo da oncologia.

Transcript

  • sumrio

    com a palavra

    entrevista

    capa

    patologia

    do bem

    quiz

    curtas

    acontece

    calendrio

    O canal de comunicao com o leitor

    Um bate-papo com o oncocirurgio Ademar Lopes, presidente da SBCO

    Asco 2012 Confira o que foi destaque no maior encontro mundial de oncologia

    A importncia da fixao adequada no prognstico do cncer de mamaAngela Waitzberg e Simone Elias

    Palhaos de hospital levam descontrao e alegria ao atendimento oncolgico

    E o diagnstico ... Por Dulio Rocha Filho e Andrey Soares

    Notcias da indstria, iniciativas, parcerias: um giro pelo mundo da oncologia

    O que foi importante no cenrio da oncologia

    Programe-se: eventos e congressos para anotar na agenda

    5

    8

    12

    28

    32

    38

    42

    47

    50

    p04 sumario_Onco& 04/07/12 12:06 Page 4

  • Onco& julho/agosto 2012 5

    O TCU e o atendimento oncolgicoGostaria de sugerir a esta revista uma reportagemsobre o relatrio do TCU fazendo uma radiografiada situao do atendimento oncolgico no Brasil.Acredito ser da maior relevncia repercutirmos asmuitas importantes afirmaes ali contidas. im-pensvel que ainda hoje, quando estamos prestes arepresentar a sexta economia do mundo, tenhamosque conviver com uma estrutura de sade to defi-ciente que faz com que a maioria dos casos diag-nosticados de cncer j esteja em estgiosavanados da doena, cujo tratamento sabida-mente mais dispendioso e menos eficaz. Acreditoque esta revista tem papel importante nessa dis-cusso, permitindo que lideranas da poltica deateno oncolgica se manifestem sobre os dadosapresentados pelo TCU, que certamente no podeser acusado de tendencioso.

    Atenciosamente,Roberto de Almeida Gil Mdico oncologista doINCA (RJ); Diretor mdico da Oncoclnica Centrode Tratamento de Oncologia

    Caro Dr. Gil,

    A situao descrita pelo TCU realmente desperta a in-

    dignao de todo brasileiro diante do triste reconheci-

    mento de que estamos perdendo vidas ante a fragilidade

    da Poltica Nacional de Ateno Oncolgica.

    Agradecemos imensamente o contato e esclarecemos

    que o tema j est na prxima pauta da Onco&.

    Combate dorSou mdico especialista em tratamento da dor.Gostaria de saber se j foram publicados artigossobre o tratamento da dor no cncer.

    Grato,Marco Antonio dos Reis Alves Clnica de Trata-mento da Dor

    Prezado Dr. Marco Antonio,

    Esse um assunto sempre bem-vindo na revista

    Onco&. O tratamento da dor no cncer foi tema deartigo em nossa edio de estreia (agosto/setembro

    2010) e est sempre presente em reportagens e artigos

    diversos. Em breve, a questo estar de volta s pginas

    da revista.

    Agradecemos o seu contato.

    com a palavra

    Com a palavra um espao para comentrios e sugestes, que vai nos ajudar a compor um olhar ainda mais abrangente sobre o universo da oncologia e a realidade do no especia lista. Com a palavra, o leitor, comsua perspectiva nica, promete contri buio importante ao compromissode garantir informao completa, sob mltiplas lentes.

    Para participar deste canal de comunicao com a revista Onco&, escreva para

    contato@iasoeditora.com.br

    p05 com a palavra:Onco& 05/07/12 13:08 Page 5

    sumrio

    com a palavra

    entrevista

    capa

    patologia

    do bem

    quiz

    curtas

    acontece

    calendrio

    O canal de comunicao com o leitor

    Um bate-papo com o oncocirurgio Ademar Lopes, presidente da SBCO

    Asco 2012 Confira o que foi destaque no maior encontro mundial de oncologia

    A importncia da fixao adequada no prognstico do cncer de mamaAngela Waitzberg e Simone Elias

    Palhaos de hospital levam descontrao e alegria ao atendimento oncolgico

    E o diagnstico ... Por Dulio Rocha Filho e Andrey Soares

    Notcias da indstria, iniciativas, parcerias: um giro pelo mundo da oncologia

    O que foi importante no cenrio da oncologia

    Programe-se: eventos e congressos para anotar na agenda

    5

    8

    12

    28

    32

    38

    42

    47

    50

    p04 sumario_Onco& 04/07/12 12:06 Page 4

  • 6 julho/agosto 2012 Onco&

    I Cancerologia clnicaOncologia clnica: Andr Moraes (SP)Anelisa Coutinho (BA)Auro Del Giglio (SP)Carlos Sampaio (BA)Claudio Petrilli (SP)Clarissa Mathias (BA)Daniel Herchenhorn (RJ)Fernando Medina (SP)Gothardo Lima (CE)Igor Morbeck (DF)Joo Nunes (SP)Jos Bines (RJ)Karla Emerenciano (RN)Marcelo Aisen (SP)Marcelo Collao Paulo (SC)Maria de Ftima Dias Gaui (RJ)Nise Yamaguchi (SP)Oren Smaletz (SP)Paulo Marcelo Gehm Hoff (SP)Roberto Gil (RJ)Sebastio Cabral Filho (MG)Srgio Azevedo (RS)Sergio Lago (RS)Onco-hematologia: Carlos Chiattone (SP)Carmino de Souza (SP)Daniel Tabak (RJ)Jane Dobbin (RJ)Nelson Spector (RJ)Vnia Hungria (SP)

    Transplante de medula:Jairo Sobrinho (SP)Luis Fernando Bouzas (RJ)Nelson Hamerschlak (SP)Yana Novis (SP)

    II Biologia molecularAda Alves (RJ)Andr Vettore (SP)Carlos Gil (RJ)Helenice Gobbi (MG)Jos Cludio Casali (RJ)Lusa Lina Villa (SP)Maria Isabel Achatz (SP)

    III Cancerologia cirrgica Neurologia: Manoel Jacobsen Teixeira (SP)Marcos Stavale (SP)Cabea e pescoo: Luis Paulo Kowalski (SP) Vergilius Arajo (SP)Trax: Angelo Fernandez (SP)Riad Naim Younes (SP)Abdmen: Ademar Lopes (SP)Jos Jukemura (SP) Laercio Gomes Loureno (SP)Marcos Moraes (RJ)Paulo Herman (SP)

    Mama: Alfredo Barros (SP)Antonio Frasson (SP)Carlos Alberto Ruiz (SP)Maira Caleffi (RS)Urologia: Antnio Carlos L. Pompeu (SP)Miguel Srougi (SP)Ginecologia: Jorge Saad Souen (SP)Srgio Mancini Nicolau (SP)Sophie Derchain (SP)Tecido osteoconjuntivo:Olavo Pires de Camargo (SP)Reynaldo J. Garcia Filho (SP)

    IV RadioterapiaLudmila Siqueira (MG)Paulo Novaes (SP) Robson Ferrigno (SP) Rodrigo Hanriot (SP) Wladimir Nadalin (SP)

    V Cuidados paliativos e dorAna Claudia Arantes (SP)Claudia Naylor Lisboa (RJ)Fabola Minson (SP)Joo Marcos Rizzo (RS)Ricardo Caponero (SP)

    Conselhoeditorial

    Avenida Vereador Jos Diniz, 3720 cj. 406Campo Belo 04604-007 So Paulo SP (11) 2478-6985 (redao) (21) 3798-1437 (comercial)

    Ano 2 nmero 12julho/agosto 2012

    Publisher Simone Simonsimone@iasoeditora.com.br

    Editorial Valria Hartt valeria@iasoeditora.com.br

    Sergio Azmansergio@iasoeditora.com.br

    Direo de arte Luciana Curyluciana@iasoeditora.com.br

    Pr-impresso Ione Gomes Franco

    Reviso Patrcia Villas Bas Cueva

    Impresso: Grfica Eskenazi Tiragem: 10 mil exemplaresISSN: 2179-0930Jornalista responsvel: Valria Hartt (MTb 24.849)

    Colaboraram nesta edio: Angela Waitzberg,Gilberto Schwartsmann, Ricardo Caponero, Simone Elias

    A revista Onco& Oncologia para todas as especialidades, uma publi -cao da Iaso Editora, especializada em comunicao mdica, trazinformaes sobre oncologia a profissionais de todas as especialidadesmdicas. De circulao bimestral, tem distribuio nacional e gratuitapor todo o territrio nacional. A reproduo do contedo da revista permitida desde que citada a fonte. A opinio dos colaboradores noreflete necessariamente a posio da revista.

    Editor clnico:Sergio D. Simon

    Acompanhe a Onco&no Twitter

    p06 conselho_Onco& 04/07/12 10:46 Page 6

  • 6 julho/agosto 2012 Onco&

    I Cancerologia clnicaOncologia clnica: Andr Moraes (SP)Anelisa Coutinho (BA)Auro Del Giglio (SP)Carlos Sampaio (BA)Claudio Petrilli (SP)Clarissa Mathias (BA)Daniel Herchenhorn (RJ)Fernando Medina (SP)Gothardo Lima (CE)Igor Morbeck (DF)Joo Nunes (SP)Jos Bines (RJ)Karla Emerenciano (RN)Marcelo Aisen (SP)Marcelo Collao Paulo (SC)Maria de Ftima Dias Gaui (RJ)Nise Yamaguchi (SP)Oren Smaletz (SP)Paulo Marcelo Gehm Hoff (SP)Roberto Gil (RJ)Sebastio Cabral Filho (MG)Srgio Azevedo (RS)Sergio Lago (RS)Onco-hematologia: Carlos Chiattone (SP)Carmino de Souza (SP)Daniel Tabak (RJ)Jane Dobbin (RJ)Nelson Spector (RJ)Vnia Hungria (SP)

    Transplante de medula:Jairo Sobrinho (SP)Luis Fernando Bouzas (RJ)Nelson Hamerschlak (SP)Yana Novis (SP)

    II Biologia molecularAda Alves (RJ)Andr Vettore (SP)Carlos Gil (RJ)Helenice Gobbi (MG)Jos Cludio Casali (RJ)Lusa Lina Villa (SP)Maria Isabel Achatz (SP)

    III Cancerologia cirrgica Neurologia: Manoel Jacobsen Teixeira (SP)Marcos Stavale (SP)Cabea e pescoo: Luis Paulo Kowalski (SP) Vergilius Arajo (SP)Trax: Angelo Fernandez (SP)Riad Naim Younes (SP)Abdmen: Ademar Lopes (SP)Jos Jukemura (SP) Laercio Gomes Loureno (SP)Marcos Moraes (RJ)Paulo Herman (SP)

    Mama: Alfredo Barros (SP)Antonio Frasson (SP)Carlos Alberto Ruiz (SP)Maira Caleffi (RS)Urologia: Antnio Carlos L. Pompeu (SP)Miguel Srougi (SP)Ginecologia: Jorge Saad Souen (SP)Srgio Mancini Nicolau (SP)Sophie Derchain (SP)Tecido osteoconjuntivo:Olavo Pires de Camargo (SP)Reynaldo J. Garcia Filho (SP)

    IV RadioterapiaLudmila Siqueira (MG)Paulo Novaes (SP) Robson Ferrigno (SP) Rodrigo Hanriot (SP) Wladimir Nadalin (SP)

    V Cuidados paliativos e dorAna Claudia Arantes (SP)Claudia Naylor Lisboa (RJ)Fabola Minson (SP)Joo Marcos Rizzo (RS)Ricardo Caponero (SP)

    Conselhoeditorial

    Avenida Vereador Jos Diniz, 3720 cj. 406Campo Belo 04604-007 So Paulo SP (11) 2478-6985 (redao) (21) 3798-1437 (comercial)

    Ano 2 nmero 12julho/agosto 2012

    Publisher Simone Simonsimone@iasoeditora.com.br

    Editorial Valria Hartt valeria@iasoeditora.com.br

    Sergio Azmansergio@iasoeditora.com.br

    Direo de arte Luciana Curyluciana@iasoeditora.com.br

    Pr-impresso Ione Gomes Franco

    Reviso Patrcia Villas Bas Cueva

    Impresso: Grfica Eskenazi Tiragem: 10 mil exemplaresISSN: 2179-0930Jornalista responsvel: Valria Hartt (MTb 24.849)

    Colaboraram nesta edio: Angela Waitzberg,Gilberto Schwartsmann, Ricardo Caponero, Simone Elias

    A revista Onco& Oncologia para todas as especialidades, uma publi -cao da Iaso Editora, especializada em comunicao mdica, trazinformaes sobre oncologia a profissionais de todas as especialidadesmdicas. De circulao bimestral, tem distribuio nacional e gratuitapor todo o territrio nacional. A reproduo do contedo da revista permitida desde que citada a fonte. A opinio dos colaboradores noreflete necessariamente a posio da revista.

    Editor clnico:Sergio D. Simon

    Acompanhe a Onco&no Twitter

    p06 conselho_Onco& 04/07/12 10:46 Page 6

    Onco& julho/agosto 2012 7

    VIVEMOS TEMPOS DE INOVAO. O UNIVERSO DAONCOLOGIA VIDO POR NOVIDADES E PRODU-TOR INCANSVEL DE MUITAS DELAS. A ASCO2012, palco de lanamentos da indstria, refleteisso de forma emblemtica, com estudos clnicospromissores, outros nem tanto, mas certamentecomo o grande frum do mundo da oncologia.

    A Onco& traz nesta edio as ltimas novidades

    de Chicago, com um panorama do que foi destaque

    no maior encontro da Sociedade Americana de On-

    cologia Clnica, assinado pelo mdico oncologista

    Ricardo Caponero. Ao apresentar os resultados dos

    estudos clnicos mais celebrados na edio deste

    ano, Caponero prope uma nova forma de medi -

    cina baseada em evidncia diante do apelo da me -

    dicina personalizada. E deixa no ar a pergunta que

    no quer calar: quem paga a conta dos novos

    agentes anticncer?

    Outra reflexo vem com o artigo do professor

    Gilberto Schwartsmann, com um abrangente

    cenrio do cncer de pulmo no Brasil. Schwarts-

    mann liderou uma das sesses da ASCO 2012 em

    Chicago e situa o Brasil numa perspectiva epide -

    miolgica global, que permite comparar alguns dos

    mais importantes indicadores da sade.

    Por aqui, temos de forma clara que o cncer

    avana para se tornar a primeira causa de morte no

    pas e h barreiras e gargalos no caminho. preciso

    enfrent-los.

    H lies e trajetrias inspiradoras. O professor

    Ademar Lopes, cirurgio oncolgico do primeiro

    time de estrelas, nos deixa algumas dessas lies, o

    exemplo da excelncia e fala de um resgate possvel,

    numa entrevista para ler e reler.

    Em tempos de inovao e de tantas rupturas,

    fica o convite para situar o valor da vida, repensar

    velhos valores, quem sabe resgatar muitos deles e,

    mais ainda, vivenci-los na prtica cotidiana.

    A escuta atenta e sensvel continua como

    padro-ouro na clnica mdica. No h tecnologia

    que substitua essa interao.

    Boa leitura!

    Resgate to necessrio

    Valria Hartt

    * Jornalista especializada na cobertura de sade, editora

    da Onco& Oncologia para todas as especialidades

    Contato: valeria@iasoeditora.com.br

    p07 editorial:Onco& 05/07/12 13:10 Page 7

  • 8 julho/agosto 2012 Onco&

    ELE CONSTRUIU UMA DAS CARREIRAS MAIS SLIDASDA CIRURGIA ONCOLGICA BRASILEIRA E CERTA-MENTE UMA DE SUAS MAIORES REFERNCIAS. Mineiro de Delfinpolis, o oncocirurgio Ademar

    Lopes ingressou na residncia do Hospital A.C.Ca-

    margo, em So Paulo, em 1974. No saiu mais. De

    l para c, conta no currculo mais de 8 mil proce -

    dimentos realizados e traz na memria histrias mar-

    cantes, que por um detalhe s vezes incerto se

    distanciam das estatsticas da prtica profissional.

    Passam a ocupar esse lugar a mais, esse registro como

    histrias de vida que saem do repertrio trivial.

    Era o ano de 2009 quando ele viveu um desses

    dias guardados na memria, frente de uma cirur-

    gia de 17 horas e meia no Srio-Libans, em So

    Paulo. Ali, realizou uma tcnica inovadora, que ele

    mesmo havia trazido ao Brasil anos antes, de forma

    pioneira. Tinha como paciente ningum menos

    que o ex-vice presidente Jos Alencar, para a reti-

    rada de um tumor no retroperitnio. Depois de

    mais de 17 horas, a cirurgia citorredutora com

    quimioterapia intraperitoneal hipertrmica che -

    gava ao fim com sucesso. Mais tarde, em frente s

    cmeras diante da imprensa, foi a atitude de Alen-

    car que despertou a ateno do mdico, que entre

    tantas histrias vividas escolhe essa como uma das

    mais marcantes da carreira. Ele disse que tinha

    muita pena do povo brasileiro, porque poucos ti -

    nham condies de receber um tratamento como

    aquele. Aquilo me impressionou, porque no cos-

    tuma ser fala de poltico. E ele era assim, um

    homem honrado, conta Lopes.

    Em So Paulo, ele nos recebe para esta entrevista

    no consultrio vizinho ao Parque Ibirapuera, sbrio

    e discreto, que expressa em boa medida a personali-

    dade do dono. A parede em frente porta de entrada

    traz um portrait, lembrana que Ademar Lopes

    guarda da cerimnia de formatura, como fellow do

    Colgio Americano de Cirurgies, em 1985. Tambm

    nos Estados Unidos atuou no Memorial Sloan-Ket-

    tering Cancer Center de Nova York, onde foi diretor

    do departamento de cirurgia plvica em 1990.

    com essa bagagem que ele nos d lies im-

    portantes sobre a prtica da cirurgia oncolgica e

    fala dos desafios e possibilidades da especialidade,

    agora tambm com um papel institucional frente

    da Sociedade Brasileira de Cirurgia Oncolgica.

    Para o futuro, prev um cenrio promissor,

    com a crena de que a cirurgia vive seus dias de

    glria e pode experimentar uma nova era no trata-

    mento do cncer.

    Onco& Comeo com a curiosidade de entendero que o levou a fazer essa escolha profissional?

    entrevista

    Novos tempos nacirurgia do cncer

    Ademar Lopes

    * Diretor do Departamento de Cirurgia Plvica e

    vice-presidente do hospital A.C.Camargo; Livre-docente pela

    disciplina de oncologia na FMUSP;Fellow da Sociedade Americana deCirurgia Oncolgica e Presidente da

    Sociedade Brasileira de CirurgiaOncolgica e Regional

    So Paulo

    Contato: ademarlopes@

    cirurgiaoncologica.com.br

    O cirurgio Ademar Lopes conta como v a evoluo da prtica da cirurgia oncolgica e fala dos desafios e possibilidades futuras da especialidade

    Por Valria Hartt

    p08-11 entrevista_Onco& 03/07/12 18:30 Page 8

    Sergio Azm

    an

    Onco& julho/agosto 2012 9

    Ademar Lopes Decidi fazer cirurgia muitocedo, l pelos 7 ou 8 anos, e no tinha nenhum

    parente ou amigo mdico que pudesse ter influen-

    ciado nessa deciso. Sou filho de agricultores,

    nasci e vivi em Delfinp...