Revista Comrcio & Cia - 30 Edio

  • Published on
    26-Jul-2016

  • View
    215

  • Download
    1

DESCRIPTION

Revista do Sistema Fecomrcio MS, produzida Pela Infinito Comunicao Empresarial.

Transcript

  • Para a rede de materiais de construo Alvorada, que atua justamente em um dos setores que mais sentiu os efeitos econmicos nos ltimos anos, 2015 foi ano de ampliar o faturamento. O diretor da rede, Edson Luiz, explica de forma simples uma deciso muito bem planejada. J prevamos uma crise, que no seria s de um ano, mas tambm percebemos

    Hora de faturar mais

    Tambm foi um olhar mais atento que levou a tatuadora Enaile de Almeida Souza, 22 anos, a criar um ambiente mais leve para atrair o pblico feminino. A ideia deu certo e a tatuadora completou, em fevereiro, um ms como MEI. Estou at surpresa com a procura, tem dias que atendemos de 10 a 12 mulheres.

    que era momento de se estabelecer na regio, porque os demais tambm esto abalados.

    Com as finanas e gesto em dia, a empresa pde dar o grande passo de chegar terceira unidade de varejo na Capital, somando o centro de distribuio. A nova loja, com sede prpria com 1,1 mil metros quadrados, est localizada na Avenida de Bandeirantes e gera 25 empregos diretos. Ao todo, so 180 empregos diretos na rede. O desempenho da nova loja foi dentro do esperado, o faturamento est corresponden-do e estamos animados em sonhar com uma quarta unidade em Campo Grande. Pretendemos estabelecer uma relao de confiana em todos os nossos relacionamentos, desde o cliente, passando pela nossa equipe at chegar ao nosso fornecedor, explica Edson.

    A rede tambm tem em seu site um guia de profissionais com 300 prestadores de servios cadastrados, oferece manuais para autosservio em 15 atividades diferentes e conta com mais de 20 mil produtos a pronta entrega.

    Da cozinha para os canteiros de obras, a microempreende-dora Aparecida Siqueira Lima, de 43 anos, de Anastcio municpio 130 Km da Capital , conta que h cinco anos mudou o ramo de atuao. Para ela, 2015 foi um ano de muito trabalho, com alguns percalos, mas a demanda se mantm. Se o Pas atravessa uma crise isso afeta todos os setores, mas ainda assim e, mesmo com a chuva de incio de ano, sempre h procura por reparos.

    De acordo com o Sindicato da Indstria da Construo Civil de Mato Grosso do Sul (Sinduscon-MS), a retrao ainda deve persistir em 2016, estimada em 5%, mas j menor que os 8% registrados em 2015. necessrio criar um ambiente de negcios favorvel, para que possamos buscar a recuperao. E quando comearmos a crescer, seja possvel aproveitar o momento e prospectar melhores negcios, avalia o presiden-te, Amarildo Miranda Melo.

    COMRCIO & CIAMARO / ABRIL 2016 17

    "LEVEZA" PARA ATENDER O PBLICO FEMININO A PROPOSTA DE ENAILE

    EDSON LUIZ: PLANEJAMENTO PARA AVANAR E ATRAIR MAIS CLIENTELA