Revista Night e Cia - Junho 2016

  • Published on
    31-Jul-2016

  • View
    220

  • Download
    6

DESCRIPTION

Revista Night e Cia - Junho 2016

Transcript

  • JUNHO 2016 1

    FREE MAGJUNHO 2016

    N.339

    Pra ser pop basta

    encontrar prazer

    no cotidiano

    O AMANH

    AGORA

    NO TEMOS TEMPO

    Love is in the air:

    Cidade flutuante

    Nossa Toca bomba com

    primeiro single

    autoral

    Rafael Frietzsche d o gostinho do que o Oasis of the SeasToda a ma

    gnitude

    do novo

    carto-posta

    l

    do R io

    inspire-se nas declaraes de amor dos famosos

  • JUNHO 20162

  • JUNHO 2016 3

  • JUNHO 20164

  • JUNHO 2016 5

  • JUNHO 20166

  • JUNHO 2016 7

  • JUNHO 20168

  • JUNHO 2016 9

  • JUNHO 201610

  • JUNHO 2016 11

  • JUNHO 201612

    A

    EDITORIAL

    EXPEDIENTE

    Junho2016

    .com.brwww.

    DEPTO COMERCIAL REVISTA E SITE NIGHT E CIA

    ADRIANO SOUZA . 47 8819 9597

    adriano@nightecia.com.br

    FERNANDO DA SILVA . 47 8433 8497fernando@nightecia.com.br

    SNIA ANVERSA . 47 8405 9681nightecia@terra.com.br

    TIRAGEM8.000 exemplares

    DISTRIBUIOBalnerio Cambori, Blumenau,

    Brusque, Gaspar, Indaial, Ilhota, Itaja, Itapema, Navegantes e Porto Belo.

    Publicao BT EditoraRua Anita Garibaldi, n 425 - Centro

    Itaja - 47 3344 8600

    www.nightecia.com.br/revistas

    Site

    Revista

    Chegamos metade do anolegre-se. Enfim, chegamos ao fim do primeiro semestre deste 2016 to carregado de notcias pesadas sobre economia, po-ltica e muitas mazelas do mundo... Em breve ser julho e da

    para o fim do ano, de fato, um pulinho. Nossa torcida por mais boas notcias nos jornais no ano que vem.

    Mas, no porque o mar no est l muito para peixe que voc vai deixar a peteca cair, certo? Por falar em boa notcia devemos lem-brar que estamos no ms mais romntico do ano e se voc ainda no tem ideia do que fazer para declarar seu amor, remexemos o ba Instagram atrs de exemplos que podem lhe ser teis.

    Inspire-se nos casais famosos e capriche na declarao pblica neste 12 de junho. Se voc faz o tipo reservado no h problema, faa uma surpresa. Temos certeza de que seu amor vai adorar. Para quem ainda est em busca da cara metade, ou simplesmente est de boa curtindo a prpria companhia, fique de olho no que est por vir para as telonas.

    Ligados em tudo o que est bombando, nossos colunistas trazem as ltimas novidades em moda, entretenimento, sade e bem-es-tar. A coluna das meninas da Reuse est imperdvel e com uma dica para deixar seu guarda-roupa longe das armadilhas do mundo fashion.

    Tambm temos uma entrevista super especial com o jornalista, hu-morista, locutor, reprter e pai Marcos Piangers. Ele esteve em Itaja para uma conversa sobre o tema de seu livro O papai pop. Pa-lestrou no Centreventos da cidade sobre como ser um pai partici-pativo delicioso e, acima de tudo, no tarefa exclusiva das mes. O comunicador tambm contou tudo sobre a leveza de seu cotidia-no com as filhas Anita e Aurora, alm dos desafios da carreira com o que est por vir aps o sucesso do livro.

    Nas curtinhas o que bombou na Internet, positivamente ou no, e uma tcnica que deixa bolos com ares de escultura.

    ps: minha declarao de Dia dos Namorados est neste editorial

    Coordenao de Jornalismo Marjorie Basso

    ReportagemKarine Mendona

    jornalismo@nightecia.com.br

    Diretor GeralCarlos Bittencourt

    Diretor Wagner Bittencourt

    CapaLeandro Francisca

    FotoCludio Fonseca

    Direo de ArteLeandro Francisca

    COLABORADORESAndr Husher, Carla Costa, Dani Rebelo (Reuse Ideias),

    J Mansardo, Manoella Deschamps, Sheila Rosa, Rafael

    Fritzsche.

    Web MasterAndr Canes Braga

    Saulo Lopes

    FOTOSFelipe Dantas, Guma Miranda,

    Luiz Henrique Tozetto, Mariana Haag, Pedro G. da Rosa,

    Thiago Machado e Vinicius de Oliveira

    LeandroMarjorie Karine

    Esta revista no se responsabiliza pelas opinies emitidas em artigos assinados.

  • JUNHO 2016 13

    Balnerio estuda implantar sistema de bike compartilhada 36

    Itajaiense estreia no YouTube com o p esquerdo

    J sabe o que fazer neste Dia dos Namorados? Confira as homenagens das celebridades no Insta

    20 Toda a arquitetura modernista do Museu do Amanh no Rio

    Conhea o autor do hit catarinense Aumenta o Som

    SUMRIO

    36 3728 4424 Entenda os males e adversidades dos alimentos transgnicos 48 Jornalista, palestrante e pai: trocamos uma ideia com o papai mais pop da atualidade

  • JUNHO 201614

  • JUNHO 2016 15

  • JUNHO 201616

    FOTO

    LUCI

    ANA

    SIEBE

    RT

    PUBLICITRIAS

    reuseideias.com.br

    Carla Costa e Dani Rebelo

    reuseideias

    virando Moda o de hoje que a moda flerta com solues mais sustentveis para suas criaes. Uma das indstrias mais poluentes e, a menos que voc seja naturista, sem a qual no se vive sem. Motivos para a moda se repensar vo alm da poluio de seus processos, passam at pela escravido que pensvamos h mui-to extinta. Diversas marcas famosas j foram

    pegas com fbricas clandestinas e milhares de subempregados em pssimas condies de trabalho. Hoje mais de 30 milhes de pessoas ainda so escravas e podemos seguramente afirmar que boa parte desse nmero pode ser atribudo indstria da moda. Outra razo para o momento de questionamento a fonte de ma-tria-prima. Produtos com origem animal passam a ser mal vis-tos e at mesmo desnecessrios tendo em vista as alternativas j existentes e na maioria das vezes mais eficientes. Isso sem esque-cer de mencionar o prprio consumismo desenfreado promovido pelas marcas e mdia que a cada estao ditam no sei quantas peas e acessrios que voc no pode viver sem. Na contramo, estamos por dentro de iniciativas que nos fazem acreditar que temos uma nova conscincia fashion emergindo das profundezes disso tudo e queremos compartilhar com voc:

    SustentabilidadeSustentabilidade

    A atriz, eterna Hermione de Harry Pot-ter, declarou recentemente que em to-das as suas prximas aparies usar roupas com apelo sustentvel seja nos seus materiais ou por reuso. No baile do Met deste ano ela arrasou numa criao super estilosa da marca Calvin Klein com tecido feito de garrafas pet.

    Emma Watson musa Reuse

    COLABORADORES

  • JUNHO 2016 17

    Fora de sua marca prpria desde o incio do ano, Herchcovitch apresentou seu mais novo projeto na ltima semana de moda de So Paulo. Trata-se da marca L Gar-onne, em sociedade com seu marido Fbio Souza, que comeou como um brech, de-pois passou a ser uma loja de mveis vin-tage e agora lana uma coleo prpria de roupas com tecidos resgatados de colees passadas que estavam guardados e peas sem estao definida.

    Sustentabilidade

    O app brasileiro Moda Livre avalia os principais gru-pos varejistas de moda em atividade no pas, alm das empresas em que a produo de roupa foi marca-da por casos de trabalho escravo flagrados por fiscais do Ministrio do Trabalho e Emprego (MTE) e lista para voc ficar por dentro. Assim, antes de comprar roupas novas voc pode optar por marcas que esto de fora dessa lista e at mesmo saber se a sua grife favorita cumpre com todas as suas obrigaes traba-lhistas. Afinal, voc tem o poder de escolha!

    Aplicativo pela liberdade

    Sustentabilidade na SP

    Fashion Week

    No sei voc, mas a gente adora um achado a preo de ba-nana. D at um prazer em exibir a sua conquista por a, dizendo pra todo mundo que pagou uma bagatela naquele brech amigo de sempre. Mas no s a gente, recente-mente a atriz Olivia Wilde afirmou que graas s figuri-nistas da srie-hit Vynil da HBO ela aprendeu a comprar em brechs e passou a se render aos garimpos. A atriz inclusive chegou a dizer que deveramos comprar coisas que j existem por a ao invs de tentar produzir tudo em massa. Alm disso, muito mais legal comprar uma pea de roupa que tem uma histria. Sabe quem mais faz coro com ela? Angelina Jolie, Drew Barrymore e nas ban-das de c as brasucas Luana Piovani, Wanessa Camargo e Fernanda Lima.

    Garimpo esperto

  • JUNHO 201618

    @carmensteffens

    CarmenSteffensOnline

    AIX-EN-PROVENCE BUENOS AIRES CANNES JOHANNESBURG HOLLYWOOD LAS VEGAS NICE ORLANDO PUNTA DEL ESTE RIO DE JANEIRO SO PAULO

    CALADOS ROUPAS E ACESSRIOSAVENIDA BRASIL, 1485 | BALNERIO CAMBORI - RS

    550 LOJAS - 18 PASES

  • JUNHO 2016 19

    @carmensteffens

    CarmenSteffensOnline

    AIX-EN-PROVENCE BUENOS AIRES CANNES JOHANNESBURG HOLLYWOOD LAS VEGAS NICE ORLANDO PUNTA DEL ESTE RIO DE JANEIRO SO PAULO

    CALADOS ROUPAS E ACESSRIOSAVENIDA BRASIL, 1485 | BALNERIO CAMBORI - RS

    550 LOJAS - 18 PASES

  • JUNHO 201620

    ARQUITETA E URBANISTA

    joseanemansardo@gmail.com

    J Mansardo

    jomansardo

    FOTO

    LUCI

    ANA

    SIEBE

    RTCOLABORADORES

    ESPAO PROMETE MUDAR A ZONA PORTURIA DO RIO DE JANEIRO

  • JUNHO 2016 21

    ma das atraes tursticas mais recentes do Rio De Janeiro o Museu do Amanh, que im-pressiona pela sua arquitetura e pelas expe-rincias sensoriais oferecidas aos visitantes.

    Inaugurado em dezembro de 2015, a visita ao espao um convite para refletir sobre o futuro. Com mostras temporrias e exposies de longa durao, h tam-bm espaos interativos como um museu de cincias que explora as possibilidades de construo do futuro.A arquitetura inovadora assinada pelo arquiteto espa-nhol Santiago Calatrava foi inspirada nas bromlias do Jardim Botnico. No interior do museu, zonas intera-tivas, uma sala de cinema 360 graus e um Churinga pea das antigas civilizaes aborgenes australianas que representa todo o conhecimento e uma espcie de conexo entre passado, presente e futuro. Tambm foi construdo um auditrio com instalaes adaptadas para portadores de deficincia com quase 400 lugares, um salo de exposies com 600 m e um restaurante com vista panormica.Toda a preocupao e o comprometimento com o futuro esto presentes no projeto de design arrojado do Mu-seu do Amanh que privilegia, por exemplo, a entrada de luz natural em todo o edifcio. Alm disso, a gua da Baa de Guanabara empregada na climatizao das reas internas e reutilizada no espelho dgua.O museu uma das principais ncoras do Porto Mara-vilha, o projeto de revitalizao da regio porturia do Rio, e uma parceria da prefeitura do Rio e da Funda-o Roberto Marinho, tambm responsvel pelo Museu de Arte do Rio (MAR) e do Museu da Imagem e do Som (MIS).

    HORRIO DE ENTRADADe tera a domingo, 10h - 17h.O encerramento das filas pode ocorrer at quatro horas antes do fechamento da bilheteria e est sujeito a mudana diaria-mente, sem aviso prvio.O Museu fecha s segundas.

    INGRESSOSR$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).s teras, a entrada gratuita.Bilhete nico dos Museus (Museu do Ama-nh + MAR):R$ 16 (inteira) e R$ 8 (meia)http://www.museudoamanha.org.br/

    U

  • JUNHO 201622

    FOTO

    : ARQ

    UIVO

    PESS

    OAL

    EMPRESRIO

    Rafael Fritzsche

    rafael_fritzsche

    COLABORADORES

    Rafael Fritzsche

    OASIS

    Cruzeiroa bordo do navio

    Viajar a bordo em um dos maiores navios do mundo uma experincia inesquecvel. Contaremos a partir desta edio o itiner-rio realizado a bordo do navio Oasis of the Seas, da Royal Carribbean que navegou pelo Caribe passando por Fort Lauderdale (Flrida), Nassau (Bahamas), Charlotte Amalie (St. Thomas) e Philipsburg (St. Maarten). Mas primeiramente nesta edio vamos contar sobre o navio, que um espet-culo por si s!O Oasis of the Seas um navio completo. Alm de ser um dos maiores do mundo, viajando nele possvel descansar, relaxar e realizar muitas atividades inte-ressantes, alm de descobrir lugares maravilhosos.Comeando pela sua estrutura, ele pesa 225,282 to-neladas, tem o comprimento de 1.186,5 ps e atinge uma velocidade de 22,6 ns. Possui 16 decks ou an-dares e neles possvel encontrar muita diverso na parte interna. Nas reas externas ento, a diverso fica mais radical!O navio dividido em bairros e possui 2.394 tripu-lantes que esto sempre prontos a servir quem est a bordo. Possui uma grande rea para esportes. Nela existe a opo de jogar basquete em uma quadra com dimen-ses profissionais, patinar no gelo ou escalar uma pa-rede de 13 metros de altura, ou melhor, duas. Alm das piscinas principal e esportiva. Para quem quer algo ainda mais excitante, que tal andar na tirolesa, que fica no topo do navio, suspensa a uma altura equi-valente a nove andares, com 25 metros de compri-mento? Se o passageiro cansar, ainda pode tentar dar uma de surfista em um dos dois simuladores de surf, os FlowRider.

    OF THE SEAS

  • JUNHO 2016 23

    Em relao gastronomia, o navio oferece uma va-riedade de opes. So 25 restaurantes que apre-sentam refeies para todos os tipos e gostos. A dica aqui verificar quais restaurantes esto includos no pacote da viagem, pois alguns so pagos parte, ou melhor, debitados na conta do navio, que opera por meio de um carto, que funciona como chave da cabine e como moeda de compra dentro do transa-tlntico. O navio pode ser considerado uma atrao prpria. Alm dos diversos bares temticos espalhados por todos os decks, possui lojas e galerias no Central Park, um mini parque de diverses onde h um carrossel na Boardwalk e ainda muita diverso e entretenimento no Entertainment Place.H diverso tambm para a crianada. Um parque aqutico chamado H2O Zone, o DreamWorks Ex-perience com os personagens preferidos de Shrek, Kung Fu Panda entre outros, o Berrio Royal Ba-bies & TotsSM e um cinema 3D.Alm disso, apresenta magnficos shows como o musical da Broadway, CATS, shows de patinao no gelo, shows de jazz ao vivo, clube da comdia, bar com karaok, DJs e muito mais. claro que no po-deria faltar o Casino Royale, onde se pode tentar a sorte no pocker ou na roleta!Uma atrao especial da parte externa o show de saltos ornamentais no AquaTheater. Este realmente imperdvel e a dica ao chegar ao navio, fazer sua reserva no mesmo dia, rapidamente, para garantir um lugar bacana para assistir ao show, pois ele se esgota rapidamente. A televiso que fica dentro das cabines alm de exibir filmes e outros programas, serve tambm como um meio de comunicao do passageiro com a central do navio. Por meio wdela possvel reservar passeios, restaurantes, servios, entre outros. Outra dica tambm no momento em que se che-gar ao navio j procurar pelos combos de bebidas que so vendidos com maiores descontos. Eles po-dem ser de vinhos, bebidas alcolicas e refrigeran-tes, sendo estes ltimos bem interessantes, pois possvel experimentar sabores de vrias partes do mundo. Uma ltima dica, mas no menos importan-te, verificar todos os passeios que o navio oferece durante suas paradas nos portos e praias e reserv--los, pois as vagas so limitadas. Acompanhe na prxima edio a partida do navio de Fort Louderdale, na Flrida.

  • JUNHO 201624

    FOTO

    LUCI

    ANA

    SIEBE

    RT

    NUTRICIONISTA

    Sheila Rosa

    sheilarosanutri

    COLABORADORES

    Eles esto presentes no dia a dia dos consumidores de todo o mundo h mais de 25 anos. S olhando voc no percebe a diferena entre um alimento trans-gnico e um natural. Mas eles so bem diferentes. Transgnicos (ou organismos geneticamente modifi-cados) so seres vivos criados em laboratrio a par-tir de cruzamentos que jamais aconteceriam na na-tureza. Com essa nova tecnologia, pode-se introduzir um gene de rato, de bactria, de vrus ou de peixe em espcies de arroz, soja, milho, trigo. Por exemplo, h soja com gene de bactrias e milho com gene de bac-trias e vrus. Muitos estudos e evidncias relacio-nam os transgnicos a impactos em nossa sade, no meio ambiente e na agricultura. A questo to grave que a Anvisa e o Ibama foram contrrios deciso da CTNBio Comisso Tcnica Nacional de Biosseguran-a de liberar os milhos transgnicos Liberty Link, da Bayer; MON810, da Monsanto; e Bt 11, da Syngenta. Mas o Conselho de Ministros (CNBS) desconsiderou os argumentos tcnicos dos rgos do Ministrio da Sade e do Ministrio do Meio Ambiente e apoiou a liberao dos milhos. Hoje no Brasil j existem soja e milho transgnicos autorizados para consumo. Por-tanto, para evitar o seu consumo, muito importante buscar a informao no rtulo dos alimentos.

    Levou dcadas para se confirmarem as evidncias de que os agrotxicos (venenos usados nas plan-tas) so ruins para a sade e o meio ambiente, es-tando associados ao desenvolvimento de cncer, impactos ao sistema neurolgico, reprodutivo e en-dcrino, entre outros males. No precisamos espe-rar anos e anos at que haja unanimidade sobre os impactos dos transgnicos. Alm das associaes com danos que j constam de pesquisas cientficas, outros tantos estudos demonstram que os transg-nicos esto sendo liberados sem que sejam previa-mente submetidos a rigorosas avaliaes de risco. Em geral, as autorizaes acontecem com base nas informaes das prprias empresas. Estudos so conduzidos pelas empresas donas das invenes e interessadas em sua aprovao. E ns somos apenas as cobaias

    DIGANO

    AOS

    Quando se insere um gene de um ser em outro, novos compostos so formados nesse novo orga-nismo, como protenas e amino-cidos. Se esse organismo mo-dificado geneticamente for um alimento, seu consumo ir desen-cadear processos alrgicos na po-pulao.

    Aumento das alergias

    TRA

    NSG

    NIC

    OS

    RISCOS PARA NOSSA SADE:

    O QUE SO TRANSGNICOS?

    O QUE AS PESQUISAS CIENTFICAS INDICAM?

  • JUNHO 2016 25

    muitas empresas alimentcias no que-rem informar ao consumidor se usam ou no gros transgnicos nos alimentos que vendem. As empresas de biotecno-logia, donas dos transgnicos, tambm so contra esse direito do consumidor. A regra era: usou transgnico, tem que informar. E valia para todos os alimen-tos, sejam eles in natura ou processados. Mesmo os alimentos originrios de ani-mais alimentados com rao transgni-ca como leite, ovos, carnes tm que ter um rtulo para avisar o consumidor com o smbolo T. Porm, a Cmara dos Deputados aprovou o projeto que acaba com a exigncia de afixar o smbolo de transgenia nos rtulos de produtos geneticamente modificados (OGM) destinados a consumo humano (milho, soja, arroz, leo de soja e fub). De acordo com o projeto, o aviso aos consumidores somente ser obrigatrio nas embalagens dos alimentos que apresentarem presena de organismos transgnicos superior a 1% de sua composio final, detectada em anlise especifica. Ento, sempre que possvel, consuma produtos orgnicos e prefira as marcas que informem ser o alimento livre de transgnico.

    Para saber se a modificao gentica deu cer-to, os cientistas inserem nos alimentos trans-gnicos genes marcadores, que podem ser genes de bactrias. O consumo desses alimen-tos pode conferir aos microrganismos que causam doenas nos seres humanos resistn-cia a esses medicamentos, ou seja, reduzir ou anular a eficcia dos remdios base de anti-biticos. Por essa razo, a Organizao Mun-dial da Sade (Genebra) a Organizao das Naes Unidas para Agricultura e Alimenta-o (Roma), a Comisso Europeia (Bruxelas) e diversos conselhos cientficos conceituados no recomendam o seu uso. Mesmo assim, existem transgnicos autorizados no Bra-sil contendo genes marcadores extrados de bactrias.

    Muitas plantas possuem substncias txicas para se defender de seus predadores, por exemplo, os insetos. As quantidades encon-tradas naturalmente, na maioria das vezes, no fazem mal. Micrbios tambm podem possuir substncias que matam insetos. No entanto, se o gene de uma dessas plantas ou de um desses micrbios for utilizado em um alimento, possvel que o nvel dessas toxi-nas aumente inadvertidamente e cause mal s pessoas, aos insetos benficos e a outros animais. Isso j foi constatado com o milho transgnico Bt (Bacillus thuringiensis), cujo plen pode matar lagartas de uma espcie de borboleta (a monarca) e larvas aquticas das quais muitos peixes se alimentam.

    A maioria dos transgnicos existentes tem como caracterstica principal ser resistente ao de agrotxicos, como o caso da soja Round-up Ready da Monsanto, que no morre com a aplicao do herbicida glifosato. No por acaso que aumentou a quantidade de re-sduos desse veneno na soja e tambm foi al-terado seu limite mximo permitido no gro de soja. No Brasil, aumentou 50 vezes: antes, o mximo aceito era de 0,2 ppm (partes por milho) e hoje so aceitos 10 ppm o que pssimo para a sade dos consumidores.

    Aumento das substncias txicas

    Aumento de resistncia aos antibiticos

    Aumento de veneno nos alimentos

    Soja e milho transgnicos so usados nas papinhas para

    crianas em biscoitos, salgadinhos, leos e enlatados.

    Voc tem o direito de saber o que come!

    O direito do consumidor est ameaado:

  • JUNHO 201626

    JORNALISTA E FASHIONISTA

    comerevestir.com

    Manoella Deschamps

    manu_deschamps

    COLABORADORES

    Por muitas vezes, eles foram colocados na categoria de looks bsicos. Mas enga-na-se quem pensa que o jeans no pode compor um look descolado e cheio de atitude. Queridinho h mais de dez d-cadas, o jeans vem ganhando cada vez mais destaque, em especial nas ltimas temporadas, onde foi protagonista de di-versas colees.

    Moderno, despojado e atu-al, a pea se reinventou e fez a boa e velha cala jeans acompanhar saltos finos e blazers estampados, em looks que fogem da tradicio-nal combinao blusa bran-ca + jeans + tnis.

    Na ltima temporada do SPFW, a jaqueta jeans foi a pea mais escolhida pelas fashionistas para passear pelos corredores da Bienal. Das tradicionais, a croppeds, e chegando a over-sized (bem ao estilo, roubei do boy), as jaquetas fizeram par com vestidos, macaquinhos, pe-as de alfaiataria, e foram em-pregadas em looks total jeans.

  • JUNHO 2016 27

    Para essa estao, o destaque do jeans, fica por conta dos patches adesivos termo-colantes que so aplicados nas jaquetas, saias, calas, coletes. Figuras divertidas, fofas, com escritas, os patches vieram para dar um update no jeans e alegrar o visual.Vindo dos anos 70, 80, eles podem ser costurados ou apenas colados com gua e ferro quente. Para as mais modernas, vale soltar a imaginao e criar looks divertidos e super atuais, a ordem ousar. Para quem curte um visual mais clssico, aposte em patches na cala jeans e combine com uma camisa e um blazer, deixando a produo mais elegante.

    Mas no so apenas as mulheres que aderiram a essa tendncia, os ho-mens adeptos do tradi-cional jeans + camisa, tambm esto reinven-tando a produo e colo-cando patches nos seus looks.

    Ento, que tal resgatar aquele jeans que est guardado no fundo do guarda roupa e dar aquele update com os patches? Ten-dncia simples, divertida e super barata. (voc encontra os patches em lojas de aviamentos). A hora que enjoar, s tirar e pronto.

  • JUNHO 201628

    De brinc

    adeira de cria

    na para carr

    eira profis-

    sional. Aos 2

    6 anos, Jona

    s Caldeira da

    Con-

    ceio agora

    REC Jay, um

    a revelao d

    o hip

    hop catarinen

    se. Morador

    de Balnerio

    Cam-

    bori e autor

    do sucesso Q

    uem manda n

    a balada, o

    artista se ded

    ica divulga

    o do primeir

    o CD, intitu-

    lado Aument

    a o volume.

    Quando mole

    que, parecia

    que Jonas tin

    ha engolido

    um gravador:

    ele no parav

    a de rimar e

    criar sons de

    batidas. Da,

    o apelido R

    EC, abrevia

    o em ingls

    para gravado

    r. Ainda na a

    dolescncia fr

    equentava

    as baladas de

    hip hop de Ba

    lnerio Cambo

    ri quem

    no se lembr

    a da Case e do

    Djunn? Fora

    m nesses em-

    balos que REC

    Jay conheceu

    vrios artist

    as e conse-

    guiu uma dei

    xa para subir

    ao palco e ap

    resentar sua

    msica.

    Em 2007, RE

    C Jay gravou

    o primeiro CD

    demo. O hit

    da produo

    caseira Quem

    manda na b

    alada logo

    agradou ao p

    blico, o que le

    vou os DJs lo

    cais a inseri-

    rem o som em

    diversas fest

    as na regio.

    Em 2016, o

    artista resga

    tou o primei

    ro sucesso e

    gravou um vi

    deoclipe. A pr

    oduo music

    al de Quem

    manda na bal

    ada assina

    da por DJ Hu

    m e foi filmad

    a

    no edifcio Es

    sence, da Con

    strutora Prim

    e, em Balne-

    rio Cambori.

    O clipe conta

    ainda com ima

    gens de um

    show realizad

    o na Shed Wes

    tern Bar. A p

    roduo ex-

    clusiva est d

    isponvel no Y

    ouTube e j t

    em milhares

    de visualiza

    es.

    catarinense

    Revelao

    do hip hopREC JayREC Jay

    INDICA

  • JUNHO 2016 29

    Novo disco

    Para dar con

    tinuidade ca

    rreira musica

    l, cujas influ

    n-

    cias vm do h

    ip hop underg

    round dos an

    os 90, REC Ja

    y

    lanou ano p

    assado o prim

    eiro CD profis

    sional. A faix

    a

    que leva o nom

    e do disco, A

    umenta o vol

    ume, ficou p

    or

    diversas sem

    anas como a

    msica mais

    pedida da r

    ede

    Atlntida de

    Santa Catarin

    a. O single tam

    bm conta com

    videoclipe no

    YouTube, can

    al que tem sid

    o uma ferram

    en-

    ta important

    e para divulga

    o do trabal

    ho de REC Jay

    .

    O artista, que

    j foi vendedo

    r de gua de c

    oco e at tcn

    ico

    de informtic

    a, est cursa

    do um semin

    rio de filosofi

    a.

    Quero fazer i

    sso respingar

    na cultura po

    pular, come

    nta

    Jay. As refle

    xes proporc

    ionadas pelo

    estudo ajuda

    m o

    msico a com

    preender mel

    hor o esprito

    brasileiro e te

    n-

    tar retratar i

    sso em suas l

    etras. T co

    meando ago

    ra.

    Talvez leve u

    m tempo, ma

    s quero apre

    sentar uma o

    bra

    que tenha rele

    vncia histr

    ica, afirma.

  • JUNHO 201630

  • JUNHO 2016 31

  • JUNHO 201632

  • JUNHO 2016 33

  • JUNHO 201634

    CURTASCURTAS

    CINEMA

    Maio teve estreia muito mais que esperada para os amantes de HQs e super-heris. X-Men: Apo-calipse a continuao de Dias de um Futuro Esquecido. O filme, que se passa em 1983, mostra a origem dos mutantes e rene novos e antigos personagens na trama.Dirigido por Bryan Singer, o filme mos-tra que o primeiro e mais poderoso mu-tante do universo X-Men da Marvel, o Apocalipse (Oscar Isaac), acumulou po-deres de muitos outros mutantes. Tor-nou-se imortal e invencvel. Ao acordar depois de milhares de anos, ele est desi-ludido com o mundo em que se encontra e recruta uma equipe de mutantes pode-rosos, incluindo um Magneto desanima-do para purificar a humanidade e criar uma nova ordem mundial, sobre a qual ele reinar.

    com personagem

    O diretor e roteirista Josh Boone revelou no Instagram quais personagens estaro em Os Novos Mutantes. A surpresa ficou pelo mutante brasileiro Mancha Solar (Sunspot), alter ego de Roberto Da Costa. Ele nasceu no Brasil e manifestou suas habilidades mutantes pela primeira vez num jogo de futebol. O poder do super--heri absorver e converter energia solar em fora e resistncia sobre-humana.Nas redes sociais, os fs logo iniciaram uma campa-nha para que o diretor escolha um ator brasileiro para interpretar o personagem. Essa no ser a primeira apario do HQ brasileiro. No filme X-Men: Dias de um futuro esquecido (2014), Mancha Solar aparece no universo Marvel, mas mor-re logo no incio aps uma apario que nem durou dois minutos. Na ocasio, o personagem foi interpre-tado por um ator mexicano.

    Os novos mutantes

    BRASILEIRO

  • JUNHO 2016 35

    MODA

    CULINRIA

    41 ANOS DE VOGUE BRASIL

    A edio que comemora os 41 anos da Vogue no Brasil tem Naomi Cam-pbell na capa e j est circulando. Sob direo criativa de Giovanni Bianco, a top britnica participou de um edito-rial com 11 mulheres brasileiras ne-gras que so destaque nas mais dife-rentes reas, das artes aos negcios: a cantora Alcione, a ex-candidata pre-sidncia Marina Silva, a apresentadora Adriana Couto, a estudante de jornalis-mo Nathalia Santos, a atleta Fabiana Claudino, a atriz Cris Vianna, a empre-sria Zica Assis, a jornalista Maria Ju-lia Coutinho, a primeira juza negra no Brasil, Luislinda Valois e a artista pls-tica Snia Gomes.

    Comida vira arteH comidas que parecem ter sido feitas para fazer parte da decora-o, e no para serem ingeridas. So verdadeiras obras de arte que tornam o simples ato de partir o ali-mento um crime hediondo. o caso dos bolos feitos com a tcnica gla-agem. A arte desenvolvida pela confeiteira Russa Olga Noskova faz sucesso nas redes sociais. A tcnica usa gelatina, glucose, acar e co-rante para obter resultados seme-lhantes porcelana e ao cristal. s vezes at difcil acreditar que os bolos so de verdade.

    Com o ms de junho tambm chegam com tudo as festas juninas. Pinho, quento, pipoca, cachorro--quente, p de moleque, paoca... Uma delcia atrs da outra, praticamente impossvel no enfiar os dois ps na jaca. Mas voc sabia que o amendoim um aliado no ganho de massa magra?Pois, ento. Ns tambm no sabamos, mas fomos atrs e descobrimos no blog Sem Calorias uma re-ceita de paoca fit que voc pode reproduzir para deixar seu arrai menos calrico. Confere a:

    Ingredientes3 xcaras de farinha de amendoim xcara de leite em p desnatado3 colheres (de sopa) de acar mascavo5 colheres (de sopa) de leite desnatado1 colher (de sopa) de pasta de amendoim sem acar

    PreparoMisture todos os ingredientes em uma vasilha. Acrescente o leite e mexa. Acrescente a pasta de amendoim, misture-a e coloque tudo em um reci-piente com fundo falso para moldar a paoca. Leve para a geladeira por aproximadamente 20 minu-tos. Aps 20 minutos, retire a forma da geladeira e corte a paoca no formato desejado. A paoca fit direcionada a dietas de ganho de massa, o amen-doim tem protenas importantes para adquirir massa muscular, alm da gordura boa. Ela pode ser consumida no pr-treino para dar uma ener-gia extra aos exerccios.

    Arrai sem exageros

  • JUNHO 201636

    CURTAS

    INTERNETVlogueira de Itaja d bola fora

    ao criticar Festa do PinhoUma tentativa de ser engraada, criticando a tradicio-nal Festa do Pinho, em Lages (SC), alcanou a mdia estadual e ganhou muitas visualizaes no YouTube. No entanto, o sucesso foi negativo. O vdeo foi a estreia da itajaiense Tbata Sevegnani Biluk no canal No Vou, onde ela d (ser que vai continuar?) dicas de lugares que, na opinio dela, o pblico no de-veria perder tempo visitando. No vdeo que foi tirado do ar pela vlogueira em menos de 24h aps a publicao Tbata cometeu algumas gafes como chamar o pinho de fruta, dizer que Lages fica no oeste de Santa Catarina e ofender os gordinhos. Nas redes so-ciais, os internautas soltaram crticas cidas youtuber, considerando o contedo de extre-mo mau gosto e nada engraado. Aps deletar o vdeo original, que teve cpias espalhadas pela Internet, Tbata disse que o ob-jetivo do vdeo no era ser ofensivo, mas irnico. Ela pediu desculpas aos lageanos e reconheceu que a cidade uma das mais hospitaleiras do Estado.Tambm no demorou muito para circular em vdeos-respostas produo da itajaiense. Depois de comear o novo projeto com o p esquerdo, ser que Tbata dar continuidade ao No vou?

    MSICA NOSSA TOCA LANA HIT AUTORAL

    No temos tempo o hino e a primei-ra msica autoral do projeto Nossa Toca, canal do YouTube comandado pelo pro-dutor Giba Moojen, de Balnerio Cam-bori. O clipe foi gravado ao ar livre em vrios pontos de Santa Catarina, com destaque para a Praia Brava, Balnerio Cambori e o Parque Beto Carrero. Participaram da baita produo, cuja fotografia de arrancar suspiros, Vi-tor Kley (Itaja), Victor Pradella (Flo-ripa), Hana Pickler (Blumenau), Pedro Schin (Balnerio Cambori) e Banda Le-ash (Curitiba). A direo do vdeoclipe de Leonardo Felippi e Rodrigo Schaefer. Em clima alto astral e seguindo estilo surf music, a proposta de No temos tempo transmitir uma mensagem positivista. Pela repercusso nas redes sociais, o hit j caiu nas graas do pblico.

  • JUNHO 2016 37

    REDE SOCIALFamosos no Snap

    Voc est chegando agora no Snapchat e ainda se adaptando ferra-menta? Fique sossegado que logo pegar a manha. O negcio fuar bastante e no ter vergonha de ser feliz. Se sua ideia se matar de rir seguindo outras pessoas, podemos dar uma ajudinha. O perfil do Padre Fbio de Melo (fabiodemelo3), por exemplo, praticamente de domnio pblico. Inteligente e irnico, ele arranca boas risadas.A musa Ivete Sangalo (ivetinhasangalo) outra engraada por natu-reza, assim como o blogueiro Hugo Gloss (hugogloss) que alm de tudo est sempre nos eventos mais badalados. Para facilitar sua vida em busca dos famosos no Snap, o Guia da Semana fez uma lista com cele-brities para serem seguidas. A lista completa voc confere em guiada-semana.com.br. Enquanto isso, fique de brinde com os perfis de alguns famosos internacionais: Adam Lambert DaOriginalHighAriana Grande moonlightbaeBlake Lively livelyBKCalvin Harris calvinharrisChanning Tatum channingtatumChris Brown chrisMBrown89David Guetta davidguettaoffDrake run416Ed Sheeran teddysdaytodayEllen DeGeneres ellenEva Longoria realevalongoriaFifth Harmony fifthharmonyJack Johnson Jaackjohnson0James Franco jamesfrancoJamie Foxx iamjamiefoxxJared Leto jaredletoJennifer Lopez jlobtsJustin Bieber rickthesizzlerKanye West themrwestKate Hudson khudsnapsMadonna madonnaMaroon 5 maroon5Paris Hilton realparishiltonRihanna rihannaSelena Gomez selenagomezSnoop Dog snooopdogg213Steve Aoki aokisteveZedd zed

    CIDADEPerdeu a carona da balada e no sabe como voltar pra casa? Que tal pegar uma bike compartilhada? Se a pro-posta da prefeitura realmente sair do papel, Balnerio Cambori ser a primeira cidade de Santa Catarina com um sistema pblico de bicicletas.Inicialmente, sero 300 bicicletas distribudas em 30 estaes espalhadas pelo municpio. O usurio poder fazer um cadastro para uso dirio, mensal ou anual. Mediante pagamento, a bicicleta destravada para uso e dever ser devolvida em um dos bicicletrios. No pas, algumas poucas cidades j implantaram a ini-ciativa, como Recife, Rio de Janeiro, Fortaleza e So Paulo. Em Balnerio Cambori o projeto est em fase de licitao. Ser que, na prtica, vai funcionar?!

    Vamos de bike?

  • JUNHO 201638

  • JUNHO 2016 39

  • JUNHO 201640

  • JUNHO 2016 41

  • JUNHO 201642

    Ginstica Rtmica conceituada como busca do belo, uma exploso de talento e criatividade, em que a expresso corporal e o virtuosismo tcnico se desenvolvem juntos, formando um conjunto harmonioso de movimento e ritmo.

    AGENDE UMA AULA EXPERIMENTALPARA SEU FILHO

    Rua Cambori, 487 Fazenda (47) 3348-0201

    SEGUNDA E QUARTA

    9h30 s10h30

    Pblico Alvo: crianas de 5 a 12 anos

    SEGUNDA E QUARTA

    18h s18h45

    TERA E QUINTA

    9h s 10h

    TERA E QUINTA

    14h30 s 15h30

    16h30 s 17h30

    GINSTICARTMICA

    Com um programa adequado a cada faixa etria o treinamento funcional Kids pretende desenvolver

    e aperfeioar de forma ldica as habilidades motoras e trazer muitas novidades que iro tornar

    o aprendizado em diverso.

    TREINAMENTOFUNCIONAL KIDS

  • JUNHO 2016 43

    Ginstica Rtmica conceituada como busca do belo, uma exploso de talento e criatividade, em que a expresso corporal e o virtuosismo tcnico se desenvolvem juntos, formando um conjunto harmonioso de movimento e ritmo.

    AGENDE UMA AULA EXPERIMENTALPARA SEU FILHO

    Rua Cambori, 487 Fazenda (47) 3348-0201

    SEGUNDA E QUARTA

    9h30 s10h30

    Pblico Alvo: crianas de 5 a 12 anos

    SEGUNDA E QUARTA

    18h s18h45

    TERA E QUINTA

    9h s 10h

    TERA E QUINTA

    14h30 s 15h30

    16h30 s 17h30

    GINSTICARTMICA

    Com um programa adequado a cada faixa etria o treinamento funcional Kids pretende desenvolver

    e aperfeioar de forma ldica as habilidades motoras e trazer muitas novidades que iro tornar

    o aprendizado em diverso.

    TREINAMENTOFUNCIONAL KIDS

  • JUNHO 201644

    Declaraes para inspirar no ms dos namorados

    o precisa ser poeta, nem tentar ela-borar uma declarao com palavras difceis. Contudo, prestar homenagens pblicas ao ser amado em datas espe-

    ciais uma demonstrao de que o amor aquece o corao no toa que no Brasil o Dia dos Namorados comemorado no friozinho. No que voc deva provar algo pra algum, mas no ter medo de dizer ao mundo que voc tem a melhor pessoa ao seu lado, apesar de todos os perren-gues, um ato de coragem. Como as celebridades bem sabem expressar seus sentimentos, confira a algumas declara-es feitas no Instagram e aproveite o ms dos namorados para surpreender o seu amor

  • JUNHO 2016 45

    As viradas de ano tambm so sempre inspiradoras. Das coisas boas que aconteceram atriz Deborah Secco em 2015, ela no poderia deixar de fora o encontro com aque-le que seria o pai da sua filha, o modelo e ator Hugo Moura. O dia que conheci o homem capaz de me fazer rir, e me dar seu ombro para eu poder chorar; capaz de me ter me-nina e mulher; com quem eu me divirto de qualquer ma-neira, em qualquer lugar. Ele, o homem que escolheu comi-go formar uma famlia!!!, escreveu a atriz global.

    Para fugir da clssica foto do casal, a top Gisele Bndchen modelou um corao feito de neve para o jogador de fute-bol americano, Tom Brady. Quem passar pelo #insta da musa pode encontrar vrias inspiraes de como usar a criatividade e surpreender o love.

    O casal Monique Evans e Cac Werneck provam que o amor silencia todas as ma-zelas do mundo. Diante tan-tos problemas que nosso pas est passando, dormir e acor-dar ao seu lado me faz acredi-tar que tudo pode dar certo!, discursou Cac.

    Conhecida por ser super recatada e dis-creta ela ainda no postou nenhuma foto do filho que nasceu em 2014! a cantora Sandy postou uma foto divertida com Lucas Lima no Dia dos Namorados do ano passado. Ele me conhece, ele me compreende, ele me enxerga, ele me tra-duz. E ainda assim, me ama. E a gente muito feliz... E sim, a gente faz piada at na hora de fazer foto romntica....

    Com o Instagram da atriz Luana Piovanni quase um dirio de famlia. Ento, no raro encontrarmos decla-raes que podem inspirar os mais tmidos. Que tal di-zer o quanto voc se orgulha do seu amor? Bom dia meu amor! Hoje acordei pensan-do em como sou abenoada por ter te encontrado [...] Que Deus sempre te cubra de bnos e sade e que a gente sempre saiba se rein-ventar e se amar. Te amo e MORRO DE ORGULHO DE VOC!, escreveu para o sur-fista Pedro Scooby antes de um mundial.

  • JUNHO 201646

    Junior Lima, cantor e fotgrafo, ga-rante que encontrou sua cara metade, a designer Monica Benini: Que todos encontrem suas almas gmeas, assim como eu encontrei a minha!!! Feliz dia dos namorados!. Em outro post, quan-do o casal estava no Egito, o artista sol-tou: Eu e duas maravilhas do mundo.

    Michel Tel vai ser papai e a paterni-dade deixou o cantor ainda mais com o corao mole. Tel demonstra um romantismo moda antiga com a es-posa Thas Fersoza, provando que os homens tambm podem ser bons nas palavras. Quero te cuidar, proteger e amar pra sempre na minha vida! Obri-gado por me escolher pra compartilhar cada dia ao seu lado, escreveu. O pre-sente mais lindo que poderamos ter, t a nessa barriguinha mais linda desse mundo, finalizou o artista.

    Apesar de discretos nas declaraes pblicas de afeto, o casal propaganda da Havaianas, Fernanda Souza e Thiaguinho, sempre pos-ta homenagens em datas especiais. 5 anos se passaram... E eu sou mais feliz, mais amada, mais completa, mais realizada, mais sabia, e estou mais perto de Deus!, escreveu a atriz quando o casal completou cinco anos de na-moro. J aps o casamento em 2015, o cantor de pagode soltou o verbo: Agradeo a Deus por colocar uma pessoa to especial na mi-nha vida. uma honra te receber como espo-sa. Seremos muito felizes!.

    Quando faltarem as palavras, adote o mtodo de expresso da model Yasmin Brunet: abuse dos emojis: . O namorado da gata, o top Evandro Solda-ti, tambm prefere os desenhos s letras.

    (47) 3361.0008PEA

    PELO FONE

    AGORA COM DELIVE

    RY TAMBM

    PARA ITAJA | CAMB

    ORI | ITAPEMA

    EXPERIMENTE TAMBM Milk Shakes Chs e Cafs

    Saladas Sobremesas

    SERVIMOS PRATOS EXECUTIVOSDURANTE O ALMOO!

    CROASONHO BALNERIO CAMBORI - SCAv. Atlntica, 2252, sala 01 | Esquina com a Rua 1400 | Centro

    www.croasonho.com.br

    Horrio de Funcionamento: de segunda Quinta -feira das 11h 30min s 23h.Sexta Domingo e Feriado das 11h 30min s 00h.

    LOVE

  • JUNHO 2016 47

    (47) 3361.0008PEA

    PELO FONE

    AGORA COM DELIVE

    RY TAMBM

    PARA ITAJA | CAMB

    ORI | ITAPEMA

    EXPERIMENTE TAMBM Milk Shakes Chs e Cafs

    Saladas Sobremesas

    SERVIMOS PRATOS EXECUTIVOSDURANTE O ALMOO!

    CROASONHO BALNERIO CAMBORI - SCAv. Atlntica, 2252, sala 01 | Esquina com a Rua 1400 | Centro

    www.croasonho.com.br

    Horrio de Funcionamento: de segunda Quinta -feira das 11h 30min s 23h.Sexta Domingo e Feriado das 11h 30min s 00h.

  • JUNHO 201648

    CAPA

    Muitos predicados o definem, mas o ttulo que melhor se encaixa o de pai. Marcos Piangers o pai que tambm faz jornalismo, pia-das, palestras... Embora o currculo seja reple-to de estrelinhas por se destacar em tudo em que coloca a mo, a criao das duas filhas que tem lhe servido de inspirao para grande parte das atividades desenvolvidas na rea de comunicao. Irreverente por essncia, Piangers o Almir do Pretinho Bsico, programa da rdio Atln-tida. tambm o barbudo que aparece na teli-nha da Globo, como reprter do programa En-contro com Ftima Bernardes. o cara que faz sucesso nas redes sociais com crnicas sobre paternidade. o pai de Anita e Aurora que lhe ensinam um modo de viver simples e carrega-do de leveza. Afinal, as crianas so diverti-das e incrivelmente engraadas. Elas podem te ajudar a ser mais criativo e inventivo, mais ldico. Isso faz bem para as pessoas.Desta feita, surgiu o livro O papai Pop, que nada mais do que um compilado de textos que Piangers escreveu sobre a misso de ser no um super pai, mas um pai participativo. Com graa, reflexo e muito amor pela pater-nidade, esse catarinense traduz em palavras a emoo cotidiana de ser pai. Apesar do humor e do carisma, o talento para emocionar tam-bm com o trivial o que vem lhe rendendo se-guidores por onde passa, seja no mundo fsico ou no ciberespao.

    O comunicador por trs do pai popular

    Texto: Karine MendonaFotos: Cludio Fonseca

  • JUNHO 2016 49

  • JUNHO 201650

    CAPA

    Marcos Daniel Piangers Barros, 35 anos

  • JUNHO 2016 51

    Voc prefere se definir como jornalista, radialista, apre-sentador, colunista, escritor, tudo isso ou nada disso?Fao parte de uma gerao de profissionais que perce-beu que a gente no mais definido pela nossa profisso. O que vemos hoje em dia so arquitetos que entendem de administrao, advogados que tambm tm uma noo de marketing digital... Ento vivemos em uma poca de redesenho das profisses, uma poca em que a Internet tem um impacto to grande na vida das empresas e dos profissionais, que o nome das profisses comea a ser re-definido. Ento, tm arquitetos que vivem viajando e m-dicos que so focados em outra coisa que no a medicina. Eu me formei em jornalismo e, ao mesmo tempo, me in-teresso muito por outras reas, principalmente educao e o futuro digital, pela forma como as pessoas vo consu-mir mdia no futuro. Dentro da RBS, alm de fazer tudo isso que vocs elencaram, eu tambm sou coordenador da rea digital, implantei o branded content [criao de con-tedo relevante sobre o segmento da empresa], tambm coordeno a rea de vdeo, aplicativos e licenciamentos do Pretinho Bsico. Tem bastante coisa que eu fao que no tem, rigorosamente, nada a ver com nenhuma dessas pro-fisses que esto listadas.

    Voc est na apresentao do Pretinho Bsico h quase uma dcada. O que faz com que o programa no caia na mesmice e perca a graa?A gente tem uma preocupao e uma liberdade de renovar o programa o tempo todo. Isso acontece seja atravs de novas personagens, seja com a criao de novas histrias, novos jarges ou mesmo pessoas. Tivemos a participao de colegas que j deixaram o programa e novos talentos esto entrando no programa. A gente teve ainda a parti-cipao do Guri de Uruguaiana e Cris Pereira [humorista gacho], que so todos profissionais ligados ao humor e personagens que funcionaram muito bem. Acho que esse um dos segredos, essa renovao constante, no s de pessoas, mas de personagens e temas.

    Voc nascido em Florianpolis. O Almir do Pretinho Bsico surgiu de forma a homenagear os manezinhos? Acha que ele cairia nas graas do pblico de outros esta-dos, alm de Santa Catarina e Rio Grande do Sul?No sei dizer... O programa muito espontneo. A gente no faz nada pensado. No tem muita reunio pr-Preti-nho, nem reunio ps-Pretinho. Basicamente, permitimos que as piadas sejam feitas e no nos levamos a srio. A gente t o tempo todo buscando novas formas de fazer os membros da mesa rirem. No pensamos nem tanto na au-dincia na hora de fazer as piadas, mas na gente mesmo. Eu sempre fao piada para que meus colegas da mesa riam, pra gente passar esse clima de amizade, todo mundo dan-do risada junto. E as piadas que funcionam bem pra gente mesmo so aquelas que acabam funcionando pro pblico.Ento, muito gratificante ver o Almir como um persona-gem que vai muito bem, que as pessoas gostam muito. Mas se ns estivssemos falando para o Brasil todo, provavel-mente ns estaramos fazendo piada envolvendo cariocas, paulistas e outros personagens icnicos e de conhecimen-to de todo o pas.

    Sua carreira iniciou em Floripa. Lembro de voc no Pa-trola, com jeito despojado. Voc chegou a fazer outras coisas em TV?Sim, eu comecei na TVCOM [do grupo RBS] no programa chamado Na Pilha [que falava sobre o mundo da msica]. Depois fui chamado para a rdio em 2002. De volta TV em 2003, comecei a fazer o Patrola [entretenimento]. Quando me mudei para Porto Alegre, em 2006, comecei a apresentar um programa chamado Papo Clipe [nova-mente falando do universo musical], tambm na TVCOM. Depois disso coordenei a rea de vdeo do Kzuca [entrete-nimento] e fiz o canal Cazuca TV no Youtube. Alcanamos mais de 11 milhes de visualizaes e criamos muitos v-deos virais na poca. Um desses era o Saco do Piangers, que era o Servio de Atendimento ao Consumidor Ousado.

    Eu sempre fao piada

    para que meus colegas da

    mesa riam, pra gente passar

    esse clima de amizade, todo mundo dando risada

    junto

  • JUNHO 201652

    depois disso, ainda fiz Jornal do Almoo e Globo Esportes. Agora estou na Ftima Bernardes, na Globo.

    Agora voc um comunicador global e no foi o Pretinho Bsico que lhe conferiu esta honra, mas o seu livro O pa-pai pop. Como surgiu o convite para voc atuar como reprter de O Encontro com Ftima Bernardes? O que mu-dou desde ento?Em outubro do ano passado lancei o livro l na Ftima, a entrevista foi maneira e depois participei mais uma vez no estdio. Da no ano passado, quando eu tava de frias, a pro-duo me mandou um e-mail que dizia vem conversar!. Fui l conversar com eles e tive uma surpresa grande: entrei para o grupo de reprteres e desde ento fao reportagens no Rio, So Paulo, j estive at em Belo Horizonte e aqui no sul tambm. Estou sempre disposio deles para realizar re-portagens e tem sido muito interessante trabalhar na maior empresa de mdia do mundo. T conhecendo profissionais de altssima qualidade e tentando evoluir nesse sentido tambm.

    Como voc se sente com quase 400 mil fs no Facebook e como reage ao ttulo autor do best seller O papai pop? So milhares de pessoas dizendo: cara, eu gosto de voc, do que voc escreve e da forma como voc pensa.Eu tento, em primeiro lugar, respeitar esse pblico, porque uma audincia que se forma no em torno do Piangers, mas em torno de uma ideia: um pai mais presente, uma paternida-de mais atenciosa, de uma diviso de tarefas com a mulher, de uma valorizao da mulher, do empoderamento feminino, de uma valorizao de mes, esposas, filhas... Ento, sei que esses 400 mil fs no so meus. So na verdade fs de uma ideia: do Papai Pop, do livro e, principalmente, de uma ideia de uma famlia mais feliz e mais saudvel, de pais mais par-ticipativos. Eu tento respeitar isso, tento no colocar publici-dade e nem ficar me autopromovendo na FanPage e nem nas minhas prprias redes sociais por respeito a essa audincia e por entender que eu tenho que entregar mais valor do que anncio. Na verdade, acho que essa uma percepo que mui-tas marcas deveriam ter. Sou muito agradecido por todo esse carinho. Quando as pessoas dizem que gostam muito de mim e do que escrevo, eu no tenho muito o que fazer seno agra-decer. Tento retribuir isso com doaes, sejam financeiras ou do meu prprio tempo, para ajudar outras pessoas a terem uma vida melhor.

    Os textos de O Papai Pop so mais reflexivos em compara-o com o humor empregado no Pretinho Bsico. Voc ficou mais sisudo quando decidiu assumir a paternidade?No. Acho o seguinte: acho que o Pretinho Bsico evoluiu por-que a gente comeou a ficar grande demais, com uma audi-ncia maior e percebemos que no poderamos mais falar o que simplesmente queramos. No era mais uma audincia de jovens inconsequentes que nos ouvia, mas eram mes, filhos, pais, adultos, velhos. Percebemos que a gente j estava en-trando para um pblico mainstream, ou seja, um pblico que esperava da gente algum tipo de responsabilidade e serieda-de em algumas questes. A gente evoluiu como comunicador. No s o Piangers, mas toda a equipe, todo mundo passou a tratar com mais respeito algumas questes, entre elas o femi-nismo. Buscamos respeitar homossexuais, negros e todo tipo de minoria e no fazer mais piadas que possam ser conside-radas machistas ou racistas. Ento, acho que isso foi evoluo para o programa, para a gente como ser humano.Se voc pegar os textos do Papai Pop tambm tem muito hu-mor ali. Eu brinco com muitas coisas, que evidentemente al-gumas pessoas podem ficar horrorizadas ou se sentir agre-didas, mas o que eu busco um meio termo entre o que pode fazer uma diferena na vida das pessoas, o que pode tornar a vida das pessoas melhor, e tambm um pouquinho de humor, porque o humor uma linguagem universal e que alivia o es-tresse do dia a dia.

    CAPA

  • JUNHO 2016 53

    Buscamos respeitar

    homossexuais, negros e

    todo tipo de minoria e no

    fazer mais piadas que possam ser

    consideradas machistas ou

    racistas

    "

  • JUNHO 201654

    Embora voc seja jornalista, atue diretamente com conte-do digital, suas redes sociais esto encharcadas com o tema paternidade. Essa a sua paixo do momento?Veja bem... cada rede social um canal, certo? No momento que o canal comea a perceber uma resposta, a gente vai mol-dando a nossa produo de contedo de acordo com o que a gente avalia ser o pensamento da nossa poca, que o termo zeitgeist. isso que ns fazemos no Pretinho Bsico.A sorte que eu dei com os textos do Papai Pop foi encontrar um zeitgeist de pais mais participativos. Como o livro faz o sucesso que fez, eu me senti na obrigao de continuar nessa espcie de misso que a celebrao da famlia, do pai mais presente e do incentivo aos homens a valorizarem a paterni-dade e no fugirem dessa importante ddiva que a paterni-dade. Ento, por isso que bato muito nessa tecla.Claro, bvio que essa uma paixo do momento como des-de que a minha primeira filha nasceu. Eu escrevo sobre as minhas filhas h muito tempo, quem me acompanha no Insta-gram sabe que a minha primeira foto j era uma foto da minha filha, l em 2010. J faz anos que eu celebro essa ddiva de ser pai.

    E por falar nisso, quando foi que voc se descobriu pai? No quan-do nasceu Anita, sua primognita, mas quando o encargo da paterni-dade pesou sobre seus ombros?O encargo da paternidade no pe-sou nos meus ombros. Na verdade, a gente fica chocado quando nasce o beb, quando o parto acontece e o homem descobre que pai. A mu-lher tem nove meses para se acos-tumar com a ideia e o homem no tem noo at que nasa o primeiro filho. E quando nasce d um susto e depois vai s melhorando. Eu sem-pre fui um pai muito participativo desde o incio. Nunca foi um peso. Eu sempre dei banho, troquei fralda, acordei de madrugada e no acho que isso merea nenhum mrito. Acho que um prazer, uma ddiva, um presente.A minha busca justamente a cele-brao desse presente e o entendi-mento de que isso algo natural que as mulheres tiram de letra, mas os homens muitas vezes fogem e isso muito triste. Triste pra criana, triste pra mulher que tem que fazer tudo sozinha, triste pro cara que perde a oportunidade de participar dessa misso incrvel.

    Voc faz questo de ressaltar em muitos dos seus textos que voc no um pai perfeito. Ento, como ser, pelo menos, um bom pai?Um bom pai simplesmente partici-pa. Ele t ali, olhando pro filho. Ele se abaixa, olha pro filho na altura dele, no se prevalece, no bate. Ele um pai que no d tudo, um pai que presta ateno para saber a hora de dizer sim e de dizer no. E isso exige ateno, exige trabalho e

    pode at parecer cansativo, mas se voc consegue achar o pra-zer no dia a dia, voc vai achar tudo isso divertido e engraa-do, porque as crianas so divertidas e incrivelmente engra-adas. Elas podem te ajudar a ser mais criativo e inventivo, mais ldico. Isso faz bem para as pessoas.

    Voc tem duas filhas, a Anita e a Aurora. A sua mais velha est caminhando para a pr-adolescncia. Como voc espe-ra lidar com essa fase em que os coraes das garotas so partidos e os amores, no correspondidos?A gente t criando a Anita para ser dona dela mesma. Sei que no fcil, mas eu tambm no sou o dono dela. No sou dono das decises dela. Se ela quer aprender sofrendo, eu s posso estar ali para ajud-la a passar por esses momentos difceis. Acho que nenhum pai consegue proteger o filho de todo o so-frimento do mundo. O mais importante estar junto para que, se esse sofrimento no puder ser amenizado, seja pelo menos acompanhado e voc participe com empatia desses processos de descobertas, sejam eles emocionais ou at sexuais. Eu no tenho nenhuma pretenso de proteger minha filha do mundo todo. Espero que ela tenha em mim um porto seguro, uma pes-soa que possa confiar e conversar o tempo todo.

    CAPA

  • JUNHO 2016 55

    E nessa histria de paternidade, sua esposa cumpre qual papel? Os seus conselhos podem ser facilmente abraados pelas mes. Mas para voc, existe algum papel especfico a ser desempenhado por esses seres humanos incrveis?Eu acho que mais os pais aprendem com as mes do que o con-trrio. As mes so, desde pequenas, treinadas para cuidar de outras pessoas e isso realmente transforma as mulheres em seres humanos incrveis. Os homens deveriam aprender muito com isso e participar muito mais e, de repente, at des-de muito pequenos serem treinados para isso tambm: para serem pais e encararem esses pequenos desafios cotidianos que na verdade so pequenos prazeres. claro, as mes podem gostar dos textos, se emocionarem eu no vejo pro-blema nisso. Mas o mais importante que os pais percebam que misso deles participarem e no ficarem escondidos no futebol com os amigos ou na cervejinha ou no happy hour ou dentro do banheiro fingindo que esto fazendo coc, quando na verdade s esto esperando o tempo passar e esperando a mulher cuidar de todas as coisas dos filhos.

    Tem muita gente que diz que depois de ter filhos a vida fi-cou sem graa, pois no se curte tanto. Alguns retardam a paternidade e maternidade por conta disso. O que dizer para quem pensa desta forma?Pergunta para qualquer pessoa velha, cheia de grana e sem filhos, o que elas acham da vida. Acho que, eventualmente, al-gum vai dizer: ah, a minha vida muito boa e tal..., mas acho que vrias pessoas vo se arrepender ou te no ter tido filhos ou de no ter passado mais tempo e curtido mais a cria-o dos filhos. Nunca ouvi ningum no fim da vida dizer: ah, eu no devia ter tido filho. O arrependimento contrrio mais comum.

    Voc tem anunciado que todo o dinheiro arrecadado com as vendas do seu livro ser destinado s crianas em situao de vulnerabilidade social. Como est isso?Vender livro um conta gostas, os direitos autorais so a cada seis meses. Ento, j tive a oportunidade de contribuir com instituies de caridade aqui de Porto Alegre. Tenho focado toda a doao da grana do livro pra instituies que tenham aprovao do Funcriana [Fundo Municipal dos Direitos da Criana e do Adolescente de Porto Alegre] e de preferncia quelas que j receberam algum prmio por conta da boa ad-ministrao. A Fundao Kinder se enquadra nisso e ns doamos um bom dinheiro para eles. A Casa Menino Jesus de Praga tambm tem esse tipo de prmio e a gente tambm doou. Para outra instituio que se chama De Peito Aberto, ns fizemos um grande esforo para construir uma rea nova e eles vo cha-mar essa rea de O Papai Pop isso me deixou super feliz. A gente tem colgios aqui de Porto Alegre que tambm esto recebendo parte da grana... E vem mais por a. Quanto mais o livro vender, mais a gente pode ajudar.

    Por fim, quais so seus planos como pai, marido e comuni-cador?Gostaria muito de evoluir essa comunicao para que mais pessoas conheam a mensagem do Papai Pop, pra que menos pais abandonem suas crianas, pra que a gente tenha no Bra-sil mais valorizao da mulher e que tenhamos um mundo mais justo; onde a mulher ganha a mesma coisa que o homem e as mulheres so valorizadas e no tratadas como um pedao de carne que voc pode simplesmente transar, engravidar e abandonar. Isso acontece muito e no Brasil ns temos mais de 5 milhes de crianas sem pai registrado. Isso muito cho-cante.

  • JUNHO 201656

  • JUNHO 2016 57

  • JUNHO 201658

  • JUNHO 2016 59

  • JUNHO 201660

  • JUNHO 2016 61

  • JUNHO 201662

    PARTY

    Nem o frio tem espantado as belda-des da Shed, que rene as pessoas mais bonitas por metro quadrado na regio. Com um pblico exigen-te e de personalidade, a agenda da casa traz os principais nomes das paradas de sucesso e promete noi-tes intensas neste inverno.

    FOTO

    S D

    IVU

    LGA

    O S

    HED

    E T

    HIA

    GO

    MA

    CH

    AD

    O

  • JUNHO 2016 63

  • JUNHO 201664

    PARTY

    Nos dias frios de inverno voc no pode ficar de fora do aconchego do AT Home. Venha e sinta-se em casa! O melhor do house music e hip hop, aliado ao clima praieiro e muita gen-te bonita, torna o AT Home sua me-lhor parada na Praia Brava .

    FOTO

    S TH

    IAG

    O S

    AN

    TOS

  • JUNHO 2016 65

  • JUNHO 201666

    Maio no Warung. Dia 14 tivemos a estreia do Showcase Kaluki Musik (leia-se Hot Creations e Paradise, de Lee Foss e Jamie Jones) com os tambm estreantes Richy Ahmed, wAFF e Pirate Copy; No pisto tive-mos o retorna da gravadora Maeve de Mano Le Tough, The Drifter e Baikal; E ainda os brazucas Lauri-anna e Edu Schwartz. 27 de Maio, Feriado, foi a vez dos inesquec-veis Kolombo e Nastia; E mais o francs Agoria, o live de Tone Of Arc, nosso residente Boghosian, Fran Bortolossi e TouchTalk.

    PARTY

    FOTO

    S G

    UST

    AV

    O R

    EMO

    R, E

    BR

    AIM

    MA

    RTI

    NI E

    JU

    LIA

    NO

    VIA

    NA

  • JUNHO 2016 67

  • JUNHO 201668

    A casa chegou a Itapema com a misso de revolucionar o conceito de entretenimento na regio, tor-nando memorveis as noites de quintas, sextas e sbados. E con-seguiu! O pblico presenteado com o melhor do estilo universi-trio em um ambiente repleto de beldades do litoral catarinense.

    PARTY

  • JUNHO 2016 69

  • JUNHO 201670

    PARTY

    Uma experincia gastronmica indescritvel. O cardpio exclusivo do TAJ combina aromas e sabores das incrveis gastronomias tailan-desa, indiana e japonesa. Os pala-dares so aguados com os toques de jasmim, saqu, curry, gengibre e gergelim, sempre presentes no menu. Considerado um dos me-lhores bares do Brasil, o TAJ agu-a os sentidos do pblico e garante uma noite transcendental.

    Q U A R T AT O D O O C A R D P I O D O S U S H I B A R C O M5 0 % D E D E S C O N T O A T A M E I A - N O I T E

    Oriental

    >>ali

    ensd

    esign

    Av. Atlntica, 5710 - B. Cambori

    Infos e reservas: 47 3264 0464 47 9651 0169

    www.tajbar.com.br

    /tajbcoficial /tajbcFOTO

    S TH

    IAG

    O M

    AC

    HA

    DO

  • JUNHO 2016 71

    Q U A R T AT O D O O C A R D P I O D O S U S H I B A R C O M5 0 % D E D E S C O N T O A T A M E I A - N O I T E

    Oriental>>

    alien

    sdes

    ign

    Av. Atlntica, 5710 - B. Cambori

    Infos e reservas: 47 3264 0464 47 9651 0169

    www.tajbar.com.br

    /tajbcoficial /tajbc

  • JUNHO 201672

    O melhor da culinria steakhouse em um ambiente aconchegante para receber toda a famlia. Cls-sicos da gastronomia australiana, como fish and chips e pork ribs (costela suna deliciosamente preparada por mais de 30 horas), so sempre servidos ao som de msica de primeira qualidade. Depois da meia-noite, algumas luzes se apagam e o pub fica ir-resistvel ao som do bom e velho rock'n'roll.

    PUB

  • JUNHO 2016 73

  • JUNHO 201674

    PUB

    No Das Antiga de Balnerio Cambori voc pode aprecia drinks e cervejas estupida-mente gelado ao som do me-lhor do rock, hip hop e surf music. E o agito continua nas tardes de friozinho no Das An-tiga Taguaras. Rena a galera e se jogue!

  • JUNHO 2016 75

    C

    M

    Y

    CM

    MY

    CY

    CMY

    K

    Anuncio Night e Cia 21x30 - 3 Anos Das Antiga Blumenau O Rappa.pdf 1 23/05/2016 04:43:38

  • JUNHO 201676

    Sob o cu estrelado ou no interior da taberna rstica, qualquer noi-te no The Backdoor sinnimo de satisfao. O local apresenta o melhor da gastronomia gourmet, cervejas artesanais e, de quebra, exibe eventos esportivos para voc vibrar com a sua galera. No cora-o de Itaja, seu happy hour est garantido.

    PUB

  • JUNHO 2016 77

  • JUNHO 201678

    GOURMET

    Voc tem todos os motivos para apreciar almoos e jantares no Por-to da Sereia. Confortvel e aconche-gante, o local dispe de estrutura para bem servir casais e famlias. Alm de delcias em frutos do mar, h som ambiente, TV, internet Wi-Fi, computador com acesso a internet e playground.

  • JUNHO 2016 79

  • JUNHO 201680

    No tem tempo ruim no Guaca-mole. Em um dos points mais badalados de Balnerio Cambo-ri, todas as mesas extravasam alegria e descontrao ao som de msica tpica mexicana. Os pra-tos deliciosamente preparados com pimenta na medida certa podem ser acompanhados com tequila e cerveja com limo do mariachis. #arriba

    GOURMET

  • JUNHO 2016 81

  • JUNHO 201682

    Mulheres do Agora - Lizzi Savaris apresentou no dia 3 de maio, ter-a-feira, no Felissimo Exclusive Hotel, a coleo de Inverno 2016 da designer paulistana Camila Klein. O evento, que culminou em uma noite efervescente onde belas mulheres trocavam experincias e desejos, contou com a presena da designer que a cada coleo sur-preende com criaes irresistveis das mais desejadas deluxe bijoux que se tem ouvido falar.

    FASHION MEETING

    FOTO

    S LU

    JP

  • JUNHO 2016 83

    FOTODEPILAO

    Itaja

    *Liberao para o tratamento mediante prvia avaliao. As regies cortesias que podem sere escolhidas so: buo, testa, sobrancelha, nariz, queixo, linha do diafragma, linha umbilical, orelha, mos e ps, limitado a uma regio escolhida por regio contratada. O numero de sesses cortesia limitado ao numero de sesses contratadas.

    FAA 1 REGIO

    GANHE OUTRA

    R$a sesso

    49,90 50%OFF

    www.lipocenter.com.br

    Rua Almirante Tamandar, 23

    (Esquina c/ a Av.Beira Rio), Centro, Itaja - SC

    (47) 3083-6220(47) 2125-1001(47) 9631-2142

    Agende j seu horrio!

  • JUNHO 201684

    Referncia quando o assunto moda, a Cia do Luxo apresentou ao pblico sua coleo de inverno com marcas nacionais e inter-nacionais. Com peas exclusivas de grandes grifes, o happy hour animadssimo na loja do Itaja Shopping trouxe peas que vo do estilo jovem e despojado ao clssico e sofisticado. O evento foi uma parceria com Sujiro Sushi e Woods Bar.

    COQUETEL

    FOTO

    S V

    INC

    IUS

    DE

    OLI

    VEI

    RA

  • JUNHO 2016 85

  • JUNHO 201686

    _GoBack_GoBack_GoBack