Revista Comércio & Cia - 28ª Edição

  • Published on
    24-Jul-2016

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Revista do Sistema Fecomrcio MS, produzida Pela Infinito Comunicao Empresarial.

Transcript

  • V I T R I N EELA PRECISA ENCANTAR O CLIENTE

  • CAPA06

    14 IPF-MS

    16 ENTREVISTA

    20 ESPECIAL

    12 DICAS

    CIDADES24

    FECOMRCIO MS 28

    EMPRESRIO32

    SENAC MS 36

    SESC MS 38

    LEGISLAO40

    DEFESA DE INTERESSES 30

    MPEs42

    Sumrio

    38

    06

    24

    PUBLICAO DO SISTEMA FECOMRCIO MATO GROSSO DO SUL ANO EDIO N NOVEMBRO DEZEMBRO

    Voc j arrumou sua vitrine esta semana? Estudos indicam que ela um importante instrumento de negcios. Conhea as dicas e valorize sua marca e seus produtos.

    Conhecer as tendncias de consumo por pblico ou regio. Srie histrica tem dados estratgicos e ferramenta para a tomada de decises mais assertivas.

    Reconhecido pela facilidade com que transita entre nmeros e planejamento oramentrio, Gustavo Cerbasi explica como podemos sobreviver e aproveitar o cenrio econmico.

    Carga tributria, um tema que tira o sono dos empresrios e ameaa os investimentos de empreendedores. Principais lideranas do setor produtivo de MS falam sobre o assunto.

    No est fcil para 99% dos brasileiros. Mas reunimos sugestes de planejamento e organizao para superar 2015 e encarar 2016 sem medo.

    Implantao de reas de Livre Comrcio e Free Shops. Questo que interessa para todo consumidor e, ainda mais, para os empresrios dos 12 municpios da fronteira. O que isso significa?

    A prtica da teoria da gesto sindical: com SEGS, sindicatos patronais mostram que parcerias, planejamento e excelncia podem ser aprimorados a cada ano.

    So trs dcadas de histria e muita vontade de fazer dar certo. Luiz Antonio Cese, dono da Lvari Joalheiros, fala da trajetria e quais os prximos desafios.

    Ter qualificao profissional diferencial nos momentos nos quais o mercado est mais enxuto e competitivo. Os empresrios esto cada vez mais atentos aos profissionais, mais bem capacitados.

    Modernas e aderentes s novas formas de linguagem, escolas do Sesc provam que possvel conquistar os alunos com informao, qualidade, tecnologia e excelncia.

    Aderir ou no ao Simples deciso que deve ser tomada com cautela. Saiba as vantagens e desvantagens dessa modalidade, que completa oito anos de criao.

    Grupo de trabalho, do qual participa representante da Fecomrcio MS, quer incentivar o uso de energia solar no Estado, com tempo menor de recuperao do investimento. Saiba mais.

    Com atendimento previsto na lei que rege o Procon, microempreendedor ganha em agilidade na soluo de conflitos. Cinco milhes de empresas se beneficiam dessa incluso.

  • O microempreendedor individual (MEI) passou a ter as suas relaes de consumo protegidas pelo Cdigo de Defesa do Consumidor e pode ser atendido pelos 800 Procons existentes no Brasil. Esse grande avano est em vigor desde junho deste ano, com a divulgao da Nota Tcnica da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), rgo do Ministrio da Justia.

    um grande avano, significa a incluso dos mais de cinco milhes de MEIs existentes no Brasil, no sistema de atendimento dos Procons, afirma a superintendente do Procon de Mato Grosso do Sul, Rosemeire Ceclia da Costa. Segundo ela, essa Nota Tcnica refora um trabalho que vem sendo desenvolvido pelo Procon desde 2010, que o atendimento aos empresri-os em Campo Grande por meio do Procon Empresarial, que funciona em parceria com a Associao Comercial e Industrial da Capital.

    Para a superintendente, a medida levou em considerao a vulnerabilidade dos MEIs em suas relaes de consumo, tendo em vista que, por ter um CNPJ, no era reconhecido como consumidor. E para solucionar os problemas com fornecedor, por exemplo, o microempreendedor individual tinha que recorrer ao Judicirio, um caminho mais demorado e at oneroso.

    Com essa Nota Tcnica, o MEI passa a ter disposio nos Procons os instrumentos legais para ajud-lo nas relaes com fornecedores de produtos e servios e tambm na soluo de conflitos. Rosemeire da Costa cita uma situao que agora poder ser resolvida com maior rapidez pelo microempreende-dor. Na compra de um equipamento, por exemplo, j ocorreram

    casos do MEI ter proble-mas com a assistncia tcnica, com fornecedor alegando que na cidade do comprador no possui assistncia credenciada. Agora, o Procon poder interferir e obrigar que a e m p re s a fo r n e ce d o ra resolva o problema do equipamento.

    O advogado Michael Gorski, que atua nesta r e a , v i s u a l i z a o u t r o benefcio.. Para ele, vai contribuir para reduzir a informalidade. Vai acabar

    MEIs passam a ser atendidos nos Procons; AGILIDADE NA SOLUO DE CONFLITOS

    MPEs

    estimulando outros que esto na informalidade a se transforma-rem em MEIs, destaca. Sem contar que haver maior rapidez na soluo dos conflitos nas relaes de consumo entre os MEIs e os fornecedores. Indo para o Procon o caso ter maior celeridade, pois a resposta mais rpida, diz Gorski, ao lembrar que no Procon a maioria dos casos so solucionados de forma amigvel, sem necessidade de recorrer Justia.

    Michael Gorski diz que as principais reclamaes dos MEIs so referentes a servios e produtos oferecidos pelas operadoras de telefonia e tambm aos planos de sade. Informao reforada pela superintendente do Procon/MS, Rosemeire da

    Costa. Ela conta que comum o rgo receber queixa de operadoras que vendem plano empresarial para o MEI e depois o microempreendedor descobre que no nada daquilo que lhe foi oferecido.

    Embora a Nota Tcnica esteja valendo desde o final de junho, ainda no do conhecimento de muitos microempreen-dedores, por isso Rosimeire da Costa encaminhou a Nota a todos os 25 Procons existentes no Estado. E tambm est divulgando na Rota do Desenvolvimento, projeto realizado pela Secretaria Estadual

    de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econmico (Semade), em parceria com o Sistema S e entidades do setor produtivo. O objetivo da Rota do Desenvolvimento fomentar a interiorizao do desenvolvimento e a diversificao da matriz econmica, por meio de palestras, debates, workshops e atendimentos voltados a empresrios e empreendedores. O evento realizado periodica-mente em um municpio do interior do Estado.

    Na avaliao de Michael Gorski, essa medida do Senacon mais um incentivo para os MEIs, pois vai simplificar a soluo de conflitos de relaes de consumo.

    Microempreendedor Individual uma categoria jur dica direcionada a pessoas que trabalham por conta prpria e tenham faturamento de at R$ 60 mil ao ano, no tenham participao em outras empresas como scios ou como titular, e que tenham apenas um funcionrio, pagando salrio mnimo ou piso da categoria.

    Medida levou em considerao a

    vulnerabilidade dos MEIs nas relaes

    de consumo

    COMRCIO & CIA | NOVEMBRO / DEZEMBRO 2015

    Por: Paulo Yafusso

    MICHAEL: "MEDIDA SIMPLIFICA SOLUO DE CONFLITOS"

    ROSEMEIRE AFIRMA QUE, INDO PARA O PROCON, O CASO TER MAIS CELERIDADE