plano brasilia

  • Published on
    22-Feb-2016

  • View
    215

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Revista semanal com noticias da capital federal do Brasil

Transcript

  • BRASLIA5 de ABRIL de 2011

    A n o 9 e d i o 9 1 R $ 5 , 3 0

    E D I T O R A

    PlanoBR

    A revoluo que comea no prato

    9 1

    Veganismo

    w w w. p l a n o b r a s i l i a . c o m . b r

    MESA REDONDAChico Vigilante

    ViDA MODERNACuidados na terceira idade

    PONtO DE ViStAevandro Garla

  • Sumrio

    10 Cartas

    11 Mesa Redonda

    16 Panorama poltico

    18 Braslia e Coisa & Tal

    20 Poltica Braslia

    22 Dinheiro

    24 Capa

    28 Cidadania

    30 Gente

    32 Cidade

    34 Carreira

    36 Tecnologia

    38 Cotidiano

    40 Planos e Negcios

    42 Automvel

    44 Vida Moderna

    46 Esporte

    48 Personagem

    50 Sade

    52 Moda

    54 Comportamento

    56 Religio

    58 Cultura

    60 Gastronomia

    62 Cinema

    63 Msica

    64 Mundo Animal

    66 Jornalista Aprendiz

    68 Propaganda e Marketing

    70 Vinho

    72 T Lendo o Qu?

    74 Frases

    75 Justia

    76 Diz a, Man

    78 Cresa e Aparea

    80 Ponto de Vista

    82 Charge

    13

    48 6260

    28 34

  • Expediente Carta ao leitor

    DIRETOR EXECUTIVO Edson Crisstomocrisostomo@planobrasilia.com.br

    DIRETORA DE PROJETOS ESPECIAIS Nubia Paulanubiapaula@planobrasilia.com.br

    DIRETOR ADMINISTRATIVO Alex Diasalex.dias@planobrasilia.com.br

    PlanoBRASLIA

    CHEFIA DE REDAO Afrnio Pedreira

    DIRETOR DE ARTE Theo Speciale

    DESIGN GRFICO Camila Penha, Eward Bonasser Jr. e Paula Alvim

    FOTOGRAFIA Gustavo Lima e Vitor Hugo

    EQUIPE DE REPORTAGEM Alessandra Bacelar, Aline Ricciardi, Fernanda Azevedo, Iuri Achcar, Larissa Galvo, Mara Elluk, Michel Aleixo,

    Tssia Navarro, Veronica Soares e Virgnia Ciarlini

    COLABORADORES Adriana Marques, Ana Carolina Massa Gomes, Antnio Matoso, Bohumil Med, Carlos Grillo, Cerino, Mauro Castro, , Regina Ivete Lopes,

    Ricardo Movits, Romrio Schettino, Silvia Mendona,Tarcsio Holanda

    IMPRESSO IBEP Grfica

    TIRAGEM 60.000 exemplares

    REDAO Comentrios sobre o contedo editorial, sugestes e crticas s matriasredacao@planobrasilia.com.br

    AVISO AO LEITOR Acesse o site da editora Plano Braslia para conferir na ntegra o contedo de todas as revistas da

    editora www.planobrasilia.com.br

    PLANO BRASLIA EDITORA LTDA.SCLN 413 Bl. D Sl. 201

    CEP: 70876-540, Braslia-DFComercial: 61 3041.3313 | 3034.0011

    Redao: 61 3202.1357Administrao: 61 3039.4003revista@planobrasilia.com.br

    No permitida a reproduo parcial ou total das matrias sem a prvia autorizao dos editores.

    A Plano Braslia Editora no se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos assinados.

    Caro leitor,

    Mais uma edio da nossa Plano Braslia chega s suas mos. A torcida da nossa equipe para que ela caia no seu completo agrado, pois a aceitao do nosso trabalho de fundamental importncia para que continuemos a caprichar cada vez mais.

    A nossa reportagem de capa sobre veganismo. Um assunto que ganhou destaque na mdia quando o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, esteve em nosso pas e, por ser vegano e rejeitar qualquer produto que explore animais, deu um certo trabalhinho para a equipe de cozinha, responsvel pela refeio do homem mais poderoso do mundo e sua famlia. A cultura vegana reza que, alm de seus adeptos no comerem carne, tm por principal objetivo proteger os animais em diversos aspectos. Para eles, a ordem no a couros, mel, penas, l, seda, peles ou cosmticos de empresas que utilizam bichos em testes. Por acreditarem no princpio da igualdade entre espcies e que, somente por meio da educao ocorre a reflexo, o questionamento e a transformao. Adotar o estilo de vida vegano uma responsabilidade social. O movimento, que foi criado em meados da dcada de 40, na Inglaterra, vem ganhando cada vez mais espao na sociedade brasileira. No Brasil, no h dados oficiais sobre o nmero de seguidores. Estima-se que 4% da populao brasileira, cerca de 7,6 milhes de pessoas, sejam de vegetarianos, muitos deles, veganos.

    Na matria Entulhos por todo o DF, retratamos a quantas anda o desrespeito das pessoas com a nossa capital ao espalharem lixo e entulhos por toda parte. Afinal, aes assim comprometem a sade da populao e agridem o meio ambiente. Andando pela cidade e por outras regies administrativas do DF, nossa equipe de reportagem encontrou verdadeiros depsitos clandestinos de lixo em diversos pontos. Na Asa Norte, nas imediaes da Universidade de Braslia(UnB) e do Hospital Universitrio (HUB) a sujeira tamanha que chega a atrapalhar o ir e vir de pedestres. E o pior que o governo, sem uma fiscalizao severa de proibio da prtica e a no criao de mais reas de transbordo nas diversas cidades, parece incentivar a prtica. O Servio de Limpeza Urbana (SLU) estima que, diariamente so produzidas seis mil toneladas de entulho no DF, quantidade quatro vezes maior que a do lixo urbano, que chega a duas mil toneladas dirias. Uma leitura que no deve ser deixada de lado.

    Outra reportagem que apostamos que vai agradar a todos sobre a homeopatia para animais. Conforme especialistas, os tratamentos homeopticos de seres humanos e animais so muito semelhantes. A diferena est apenas nas doenas. A homeopatia est baseada na Lei dos Semelhantes, ou seja, onde o semelhante curado pelo semelhante. Dessa forma, um determinado sintoma ser curado pelo medicamento que foi capaz de provocar este mesmo sintoma em um organismo so.

    isso, caro leitor. Esperamos que todos tenham uma excelente leitura e nos falamos na prxima edio.At l!.

  • Cartas

    Fale conoscoCartas e e-mails para a redao da Plano Braslia devem ser endereadas para:SCLN 413 Bl. D Sl. 201, CEP 70876-540Braslia-DFFones: (61) 3202.1357 / 3202.1257redacao@planobrasilia.com.br

    Erramos:Na edio passada, na editoria Auto-mvel publicamos trs concession-rias que no comercializam o novo Ford Cargo 2012. Nas lojas abaixo, o veculo pode ser encontrado:

    - Max CaminhesQS 9, Rua 100, ADE de guas Claras(61) 4009-5750- Slaviero CaminhesBR-040, Polo JK, Santa Maria(61) 3395.4411

    Sr. Redator,

    Primeiramente, parabns Revista PLANO BRASILIA pela riqueza de detalhes e na qualidade que apresentam as suas edies, assim que percebemos o cuidado que seus editores tem para com seus leitores, matrias interessantes e colunas que sem duvida elevam mais e mais a cada dia, o padro desta revista.

    Em particular, chamo ateno pela coluna do Prof.Bohumil Med deste ultimo nmero O Triunfo da Musica onde brilhantemente com a colaborao de Regina Ivete Lopes demonstrou com muita simplicidade e com fatos, como a Musica com seus cones clssi-cos e populares ganha o destaque merecido e se posiciona como demonstrao cultural de fundamental importncia no contexto de uma sociedade, hoje voltada para o consumismo exacerbado e demonstrao explicita da inexistncia de valores.

    Naquela festa popular, como o Carnaval, a dicotomia entre o popular e o clssico ficou clara e transparente e nos chamando para uma reflexo necessria sobre o brilhantismo e importncia da Msica, um espetculo parte da qual todos ns, fomos espectadores.

    Congratulaes ao Prof. Bohumil, sua colaboradora Regina Ivete e a Revista Plano Braslia.

    Familia SUPERA

    Alexandre Motta de SouzaUnidade SUPERA Braslia

    Diretor Franqueado

    Prezados Senhores,

    Parabns a toda a equipe dessa Revista. No a conhecia e fiquei maravilhada quando a folheei durante uma consulta mdica no Conjunto Nacional. Gostei de todas as matrias e da forma como as mesmas foram abordadas. A matria sobre a Intolerncia Religio-sa ficou muito boa e como o tema, quando discutido sempre causa discusses acaloradas, teve uma abordagem sensacional.Parabns a todos mesmo!

    Regina CliaAsa Norte

    Gostei muito da matria sobre o nado sincronizado. Fiquei com vontade de levar minha filha para praticar esse lindo esporte. Obrigada Plano Braslia por levar informao de qualidade para todo o Distrito Federal.

    Ludmila Novaes Cruzeiro

    Quero parabenizar a equipe da Revista Plano Braslia pelo contedo que vem trazendo populao do DF a cada semana. Gostei muito da matria sobre Fobia, em uma das edies passadas. Consegui aprender mais sobre o problema que enfrento h pouco mais de dois anos. A reportagem me ajudou a perceber que preciso de tratamento. Muito obrigada.

    Lucas Barrosoguas Claras

  • PLANO BRASLIA 5 DE ABRIL DE 2011 11

    Mesa Redonda

    O deputado Chico Vigilante, personalidade com envolvi-mento poltico invejvel foi fundador do PT e da CUT na capital federal. Sindicalista e parlamentar engajado na luta pela tica nas instituies federais fiel defensor da interveno federal em Braslia como forma de fazer nascer uma poltica sem escombros do passado. Na entrevista, ele fala sobre a cartelizao dos combustveis e a importncia da formao de um conselho de comunicao no DF.

    Plano Braslia> Desde o tempo da presidncia do Sindicato dos Vi-gilantes, a histria poltica da capital cheia de momentos de lutas, vitrias e derrotas. O que mudou daquela poca de sindicalista para deputado distrital?Chico Vigilante> A disposio e a vontade de lutar continuam as mesmas. At porque militamos politicamente em uma cidade feita para no ter poltica partidria, tanto que em 1980, quando fundamos o PT, aqui no tinha eleio. Fun-damos um partido para lutar pelas aspiraes de um povo que queria liberdade, eleio e participao num processo poltico. Lembro que nas primeiras eleies para prefeito fazamos campanha, aqui no DF, por candidatos de outras capitais. Tambm lembro da primeira eleio direta para governador do Brasil em 1982, quando Lula foi candidato em So Paulo e Brizola no Rio de Janeiro e ns aqui fazendo campanha para o Lysneas Maciel que era um companheiro do PT ao governo do RJ. Pois bem, fundamos o PT em 1980 aqui, depois em 1983 fundamos a CUT nacional.