Relações Interpessoais e Motivação (fichas de trabalho)

  • Published on
    24-Jun-2015

  • View
    1.851

  • Download
    2

Embed Size (px)

Transcript

<p>Relaes Interpessoais e Motivao</p> <p>Ficha de Trabalho 1A. O que motivar? Assinale o carcter verdadeiro ou falso das afirmaes seguintes. Motivar : 1. Manipular as pessoas. 2. Dar recursos s pessoas. 3. Fazer com que a outra pessoa faa, o que se quer. 4. Permitir que a outra pessoa se realize de acordo com as suas necessidades. 5. Suscitar o conformismo. 6. Estimular. 7. Levantar obstculos a actividade. 8. Exercer o poder sobre outra pessoa. 9. Criar as condies que permitam atingir os objectivos pessoais e colectivos.</p> <p>B. 1. Que relao existe entre a motivao e o comportamento? C. Partindo da palavra central, MOTIVAR(-SE) registe todas as palavras que este termo lhe sugira.</p> <p>MOTIVAR(-SE)</p> <p>Ficha de Trabalho 1 (correco)</p> <p>Curso de Doaria e Bebidas Espirituais Regionais</p> <p>Relaes Interpessoais e Motivao</p> <p>A. O que motivar? Assinale o carcter verdadeiro ou falso das afirmaes seguintes. Motivar : 1. Manipular as pessoas. 2. Dar recursos s pessoas. 3. Fazer com que a outra pessoa faa, o que se quer. 4. Permitir que a outra pessoa se realize de acordo com as suas necessidades. 5. Suscitar o conformismo. 6. Estimular. 7. Levantar obstculos a actividade. 8. Exercer o poder sobre outra pessoa. 9. Criar as condies que permitam atingir os objectivos pessoais e colectivos. B. 1. Que relao existe entre a motivao e o comportamento? Todo ocomportamento envolve uma srie de actividades com um determinado fim. O sujeito, quando age, impulsionado por foras motivacionais. Estas orientam actividade no sentido de atingir determinados objectivos, que, de um modo geral, se traduziro na satisfao de uma necessidade.</p> <p>F V F V F V F F V</p> <p>C. Partindo da palavra central, MOTIVAR(-SE) registe todas as palavras que este termo lhe sugira. Mobilizar Determinar Facilitar</p> <p>Decidir MOTIVAR(-SE) Persuadir</p> <p>Desejar Entusiasmar</p> <p>Dar confiana</p> <p>Encorajar</p> <p>Dinamizar</p> <p>Ficha de Trabalho 21. Os impulsos bsicos tambm so chamados de individuais, em oposio aos sociais. Porque?</p> <p>Curso de Doaria e Bebidas Espirituais Regionais</p> <p>Relaes Interpessoais e Motivao</p> <p>2. Como regulada a fome?</p> <p>3. O que so motivos sociais?</p> <p>4. Porque que a satisfao dos motivos sociais importante para o indivduo?</p> <p>5. Em que consiste a necessidade de estimulao sensorial?</p> <p>6. O que so motivos de crescimento?</p> <p>7. Quais as consequncias, para o indivduo, em no conseguir satisfazer a necessidade de crescimento?</p> <p>8. Porque que as ideias se apresentam como motivos?</p> <p>9. Defina: necessidade, impulso, comportamento, objectivo e satisfao?</p> <p>Ficha de Trabalho 2 (correco)1. Os impulsos bsicos tambm so chamados de individuais, em oposio aos sociais. Porque?Os impulsos bsicos, primrios ou individuais so assim chamados porque a sua satisfao essencial para a sobrevivncia dos indivduos. Estes impulsos ou necessidades bsicas so comuns a todos os indivduos. Estas necessidades so desencadeadas por processos Curso de Doaria e Bebidas Espirituais Regionais</p> <p>Relaes Interpessoais e Motivao intrnsecos e so essenciais para o equilbrio fisiolgico. Pelo contrrio, as necessidades sociais, tem a sua origem na sociedade e variam, de acordo com a sociedade onde se est inserido.</p> <p>2. Como regulada a fome?A fome regulada pelo hipotlamo, na medida em que o centro activador (da fome) detecta o facto das clulas terem dificuldade em captar a glicose do sangue para o seu metabolismo, dado que esta comea a escassear na circulao.</p> <p>3. O que so motivos sociais?</p> <p>4. Porque que a satisfao dos motivos sociais importante para o indivduo?</p> <p>5. Em que consiste a necessidade de estimulao sensorial?</p> <p>6. O que so motivos de crescimento?</p> <p>7. Quais as consequncias, para o indivduo, em no conseguir satisfazer a necessidade de crescimento?</p> <p>8. Porque que as ideias se apresentam como motivos?</p> <p>9. Defina: necessidade, impulso, comportamento, objectivo e satisfao?</p> <p>Ficha de Trabalho 31. Quais so os factores que determinam, em cada indivduo, a motivao para o desempenho segundo a teoria da V.I.E.?</p> <p>Curso de Doaria e Bebidas Espirituais Regionais</p> <p>Relaes Interpessoais e Motivao</p> <p>2. Qual a importncia da expectativa neste modelo motivacional?</p> <p>3. Em que se baseia a expectativa?</p> <p>4. O que a valncia?</p> <p>5. O que a instrumentalidade?</p> <p>6. Caracterize, de um modo geral, a teoria motivacional (cognitiva) da definio de objectivos.</p> <p>Ficha de Trabalho 3 (correco)1. Quais so os factores que determinam, em cada indivduo, a motivao para o desempenho segundo a teoria da V.I.E.? So a Expectativa, a Valncia e a Instrumentalidade.</p> <p>Curso de Doaria e Bebidas Espirituais Regionais</p> <p>Relaes Interpessoais e Motivao</p> <p>2. Qual a importncia da expectativa neste modelo motivacional?</p> <p>3. Em que se baseia a expectativa?</p> <p>4. O que a valncia?</p> <p>5. O que a instrumentalidade?</p> <p>6. Caracterize, de um modo geral, a teoria motivacional (cognitiva) da definio de objectivos.</p> <p>Curso de Doaria e Bebidas Espirituais Regionais</p> <p>Relaes Interpessoais e Motivao</p> <p>Curso de Doaria e Bebidas Espirituais Regionais</p> <p>Relaes Interpessoais e Motivao</p> <p>Curso de Doaria e Bebidas Espirituais Regionais</p> <p>Relaes Interpessoais e Motivao</p> <p>Curso de Doaria e Bebidas Espirituais Regionais</p>