Power Builder

Embed Size (px)

Text of Power Builder

Programao Sybase PowerBuilder

Marcelo MichelsAutor

WorkSpaceWorkSpace a base para a criao de aplicaes. Cada WorkSpace pode conter um ou mais projetos. Usando a WorkSpace possvel cria uma controlador de verses. Sem a WorkSpace impossvel desenvolver uma aplicao. New WorkSpace WorkSpace

TargetOs projetos so as Targets no PowerBuilder, lembrando que podemos ter vrias targets dentro de uma mesma WorkSpace. New Target Aplication

PBT PowerBuilder TargetA pbt um arquivo que armazena as informaes sobre sua aplicao, como nome, lista de suas bibliotecas e deploy.

PBL PowerBuilder LibraryDentro das Targets temos as PBLs que so utilizadas para separar os objetos criados dentro da Target. New Library Library

WindowA Window bem subdividida e notamos na parte inferior algumas abas que fazem esta diviso, as principais so: A aba Event List exibe todos os eventos do objeto que est selecionado. A aba Function List mostra as Funes e Mtodos. A aba Declare Instance Variables onde podemos declarar as variveis do tipo Global e do tipo Instncia. New PB Object Window

Instncia, Global e LocalSo os nveis de declarao das variveis no sistema. Para entendermos melhor. Instncia: so as variveis que ficaro visveis a todo o objeto e ficaro disponveis quando o objeto estiver sendo utilizado. Global: pertencem aplicao. Local: so as variveis declaradas dentro de mtodos ou funes e so destrudas aps o trmino da execuo do mtodo ou funo.

VariveisSo alocaes de memria responsveis por armazenar algum tipo de informao. Existem vrios tipos de variveis no PowerBuilder. So eles: Integer, Double, Long, LongLong, Char, String, Date, Time, DateTime, Boolean DataWindow, DataStore e etc...

Padres de nomenclatura usados no PowerBuilderNomes de variveis devem dizer exatamente para que elas so usadas. Um importante ponto que surge neste instante que devemos, ao olhar para o nome da

varivel, saber sua abrangncia e seu tipo de dados. As algumas das convenes de nomenclatura de variveis so as seguintes: Abrangncia Local De instncia Global Recebida por (funes)

l i g parmetro a (argument)

Tipo Integer Long Double Decimal String Boolean Como usar os padres:

i l d dec s b

Varivel local do tipo string, para armazenar o nome de uma pessoa: ls_nome Varivel global do tipo integer para armazenar o nmero de usurios conectados ao sistema: gi_usuarios_conect Varivel long de instncia para armazenar um contador il_ctd

SintaxesOperadoresOs operadores relacionais so: =; ; >; =; 0 THEN MessageBox('Curso', 'Dados salvos', INFORMATION!, OK!, 1) ELSE MessageBox('Curso', 'Problemas ao salvar!', STOPSIGN!, OK!, 1) END IF

Choose CaseComo foi visto, o comando if serve para situaes que exigem condies (verdadeiro ou falso). Mas para determinadas situaes, onde devemos analisar mais de duas condies, existe o comando choose case. Sintaxe: Choose Case Valor Case 1 Faa Case 2 Faa Case 3, 4 Faa Case 5 TO 9, Faa Case Else Faa End Choose Exemplos: Uma varivel chamada Time que tem um valor atribudo a ela. Fazer um teste, verificando qual o nome do time, e em seguida, dizer qual a cor da camisa. String Time, CorCamisa Time = Santos Choose case Time Case Flamengo CorCamisa = vermelha Case Grmio CorCamisa = azul Case Internacional CorCamisa = vermelha Case So Paulo CorCamisa = branca e vermelha Case Santos CorCamisa = preta e branca Case Palmeiras CorCamisa = verde End choose MessageBox(Cor da camisa, Cor_camisa)

Estruturas de repetio LaosFor ... To ... Next Executa um conjunto de instrues um nmero definido ou indefinido de vezes Sintaxe: For = To Step ... Cdigo Next

Exemplos: Integer i For i = 1 to 4 MessageBox(Testando, Contador: + string(i)) Next Exemplos: Integer i For i = 4 to 1 Step 1 MessageBox(Repetio regressiva, Contador = + String(i)) Next Repare que uma varivel deve ser declarada para receber o contador. Do While ... Loop Executar um conjunto de instrues enquanto um determinado estado de coisas prevalecer. Sintaxe: Do While Faa Loop Exemplos: Integer i i=1 Do While i