Revista Painel Político - 1ª Edição

  • Published on
    09-Mar-2016

  • View
    214

  • Download
    2

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Primeira edio da Revista Painel Poltico

Transcript

  • PAINEL POLTICO 130 Dezembro 201030 Dezembro 2010

    PORTO VELHO SHOPPING REFERNCIA

    ANO I - N 1 - 30 Dezembro de 2010 - Porto Velho - Rondnia valor: r$ 6,50

    PAINEL POLTICO30 Dezembro 2010

    rEDE

    FoX

    ANuN

    CiA

    EXPA

    Nso

    Em 20

    11

    ECoNomiA

    orAmENTo PriorizA AssEmBLEiA quE GAsTAr quAsE o mEsmo quE A sADE

    PORQUE CASSOL NO QUEBROU MONOPLIO DA EUCATUR EM OITO ANOS?, EXCLUSIVA COM GOVERNADOR CONFCIO

    ENTrEvisTA

    EsquENTA BriGA PELA ELEio DA mEsA DirETorA DA AssEmBLEiA

    PrEFEiTurA DE PorTo vELHo FAz GATo E FEsTA NATALiNA virA CAso DE PoLCiA

    roNDNiA rEGisTrA sAFrA rECorDE DE CAF

  • PAINEL POLTICO2 30 Dezembro 2010

  • PAINEL POLTICO 330 Dezembro 2010

  • PAINEL POLTICO4 30 Dezembro 2010

    sumrio

    11PoLTiCA 19CoNGrEsso A quiNzENA 39

    ENTrEvisTA

    Confcio moura foi eleito governador de Rondnia no segundo turno

    33muNiCPiosHCr de Ji-Paran ter que oferecer UTI pelo SUS

    16JuDiCirio

    sErviDorEs no podem ser contratados por imposio da justia

    CongressoEducao estagnou no brasil, diz AcirPg.18

    EconomiaPorto Velho Shopping refernciaPg.26

    municpiosRondnia registra safra recorde na produo de cafPg.32

    Histria Francisco Matias Pg.40

    infraestrutura Fim do Isolamento Para Regio Do Vale Do Guapor Pg.42

    PAINEL POLTICO4 30 Dezembro 2010

    30ECoNomiArede Fox Anuncia Expanso da empresa em 2011

    8

  • PAINEL POLTICO 530 Dezembro 2010

    Painel Poltico, a coluna que virou revista

    A coluna Painel Poltico nasceu em maio de 2009 no jornal ele-trnico Rondoniaovivo. Atualmente ela publicada no noticioso Tudorondonia de segunda sexta-feira, faa chuva ou sol. Graas a essa periodicidade, aliada a informaes exclusivas de fontes confi-veis e formatao de fcil leitura, tornou-se a preferida de 10 entre 10 polticos, empresrios, magistrados, promotores, advogados e servidores pblicos. A coluna migrou para a televiso, onde entrevistou, durante um ano, as principais lideranas polticas e empresariais do Estado.Em funo das entrevistas e conversas com polticos e empresrios, percebemos que existe uma imensa lacuna nessa linha editorial em Ron-dnia e decidimos agir para preencher esse espao. Com a credibilidade resultante de um trabalho constante, con-clumos que a hora agora.Antes de iniciarmos essa edio de Painel Poltico tivemos uma ampla discusso sobre fazer ou no uma revista impressa. Os elevados custos de impresso, alm da instantaneidade da internet foram os principais argumentos contrrios, mas venceu a tese que a re-vista no s aprofundaria as reportagens, como seria indita a iniciativa de lanar uma revista quinzenal com o ambicioso objetivo de se tornar semanal a partir do segundo semestre de 2011.Painel Poltico nasce em um momento que Rondnia brilha como o Estado que mais cresce no Pas, em todos os setores. Nosso foco o regionalismo e a cada quin-zena estaremos trazendo aos nossos lei-tores reportagens especiais sobre poltica e economia, temas que so apresentados superficialmente por jornais e sites de notcias.

    Em Rondnia os jornais eletrnicos ocuparam um espao importante no dia-a-dia da populao, mas por causa da velocidade em que eles trabalham, os detalhes muitas vezes passam desaperce-bidos e leitores questionam essa falta de profundidade nas reportagens. Tambm detectamos que os produtos atualmente disponveis no mercado edi-torial local tratam apenas de amenidades, deixando uma enorme lacuna jornalstica e a que entra a revista Painel Poltico. Nesta primeira edio trouxemos uma entrevista exclusiva com o governador eleito Confcio Moura. Tambm uma re-portagem detalhando os gastos da mqui-

    na administrativa, atravs de uma anlise do oramento para 2011. Painel Poltico tambm apresenta aos leitores um raio-x da empresa Fox Pneus, uma das maiores de Rondnia e as metas do Porto Velho Shopping para 2011. O tema sucesso da Mesa Diretora da Assembleia tambm no poderia ser esquecido. Editar essa revista tambm a concre-tizao de um sonho e a superao de um grande desafio. Esperamos que gostem dessa edio nmero zero e retornaremos com a edio 01 no fim de janeiro, quando ento estaremos implantando o ritmo de quinzena. Nesse meio tempo, voc leitor pode sugerir pautas, comentar as mat-rias que foram publicadas e ns teremos o maior prazer em publicar na seo de cartas dos leitores.

    Painel Poltico nasce em um momento que Rondnia brilha como o Estado que mais cresce no Pas, em todos os setores

    Alan AlexEditor EDiToriAL

  • PAINEL POLTICO6 30 Dezembro 2010

    CArTAs

    Revista Painel PolticoUma publicao da Eficaz Comunicao CorporativaEdio: 1Ano: 2010Editor chefe: Alan Alex 69.9907.0701E-mail: alan.alex@gmail.comReportagens: Dalila Nogueira, Alan Alex, Cristina BarrosComercializao e assinaturas:Lisiane Brune Adamy 69.8486.8272 ; 69.3224.4733E-mail: lisiane.publicidade@gmail.comCartas:Enviar e-mail para : revistapainelpolitico@gmail.comProjeto Grfico: Cesar Prisisnhuki FariaDiagramao: Cesar Prisisnhuki FariaIlustrao da capa: Cesar Prisisnhuki FariaImpresso:Grfica: Qualiplsticos Indstria e Comrcio de PlsticosCNPJ: 07.387.708/0001-96Tiragem: 5 mil exemplaresEficaz Comunicao CorporativaCNPJ: 11.379.887/0001-97Endereo: Rua Jos Camacho, 2222, So Joo BoscoCEP: 76.803.770Fone: 69.3225.7495E-mail: eficaz@eficazro.com.br

    EsTE EsPAO sEu LEITOr!

    A dotando o estilo das grandes revistas de circulao nacional, este espao fica aberto para a divulgao das principais cartas en-vidas para a equipe de produo da revista Painel Poltico. Os comentrios selecionados sempre estaro limitados s ma-trias das edies anteriores, correes, ressalvas ou comentrios gerais sobre a edio da revista. Os leitores devem mandar o material via e-mail para a redao da revista, identificando sempre seu nome, profisso e cidade. O endereo eletrnico para enviar as cartas est no final do texto.A revista se reserva ao direito de vetar comentrios maldosos, que ferirem a honra dos citados nas matrias ou que contenham abusos e palavras de baixo calo.Acreditamos que este ser um dos termmetros para medir a qualidade do produto que chega s suas mos e de avaliao sobre o contedo exibido.Boa leitura e ficamos no aguardo de seus comentrios.Equipe de produo da revista Painel PolticoEnvie sua carta e comentrio para revistapainelpolitico@gmail.com

    PAINEL POLTICO 130 Dezembro 201030 Dezembro 2010

    PORTO VELHO SHOPPING REFERNCIA

    ANO I - N 1 - 30 Dezembro de 2010 - Porto Velho - Rondnia valor: r$ 6,50

    PAINEL POLTICO30 Dezembro 2010

    rEDE

    FoX

    ANuN

    CiA

    EXPA

    Nso

    Em 20

    11

    ECoNomiA

    orAmENTo PriorizA AssEmBLEiA quE GAsTAr quAsE o mEsmo quE A sADE

    PORQUE CASSOL NO QUEBROU MONOPLIO DA EUCATUR EM OITO ANOS?, EXCLUSIVA COM GOVERNADOR CONFCIO

    ENTrEvisTA

    EsquENTA BriGA PELA ELEio DA mEsA DirETorA DA AssEmBLEiA

    PrEFEiTurA DE PorTo vELHo FAz GATo E FEsTA NATALiNA virA CAso DE PoLCiA

    roNDNiA rEGisTrA sAFrA rECorDE DE CAF

  • PAINEL POLTICO 730 Dezembro 2010

  • PAINEL POLTICO8 30 Dezembro 2010PAINEL POLTICO8 30 Dezembro 2010

    Deixo para que os deputados escolham livremente seu presidente

    ENTrEvisTA CONfCIO MOurA

  • PAINEL POLTICO 930 Dezembro 2010

    Painel Poltico - O que a populao de Rondnia pode esperar de Confcio Moura nos primeiros 100 dias de governo?

    Governador Confcio Moura - a fase de aqueci-mento. Tempo necessrio para ajuste de pessoal, adequao de projetos, incio de outros tantos, tempo chuvoso, muitos buracos nas estradas. Abertu-ra de processos licitatrios.

    Painel Poltico - Duran-te a campanha dois temas foram recorrentes e discu-tidos exausto, o setor de sade e habitao. Como o senhor pretende resolver essas questes?

    Governador Confcio Moura - Nesses 100 dias que-ro retirar doentes do cho do Pronto Socorro Joo Paulo II, abastecer a rede empre-endendo ritmo gerencial aos hospitais e formar um grande pacto pela sade. No setor habitacional pretendo montar equipe para planejar um pro-grama de governo, que ainda no existe e inclui-lo no PPA.

    Painel Poltico - O se-nhor demorou mais que seus antecessores para

    anunciar seu secretariado. Isso aconteceu porque o senhor no tinha nomes ou porque queria conhecer um pouco mais sobre os indicados?

    Governador Confcio Moura - Com a poltica de alianas h uma longa nego-ciao, ainda mais no meu caso que foram 8 partidos (PDT, PMDB, PRTB, PC do B, PTC, PSDB, PT e DEM) A Dilma (Roussef, presidente da Rep-blica que j anunciou quase toda sua equipe) tambm est anunciando agora.

    Painel Poltico - O se-nhor venceu as eleies com o apoio de partidos como PSDB, PDT, DEM, PC do B e PT. Como o senhor acha que ser a relao com esses partidos que pos-suem perfis to diferentes?

    Governador Confcio Moura - Nem sempre cargos no governo correspondem a apoio poltico concreto. O que uma pena. Porque sem apoio consolidado no Parlamento eterna agonia.

    Painel Poltico - Durante a campanha o senhor des-filou e subiu em palanque

    acompanhado do ex-pre-sidente da Assembleia Le-gislativa Carlo de Oliveira, o que lhe rendeu pesadas crticas. Ele ter alguma participao efetiva em seu governo?

    Governador Confcio Moura - A minha ligao com o ex-deputado Carlo veio no segundo turno movida pela aproximao ao Deputado Jean de Oliveira, que tem forte base em Porto Velho e na Zona da Mata, onde existia uma ne-cessidade de nossa campanha crescer.

    Painel Poltico - O or-amento para 2011 de pouco mais de R$ 5 bilhes. Esses recursos sero sufi-cientes para o senhor tra-balhar nesse perodo?

    Governador Confcio Moura - o que temos. Ser-ve como base para se buscar mais e oferecer uma base para contra-partidas. Na Saude, educao e segurana o Esta-do precisa agir rpido, para responder as expectativas.

    Painel Poltico - Ain-da sobre o oramento, o deputado Jesualdo Pires (relator) disse que dei-

    C onfcio Ayres Moura foi eleito governador de Rondnia no segundo tur-no em uma eleio difcil. Fez uma poltica de alianas que gerou uma s-rie de crticas, entre elas o apoio declarado de Carlo de Oliveira, ex-presidente da Assembleia Legislativa preso pela Polcia Federal durante a chamada Opera-o Domin. Esse apoio quase lhe custou a eleio, mesmo assim venceu com uma diferena de 125.033 votos em relao ao segundo colocado, o governador Joo Cahlla. A revista Painel Poltico enviou as perguntas a seguir para o gover-nador que respondeu via Iphone, do Aeroporto de Braslia.

    PAINEL POLTICO 930 Dezembro 2010

    Alan Alex

  • PAINEL POLTICO10 30 Dezembro 2010

    xou uma margem de 20% para que o senhor possa remanejar sem precisar da autorizao da Assembleia, isso suficiente?

    Governador Confcio Moura - o que a Assembleia tem deixado historicamente

    Painel Poltico - Como o senhor est vendo a dis-puta pela Mesa Diretora da Assembleia. O governo est interferindo nessa questo?

    Governador Confcio Moura - Deixo para que os De-putados escolham livremente o seu presidente.

    Painel Poltico - O se-nhor foi prefeito e conhece a realidade dos municpios pequenos. Como ser sua relao com os prefeitos?

    Governador Confcio Moura - De absoluta coope-rao.

    Painel Poltico - Caso o tema transposio no chegue a um consenso,

    sindicatos prometem bri-gar na justia e isso pode atrasar os recursos que o senhor pretendia repas-sar a servidores pblicos. Se isso ocorrer o senhor pretende mesmo assim conceder algum tipo de reajuste?

    Governador Confcio Moura - Claro. Corrigir as per-das inflacionrias e oferecer ganho real dentro da realida-de das finanas.

    Painel Poltico - Os ser-vidores em educao, de um modo geral, foram os maiores crticos da admi-nistrao Ivo Cassol/Joo Cahlla. O senhor acredita que sua relao com eles ser diferente? Porque?

    Governador Confcio Moura - Muito diferente. Vou adequar o plano de carreira, melhorar o ambiente de tra-balho. Preencher os cargos com efetivos. Trabalhar a qualidade do ensino e do pro-fessor oferecendo condies de especializao.

    Painel Poltico - Qual sua expectativa em relao a bancada federal?

    Governador Confcio Moura - Sero importantes parceiros, com certeza.

    Painel Poltico - Ron-dnia precisa das pontes sobre o Rio Madeira e mais investimentos no setor de transportes. Como seu go-verno pretende atuar nes-sas reas?

    Governador Confcio Moura - As pontes j esto no PAC (Programa de Acelerao do Crescimento do Governo Federal) e cabe ao governo fiscalizar o andamento delas. Modernizar o Porto de Porto Velho. Unir ao governo do Acre pela ponte no Rio Ma-deira trecho da BR. 364 em Abun.

    Painel Poltico- O se-nhor criticou bastante a administrao de Ivo Cas-sol afirmando que ele se preocupava demais com estradas e esquecia o res-to. Mas sabemos que as estradas so importantes para os pequenos agricul-tores. Como sero os in-vestimentos de sua gesto nesse setor?

    Governador Confcio Moura - Vou manter as es-tradas, apoiar os prefeitos, e fazer muito mais pela sade, segurana e educao.

    Painel Poltico - Ainda falando sobre transportes, seu vice ligado ao grupo Eucatur, que detm o mo-noplio do transporte in-terestadual em Rondnia. O senhor pretende manter esse domnio? Como espera resolver essa questo?

    Governador Confcio Moura - Primeiro A Eucatur no tem monoplio nenhum. Tem 42% das linhas. Segundo ela tem concesso de servi-os. Se no for ela ser outra. Cassol ficou 8 anos, declarou guerra a Eucatur, porque ele no conseguiu?

    ENTrEvisTA

    PAINEL POLTICO10 30 Dezembro 2010

  • PAINEL POLTICO 1130 Dezembro 2010

    T o logo acabou as eleies de 2010 teve incio uma guerra silenciosa nos corredores da Assembleia Legislativa, o motivo: eleio do novo presidente, o cargo mais importante do Legislati-vo rondoniense e o segundo mais poderoso na estrutura do poder, perdendo apenas para o de Governador. Na disputa abertamente esto Neodi Car-los (PSDC-Machadinho) atual presidente da Assembleia, Val-ter Arajo (PTB-Porto Velho), Hermnio Coelho (PT-Porto Ve-lho). Tambm na disputa, mas de forma discreta, o deputado Jesualdo Pires (PSB-Ji-Paran), cotado como um dos nomes de consenso. Isso porque o gover-nador eleito, Confcio Moura quer qualquer um na presi-dncia, menos Valter Arajo, que apoiou a candidatura de Joo Cahlla ao governo e ligado ao grupo do senador eleito Ivo Cassol. Confcio

    teme que Valter crie situaes e engesse o Executivo.Normalmente a eleio secreta e muito se falou em compra de votos dos parla-mentares em anos anteriores, por isso Hermnio defende que a votao seja aberta este ano. Para o deputado petis-ta, a Assembleia precisa ser transparente em suas aes. Neste pleito corre o boato que cada voto de deputado custa-ria algo em torno de R$ 300 mil, mas ningum confirma e

    DEPuTADOs sE MOBILIZAM PArA ELEIO DA MEsA DIrETOrA

    Como o voto no revelado, os parlamentares fecham acordos na ltima hora e modificam o voto, desconsiderando os tratos feitos anteriormente. Essas so as surpresas de ltima hora.

    Alan Alex

    PoLTiCA

    Valter Arajo, Jesualdo Pires, Hermnio Coelho e Neodi esto na disputa pela Presidncia

  • PAINEL POLTICO12 30 Dezembro 2010

    isso entra para os anais das lendas polticas. O que vem acontecendo que, diferente de anos anteriores, os parla-mentares esto fechados em blocos. Hermnio Coelho, por exemplo, anuncia contar com votos de Epifnia Barbosa (PT-Porto Velho), Jean Oliveira (PSBD-Porto Velho), Zequinha Arajo (PMDB-Porto Velho), Ribamar Arajo (PT-Porto Velho), Jesualdo Pires (PSB-Ji-Paran) e o dele prprio. O atual presidente Neodi Carlos vem mantendo reunies com parlamen...

Recommended

View more >