Revista Cidade Verde 86

  • Published on
    31-Mar-2016

  • View
    217

  • Download
    2

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Trabalho Escravo no Piau

Transcript

  • PUBLICIDADE

    HOUSE D1

  • PUBLICIDADE

    HOUSE D1

  • PUBLICIDADE

    GOVERNO

  • PUBLICIDADE

    GOVERNO

  • | 15 DE JUNHO, 2014 | REVISTA CIDADE VERDE6

    9. Editorial

    16. Opinio

    22. Indstria

    24. Economia e Negcios

    26. Comrcio Piau

    33. a LeiSupersimples: Advogadospagaro 4,5% de tributos

    34. Ponto de Vista: Elivaldo Barbosa

    EDUCAO38. IntercmbioDe malas prontas para o mundo

    12. Pginas VerdesKelston Pinheiro Lages concede entrevista jornalista Dina Magalhes

    POR YALA SENA

    ndice

    foto

    Rao

    ni B

    arbo

    sa

    foto

    Rao

    ni B

    arbo

    sa

    POLTICA28. Eleies

    Escalao dos partidos

    CAPA 48. EspecialEscravos contemporneos

    Inovao na OrquestraUm novo acessrio faz parte da Orquestra Sinfnica de Teresina. Quem for assistir as apresentaes vai se deparar com o maestro Au-rlio Melo manuseando com intimidade um iPad. Ele substituiu as partituras escritas em papis por arquivos na internet, e aprovou a experincia. Aurlio Melo, conhecido por suas inquietaes, um dos poucos maestros do pas que est apostando nas inovaes tec-nolgicas para melhorar as apresentaes.

    Internet via balesO projeto do Google de levar internet a reas remotas usando bales, o Loon, escolheu o Piau para seu terceiro teste mundial usando a tecno-logia 4G. A notcia foi destaque internacional e a experincia foi para examinar como os bales se comportam em altas temperaturas, regis-tradas prximas linha do Equador. A gigante no deu previso de quando o projeto estar funcionando e nem como ser cobrado. Mas, quer levar internet a cerca de 5 bilhes de pessoas que vivem off-line.

    Foto

    s ci

    dade

    verd

    e.co

    m

  • REVISTA CIDADE VERDE | 15 DE JUNHO, 2014 | 7

    CULTURA70. LiteraturaMemria reeditada

    75. Do estranho fascnio dos feios

    Cineas SantosCho Batido

    69. Com um meninono bolso

    Fonseca NetoNos vages da histria

    82. Festa na rua

    Joelson GiordaniAuto Mundo

    18. Melodia

    Jeane MeloArtigo de primeira

    88. Francisco = Pedro

    Pe. Tony BatistaSinal de Deus

    ESPORTE42. CopaX azar!

    62. Coreto: Francisco Magalhes

    65. Tecnologia

    CULTURA66. PatrimnioQuando dobram os sinos

    76. Retratos da vidaGenu Moraes

    84. GentePerfil com a vereadoraTeresinha Medeiros

    90. Flash da cidadeRaoni Barbosa

    Pricles Mendel

    Porteira

    Tempo Real

    Sim, eu aceito

    Na Esportiva

    Matrias Colunas/BlogsCaminho ba esmaga mulher e filha de 3 anos na avenida Raul Lopes - bit.ly/BauAcidente

    Correios lanar concurso com 9 mil vagas em 2014; PI ser incluso - bit.ly/Piaui9milvagas

    Verbiany Leal, candidata da cidade de Batalha, eleita Miss Piau 2014 - bit.ly/MissBatalha

    Segurana que perdeu mulher e filha em acidente no cometeu suicdio - bit.ly/MaeFilhaAcidente

    Z Filho lamenta sada do PSDB do governo - bit.ly/ZeFilhoPSDB

    70 anos de TorquatoNo ano em que completaria 70 anos, Torquato Neto ganha dois do-cumentrios resgatando sua memria e produo artstica. O jorna-lista Paulo Jos Cunha faz o curta intitulado Feito pedao de mim, e a Rio Filme patrocinou o documentrio Torquato Neto: anjo tor-to. Ao ser lanado, o pblico poder acompanhar canes inditas e imagens nunca vistas do artista que cometeu suicdio em 10 de no-vembro de 1972, no Rio de Janeiro.

  • ASSINATURA

    A Revista Cidade Verde um peridico quinzenal da Editora Cidade Verde Ltda. A Cidade Verde, no necessariamente, se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos ou por qualquer contedo publicitrio e comercial, sendo esse ltimo de inteira responsabilidade dos anunciantes.

    proibida a reproduo total ou parcial desta obra atravs de qualquer meio, seja ele eletrnico, mecnico, fotografado ou gravado sem a permisso da Editora Cidade Verde.

    Revista Cidade Verde e Editora Cidade Verde LtdaRua Godofredo Freire, n 1642 / sala 35 / bairro Monte Castelo

    Teresina, Piau CEP: 64.016-830 / CNPJ - 13284727/0001-90email: revista@cidadeverde.com / fone: 86 . 3131 . 1750

    Presidente: Jesus Tajra Filho

    Conselho Editorial: Jesus Tajra (presidente)

    Jos Tajra Sobrinho (vice-presidente)Conselheiros:

    Amadeu Campos, Dina Magalhes, Fonseca Neto, Jeane Melo, Nadja Rodrigues e Yala Sena

    Diretoria da Editora Cidade Verde:Elisa Tajra

    Diretoria de Assinaturas e Circulao: Clayton Nobre Riedel Filho e Valdinar Lima Jnior

    Diretoria Comercial: Cristina Melo Medeiros e Marina Lima

    Diretoria de Publicidade e Marketing: Jeane Melo, Caroline Silveira, Rafael Solano e Itallo Holanda

    Editora Chefe: Dina Magalhes

    Reprteres: Arlinda Monteiro, Caroline Oliveira, Fbio Lima,

    Jordana Cury, Raoni Barbosa e Rosa Rocha

    Redao (articulistas): Ceclia Mendes, Cineas Santos, Elivaldo Barbosa, Eneas

    Barros, Fonseca Neto, Francisco Magalhes, Jeane Melo, Joelson Giordani,

    Liana Arago, Marcos Svio, Pricles Mendel, Pe. Tony Batista, Severino Filho, Vincius Vainner e Zzimo Tavares

    Colaboradores desta edio: Ascom Fiepi

    Editores de Arte/Diagramadores:Airlon Pereira Souza e Ccero Willison

    Ilustrador/capa:Iznio Faanha

    Foto de capa:Raoni Barbosa

    Reviso: Luiza de Marilac Veras Ucha

    Impresso: Halley S.A. Grfica e Editora

  • REVISTA CIDADE VERDE | 15 DE JUNHO, 2014 | 9

    O grande jornalista Alberto Dines, pesquisador snior do Laboratrio de Estudos Avanados em Jornalismo da Unicamp, do qual foi fundador, alm de coordena-dor do Observatrio da Imprensa, disse recentemente que o melhor prmio que se pode conceder a um jor-nalista a oportunidade para seguir trabalhando. O reconhecimento a nossa chance ainda que fugaz de avisar que estamos atentos, ativos, portanto, vivos. Este privilgio vale mais do que medalhas de ouro.

    Lembrando os nossos suados 12 prmios de jornalis-mo, em apenas trs anos de existncia da revista, ini-cio assim nosso editorial, para contar ao leitor que h meses estamos focados em uma pauta sobre o traba-lho escravo, com a misso maior de informar.

    Quase toda a redao (somos poucos, confesso) se en-volveu nessa pauta, e se embrenhou pelo interior do Piau, precisamente nas lavouras de Monsenhor Gil, para encontrar 39 famlias resgatadas de aliciamentos para trabalho escravo, que agora tm uma nova chan-ce de vida. Para nossa surpresa, descobrimos que o Piau chegou a ocupar o segundo lugar em trabalha-dores aliciados, iludidos com promessas de empregos em outros Estados. O assentamento Nova Conquista formado por grupos de agricultores de Monsenhor Gil, resgatados de fazendas no interior do Par, onde eram mantidos em condies anlogas ao trabalho escravo.

    Para produzir essa matria, a turma da redao pegou sol escaldante, jornalistas checaram dados de fontes,

    correram (literalmente) atrs de entrevistados e sua-ram a camisa para trazer aos leitores um material rico em denncias e que servir como alerta. Pasmem! A lista suja do trabalho escravo bate recorde no Brasil. So quase 300 empresas ou pessoas flagra-das mantendo trabalhadores em pssimas condies e muitas vezes sem a possibilidade de abandonar o emprego. Para mudar essa realidade, organizaes e especialistas conseguiram, durante a feitura dessa ma-tria, a aprovao no Congresso Nacional da Emenda Constitucional de nmero 81, que prev o confisco das terras de quem for pego com funcionrios em si-tuao de escravido. Pela emenda, as propriedades rurais e urbanas, de qualquer regio do pas, onde for localizada explora-o de trabalho escravo, sero expropriadas e desti-nadas reforma agrria e a programas de habitao popular, sem qualquer indenizao ao proprietrio. Uma grande conquista!

    E como diria o velho e bom Dines, cabe a ns com-pletar esta e outras histrias. Nossas pautas so enor-mes. Com prmio ou sem prmios, precisamos toc--las. Parafraseando Kant, nossa misso interminvel. Com ou sem papel (TV, Internet, revista), nosso papel intransfervel.

    Dina MagalhesEditora-chefe

    Nosso papel intransfervel

  • PUBLICIDADE

    NOVAFAPI