Revista night e cia edio 316

  • Published on
    01-Apr-2016

  • View
    221

  • Download
    6

DESCRIPTION

 

Transcript

  • Pode levar, grtis! nightecia.com.brano 16 >> n316 >> JULHO 2014

  • SAVE the datesparty

  • .com.br

    .com.br

    Afinal, uma noite no pode ser como qualquer outra.

    NO SITE TEM O SEU MELHOR MOMENTO

    NO SITE TEM AS BELAS EM SEUS MELHORES

    MOMENTOS

    NO SITE TEM BRINDE, TEM DIVERSO, TEM TUDO SOBRE

    ONTEM A NOITE

    10

  • instaecia

    @aninharreis

    # nightecia @portalnightecia

    @audionav @guicoraca

    @jehhsoares87 @josie_mendes @marinaprando

    @rodrigoalves8 @siindysartor @lolazenn

    @evlynmaysa @anapaulacic cone @josifiamon

    12

  • 14

    SAVE the dates

    A

    A MISTURA FINA DE STIMMING

    tocava violino, piano e bateria, dando-lhe uma educao slida e uma compreenso ntima da teoria musical. Seu primeiro contato com a msica electrnica foi quando ele tinha 15 anos, descobrindo a DJ Krush e Grooverider e um ano mais tarde, quando vivia em Butzbach (no muito longe do centro de techno Frankfurt) , se encantou com DJs como Chris Liebing, foi nessa poca que ele comeou a produzir msica com um computador, e logo percebeu que era esse seu Destino .

    Com o seu futuro claro e decidido aos 19 anos, Stimming mudou-se para Hamburgo e se matriculou no curso de Produo de Msica Eletrnica do Instituto SAE. Em 2006 conheceu dois caras chamados Solomun e Adriano, que compartilhavam uma viso semelhante sobre house e techno, juntos criaram a label Diynamic e no mesmo ano Stimming ja lananva suas produes pela sua nova marca e desta maneira construindo a famlia musical que tanto ele havia desejado.

    elegncia de suas produes est enraizada em sua formao clssica que com apenas 10 anos de idade

    Sbado 5 de julho, no Warung Beach Club

    STIMMING (LIVE) + HUNTER/GAME+ LEO JANEIRO + CRETINI&LAZARENTI + GROMMA + MANDY

    ROBERT BABICZ

    Robert Babicz ser uma das atraes do Winter Music 14. O artista alemo carrega fortes caractersticas do techno, sem limitaes, sempre traz diferentes produes. Com 20 anos de experincia Babicz uma eminncia quando se trata de qualidade de produo, bem como ar-tista ao vivo, um dos maiores tecnicamente quando se fala sobre a domi-nar. Sua performance ao vivo um dos mais solicitados nos melhores locais da Europa, dedicando toda a sua sabedoria para a pista de dana.

    Sbado 19 de julho, no Green Valley

    WINTER MUSIC+ ROBERT BABICZ + DANNY AVILA + LOVEBIRDS

  • 16

    julho 2014

    CAPADireo de Arte

    Daniel Viecili - Agncia Tatticas

    FotoMauloa Fotografia

    EditoraJosie Mendes

    josiemendes@gmail.com

    DiretorCarlos Bittencourt

    COLABORADORESAndr Cordeiro, Andr Giga, Carla Costa,

    Christofer Stoner, Dani Rebelo, J Mansardo, Paulo Andr e Sheila Rosa.

    FOTGRAFOS - EQUIPE NIGHT E CIACarlos Azevedo, Felipe Dantas, Guma Miran-da, Luiz Henrique Tozetto, Ricardo Graveto,

    Rodrigo Alves, Tony Goulart, Thiago Machado.

    DEPTO COMERCIAL ADRIANO SOUZA . 47 8819 9597

    adriano@nightecia.com.br

    JUNIOR ZAGUINI . 47 8415 7782

    junior@bteditora.com.br

    SNIA ANVERSA . 47 8405 9681

    nightecia@terra.com.br

    TIRAGEM8.000 exemplares

    DISTRIBUIOBalnerio Cambori, Blumenau, Brusque,

    Gaspar, Indaial, Ilhota, Itaja, Itapema, Meia Praia, Navegantes e Porto Belo.

    Site: nightecia.com.brRepresentante: Wagner Bittencourt

    Rua Jorge Mattos, n 15 - CentroItaja - 47 3344 8600

    Esta revista no se responsabiliza pelas opinies emitidas em artigos assinados.

    POR JOSIE MENDES

    EDITORIAL

    NS TEMOS

    exPedienTe

    EM JULHO

    O clima aqui na redao est como na sua casa, no bar, no vizinho. Finalizamos a edio de julho na torcida pelo Brasil. O tempo para pro-duzir o contedo reduziu pela metade. Parecia que os dias estavam mais curtos. Mas isso no nos impediu de trazer uma edio recheada de lei-tura com cobertura de imagens incrveis.

    No clima verde e amarelo, entrevistei o triatleta Igor Amoreli. Carre-ga no peito o ttulo de primeiro brasileiro a conquistar o Ironman. Foram 8 horas, 7 minutos e 54 segundos de quilmetros percorridos. Oow! Re-cupera o flego que tem mais!

    O nosso menino do Badabau o designer Balduno Meneghelli. Um talento mpar que resolveu sair do casulo e agora est investindo bra-vamente na carreira. Aos 23 anos, com os dois ps firmes no cho, se d o direito de sonhar. Quero um dia ser reconhecido pelo meu trabalho. Voc ser, acredite!

    Talentos que se esforam. Alguns j vivem a fase de gente grande, sem perder a humildade. Outros se dedicam para crescer. E assim caminha a nossa juventude dos vinte e poucos anos. Cheia de vontade.

  • 18 ATITUDE20 DAYS

    22 BELEZA26 ESPORTE

    30 REPORTAGEM34 ESPAO DA LEITURA

    44 FASHION46 CULT48 COOL

    49 SRIES50 FASHION

    58 ENTREVISTA65 PARTY

    84 GOURMET

    NA CAPAA MODELO EDUARDA STARKE A NOSSA GAROTA DA CAPA

    17

  • 18

    MORO NA RUA, MAS TENHO ALGUM

    oc j deve ter observado que alguns moradores de rua esto sempre muito bem acompanhados. E tambm deve conhecer V

    algumas histrias sobre a amizade destas pessoas com seus bichin-hos de estimao. O projeto Lifetimes traz de forma encantadora os retratos da fotgrafa Norah Levine. Junto produtora de udio Gabrielle Amster, Norah documentou alguns moradores de rua dos Estados Unidos que vivem grudados com seus animais de estimao. Seja pela companhia ou pela pro-teo, ces e gatos vivem felizes, bem cuidados e bem alimentados perto de seus donos. Eles podem at no ter acesso a boas raes e aos luxos dos pet shops, mas com certeza amor o que no falta.Embora nem sempre seja feliz a vida que essas pessoas levam, possvel ver nas fotos e no vdeo capturado a alegria ao estarem perto de seus bichinhos. Para saber mais acesse: lifelinesproject.org. Lifelines um projeto dedicado a homenagear o vnculo entre as pessoas e seus animais de estimao.

    DOIS EXEMPLOS QUE MOSTRAM COMO OS CES E GATOS SO OS MELHORES AMIGOS DE SEUS DONOS.

    ames Bowen e Bob andam juntos pelas ruas de Londres, na In-glaterra. A histria dos amigos inseparveis comeou quando J

    Bowen vivia nas ruas e lutava contra a dependncia qumica de herona e encontrou o felino machucado. Mesmo sem pensar em ter um animal de estimao, cuidou do bichinho e hoje fazem suces-so pelas ruas da capital inglesa vendendo o livro Um gato de rua chamado Bob, escrito pelo morador de rua.

    As trs fotos acima so do projeto Lifetimes, da fotgrafa Norah Levine. Abaixo, Bowen e o seu gato chamado Bob.

    ATITUDE

  • 19

  • 20

    DAYS

    ossos avs mudaram. Algumas so super descoladas, no saem de casa sem celular. So capazes de postar selfie no N

    DIA DOS AVS26

    DIA DO AMIGO20D

    mundo. O Dia do Amigo uma data proposta para celebrar a amizade entre as pes-soas. No Brasil, Uruguai e Argentina, a data mais difundida para esta celebrao 20 de julho. Na Argentina, a data foi criada pelo mdico Enrique Ernesto Febbraro. Com a chegada do homem lua, em 20 de julho de 1969, ele enviou cerca de quatro mil cartas para diversos pases e idiomas com o intuito de instituir o Dia do Amigo. Febbraro considerava a chegada do homem a lua um feito que demonstra que se o homem se unir com seus semelhantes, no h objetivos impossveis.

    DIA MUNDIAL DO ROCK13dia 13 de julho conhecido no Brasil como Dia Mundial do Rock. A data

    celebra anualmente o rock e foi escolhida em homenagem ao Live Aid, mega-Oevento que aconteceu nesse dia em 1985. Apesar de se chamar Dia Mundial do Rock, a data s comemorada no Brasil. Ela comeou a ser celebrada em meados dos anos 1990, quando duas rdios paulistanas especializadas em rock - 89 FM e 97 FM - comearam a mencionar a data em sua pro-gramao. 3 A celebrao foi amplamente aceita pelos ouvintes e, em poucos anos, passou a ser popular em todo o pas. Para ilustrar a data escolhemos o cone do rock Jimi Hendrix.

    bingo nas redes sociais. Uma das histrias mais bonitas que apareceu na web este ano foi da Grandma Betty (vov Betty). A histria da vov Betty Simpson, de 80 anos, e seu neto, Zach Belden, 18, moradores de Jeffersonville, no estado de Indiana, EUA, uma das coisas mais bonitas que aconteceram na web nos ltimos meses.

    Com medo de perder sua av para o cncer de pulmo, Zach resolveu criar um Ins-tagram e registrar momentos felizes ao lado dela. Intitulado Grandma Betty, o perfil j ultrapassou a marca de 370 mil seguidores desde que foi criado em 3 de janeiro deste ano. A descrio do canal diz que Betty uma guerreira contra o cncer e seguidora de Deus. A vov aparece em selfies bem fofinhas e at dana ao som de Happy, de Pharrell Williams, tudo registrado por seu netinho dedicado. Ele me ama muito, por isso que ele criou a conta. Ele no quer me perder e muito bom para mim. Eu nem sabia que ele estava fazendo isso, disse Betty em uma entrevista.

    urante o sculo XXI, foram criadas vrias iniciativas para a celebrao de um Dia da Amizade em distintas partes do

  • 22

    CIRURGIA PLSTICAA importncia da

    O GRANDE AVANO PELO QUAL A MEDICINA VEM PASSANDO NAS LTIMAS DCADAS PROVOCOU UM AUMENTO SIGNIFICATIVO DA LONGEVIDADE DA

    POPULAO, ISTO , AS PESSOAS ESTO VIVENDO MAIS. COM ISSO, A QUALIDADE DE VIDA PASSOU A SER MAIS DO QUE NUNCA VALORIZADA. NO SE BUSCA HOJE

    S VIVER MUITOS ANOS, TODOS QUEREM VIVER BEM. E ISSO SIGNIFICA TER SADE, SENTIR-SE BEM, ESTAR BEM CONSIGO MESMO.

    BELEZA

  • 23

    Com o desenvolvimento da Cirurgia Plstica, consegui-mos recursos para minimizaras sequelas que o tempo inexoravel-mente traz. At alguns anos atrs, isso era privilgio para poucos, entretanto com a popularizao destas tcnicas, tornou-se acessvel praticamente toda populao. No se deve negligenciar que o homem e a mulher tm grande preocupao com a sua imagem, por isso o papel da Cirurgia Plstica, tanto a Esttica quanto a Reparadora, vem assumindo grande significado, pois vem sendo cada vez mais compreendida como algo ligado no apenas vaidade, mas sim tambm qualidade de vida.

    Esta especialidade mdica existe no s para fins estticos como tambm para reparar deformidades corporais e mutilaes ocasionadas por acidentes ou doenas, tais como o cncer, que impedem o paciente de manter uma convivncia social e profissional normal.

    Ao abrandarmos a deformidade, tratamos tambm o sofrimento fsico e os profundos reflexos psicolgicos decor-rentes desta situao. A Cirurgia Plstica tem um inestimvel papel social, cuja atuao tem consequncias profundas no ser humano, uma vez que tem o poder de resgatar o paciente do afas-tamento social, do ambiente frio do isolamento humano e, sobretudo, do desconhecimento das possibilidades de tratamento de suas deformidades.

    O autor do texto DR. MARCOS PIVA

    Diretor Tcnico da Clnica Marcos Piva Cirurgia Plstica e Mem-

    bro Especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plstica

    (CRM 14563 RQE 7247)

    PRTESE MAMRIA - Hoje est compro-vado que no tem relao com cncer de mama, havendo, inclusive, um risco menor de desenvolvimento desta doen-a nas pacientes com prtese mamria, devido ao melhor acompanhamento ps-operatrio.

    PLSTICA MAMRIA - Proporciona a melhora da forma e flacidez das mamas, com benefcios fsicos (melhora da dor nos ombros e pescoo) e mentais (mel-hora da autoestima).

    LIPOASPIRAO - Tratamento de gor-dura localizada em abdome, flancos, culotes, coxas, braos e pescoo, com melhor definio do contorno corporal.

    PLSTICA ABDOMINAL - No remove so-mente o excesso de pele e gordura, mas tambm define a barriga, diminui as estrias e firma os msculos do abdome.

    CIRURGIA DA FACE - Pode amenizar as marcas e rugas deixadas com o passar dos anos, proporcionando uma aparn-cia mais saudvel.

    PLSTICA PALPEBRAL - A correo do excesso de pele e gordura na regio das

    plpebras contribui para transmitir uma aura de juventude, sade e vitalidade.

    PLSTICA DO NARIZ - Proporciona a harmonizao do nariz com o res-tante da face.

    PLSTICA DAS ORELHAS - Evita muitas vezes que crianas e adolescentes em idade escolar sejam expostos a humi-lhaes que podem ter consequncia na formao da personalidade da pessoa.

    PRTESE GLTEA - Vem cada vez mais sendo procurada por pessoas que no esto satisfeitas com a desproporo entre os glteos e o restante do corpo.

    ATUALMENTE AS CIRURGIAS PLSTICAS MAIS PROCURADAS SO:

  • 26

    FERROHOMEM DEIGOR AMORELI O PRIMEIRO BRASILEIRO

    A CONQUISTAR O IRONMAN, QUE ACONTECEU NO MS DE MAIO NO DIA 25, EM FLORIANPOLIS.

    A os 29 anos vencedor da 14 edio do Ironman. Cruzou a linha de chegada perto das 15 horas, aps liderar a prova de ponta a ponta. Dada a largada para a disputa de 3,8 quilmetros de natao, 180 quilmetros

    de ciclismo e 42 quilmetros de corrida, Amorelli partiu na frente e assim se

    manteve at o fim da primeira etapa. Na metade da prova de ciclismo,

    tinha aberto seis minutos de vantagem para o segundo colocado, porm,

    ao trmino do trecho de bicicleta, a distncia entre o lder e Santiago

    Asceno era de apenas 40 segundos. Foram 8 horas, 7 minutos e 54 se-

    gundos de quilmetros percorridos.

    ENTREVISTA JOSIE MENDES FOTOS GABRIEL HEUSI

    ESPORTE

  • 27

    O jeito de catarinense e o maior tempo de sua vida foi

    em Balnerio Cambori, mas natural de Belo Horizon-

    te. Tive a honra de entrevist-lo e confesso que emo-

    cionante ver o sonho de um atleta ser realizado. O brilho

    ainda est no olhar. E ficar para sempre. A sua infncia

    foi na rua. Brincava e como todo garoto gostava de jogar

    bola. A adolescncia foi na praia e juntos com os amigos,

    mas sempre foi apegado a famlia. E como sempre pen-

    sei, a vida de um triatleta sim mais caseira, sem festas.

    Normalmente a vida de um atleta bem mais tran-

    quila, principalmente no Triathlon, por ser um esporte

    de alto rendimento. Temos que treinar muitas horas,

    cuidar da alimentao e descansar. Fora isso que chego

    to cansado que at perco um pouco a vontade de sair

    de casa. Mas durante as frias e perodos mais tranquilos

    gosto de sair encontrar os amigos e aproveitar um pouco

    do tempo ao lado deles, afirma o atleta.

    Como comeou a sua histria no esporte?

    Sempre pratiquei esportes. Na escola o que eu mais gostava era a Educao Fsi-ca e o intervalo pra jogar qualquer coisa. Meus pais tambm sempre me incenti-varam. E o apoio da famlia de extrema importncia. Fora da escola fiz futebol, carat e surfava quase todo dia. Quando no tinha onda, aproveitava para nadar. Na praia, dentro da gua conheci alguns amigos que faziam Triathlon. E todo contexto de gostar de esportes, de ter uma famlia que apoiava e estar na hora certa, no lugar certo foram o comeo da minha histria no Triathlon.

    Por que escolheu o triathlon?

    Fui assistir o Ironman em Florianpolis pra acompanhar meus amigos e a paixo surgiu quando vi a prova, os atletas e todo o evento. Sempre fui muito competi-tivo e gosto de desafios, isso o que mais me motiva no esporte, tentar cada vez mais fazer coisas que nunca achei que conseguiria. Ver que posso muito mais do que penso.

    Voc carrega o ttulo de ser o 1 brasileiro a conquistar o Ironman. Como foi o

    processo de preparao?

    Foi um longo processo, diria que quase 10 anos, desde que iniciei no Triathlon. Quando comecei sofri muito com leses at o corpo se adaptar ao treinamento intenso, principalmente na corrida. Sempre tive acompanhamento do Carlos Moraes, um dos meus treinadores. Comeamos no short Triathlon (curto) e pro-gredimos aos pouco at o Ironman. Isso foi muito importante pra conhecer meu corpo e reaes.

    Amoreli treina todos os dias, com uma folga a cada 15 dias aproximadamente.

    Um dia normal de treino acorda s seis horas da manh e comea s sete. E vai

    at meio dia. Almoa, descansa e reinicia as trs e meia. Finaliza s 19 horas.

    Esse um dia bsico. H treinos mais leves, durante a manh ou a tarde. E os

    dias mais intensos, onde comea cedo e no h pausa nem para comer.

    Voc tem algum que te ajuda nos treinos?

    Com certeza! Eu sou s a pea que trabalha nos treinos e nas provas, por trs disso tem uma equipe toda. Dois treinadores, preparador fsico, fisioterapeuta, com quem tenho contato todos os dias. Tenho nutricionista e mdico que me acompanham. E tambm um assessor que cuida das mdias, patrocnios e tudo que envolve comunicao. Sem falar da minha famlia que me ajuda muito. O que eu sei fazer treinar e s! (risos).

    Qual foi o momento mais difcil na competio do Ironman 2014?

    Na verdade a parte mais difcil toda a preparao e treinamento, a prova s colocar em prtica. Mas durante a prova a parte mais difcil foi a disputa na cor-rida entre eu e o Santiago durante quase 28 kms correndo juntos lado a lado. Ou seja, alm do fsico, havia o controle mental. Ver quem aguentaria todo o esforo, presso e cansao.

    O que esta vitria representou?

    Representou uma luta de anos de toda a nossa equipe. Que todo o trabalho valeu a pena e que estou no caminho certo.

    Do momento que cruzou a faixa, conta que foi tudo muito rpido, que no se

    lembra muito bem. s vezes parece que no era eu, mas posso dizer que foi

    um momento muito especial que vou levar para o resto da vida. Uma mistura

    de felicidade, alvio, realizao tudo ao mesmo tempo, um sonho mesmo,

    conta emocionado.

    Dcimo terceiro colocado na edio havaiana do Ironman 2013, voc evolui a

    cada ano. So os resultados positivos que te motivam, te inspiram?

    Com certeza os resultados ajudam muito na motivao e principalmente na confiana. Depois de correr a prova em Kona, o atleta sabe que est prepara-do pra qualquer prova do mundo. E tambm a cada ciclo de treinamento, eu e minha equipe, estamos percebendo a evoluo e esperamos continuar assim.

    Tem alguma referncia ou atleta que te inspira?

    No tenho nenhum atleta preferido, mas como referncia as qualidades de al-guns atletas. Fora do Triathlon gosto do talento do Roger Federer (tenista suo), raa do Rafael Nadal (tenista espanhol) e da superioridade do surfista Kelly Slater por tantos anos.

    Como atleta, qual o seu sonho?

    Meu maior sonho ganhar o Ironman de Kona e tambm continuar por mui-tos anos no esporte, como atleta, depois de aposentar fazer s como hobby e continuar o trabalho com a equipe. Ajudar o esporte a continuar crescendo forte.

    No momento, voc est se preparando para o mundial

    de Kona, em outubro, no Hawaii. Qual ser o maior de-

    safio que encontrar?

    Tive um intervalo de recuperao depois do Ironman de Florianpolis e agora j reiniciei o treinamento. L em Kona alm das dificuldades do clima, muito calor e vento, a prova tem um nvel muito alto e equilibrado. Essa ser a parte difcil. Para lutar pelas primeiras co-locaes, tem que estar preparado no s para fazer a melhor prova, mas como tambm estar preparado para qualquer ritmo ou intensidade dos adversrios tambm. Ser apenas um atleta que estar prepara-do e que ser o vencedor.

    Pode-se classificar as provas de Triathlon de acordo com as distn-

    cias percorridas e com os locais onde as provas so disputadas. As

    principais so as seguintes:

    Sprint: 750 metros de natao / 20 km de bicicleta / 5 km de corrida

    Olmpico: 1.5 km de natao / 40 km de bicicleta / 10 km de corrida

    Meio-Ironman ou Ironman 70.3: 1.9 Km (1.2 milhas) de natao /

    90Km (56 milhas) de bicicleta / 21Km de corrida (13.1 milhas)

    Ironman: 3.8 km (2.4 milhas) de natao / 180 km (112 milhas) de

    bicicleta / 42 km (26.2 milhas) de corrida

    Ultraman: 10 km de natao / 421 km de bicicleta / 84 km de corrida

    ESPORTE

  • 30

    BADABAUBALDUINO MENEGHELLI CONQUISTA O MERCADO COM CORES VIBRANTES E PROFUSO DE

    ESTAMPAS. E PROVA QUE IMENSA A CARTELA DA BRASILIDADE. TEXTO E FOTOS JOSIE MENDES

    definir o designer Balduino Meneghelli. Aos 23 anos, sem fios de ouro e madrinhas poderosas, se firma no mercado da al-faiataria com talento mpar. Teve a sua primeira apario foi no evento Flor e Cidade onde fez a exposio Moda de Subsistncia, levando todo o seu guarda roupa para a galeria. Foi incrvel. Diversas marcas foram criadas no comeo do curso de Design de Moda que fez na Univali em meados de dois mil e dez. Caet, Ciranda, Penduricalhos. Estes foram alguns nomes que lanou ao mercado. At que atravs de um amigo o msico Srgio Lamarca as-

    sistiu um vdeo sobre uma tribo que leva o nome Badabau. Era a inspirao que precisava para denominar o corte e cos-tura que est fazendo neste ano. Roupas fceis de usar, acabamento impecvel se destacam em suas peas. Sua trajetria no mundo fashion resultado de com-prometimento e do talento de visar um mercado pouco explorado: pra quem tem um estilo descomplicado. A bandeira que Balduino levanta da simplicidade como ltimo grau da sofisticao. Carrega con-sigo a ideia de Herchcovitch sobre a iden-tidade brasileira de que no preciso estar com frutas na cabea para mostrar a nossa brasilidade. Em suas criaes transita por

    todos os estilos e tribos. Sua roupa despo-jada caminha numa linha tnue da alfaia-taria. Nada pensado antes da escolha do tecido. Garimpo os tecidos e o prximo passo criar. Meu processo criativo inicia a partir disso e fao o que d na telha, afirma o estilista.

    Desde o incio da carreira Balduino se preocupa em ter a sua identidade, que faz parte de um conceito prprio. Adapta conforme o tempo passa e o seu amadu-recimento profissional. No acabamento tudo muito bem feito. Mas dispensa o alinhamento convencional. Prefere algo mais destroyed e despojado. Na malharia gosta do estilo largado e praieiro. Essa

    Admirvel talento prodgio. Estas so as palavras que encontrei para

    MENINO DO

    REPORTAGEM

  • 31

  • 32

    Tem talento e ambio

    para fazer parte da

    alta costura. Para isso

    reserva o forte nome

    Balduino Meneghe-

    lli. Esta marca que

    representa o que

    mais adora fazer: a

    alfaiataria. Essa tem

    que ser impecvel.

    Na parte das camisas,

    calas e blazers eu

    fao questo de seguir

    como referncia o

    Giogio Armani. Eu

    tenho um estilo e sou

    fiel a ele.

    ALTA COSTURAideia nasceu quando tinha o hbito de ir aos brechs antes de produzir uma pea. A referncia eram roupas gastadas e usadas. Sempre achei legal essa vibe. Quem ad quirir um Badabau vai perceber que com o tempo a pea ser gasta e mesmo assim permanecer dentro do seu roupeiro. Se-guir de gerao para gerao.

    No dia que visitei o ateli de Balduino pude perceber o amor que existe em cada roupa produzida. Todas tm uma histria. E o carinho nas palavras representa o seu esforo. E isso que o torna especial e o que o torna diferente no produzir colees fechadas. No quero fazer um produto que fique em alta durante quatro meses e de-pois seja esquecido. As suas cria-es tem uma essncia marcante. Mesmo colorido e cheio de informaes, seu estilo atemporal. E sempre cai bem.

    Como todo garoto de sorte, Balduino tem no caminho a dona Anita Pessi, que considera como mestre e onde faz est-gio no ateli Ponto a Ponto. Alm disso, fez cursos do Senac e na Casa da Costura, em Cambori. Sobre o seu processo criativo, consegue perceber o que o cliente real-mente precisa e aperfeioar com as suas caractersticas e ideais. A nica pessoa que consegue me dobrar a dona Maria Aparecida Meneghelli, a minha adorvel me. No mais, possvel visitar o ateli e se ver ao menos dentro de uma das peas. Caso no tenha se imaginado usando porque voc est realmente precisando usar. E ousar.

    FACEBOOK: BALDUINO MENEGHELLI E BADABAU

    INSTAGRAM: @BALDUINOMENEGHELLI

    REPORTAGEM

  • 33

    fashion

    UM ENCARTE ESPECIAL DENTRO DA REVISTA

    NIGHT E CIA. A IDEIA REUNIR OS MELHORES

    NOMES DA MODA LOCAL.

    COMPORTAMENTOTENDNCIA

    FOTOGRAFIA

    direcao@nightecia.com.brPARTICIPE.

  • 34

    Interstellar acompanha um grupo de exploradores que vo usar um buraco espacial recentemente descoberto para contornar as limitaes humanas de viajar no espao e alcanar as grandes distncias das viagens para outras galxias. O filme conta com um elenco recheado de estrelas como Matthew McConaughey, Anne Hathaway, Jessica Chastain, Bill Irwin, John Lithgow, Casey Affleck, David Gyasi, Wes Bentley, Mackenzie Foy, Timothe Chalamet, Topher Grace, David Oyelowo, Ellen Burstyn e Michael Caine, escrito pelo irmo do cineasta,Jonathan Nolan, e tem ainda Hans Zimmer na sua trilha sonora.

    Por aqui no h muitas pessoas que usam as cmeras instantneas, porm aos poucos, esto ganhando espao novamente. Embora tenham sado um pouco de cena aps a chegada das digitais, nunca deixaram de encantar. A nostalgia voltou pela mo da Fujifilm, famosa por seus papis fotogrficos. A Instax Mini faz fotos em uma medida diferente do padro 10 x 15 cm ao qual estvamos acostumados. A cmera gera impresses no formato 6 x 9 centmet-ros, tamanho aproximado de um carto de crdito. A nitidez e vivacidades de cores esto garantidas, e a cmera utiliza uma lente fixa de 60mm e f/12.7. O equipamento funciona com quatro pilhas e no tem visor LCD. Clona o funcionamento das antigas instantneas, insira o papel e, depois do disparo, em alguns breves momentos sua foto estar pronta.

    A Polaroid tambm deve voltar ao setor unindo o melhor de dois mundos. Recentemente, assinou a produo da cmera Socialmatic, uma cmera idealizada por designers inspirada no Instagram, rede social fotogrfica do Facebook. Ela est prevista para chegar ao mercado em 2014.

    A ideia permitir que o fotgrafo dispare a cmera, selecione um filtro e, a partir de uma pequena impressora embutida, imprima a criao. E o melhor: ela ter visor LCD sensvel ao toque, ser capaz de compartilhar informaes online no Insta-gram e Facebook a partir da placa Wi-Fi e armaze-namento de 16 GB. Essas informaes so tiradas do design conceitual, ento no esto confirmadas no produto final ainda.

    LEITURA

    A cantora do Harlem, em Nova Iorque, no ne-nhuma novidade, em 2011 ganhou notoriedade ao liderar a Cool List, da revista NME. O seu primeiro single 212 com Lazy Jay foi lanado em dezembro do mesmo ano. A rapper nasceu no dia 31 de maio de 1991. Teve vrios conflitos com a me que batia fsica e verbalmente. Quando ela ia bater em mim e em minhas irms ela usava bastes de beisebol,batia a nossa cabea contra as parede, e ela sempre me dizia que eu era feia. Lembro-me de uma vez que ela jogou fora toda a comida na geladeira, s assim ns no teramos nada para comer , conta a cantora. Devido escalada de violncia, Banks saiu da casa de sua me aos 14 anos para morar com sua irm mais velha.

    AZEALIA BANKSAinda jovem teve papis principais em trs produes (Sense Coelho, Sleepover e Heroes). Sem sucesso nessas e em outras empreitadas, Banks comeou a escrever rap e canes de R & B com criatividade e assim comeou seu sonho de se tornar uma artista.

    Discografia

    Broke with Expensive Taste 2014

    1991 - 20121

    Fantasea - 2012

    boomclick-click

    BURACODE MINHOCA

    ESPAO DA

  • 35

    bonvivant

    Andr H

    uscher

    Profiss

    o: Jor

    nalista

    Tempo

    de Nig

    ht e Cia

    : 1 ano

    gigajo

    rnalist

    a@gm

    ail.com

    O X DE ED SHEERANO cantor britnico Ed Sheeran acaba de lanar o seu segundo lbum de inditas, intitulado X( leia-se Multiply). A primeira cano do single Sing, produzido ao lado de Pharrell Williams, o artista da vez da msica pop. Se compararmos este disco com oprimeiro +(Plus), provvel que alcance o topo da parada inglesa, o que pode desbancar Lana Del Rey com seu atual Ultraviolence, que estreou muito bem tirando The Hunting do Linkin Park.Na parada de singles, Sing estreou em primeiro lugar em abril, e se mantm em terceira colocao entre as prefern-cias dos britnicos. Com exceo da faixa One, o novo lbum pode ser ouvido via Spotify ou iTunes. Alm de Pharrell Wil-liams, o lbum assinado por Jake Gosling( responsvel pelo lbum de estreia), Ricky Rubin( Metallica, Adele, Beastie Boys, Lana Del Rey), e Benny Blanco( Maroon 5, Katy Perry e Jessie J).

    Estrelado com perfeita semelhana por Andr Benjamim, da banda Outkast, a vida de Jimi Hendrix antes da fama chega aos cinemas. Toda essa histria comeou com uma mulher branca, de sotaque ingls e ento namorada do Rolling Stone Keitch Richards que instigou o tmido e nada ambicioso Jimmy James a virar o emblemtico Jimi Hendrix( e o levou a sua primeira viagem de cido). O impacto da modelo Linda Keith na vida de uma dos maiores guitarristas do planeta domina o comeo da cinebiografia de seus anos pr-fama. Em uma cena, Jimmy diz: Minha voz terrvel, ao se recusar a cantar. A voz de Bob Dylan tambm , e ele est indo bem, responde a amiga. Com estreia prevista em setembro nos Estados Unidos, Jimi: All Is by My Side tem di-reo e roteiro de John Ridley, ganhador do Oscar pelo roteiro de 12 Anos de Escravido, o qual tambm coproduziu. O diretor Ridley ficou interessado em fazer o filme h quase uma dcada, logo aps descobrir uma cano rara de Hendrix chamada Sending My Love to Linda, que o inspirou a pesquisar so-bre esta mulher misteriosa. Mas essa histria vem com uma desvantagem: a famlia de Hendrix demorou para liberar as canes que aparecem no filme. Depois de muitas conversas, o projeto voltou tona, mas com novo diretor frente, o roteiris-ta Ol Parker, de O Extico Hotel Marigold, que teria finalmente se acertado com Janie( meia-irm) de Hendrix.

    JIMI: ALL IS BY MY SIDE

  • 36

    Christopher Stoner

    Profisso: Scio da marca Santacosta

    Tempo de Night e Cia: 1 ano

    ROBALOONDE HBALNERIO CAMBORI COMPLETA 50 ANOS DE ESSE MS. VAMOS CELEBRAR O DIA 20 DE JULHO COM ALGUMAS CURIOSIDADES DO ACERVO HISTRICO DA CIDADE, CLARO!

    mundoChris

    docurioso

    QUEM NASCE AQUI ......balneo-camboriuense

    NOSSAS RUASMuito antigamente, as ruas de Balnerio tinham nomes como Telgrafo e Tubaro. Quem bolou o sistema em sequencia de nmeros foi o jornalista e escritor Norberto Cndido Silveira Jnior, inspirado no modelo americano quando esteve em Nova Iorque.

    ONDE H ROBALOA verso mais aceita do nome Cambori vem do tupi. Cambori significa robalo, um tipo de peixe. O sufixo u neste caso seria habitat. Portanto, Cambori significa onde h robalo.

    OS PRIMEIROSTupis-guaranis foram os primeiros a desfrutar da pesca farta e gua fresca, na Praia de

    Laranjeiras. Informalmente, o povoamento europeu na regio comeou em 1758, quando famlias de Porto Belo estabeleceram no atual Bairro da Barra.

    Formalmente, 1826 o colono Baltazar Pinto Corra recebeu do governo a primeira rea para cultivo e moradia, no que hoje o Bairro dos Pioneiros.DESAPEGA

    Balnerio de Cambori virou municpio 20 de julho em 1964. Quatro anos depois, desapegaram o de e virou Balnerio Cambori. % MULHERES

    Bem que voc suspeitava, aqui tem 5.296 mulheres mais do que homens. De acordo com o IBGE em 2010 eram 56.696 elas e 51.393 eles.

    ILHA DAS CABRASCarto postal da cidade, a Ilha das Cabras fica distante apenas 600

    metros da Praia Central. O local se chamava Ilha das Cobras at mudar de nome por conta dos animais criados pelo nico morador de l. Marciano

    Cavalheiro zelou pela ilha at 1977. Seu filho, Icaro, viveu l at os nove anos, indo para escola de barco e por vezes, a nado.

    J VISITOU TODAS?De norte a sul, as praias do municpio so

    Amores, Buraco, Canto, Central, Laranjeiras, Taquarinhas, Taquaras, Pinho, Estaleiro,

    Estaleirinho.

    53

    Fotos Do Arquivo Histrico (Esq-Dir) :: Vero na dcada de 1970 :: Pesca da Tainha (1970) :: Vista da Praia Central, Vero (1971) :: Sr. Marciano Cavalheiro, 1 Morador da Ilha das Cabras (1976)

  • 37

    www.reuseideias.com

    ILUSTRAES EM 3DThomas Allen um ilustrador e designer que gosta de fazer colagens com ilustraes 3D em livros. Figuras em relevo saltam do papel do livro, como se elas vivessem suas aventuras diante de nossos olhos de leitores.

    ideiasreUSE

    Dani Rebelo e Carla CostaProfisso: Publicitrias

    Tempo de Night e Cia: 2 ano

    ARTE NO LIVROACREDITAMOS QUE LIVROS SO VECULOS DO CON-

    HECIMENTO, TRANSFORMAM MENTES, ENCANTAM CORAES E AINDA PODEM VIRAR ARTE! CONHEA

    ALGUMAS IDEIAS QUE REUSAMOS NO SITE:

    MIKE STILKEY

    BOLSA-LIVROA parceria da loja Petit March e do Ateli Catarina, de Florianpolis, transforma livros em bolsas super estilosas! A ideia foi inspira-da nas clutches da Olympia Le Tan, francesa que faz bolsas em formato de livro bordadas e foi alm: as bolsas ficam incrveis!

    J exps seu trabalho nos maiores centros culturais do mundo e mdia especializada, e sabe por qu?! Ele usa livros como base e tela para suas pinturas e instalaes.

    Reuse Ideias adverte: ne-

    nhum livro foi machucado por estes projetos! Sua sabedoria

    continua poden-do ser reusada por a em todos

    os casos.

  • 38

    gastronomia +arte

    Paulo AndrProfisso: Chef

    Tempo de Night e Cia: 2 ano

    paulo.pa@msn.com

    DICA: SALTEAR AS LULAS NO FIO DE AZEITE COM A FRIGIDEIRA BEM QUENTE,

    ESTE PROCESSO LEVA UNS 3 MINUTOS E DEPOIS RESERVE. TOMATES-CEREJAS

    DE CORES DIFERENTES TORNAM ESTE PRATO ALEGRE E APETITOSO.

    RECEITA DE INVERNO

    BOEUF BOURGUIGNON Comea oficialmente a estao do ano

    mais charmosa! No Inverno, investimos em comidinhas saborosas, quentinhas e com sus-tncia. Pensando em como voc pode esquen-tar o estmago com essas delcias. Vou passar neste edio um dos clssicos franceses que mais gosto de fazer! Como o nome indica, o boeuf bourguignon teve origem na regio da Borgonha, no leste da Frana, tambm conhe-cida por outras receitas famosas: coq au vin, escargots la bourguignonne, jabon persill, oeufs en meurette, pain dpices etc. So ai-nda famosos o seu gado charols, o frango de Bresse, as anduillettes, a mostarda de Dijon, os queijos, o drinque kir e os espetaculares vinhos brancos e tintos.

    O boeuf bourguignon um prato cam-pons refinado pela haute cuisine. Sua receita foi difundida por Auguste Escoffier, o chef que codificou a cozinha francesa, favorecendo-lhe o sucesso internacional. O mtodo de cozimento, com os cubos de msculo ou patinho fervendo lentamente no vinho tinto da regio, provavelmente foi adotado por ser capaz de amaciar a carne em uma poca na qual a sua maciez era um luxo para poucos.

    A receita, que combina os ingredientes simples, porm deliciosos, da Borgonha, man-da acrescentar cebola, cenoura, alho, caldo de carne, bacon, champignon e bouquet garni. O resultado um prato saboroso, hoje clssico da cozinha francesa! Serve 4 pessoas

    Ingredientes

    1 kg de msculo (ou patinho) bem limpo cortado em cubos de 5 cm100 ml de leo de canola1 cebola em finas fatias1 cenoura em finas fatias1 bouquet garni (amarrado com folha de alho-por, talo de salsinha, louro e tomilho)3 dentes de alho inteiros1 colher (sopa) de extrato de tomate1 colher (sopa) de farinha de trigo700 ml de vinho tinto seco da Borgonha300 ml de caldo de carne (escuro e denso)150 g de bacon defumado em tirinhas300 g de champignons de Paris frescos cortados ao meioSalsinha picada para polvilharSal e pimenta-do-reino moda na hora a gosto

    Modo de Preparo

    1. Separe os ingredientes para o preparo. 2.Tempere a carne com sal e pimenta. Em uma frigideira previamente aquecida, doure-a, aos poucos, no leo de oliva. Depois de bem corada, retire-a e reserve. 3.Na mesma frigideira, doure levemente a cebola, incorpore a cenoura, o bouquet garni e, ainda, os dentes de alho inteiros. Coloque a carne em uma panela grande e, em seguida, leve-a ao fogo. 4.Junte com cuidado a mistura de cenoura e temperos carne, na panela. Sempre no fogo, coloque o extrato de tomate. A seguir, adicione a farinha de trigo. Deglace com o vinho, misture, tampe a panela e cozinhe por 1 hora e 45 minutos. Junte o caldo de carne e cozinhe por mais 45 minutos. Retire a carne da panela e coe o molho em uma peneira fina. 5. Retorne com a carne e o molho, j penei-rado, panela e reserve. 6.Em uma frigideira preaquecida, doure o bacon, incorpore os champignons e tempere com pimenta e um pouco de salsinha. 7.Adicione a mistura de champignons pan-ela com a carne, mexa bem e verifique o sal. Deixe no fogo at os sabores se mesclarem. Sirva quente.

    Dica do Chef: acompanhe com uma massa de fio longo, um pur

    de batata ou um arroz.

  • 39

  • Sheila Rosa

    Profisso: N

    utricionista

    Tempo de N

    ight e Cia: 6

    ano

    sheila_rosa

    _@hotmail

    .com

    POR QUE ENGORDAMOS?

    alimente-se

    bem

    SE VOC UMA PESSOA QUE J CANSOU DE FAZER DIETAS MIRABOLANTES. TENTOU TUDO O QUE H DE NOVO PARA EMAGRECER E MESMO ASSIM NO CONSEGUIU. ENTO QUE-RO QUE VOC ENTENDA O SEGUINTE: VOC NO ENGORDA PORQUE CONSOME MAIS CALORIAS DO QUE GASTA.

    Contar calorias absurdamente ultra-passado. Voc engorda porque consume mais acares e carboidratos do que deveria e no simplesmente a quanti-dade de calorias que ingere.

    Outro fator interessante que a ingesto de gordura, algo que tem sido to duramente criticado nos ltimos anos, pode no ser, de fato, to preju-dicial a sade como voc pensa. Se voc sub-stituir ovos com bacon por cereal de milho, leite e bananas, seu colesterol bom vai baixar e suas chances de ter um ataque cardaco ir aumentar.

    Quando voc ingere carboidratos e a-cares (pes, bolos, frutas, uma torta, etc), seu organismo, atravs do pncreas libera insulina, e quando o nvel de insulina est elevado, ns acumulamos gordura. J quando esses nveis de insulina caem, seu organismo libera gordura do tecido adiposo e a queima como combustvel.

    Nossos nveis de insulina so basicamente determinados pelos carboidratos que ingeri-mos. Quando mais carboidratos voc ingere e quanto mais fceis eles so de digerir e mais

    doces, mais insulina liberada no organismo, a captao de acares pelas clulas au-menta, culminando, aps inmeros processos metablicos, ao armazenamento de gordura.

    O que parece ser a causa de engordar (a reduo da velocidade do nosso me-tabolismo) na verdade um efeito. Voc no engorda porque seu metabolismo desacelera, seu metabolismo desacelera porque voc est engordando.

    O grande ponto aqui a que cincia nos diz que o acmulo de gordura resultado de desequilbrio hormonal (insulina) e no um desequilbrio de calorias. Em outras palavras voc no emagrece apenas cortando calorias, voc emagrece cortando aquilo que aumenta os nveis de insulina em sua corrente san-gunea: carboidratos.

    Ento, a resposta simples: coma menos carboidratos, afinal, todo o carboidrato que voc ingere ( exceo da fibra) torna-se glicose em nosso sangue e quanto mais glicose, mais insulina voc secreta e mais sua clula fica resistente a ela. Se voc simplesmente ingerir menos

    carboidratos, a sua taxa de glicose no sangue diminuir e, por consequncia, o nvel de insulina no sangue tambm ser reduzido. Desta forma, os efeitos da insulina ficam atenuados e voc voltar a queimar gordura. importante salientar que quanto mais resis-tente insulina voc for, menos carboidratos poder comer e que quanto menos carboidra-tos voc comer, mais rpido ir emagrecer.

    Por isso que ns sempre enfatizamos uma alimentao baseada em baixo consumo de carboidratos e alto consumo de protena e gordura do bem. Cuidado, porm, antes de fazer qualquer alterao radical em sua alimentao, tal alterao pode trazer diver-sos efeitos colaterais. Procure sempre um nutricionista.

    40

  • Sade +corpoalma

    DE UMA MANEIRA GERAL AS LESES RESULTANTES DE ATIVIDADES ESPORTIVAS PODEM SER

    CLASSIFICADAS EM DOIS GRUPOS BSICOS:

    As corridas de longa distncia, esporte considerado sem contato fsico, normalmente geram leses intrnsecas.

    As leses musculares afetam os corredores principalmente durante os treinos de velo-cidade, incluindo os tiros e os intervalados. Os atletas de elite podem apresentar maior predisposio a este tipo de leso pela alta intensidade de seus treinamentos. A litera-tura atual classifica estas leses em diretas ou indiretas (mecanismo de ao), parciais ou totais (resultado da leso), e traumticas ou atraumticas (presena ou ausncia de contato fsico).

    O estiramento muscular uma leso indi-reta frequente entre os corredores. causado por um alongamento das fibras musculares alm de sua capacidade normal de trabalho, decorrente de ciclos intensos de contrao e relaxamento do msculo envolvido. Ocorre geralmente na juno msculo-tendnea, rea de menor resistncia do msculo, ou tambm na insero do tendo ao osso, em situaes na qual o msculo no est adequadamente alongado, portanto despre-parado para aquele esforo fsico. Durante

    1. LESES INTRNSECAS: CAUSADAS POR FATORES INDI-VIDUAIS E BIOLGICOS (FATORES ANTROPOMTRICOS, HISTRIA PREGRESSA DO ATLETA, NVEL DE CONDICIO-NAMENTO). 2. LESES EXTRNSECAS: CAUSADAS POR FATORES EXTERNOS E DO MEIO AMBIENTE (PISO DE CORRIDA, EQUIPAMENTO ESPORTIVO, CONDIES CLIMTICAS).

    treinamentos que envolvem velocidade, como os intervalados ou tiros, leses musculares so frequentes.

    Os treinos intervalados predispem a estes tipos de leses, pois a musculatura exerce um esforo forte e contnuo durante os intervalos pr-determinados do treino, e os tiros so preocupantes, pois entre um esforo fsico e outro o msculo pode contrair excessiva-mente e perder parte de sua capacidade de se alongar, tornando o atleta predisposto a sofrer uma leso nos tiros seguintes ou ao final da sesso.

    Fatores como fadiga muscular e leses prvias so importantes consideraes a serem feitas na preveno de estiramentos musculares. A fadiga muscular, caracterstica presente principalmente no final das ses-ses de treinos de velocidade, provoca uma alterao no automatismo do movimento de corrida do atleta e, portanto se torna um fator

    predisponente para a ocorrncia de leses. As leses prvias induzem formao de fibrose (tecido cicatricial) nas reas afetadas que no apresentaro a mesma capacidade de alongamento e fora que tecidos no lesados, portanto constituindo um local propcio para o surgimento de novas leses.

    O sintoma clnico caracterstico referido pelo atleta uma fisgada no msculo, se-guida de dor e comprometimento da funo muscular a ponto de interromper o trein-amento ou a competio. Parada a atividade fsica, deve-se aplicar gelo na regio aco-metida em ciclos de 10 a 15 minutos, atravs de bolsa envolvida por tecido fino para a proteo da pele, e feita uma bandagem para a compresso do local. O membro deve per-manecer elevado e em repouso, porm a imo-bilizao deve ser evitada ao mximo a fim de minimizar a perda de tnus muscular e propriocepo (sensibilidade do movimento).

    importante salientar que a reabilitao adequada das leses musculares depende de um diagnstico mdico preciso, tratamento fisioterpico completo e colaborao total do atleta.

    Andr Cordeiro

    Profisso: Personal Trainer

    Tempo de Night e Cia: 3 ano

    andre@studiofisic.com.br

    LESOMUSCULAR

    41

  • 42

    SALVADOR DALAlm da expo ser uma das mais esperadas do ano, o fato de estar sendo realizada no Centro Cultural do Banco do Brasil no Rio de Janeiro encanta ainda mais, pois a ar-quitetura do local belssima e o ambiente extremamente agradvel.A exposio iniciou no dia 30 de maio e ficar em cartaz at 22 de setembro. O ba-cana? gratuito!!! A dica? Se escolher o final de semana tente chegar antes das 10 horas da manh, caso contrrio ter que enfrentar filas. No acesso principal painis com gi-gantes bigodes de Dal do as boas vindas e, conforme a fila anda, controlar a ansiedade algo impossvel.

    ENFIM DESEMBARCOU NO BRASIL NO MS PASSADO A EXPOSIO DE UM DOS MAIS IMPORTANTES ARTISTAS DO

    SCULO XX: SALVADOR DAL.

    O ponto forte da expo conhecer o artista em todas as suas formas: como pintor, de-senhista, escritor, ilustrador, etc. A exposio apresenta diversas fases criativas do artista. As obras expostas, produzidas entre os anos 1920 e 1982, incluem 30 pinturas, 80 gravuras, livros, fotografias, filmes e uma in-stalao. Em uma das salas, h reprodues de jornais e revistas com Dal na capa. As expresses so divertidssimas. A ideia foi apresentar dois Dals: um miditico, que construiu um personagem, e o faz de forma programada e h um Dal mais ntimo, com seus amigos que demonstra que ele era consciente que estava criando um person-

    agem, explica Monts Aguiar, curadora da exposio. Ela foi secretria do artista e dirige a Fundao Gala-Salvador. As obras da expo vieram dos trs maiores acervos de ob-ras do artista: a Fundao Gala-Salvador Dal (Figueras, Espanha), o Museu Salvador Dal (Flrida) e o Museu Rainha Sofia (Madri). O corao da exposio so as 29 pinturas, a maior parte produzida na dcada de 30, quando as figuras do universo surrealista de Dal ganham corpo, e se transformam na marca dele.A mostra est sendo um sucesso e por l j passaram mais de 150 mil visitantes. impossvel no se apaixonar pelos traos

  • mLangeAzad

    J MansardoProfisso: Arquiteta e Urbanista Tempo de Night e Cia: 1 ano

    www.azad.com.br

    perfeitos, pela diversidade de detalhes, pelo mundo de Dal. Sem querer suas obras te prendem, te seduzem, te abduzem. So tan-tas histrias, sentimentos, loucuras. Quantas pessoas se perderam ao invadir a faixa ama-rela de segurana das obras, desrespeitando a distncia permitida, sem ao menos notar o que estavam fazendo. Dal foi um gnio, um cone do Surrealismo.No final da mostra uma das coisas mais ba-canas e interativas ainda est por vir! Voc

    ter a oportunidade de fazer parte de uma rplica da Sala Mae West. A ideia se es-parramar no sof-boca e, com a ajuda de um espelho estrategicamente posicionado, cap-turar com a cmera o efeito de rosto que o conjunto sof-quadros-lareira da obra pro-porciona. A instalao uma homenagem a Salvador Dal e sua musa inspiradora Mae West, atriz norte-americana que fez sucesso nos anos 1920 e por cuja boca carnuda o pin-tor teria se fascinado. Sensacional!

    SALVADOR DAL | CCBB RIO DE JANEIRO30 DE MAIO A 22 DE SETEMBRO (DE-

    POIS SEGUE PARA SO PAULO)DE 9H S 21H | ENTRADA FRANCA

    CLASSIFICAO LIVRE

    43

  • 44

    CHIQUE!INVERNO

    EU SOU MANOELLA DESCHAMPS E A PARTIR DESTA EDIO VOC

    TER A MINHA COMPANHIA TODOS OS MESES AQUI NA REVISTA NIGHT E CIA.

    Primeiramente, quero me apresentar. Tenho 27 anos e sou formada em Jornalismo seguido de uma especializao em Consultoria de Moda. O mundo fashion passou a ser minha paixo desde os 16 anos, quando me tornei modelo. J a faculdade deJornalismo veio para me mostrar que escrever sobre Moda era a profisso que eu queria para minha vida. Tenho dois blogs: um sobre moda Bubbleupstyle.com e outro sobre Culinria e comportamento comerevestir.com, trabalho com mdias sociais, e ainda escrevo para alguns jornais. Espero que gostem do meu espao nessa edio!

    I SAY HELLO!

    Elegncia e inverno caminham lado a lado, frase que muitas

    fashionistas podem provar na estao mais fria do ano. Saem

    as blusas mais bsicas, entram os casacos e combinaes mais clssicas e chiques. Mesmo

    para quem adepta de um estilo mais cool, o inverno permite sobreposies que elevam a

    produo a outro nvel.INVE

    RNO

    CHIQ

    UE!

    O comprimento aumentou e a saia mdi deixou de ser uniforme de trabalho para se tornar pea desejo a ser usada em eventos mais descolados, happy hours e por que no, baladas? Para o look no ficar to caricato, apostar nos acessrios essencial. A dobradinha t-shirt ou camisa + saia mdi aposta certa para quem no tem medo de ousar.

    SAIA MDI

    FASHION

  • 45

    over

    the k

    nees

    Outro item bastante comentado, e que ainda causa frisson na mulherada, so as botas over the knees. Elas voltaram com tudo e mais um pouco, e desfilam nos ps das mulheres com muita

    atitude. Porm, cuidado! Existe uma linha bem pequena entre o sensual e o vulgar, fique atenta para no ultrapassar os limites

    do bom senso. Invista na bota da mesma cor das calas, e se for us-las com shorts, no esquea da meia cala. Na parte de cima,

    camisa para looks mais chiques, e trics para looks despojados. No tenham medo de ousar e experimentar peas novas, o inver-no permite produes elegantes, contanto que no fujam ao seu

    estilo, ok? Preparadas para os dias mais frios?

    OS CONJUNTOS, J EM ALTA H ALGUMAS ESTAES, VEM

    RENOVADOS, EM ESTAMPAS COMO O PIED DPOULE

    SEGUIDA DA TRADICIONAL DUPLA PRETO&BRANCO. PARA

    INOVAR BASTA ACRESCENTAR UMA PITADA DE COR E VOIL, VOC

    GANHA UMA PRODUO CHIQUE, MAS DESCOLADA, E CLARO, SEM

    PERDER SUA ESSNCIA.

  • ZAHI

    cuLt

    Revelao entre as marcas que se destacam em Santa Catarina, a Zahi traz neste inverno peas confortveis e versteis. As queridinhas da estao so as calas flare, inspiradas no estilo boho chique foram a grande aposta da marca. No toa que a Zahi - leia-se Jana Moi e Bruna Kleiman- j est no mercado h dois anos.

    BAZARDOIS DIAS DO MS DE JULHO ESTO RESERVADOS PARA O BAZAR ITINERANTE

    Acontecer nos dias 19 e 20 - sbado e domingo - o Festival de Inverno do Bazar Itinerante. Sero mais de 30 expositores comerciais de marcas regionais, com produtos exclusivos. Tambm ter msica ao vivo, oficina de arte, poesia, teatro, fotografia e exposies.

    O evento ser no Passeio San Miguel, em Balnerio Cambori, na Av. Brasil 3322. Barra Sul.

    Horrio: 14:00 s 22:00Estacionamento prprio.

    EDIES ANTERIORES DO BAZAR ITINERANTE

    E AS IDEALIZADORAS DO EVENTO

    NAIRA DEMARCHI E MARTHINA HANEMANN

    46

    ITINERANTE

  • 47

    A parceria entre a 3Galeria e o Lote84 resultou numa movimentao em prol da arte denominada Mutarte. O objetivo reunir diferentes artistas num nico evento. Alm da exposio, tambm haver venda de arte, oficina de colagem, poesia, msica.

    O Lote84 um espao que envolve estdio, fotografia e galeria. Alm de fins comerciais, aqui que se concen-tram artistas que buscam na arte a sua profisso. O Lote84 sabe equilibrar projetos comerciais e autorais com movimentos artsticos. Vale lembrar que este foi o lugar escolhido pela revista Night e Cia para pro-duzir as fotos dos colunistas - ou colaboradores como preferir chamar. Super recomendamos pela competn-cia da produtora e fotgrafa Luciana Siebert e pelo ambiente confortvel e pela estrutura oferece.

    O Mutarte acontecer dia 6 de julho, s 10 horas da manh com trmino s 20 horas.

    O Lote84 fica na Praia dos Amores, Rua Ernesto G. Mais informaes com Luciana Siebert: 47 9996-2584.

    ARTE E ARTISTAS (ESQ-DIR): GUSTAVO

    SANTOS SILVA, GUSTAVO DIB

    HYNDIRA BORBA

    cuLt

  • 48

    COOL

    OXYGENIUM

    Primeiramente, fale um pouco sobre o que

    antecedeu o Oxygenium.

    A ideia de lanar um set comemorativo exigiu um pouco de preparao, como por exemplo, fazer um ensaio fotogrfico para garantir a divulgao do material e tambm ilustrar a capa, que era algo que faria a diferena. Tive a sorte do lanamento coincidir com um perodo de Casa Cor e de agenda livre do Marcinho Al-bani, que caprichou nos cliques. A arte da capa da Anexar Design. O ensaio foi todo rodado no Loft 44, ambiente premiado dos designers Moacir Shcmitt Jr e Salvio Jnior.

    Em que este set se diferencia dos anteriores?

    Todo novo set traz um novo gs. Os gneros

    O JORNALISTA E DJ TON ANTONY EST DE SET NOVO. OXYGENIUM MARCA OS CINCO ANOS DE CARREIRA DE TON COMO DJ E O STIMO MATERIAL

    LANADO EM SOUNDCLOUD.COM/TONANTONY. PARA CELEBRAR A MARCA, ELE PREPARA PARA JULHO O LANAMENTO DESTE SET EM CD, COM A

    PROMESSA DE UMA VERSO EXCLUSIVA PARA A COMPILAO. CONVERSAMOS COM TON SOBRE AS EXPECTATIVAS DESTE NOVO TRABALHO.

    vo se aprimorando e as tendncias musicais seguem novos rumos. Em Oxygenium recorri ao bom e velho deep house, em associao a gneros como o indie-dance. A grande dife-rena deste trabalho que ele no preten-sioso. No fiz para agradar ningum seno a mim. Penso que aps cinco anos de carreira conquistei este direito. uma oportunidade para as pessoas escutarem algo novo. Algo de que gosto.

    Aonde voc pretende chegar com Oxygenium?

    Pretendo voltar aos big clubs da regio e seguir tocando nos inferninhos, que so os clubes fechados. Mas pretendo chegar alm de Santa Catarina desta vez. Paran e So Paulo tam-

    bm esto tambm na minha lista. Devo estender a divulgao a estes dois estados, que tm boas pistas de dana e merecem receber os grooves de Oxygenium.

    E quanto ao CD?

    A exemplo do que aconteceu com meu set Slow E-Motion, optei pelo CD para en-tregar a alguns promoters e para o pblico em geral durante minhas apresentaes. Ainda estou estudando uma data e gig para o lanamento oficial.

    FOTOS MARCINHO ALBANI

  • 49

    SRIES

    SUCESSO DA BBC AMERICA PROTAGONIZADO POR TATIANA MASLANY RETORNA COM NOVOS PERSONAGENS. SAIBA O QUE ESPERAR.

    ORPHAN BLACK

    nanimidade entre os crticos norte-americanos, Orphan Black tinha tudo para dar errado: uma srie obscura, de um canal poucoU

    conhecido, com uma trama um tanto quanto inusitada. Mas a pri-meira temporada provou justamente o contrrio. O hit que colocou Tatiana Maslany em sete papis diferentes no ano passado volta hoje com mais 10 episdios, e promete novos clones, novas histrias e revelaes inesperadas. Em entrevista ao TVLine, o co-criador da srie Graeme Manson deu algumas dicas sobre o que ser abordado na nova temporada. Surpresas para Sarah (Tatiana Maslany) e Felix (Jordan Gavaris) esto a caminho! Para Manson, nada est realmente fora dos limites. Mas ser que os rumores dos fs esto certos e Felix o monitor de Sarah? Nada est decidido: Suas origens e seu passado ainda esto em aberto, afirma seu intrprete, Jordan Gavaris.Embora a performance de Maslany seja amplamente elogiada, no humanamente possvel que ela interprete sozinha todos os per-sonagens da srie. Michelle Forbes (Chicago Fire, The Killing) far uma participao no final da temporada. Manson no d detalhes quanto ao seu papel, mas ela seruma espcie de Dr. Leekie. Outro ator que est ansioso Patrick J. Adams. F confesso da trama, ele no parou de expressar em seu twitter o quanto estava apaixona-do pela srie, at que conseguiu sua participao. Por fim,Michiel Huisman (Game of Thrones, Nashville), promete dar trabalho para os clones.

    Quanto s surpresas da temporada, Graeme promete momentos divertidos, e muitas reviravoltas. Felix estar mais em foco: A vida amorosa dele est muito prxima aos temas da srie, em termos de sexualidade humana, biologia e natureza. controversa, e no deveria ser. Ns queremos deixar as variaes da sexualidade existirem como elas so, finaliza. A segunda temporada ainda no tem previso de estreia no Brasil, mas a primeira est in-teiramente disponvel no Netflix.

  • 50

    O visual aqui tem boho, tem gypsy.

    Ou seja, possui diversas influncias,

    que passam pelo hippie,

    tnico, country, romntico

    e formas vintage. um mix

    ecltico de cores, estampas e objetos

    FASHION

  • 51

    ROUPAS, CHAPU, ANIS E PULSEIRAS PRATA ACERVO. COLAR, BRINCO E PULSEIRAS DE COURO

    BIANCA JACCOTTET DESIGNER DE JIAS

  • 52

    VESTIDO, CINTO, ANEL BEGE E COROA DE FLORES ACERVO. PULSEIRAS, COLAR DE PEDRA E ANEL MARROM BIANCA JACCOTTET DESIGNER DE JIAS

  • ANIS, REGATA E BRINCO DE PENAS ACERVO. COLAR E ANEL DOURADO DEDO MINDINHO BIANCA JACCOTTET DESIGNER DE JIAS, QUIMONO MUSH PURPLE

  • 54

    O estilo gypsy originrio de cls ciganos.

    Por serem de natureza nmade, fica difcil

    classificar a regio geogrfica, mas no se

    pode negar que as cores vivas marcam presena

    em todos os cls deste povo.

    Tambm conhecido como boho chic, o boho vem de Bohemian of Soho,

    movimento francs da dcada de 20, no qual um grupo de

    intelectuais acreditava na mistura da moda e da arte. Nas dcadas de 1960

    e 1970, o movimento tomou fora no bairro do Soho, em Londres.

    O estilo mistura o hippie chic, que um visual sessentista, com o bomio

    e elementos tnicos.

  • 55

    ANIS, CINTO E BOTA ACERVO. BRINCO, COLAR E PULSEIRAS BIANCA JACCOTTET DEISGNER DE JIAS, CALA, TURBANTE E T-SHIRT MUSH PURPLE

  • 56

    FOTOGRAFIA E TRATAMENTO: MAULOA FOTOGRAFIA MODELO: EDUARDA STARKE (AGNCIA DONAIRE) MAKE E HAIR: PAULA LIMA PRODUO DE MODA: RENATA TACCA LOCAO: DUNAS DO SIRI, GAROPABA - SC

  • 57

    ANIS, CINTO E BLUSA CROCH ACERVO. BRINCO, PULSEIRAS E COLAR BIANCA JACCOTTET DESIGNER DE JIAS, CALA MUSH PURPLE

    ANIS ACERVO. BRINCO, COLAR E PULSEIRAS BIANCA JACCOTTET DESIGNER DE JIAS, VESTIDO MUSH PURPLE

  • 58

    ENTREVISTA

  • 59

    VIDAselvagem

    NO LIVRO A AMAZNIA SELVAGEM DE RICHARD RASMUSSEN,

    O FOTGRAFO MARCIO LISA REGISTRA MOMENTOS INCRVEIS

    NUMA DESTEMIDA AVENTURA

    TEXTO JOSIE MENDES FOTOS MARCIO LISA

  • 60

    uem conhece um pouco da vida de Richard Rasmussen sabe da sua cora-gem em desbravar o mundo selvagem.

    Como surgiu a ideia do livro?

    Nosso arquivo fotogrfico gigantesco. Pratica-mente desde o incio de minha jornada na TV eu dei importncia a fotografia, mesmo no sendo o meu ganha po, j que meus contratos so de vdeo. A fotografia um investimento a longo prazo. Depois de voltarmos desta viagem histri-ca para a equipe, gravando para dois canais de TV (National Geographic e SBT), muito extensa e cansativa (6 meses de captao praticamente in-interruptas), Marcio e eu conversamos muito e de-cidimos que seria um desperdcio no abrir este banco de imagens e experincias para o pblico que nos assiste. A editora Photos acreditou no pro-jeto apesar de livros serem difceis de vender nos dias de hoje. Aproximadamente quantas foram feitas no total

    e quantas foram selecionadas?

    Bem, esta foi a dedicao de Marcio, que filtrou as mais de 20.000 fotos feitas neste perodo. Tive muita pena dele... Qual o principal objetivo das expedies? Voc

    conseguiu retratar no livro?

    O livro tem a capacidade de abrir discusses e pon-tos de vista que nossos programas no conseguem abordar. um prazer poder trazer estes pontos de vista desta forma mais completa. Como foi a escolha da incrvel foto da capa?

    Foi ideia de Marcio. A editora acreditava que eu deveria aparecer sob ponto de vista comercial adicionado de um animal, mas para o rosto apa-recer, teramos de usar algo mais fechado. Algo mais fechado no iria privilegiar o ambiente tema do livro. Logo concordamos com uma imagem que atendia todos os requerimentos: mostrava o meu rosto que estava com um animal, ao mesmo tempo dentro de um rio, privilegiando o ambiente amaznico que tem na gua sua grande caracte -rstica

    qAs aventuras dele foram registradas pelo fot-grafo Marcio Lisa. Foram mais de vinte mil fotos feitas de julho a dezembro de 2012. Os bastiores da destemida aventura esto registrados no livro A Amaznia Selvagem de Richard Rasmussen.

    Descreva um dos momentos mais legais

    da viagem.

    So justamente aqueles escolhidos para compor este livro. Imaginem que em seis meses tivemos diversas opor-tunidades, justamente as melhores es-to neste livro. inevitvel no tocar no assunto da

    preservao da Amaznia. Voc estava

    l e pode ver isso de perto. Em sua

    opinio, a Amaznia est em perigo?

    Ainda esta muito ameaada mas o sta-tus quo melhorou muito. Ainda acredi-to em uma Amaznia preservada Passou por algum perrengue?

    Xi, vrios! Muito mais do que eu gostaria mas menos do que os telespectadores querem ver! Alguns esto descri-tos nas historias do livro. Se voc fosse um bicho, qual gostaria de ser?

    Um quelnio, uma tartaruga, que pode viver mais de 100 anos!!! Adoro a oportunidade de viver! Qual a mensagem que voc deixa aos jovens sobre

    conscientizao do meio ambiente?

    Sem muita poesia, bem franco e direto: este o seu pla-neta, so vocs que vo ter de viver nele. Ns, seus pais, j estaremos mortos. Cuidar do planeta simplesmente cuidar de si mesmos.

    O LIVRO UM LANAMENTO DA EDITORA PHOTOS E TER NOITE DE AUTGRAFOS NO DIA 21 DE JULHO, S 19H30, NO BEIRAMAR SHOP-PING, EM FLORIANPOLIS, COM A ILUSTRE PRESENA DE AMBOS.

    ENTREVISTA

  • 61

    H quanto tempo fotgrafo?

    A fotografia surgiu na minha vida quando tinha 12 anos atravs de meu pai. Foi com ele, que trabalhava nos finais de semana como fotgrafo de casamento, que iniciei aju-dando a iluminar altares de igreja, batizados e sales de festa. Comecei com a fotografia subaqutica e de natureza em 2003 e em 2010 troquei uma bem sucedida carreira de execu-tivo na rea de tecnologia para me dedicar ex-clusivamente fotografia de natureza. Como surgiu a amizade com o Richard?

    Conheci Richard atravs do cinegrafista sub Aldo Thomaz Jr durante um mergulho em Ubatuba em 2008. Em 2011, fizemos nossa pri-meira viagem juntos. O que voc mais observou durante a viagem?

    O problema do desmatamento chamou muito a minha ateno. Apesar de estar bem preser-vada em alguns estados, em outros voc per-corre dezenas de quilmetros de estrada ven-do apenas plantaes de soja e milho e pastos dos dois lados da estrada. Encontramos mui-tos animais mortos por atropelamento tam-bm. Uma coisa ouvir sobre o desmatamen-to na TV, outra ver na prtica quanta floresta j foi derrubada. Quanto tempo durou e quando foi?

    Foram 6 meses de viagem: de Julho a dezem-bro/2012. Qual o bom retrato?

    Aquele que consegue passar emoes e trans-portar o observador para o instante em que ele foi feito.

    Havia um cenrio pronto e colorido para foto-

    grafar, mas tiveram que contar com o clima.

    Isso foi um desafio?

    Na Amaznia chove muito! Alm de termos que lidar com essa varivel, a humidade um grande problema para os equipamentos.

    oi atravs do olhar do fotgrafo Marcio Lisa que a aventura de Richard se tor-nou um livro. Eles se conheceram du-f

    rante um mergulho em 2008. Desde ento emoes, viagens e fotografias estiveram junto nesta grande amizade.

    Como trabalhar com o Richard?

    No dia a dia ele exatamente aquilo que vemos na tv. Richard possui um conhecimento incrvel da nossa fauna e, na grande maioria das vezes, sabe exatamente o que est fazen-do. Sinto-me totalmente seguro, quando ele diz, por exemplo, que posso colar numa ser-pente para fotografar. Mesmo que estejamos falando de um bicho peonhento numa regio bastante remota. O que voc mais gostou desta experincia?

    Conhecer e fotografar na Amaznia com a profundidade que fizemos. J havamos es-tado na Amaznia em anos anteriores, mas desta vez a experincia foi bem mais densa e enriquecedora.

    ENTREVISTA

  • 62

    COQUETEL

    Um evento super especial foi realizado

    pela Tati Vog. Com a ilustre presena de todas as clientes e da miss Itaja Bruna Souza. Confira!

  • 63

  • 65

  • 66

    PARTY

  • A noite de sexta, 20 de junho estava super especial no tem-plo da msica eletrnica. Os nomes Seth Troxler e Mano Le Tough estavam na lista dos mais aguardados. O ameri-cano Seth Troxler, que est h mais de uma dcada por trs das pick ups, tem em sua msica caractersticas do techno e house music. Mano Le Tough traz o equilbrio en-tre canes e faixas de pista que o torna um dos nomes mais distintos da cena ele-trnica de Berlim.

    Os residentes Renato Ra-tier e Albuquerque tambm marcaram presena, alm de Alex Justino e Thiago Schlemper.

    67

    FOTO

    S EM

    ERSO

    N TO

    UCH

    | IM

    AGE C

    ARE

  • PARTY

  • As atraes j esto confirmadas para o Winter Festival! Entre os principais nomes esto Robert Babicz

    (ALE), Danny Avila (ESP, Lovebirds (ALE) e Norman

    Doray (FRA). Por aqui confira os melhores

    momentos de junho!

    69

    FOTO

    S ADR

    IEL D

    OUGL

    AS

  • 70

    PUB

    O Greenwich Pub recebeu no ms de junho

    a ilustre presena do Raul Seixas cover. Teve ainda Scarlett,

    Vintage Cult e muito mais!

  • PARTY

    72

    Futebol tambm tem por aqui! Na Shed a diverso garantida. E durante o ms de junho festas temticas

    foram realizadas, com direito a show naciomal na

    trilha sonora.

  • 74

    PARTY

    No dia 18 de julho acontece a festa de aniversrio de 4

    anos do melhor bar do Brasil. Lanamento oficial do novo

    Sushi Bar Jun Daiti, novo Drink Bar Ketel One e do novo cardpio criado pelo prodgio

    Chef Dudu Poerner.

  • PARTY

    76

    O Woods preencheu o ms de junho com grandes shows nacionais. Destaque para as duplas Joo Lucas e Marcelo,

    Marcos e Belutti e Lo Rodriguez.

  • 78

    PARTY

    Autntico Pub Australiano. assim

    que o Didge chamado por aqui. Um lugar com

    uma gastrnomia incrvel que possvel aproveitar

    confortavelmente com um show ao vivo.

  • 80

    PARTY

    O ms por aqui foi de tequila! A tradicional

    bebida mexicana animou ainda mais a noite na WS!

    Confira o site nightecia.com.br a programao

    completa e no perca mais uma festa!

  • 82

    PARTY

    Mdico, psiquiatra, psicoterapeuta e escritor de

    vrios best-sellers, Augusto Cury esteve no Marias, em Cambori, no

    dia 4 de junho. Como palestrante, viaja o pas atualmente com Em

    Busca do Sentindo da Vida, conversa que aborda o funcionamento da

    mente, o processo de construo do pensamento e reflexes sobre ns

    mesmos e a vida.

  • 83

  • 8484

    GOURMET

    A culinria japonesa sempre um bom motivo para reunir os amigos. E

    no Brava Sushi tem espao, qualidade e conforto. Fique ligado na fanpage, l tem

    promoes super bacanas!

    84

  • GOURMET

    Tequila e pimenta. Salsa e Merengue.

    Alegria y Divercin. No Guacamole tem tudo isso sempre! Arriba!

    86

  • GOURMET

    Sabia que o Sushi Ya faz entrega na sua casa?

    Sim! Com a qualidade garantida! Se der aquela

    preguicinha de sair de casa, liga aqui!

    88

  • GOURMET

    O ms de junho foi super romntico por aqui.

    Coraes apaixonados ilustram a pgina do Japa Temakeria e mostram que

    o amor est no ar!

    90

  • Sempre fresquinho e saboroso, o Kawaii Sushi traz deliciosa culinria japonesa. E o clima de romance estava no ar do

    dia 12 de junho.

    92

    GOURMET

  • GOURMET

    Uma vez por ano, o Cabral da Ilha apaga as

    luzes para servir o romntico jantar a luz

    de velas. A decorao estava super bonita e o ambiente

    especialmente preparado para os casais apaixonados.

    96

  • 98

    Casa Revol tem todo o sabor da cultura

    contempornea. Um novo conceito em Gastro

    Lounge. Alem do mais novo cardpio de outono/

    inverno, com novidades como risottos e massas, a

    Casa Revol apresenta arte, msica, conforto. Num s

    lugar!

    GOURMET