Revista 7a

  • Published on
    30-Mar-2016

  • View
    219

  • Download
    6

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Magno, revista

Transcript

<ul><li><p>Editorial </p><p> ndice Cada vez mais, as florestas tro-picais esto sendo ameaadas de extino. O crescimento das cida-des, a ocupao industrial, as ati-vidades humanas aceleram esse processo. </p><p> Para mostrar a importncia da preservao do meio ambiente, o Colgio Magno levou os alunos do 7o ano para conhecer o Parque Es-tadual Ilha do Cardoso, localizado no litoral Sul do estado de So Paulo, onde puderam vivenci-ar a natureza ainda preservada. Alm do Parque, visitaram a SOS Mata At lnt ica , a Cooperostra, os sambaquis, o manguezal e as cidades de Iguape e Cananeia... </p><p> 2 </p><p> 3 </p><p> 4 </p><p> 7 </p><p> 6 </p><p> 5 </p><p> 9 </p><p> 8 </p><p> 10 </p><p>Colaboradores: </p><p>Alec Guidella, Amanda Ramos, Ana Luisa Marin, Bruna, Caique Lisboa, Carolina Huertas, Csar Pitol, Eduardo Perroni, Fernanda Armbrust, Giovanna Mendona, Helena Augusto, Isabella Teixera, Karoline Kadri, Kau Ian, Lucas Cop, Luiza Sizo, Luiza Ribeiro, Mariana Mendes, Mariana Warde, Mark Amar, Matheus Alves, Nicholas Shiroma, Pedro Lopes, Rafael Anbar, Tadao Suzuki e Victor Martins. </p><p>Coordenadores: Professores Ivana e Rodrigo. </p><p>Manguezais... </p><p>A fauna do manguezal Espcies que vivem no manguezal </p><p> Passatempo </p><p>Caranguejos e siris </p><p>Aperitivos do mar </p><p>Atividades de fauna </p><p>Ostras: a beleza vem de dentro... </p><p>A flora encontrada nos manguezais </p><p>Mangue-branco </p><p>Teste </p><p> 11 </p><p> 12 </p><p> 13 Desafio </p></li><li><p> O ecossistema manguezal origina-se a partir </p><p>do encontro da gua doce dos rios e a salgada </p><p>das mars, originando a gua caracterstica </p><p>desse ambiente gua salobra. </p><p> Um ambiente rico em nutrientes que vem da </p><p>matria orgnica trazida pelos rios. Esses </p><p>nutrientes em suspenso sofrem aglutinao, </p><p>depositando-se sucessivamente e formando um </p><p>solo lodoso, muito mole, mido, salgado e pouco </p><p>oxigenado, caracterstico desse ambiente. </p></li><li><p> A fauna do manguezal constituda, principalmente, por peixes, moluscos e crust-</p><p>ceos, porm outros animais frequentam esse ambiente, como os rpteis e mamferos. </p><p>Como vimos anteriormente, os manguezais so lugares muito nutritivos, onde muita </p><p>matria orgnica decomposta pelos micrbios e disponibilizada na forma de nutrientes </p><p>para o meio ambiente. Sendo assim, tornou-se um local propcio ao desenvolvimento e </p><p>abrigo de organismos jovens. </p><p> Muitos dos animais que habitam os manguezais no vivem toda a sua vida nesse ambi-</p><p>ente. Os camares, por exemplo, ao nascimento da nova gerao em alto mar, migram </p><p>para dentro do manguezal e l permanecem durante a fase de crescimento, passando de </p><p>larvas a jovens e, ento, voltam ao oceano. </p><p> Alguns animais permanecem a vida toda no manguezal, como o caso dos mariscos, </p><p>em geral, e ostras. Esses organismos desenvolveram adaptaes para suportar as varia-</p><p>es dirias ambientais, como a variao das mars. J os caranguejos, que possuem </p><p>capacidade de locomoo, enterram-se em galerias que escavam no solo e sobem nos </p><p>troncos e nas razes das rvores. </p><p> Peixes como sardinhas, garoupas, tainhas, entre outros, tambm frequentam o mangue-</p><p>zal para reproduo e alimentao. </p><p> Para as aves marinhas, o manguezal um verdadeiro santurio, como local de reprodu-</p><p>o, alimentao e descanso para aves migratrias. As aves mais comuns so as garas, </p><p>os guars, o colhereiro, entre outras. </p><p> Os manguezais so um refgio natural para milhares de espcies, sendo considerados o </p><p>berrio para centenas de organismos. </p><p> A fauna do manguezal </p><p>Curiosidade: </p><p>O caranguejo-aranha-gigante considerado o mai-</p><p>or artrpode conhecido, chegando a atingir um tamanho, com </p><p>as patas esticadas, de quatro metros e um peso de 20 kg.O ca-</p><p>ranguejo-aranha-gigante encontra-se no Japo. </p></li><li><p> Garoupa </p><p> Manjuba </p><p> Robalo </p><p> Sardinha </p><p> Tubaro-cabea- </p><p>chata </p><p>Peixes Aves Rpteis </p><p> Camaleo </p><p> Cobra </p><p> Crocodilo </p><p> Jacar-de-papo-</p><p>amarelo </p><p> Lagarto </p><p> Tartaruga </p><p> Bem-te-vi </p><p> Carcar </p><p> Guar-vermelho </p><p> Martim-pescador </p><p> Gavio-carij </p><p> Gara </p><p>Nesse ecossistema, aves, rpteis e peixes se alimen-</p><p>tam e se reproduzem. O manguezal rico em mat-</p><p>ria orgnica e suas rvores servem de proteo para </p><p>os filhotes. </p></li><li><p> Ligue os pontos com as ima-</p><p> Papagaio </p><p> Caranguejo </p><p> Atob </p><p> Siri </p><p> Flamingo </p></li><li><p> Esses crustceos so fundamentais para o bom funcionamen-to das reas estuarinas, alm de figurarem na dieta de inmeros animais. Contudo, as cerca de 4.500 espcies existentes de caran-guejos possuem particularidades que as tornam nicas. Os caranguejos, em geral, alimentam-se dos restos de outros animais. No entanto, os caranguejos so tambm oportunistas no dispensando a chance de atacar tartarugas-marinhas recm-nascidas, capturando-as com suas pinas e, em seguida, levando-as para o interior das tocas. A reproduo na vida desses crustceos bem complexa. Aps o ritual de acasalamento, a fmea fica carregada de milha-res de pequenos ovos presos aos apndices abdominais, prote-gendo-os durante o tempo necessrio ao seu desenvolvimento. Quando os ovos esto maduros, ela mergulha no mar, onde os ovos se soltam apenas no momento da ecloso. Do ovo nasce uma primeira larva, que flutua livremente e que, por meio de cin-co mudas sucessivas, vai-se desenvolvendo cada vez mais. </p><p> Os siris apresentam carapaa dura, dez patas e cauda reduzida. A principal caracterstica externa na qual os diferenciam dos demais crustceos, que renem os siris e os caranguejos, a modificao de seu ltimo par de patas, que assumem a forma de nadadeiras que possibilita uma capacidade maior de locomoo do que seus "primos" caranguejos. Por esse motivo, em alguns pases como nos Esta-dos Unidos, os siris so chamados de swimming crab (caranguejo nadador). Outras caractersticas externas que os diferenciam das demais espcies o prolongamento longitudinal de sua carapaa, possuindo a forma de espinhos laterais bem pro-nunciados em algumas espcies e tambm a cara-paa achatada, possibilitando uma melhor hidrodi-nmica e explorao de tocas e afins. </p><p>Como vivem seres to pequenos e to </p><p> importantes para os mangues como os crustceos? </p></li><li><p>Aperitivos do mar Os mariscos podem ser encontrados no Os mariscos podem ser encontrados no Os mariscos podem ser encontrados no Os mariscos podem ser encontrados no </p><p>manguezal e nos costes rochosos tambm. manguezal e nos costes rochosos tambm. manguezal e nos costes rochosos tambm. manguezal e nos costes rochosos tambm. Vivem no manguezal como vrias outras Vivem no manguezal como vrias outras Vivem no manguezal como vrias outras Vivem no manguezal como vrias outras </p><p>espcies de animais, porque um local rico em espcies de animais, porque um local rico em espcies de animais, porque um local rico em espcies de animais, porque um local rico em alimento.alimento.alimento.alimento. </p><p>So muito utilizados na culinria, sendo uma So muito utilizados na culinria, sendo uma So muito utilizados na culinria, sendo uma So muito utilizados na culinria, sendo uma forma de renda para a populao caiara, que utiliza forma de renda para a populao caiara, que utiliza forma de renda para a populao caiara, que utiliza forma de renda para a populao caiara, que utiliza o manguezal para capturo manguezal para capturo manguezal para capturo manguezal para captur----los e vendlos e vendlos e vendlos e vend----los.los.los.los. </p></li><li><p>K J N M A N G U E B R A N C O C U N P A C D K Z C R P U D J A I R O I R I S L E G S F I R K O R O I U Y I P A R O A Y S R P D I I S O T B R M A N G U E R B A N C E O S T R A N O S K C A J C O D A H I U Z J I S P I E P L U P T Y R O U H I T A D T A L W O U I D A T Y D V Q W O S I B G E S K R T N D J E W S X L I B S O O E S R Y G D K V B H G U R T S B O T E R U W F G D J X J C Y Q K D T F A P E D G F H J K N B W F A O H R V J V C V V N H X J R P Z D M E O O U W T A J J I W U S A V S U C E W Z I N M </p><p>ACHE AS PALAVRAS RELACIONADAS S IMAGENS: </p><p>SIRI </p><p>MANGUE-BRANCO MANGUE </p><p>OSTRA </p><p>LAMA </p><p>RIO </p><p>CARANGUEJO </p></li><li><p>Ostras: a beleza vem de dentro... </p><p>s ostras so animais conhecidos por seu uso na culinria e como produtoras de prolas. s ostras so animais conhecidos por seu uso na culinria e como produtoras de prolas. s ostras so animais conhecidos por seu uso na culinria e como produtoras de prolas. s ostras so animais conhecidos por seu uso na culinria e como produtoras de prolas. Mas como possvel animais to simples produzirem algo to lindo e raro de se achar, como as Mas como possvel animais to simples produzirem algo to lindo e raro de se achar, como as Mas como possvel animais to simples produzirem algo to lindo e raro de se achar, como as Mas como possvel animais to simples produzirem algo to lindo e raro de se achar, como as </p><p>prolas? Somente algumas espcies de ostras podem produzir prolas, graas a uma substncia prolas? Somente algumas espcies de ostras podem produzir prolas, graas a uma substncia prolas? Somente algumas espcies de ostras podem produzir prolas, graas a uma substncia prolas? Somente algumas espcies de ostras podem produzir prolas, graas a uma substncia chamada madreprola. A ostra envolve qualquer invasor que se fixe no manto, cristalizandochamada madreprola. A ostra envolve qualquer invasor que se fixe no manto, cristalizandochamada madreprola. A ostra envolve qualquer invasor que se fixe no manto, cristalizandochamada madreprola. A ostra envolve qualquer invasor que se fixe no manto, cristalizando----o. o. o. o. O procedimento serve como uma forma de defesa.O procedimento serve como uma forma de defesa.O procedimento serve como uma forma de defesa.O procedimento serve como uma forma de defesa. </p><p>E como todo animal possui uma caracterstica interessante, as ostras conseguem filtrar 20 litros E como todo animal possui uma caracterstica interessante, as ostras conseguem filtrar 20 litros E como todo animal possui uma caracterstica interessante, as ostras conseguem filtrar 20 litros E como todo animal possui uma caracterstica interessante, as ostras conseguem filtrar 20 litros de gua por hora! Se as guas onde vivem estiverem contaminadas, as ostras, por serem filtradoras, de gua por hora! Se as guas onde vivem estiverem contaminadas, as ostras, por serem filtradoras, de gua por hora! Se as guas onde vivem estiverem contaminadas, as ostras, por serem filtradoras, de gua por hora! Se as guas onde vivem estiverem contaminadas, as ostras, por serem filtradoras, contaminamcontaminamcontaminamcontaminam----se tambm.se tambm.se tambm.se tambm. </p><p>Felizmente, existe uma cooperativa que trabalha especificamente na sade das ostras Felizmente, existe uma cooperativa que trabalha especificamente na sade das ostras Felizmente, existe uma cooperativa que trabalha especificamente na sade das ostras Felizmente, existe uma cooperativa que trabalha especificamente na sade das ostras a a a a Cooperostra Cooperostra Cooperostra Cooperostra que rene pescadores para o preparo, a venda e o consumo de ostras tratadas em que rene pescadores para o preparo, a venda e o consumo de ostras tratadas em que rene pescadores para o preparo, a venda e o consumo de ostras tratadas em que rene pescadores para o preparo, a venda e o consumo de ostras tratadas em guas limpas, garantindo sua qualidade.guas limpas, garantindo sua qualidade.guas limpas, garantindo sua qualidade.guas limpas, garantindo sua qualidade. </p><p>AAAA </p><p>Tanque de limpeza e engorda das ostras.Tanque de limpeza e engorda das ostras.Tanque de limpeza e engorda das ostras.Tanque de limpeza e engorda das ostras. Degustao de ostras.Degustao de ostras.Degustao de ostras.Degustao de ostras. </p><p>Apresentao de ostras retiradas do manguezal.Apresentao de ostras retiradas do manguezal.Apresentao de ostras retiradas do manguezal.Apresentao de ostras retiradas do manguezal. </p></li><li><p> O manguezal um ecossistema costeiro, de transio entre os </p><p>ambientes terrestre e marinho, uma zona mida caractersticos de </p><p>regies tropicais e subtropicais,onde h encontro de guas dos rios </p><p>com as do mar, sujeito ao regime das mars, sendo dominado </p><p>por espcies vegetais tpicas, como o mangue-branco e o </p><p>mangue-preto. </p><p>Conhecendo o mangue-preto: </p><p> Apresenta razes horizontais e radiais, de onde surgem os pneu-</p><p>matforos, que crescem verticalmente, como palitos, propician-</p><p>do melhor condio de respirao das plantas, por meio de peque-</p><p>nos poros chamados lenticelas. O tronco possui casca lisa, com </p><p>tonalidade castanho-clara e, quando raspado, tem uma tonalidade </p><p>amarelada. As folhas so esbranquiadas na parte inferior devido a </p><p>presena de minsculas escamas e do frutos com geometria assi-</p><p>mtrica. </p></li><li><p>A rvore chega aos 18 metros de altura, seu tronco spero e fissurado. </p><p>As razes tm geotropismo negativo e portam pneumatforos, para oxigenar os tecidos. </p><p>O pecolo de suas folhas vermelho e seu florescimento ocorre entre janeiro e fevereiro. Os frutos so drupas vermelho-marrons. </p><p>Tolera altas taxas de salinidade, devido presena de estruturas especializadas e m e l i -</p></li><li><p>Desafio! Ajude os alunos do 7o A a chegarem </p><p>ao manguezal. </p></li></ul>