Revista PC e CIA 91

  • Published on
    10-Aug-2015

  • View
    110

  • Download
    45

Transcript

<p>Hardware</p> <p>16</p> <p>PC&amp;CIA # 91 # 2010</p> <p>Editora Saber Ltda.Diretor Hlio Fittipaldi</p> <p>Transparncia e globalizaoVoc que est lendo agora este texto, saiba que faz parte de uma comunidade de mais de 500 mil profissionais de TI e heavy users que lem a nossa revista, seja na forma de papel</p> <p>www.revistapcecia.com.br</p> <p>ou de arquivo digital. A edio n 88, a primeira publicada integralmente em nosso site, j foi lida por quase 350 mil profissionais e heavy users, isso contando apenas os que obtiveram sua revista digital diretamente em nosso site, pois h pelo Daniel Appel</p> <p>Editor e Diretor Responsvel Hlio Fittipaldi Editor de Tecnologia Daniel Appel Conselho Editorial Roberto R. Cunha Colaboradores Alfredo Heiss, Brener Sena, Diego P. Vivencio, Douglas H. Cetertick, Roberto Cunha, Ronnie Arata, Srgio C. Jnior Reviso Eutquio Lopez Designers Carlos Tartaglioni, Diego M. Gomes, Produo Diego M. Gomes PARA ANUNCIAR: (11) 2095-5333 publicidade@editorasaber.com.br Capa Arquivo Ed. Saber Impresso Parma Grfica e Editora. Distribuio Brasil: DINAP Portugal: Logista Portugal Tel.: 121-9267 800 ASSINATURAS www.revistapcecia.com.br Fone: (11) 2095-5335 / fax: (11) 2098-3366 Atendimento das 8:30 s 17:30h Edies anteriores (mediante disponibilidade de estoque), solicite pelo site ou pelo tel. 2095-5333, ao preo da ltima edio em banca. PC&amp;CIA uma publicao da Editora Saber Ltda, ISSN 0101-6717. Redao, administrao, publicidade e correspondncia: Rua Jacinto Jos de Arajo, 315, Tatuap, CEP 03087-020, So Paulo, SP, tel./fax (11) 2095-5333. Associada da:</p> <p>menos 86 blogs e sites que replicam nosso contedo e que respondem pelos demais. Este nmero continua aumentando pois, ao contrrio da verso em papel, a revista digital continua disponvel. Em vista disso, a partir desta edio decidimos nos submeter auditoria do IVC (Instituto Verificador de Circulao), que uma entidade sem fins lucrativos, que verifica os nmeros de circulaes impressas e digitais a fim de garantir a transparncia para o mercado, segundo normas internacionais do International Federation of Audit Bureaus of Circulations (IFABC) para atestar a veracidade dos nossos nmeros. Esta modalidade de auditoria de websites iniciou-se em janeiro deste ano, de forma que at o momento somente 27 veculos se submetem a uma auditoria com reconhecimento internacional. Estar entre os trinta primeiros praticamente uma exclusividade, visto que no pas temos milhares de sites no auditados. A Revista PC&amp;Cia se orgulha de ter todos estes leitores, no s no Brasil, mas no mundo todo. Alis, no deixe de ler na seo A Vez do Leitor a carta do Carlos Rodrigues, estimado leitor que reside em Portugal e que comemora a possibilidade de ler e distribuir a Revista PC&amp;Cia em seu pas natal. A revista em papel j era distribuda em Portugal e ex-colnias h anos, mas infelizmente no era possvel estar em todas as bancas (nem no territrio nacional possvel este feito). Com a distribuio digital, nossos colegas e amigos de Portugal, Angola, Moambique, Cabo Verde e Timor-Leste, dentre vrios outros pases que adotam a lngua portuguesa, alm de trabalhadores brasileiros que atuam em outros pases como Japo, Estados Unidos e Canad, podem acompanhar as novidades e solues apresentadas por nossa equipe de tcnicos, jornalistas e colaboradores. Voc que nos acompanha de outro pas, no deixe de enviar a sua percepo sobre o nosso material, o impacto que ele exerce no seu ambiente e tambm sobre as diferenas entre os mercados. Tenha uma tima leitura! Atendimento ao Leitor: leitor@revistapcecia.com.brOs artigos assinados so de exclusiva responsabilidade de seus autores. vedada a reproduo total ou parcial dos textos e ilustraes desta Revista, bem como a industrializao e/ou comercializao dos aparelhos ou idias oriundas dos textos mencionados, sob pena de sanes legais. As consultas tcnicas referentes aos artigos da Revista devero ser feitas exclusivamente por cartas, ou e-mail (A/C do Departamento Tcnico). So tomados todos os cuidados razoveis na preparao do contedo desta Revista, mas no assumimos a responsabilidade legal por eventuais erros, principalmente nas montagens, pois tratam-se de projetos experimentais. Tampouco assumimos a responsabilidade por danos resultantes de impercia do montador. Caso haja enganos em texto ou desenho, ser publicada errata na primeira oportunidade. Preos e dados publicados em anncios so por ns aceitos de boa f, como corretos na data do fechamento da edio. No assumimos a responsabilidade por alteraes nos preos e na disponibilidade dos produtos ocorridas aps o fechamento.</p> <p>Associao Nacional das Editoras de Publicaes Tcnicas, Dirigidas e Especializadas</p> <p>2010 # 91 # PC&amp;CIA</p> <p>Editorial</p> <p>Indice</p> <p>20HTPC:O que , e como dimension-lo</p> <p>TESTES</p> <p>MSI</p> <p>H55M-E33HARdWARE</p> <p>8 11 50</p> <p>Plataforma ION GeForce210 e GT 220</p> <p>Conhea a</p> <p>16</p> <p>Wind TopNovas interfaces para os</p> <p>AE1900</p> <p>Monitores</p> <p>55 60</p> <p>Interface</p> <p>displayPortda VESAREdES</p> <p>XBMC:</p> <p>Interface definitiva para HTPCs</p> <p>26</p> <p>PBX-IP</p> <p>residencial</p> <p>42 6403 05 06 66</p> <p>Servidor de Mdia</p> <p>Aprenda a montar um</p> <p>ITIL:</p> <p>A arte da guerra moderna</p> <p>Editorial A Vez do Leitor Notcias Opinio</p> <p>36PC&amp;CIA # 91 # 2010</p> <p>Edies em PDF</p> <p>Prezados Senhores: Venho em primeiro lugar enviar os meus sinceros parabns pela excelente revista. Em Portugal temos algumas revistas, mas quando chega a questo das ajudas tcnicas ficam muito aqum do esperado, metade das revistas publicidade, ou seja, no chegam aos vossos calcanhares. Fiquei admirado com a notcia das revistas seguintes n 88 estarem j em PDF (coisa que c no acontece). Para quando as revistas anteriores a n 88 tambm passaro a PDF? Continuem assim. Bem hajam. Atentamente! Carlos Rodrigues Por email Agradecemos pelas palavras, Carlos! Um dos objetivos do nosso trabalho ajudar os profissionais que esto envolvidos no ramo, mostrando as solues e os testes de produtos em nossos artigos. Sobre as edies anteriores de n88, h sim, planos de public-las no site, mas ainda no temos um prazo definido. As edies anteriores sero publicadas gradativamente e esperamos que o contedo, publicado no site, continue servindo como referencial.</p> <p>Poucos leitores de outros pases nos mandam retorno, portanto, ficamos agradecidos pelo seu contato.</p> <p>Dificuldade</p> <p>Oi! Escrevo a vocs, pois gostaria de saber por que aqui no Brasil to difcil achar peas de informtica como Phenom II 900e, 905e, 910e e Athlon II 630, 635, 605e, alm de placas-me dos tipos DFI e Asrock top, Soltek, Aopen e memrias como DDR3, entre outros produtos? Tambm tenho dvidas sobre as placas de vdeo Radeon HD 4800 series e 5700 series. Se eu precisar adiquirir alguma delas, eu consiguirei fazer um CrossFireX Hbrido entre elas e a placa-me? Outro assunto em que eu encontro dificuldades aqui a disponibilidade de benchmarks nacionais com processadores tipo AMD Athlon II e Phenom II. Gostaria tambm de saber um pouco mais sobre a nova tecnologia que a AMD est para lanar e sobre o novo socket G64. Alexandre Pasin Joaaba - SC</p> <p>No Brasil, os produtos mais robustos no conseguem atingir uma faixa de mercado significativa para iniciar sua produo local. A fabricao nacional de produtos como Phenom II ou placas de vdeo mais potentes, funciona como uma balana, ou seja, sem uma grande demanda dos consumidores, a produo no tem vantagens, assim, os fabricantes produzem apenas as peas de menor preo. E por isso, h a dificuldade em se encontrar os produtos citados por voc Alexandre. Benchmarks nacionais so pouco vistos dada a dificuldade de se conseguir unidades de demonstrao com os representantes locais dos fabricantes. Sobre novas tecnologias, continue a nos acompanhar. Nas prximas edies, teremos artigos sobre os processadores Intel baseados na arquitetura Clarkdale.</p> <p>PhysX</p> <p>PC&amp;CIA #90 ALGIZ 7Gostei da matria que a PC&amp;CIA publicou na edio n 90 sobre o produto PC ALGIZ 7. As informaes repassadas me auxiliaram na escolha do PC que se encaixou bem na minha pesquisa, alm de trazer rapidez e resistncia no campo profissional. Anderson Silveira Sypriany Joinville - SC gratificante para ns, saber que as informaes o ajudaram a decidir a compra de um produto adequado para as suas necessidades profissionais. Sempre teremos espao para solues inteligentes e esperamos que o mercado brasileiro abra os olhos para este nicho.</p> <p>Acompanho vocs desde a edio n 41. Vou logo ao assunto: na edio n90 foram mostrados os recursos que o PhysX apresenta, tanto as vantagens quanto as desvantagens. Conforme fui lendo, vi um ponto em que o tcnico coloca duas placas de vdeo, cada uma com uma finalidade: uma calcula e a outra exibe o resultado final. Minhas perguntas so: Como desabilito o PhysX de uma e deixo a outra habilitada? Quem deve ficar conectada ao monitor, a habilitada ou a desabilitada? No meu caso eu tenho uma GT8800 e uma onboard 6100, sei que a onboard muito mida mas queria enxergar aqui o teste que foi feito (pelo menos um deles). Eu conseguirei enxergar o resultado do teste com esse sistema onboard-offboard? Agradeo muito a ateno e fico aqui contando os segundos para a prxima edio. Francisco So Paulo - SP A partir do momento que temos duas placas de vdeo instaladas com suporte a GPGPU, o painel de controle do prprio driver da NVIDIA possibilita a escolha de qual ser a responsvel pelos grficos e pela PhysX nos jogos. Infelizmente no seu caso, o GPU 6100 integrado de sua placame no suporta este tipo de clculo. No ser possvel auxiliar a 8800GT com seu vdeo onboard.2010 # 90 # PC&amp;CIA</p> <p>@ Vez do leitor</p> <p>Edio Gratuita. Download em www.revistapcecia.com.br</p> <p>Notcias</p> <p>Kingston lana novo programa derelacionamento com revendedoresRevendedores que compram por meio do canal de distribuio oficial tero acesso a informaes sobre produtos, treinamentos e prmios cadastrandose no Kingston Partner, o novo canal de relacionamento para parceiros da Kingston. O objetivo oferecer um suporte mais efetivo, segundo Jackie Barrera - gerente de marketing da Kingston. Para participar do Kingston Partner, os canais devem se cadastrar no site www. kingstonpartner.com. A cada compra realizada por meio dos distribuidores oficiais, os revendedores acumularo pontos. Alm de prmios, que podero ser requisitados no prprio site e de acordo com a pontuao, as revendas tero acesso a recursos como informaes de produtos, servio customizado e treinamentos. A partir do lanamento do programa, a Kingston ir avaliar o feedback dos parceiros para incluir melhorias e aperfeioar o site com o tempo.</p> <p>O canal oficial dos produtos Kingston para o mercado brasileiro formado pelos distribuidores Master, Alcatia, Aldo, Handytech, Ingram Micro, Mazer</p> <p>e Officer e pelos distribuidores FOB de Miami, AllPlus, ATC, Intcomex e pela Wintronic. Para mais informaes visite o site www.kingston.com.br.</p> <p>Lanamento da Intelno mercado corporativoA Intel anuncia a disponibilidade da verso 2010 da sua famlia de processadores Intel Core para o mercado corporativo no Brasil, no total so cinco processadores, dois deles so da linha vPro (Core i5 e Core i7) e os outros trs so da famlia Xeon (5600, 6500 e 7500). O diretor de marketing da Intel no Brasil, Cssio Tiet, afirma que a primeira vez que a empresa faz um lanamento simultneo de tantos produtos. Entre os diferenciais dos modelos vPro, que focam o gerenciamento remoto, est a capacidade de transferncia da tela grfica para o console de gerenciamento com suporte tecnologia KVM (keyboard, video, mouse). Tecnologia que permite o gerenciamento mesmo com a rede e o sistema operacional inativos. O Xeon 5600 direcionado para ambientes virtualizados que utilizam servidores com dois processadores, entre suas caractersticas mais marcantes</p> <p>esto a reduo no consumo de energia (at 30%), o ganho de desempenho (at 60%), a acelerao de criptografia com o AES-NI e a segurana do TXT. J as linhas 6500 e 7500 tm como foco, ambientes de misso crtica, com uma</p> <p>mdia de aumento de trs vezes na velocidade de processamento. A 6500 direcionada a servidores com at dois processadores, enquanto que a 7500 indicada para servidores maiores.</p> <p>PC&amp;CIA # 91 # 2010</p> <p>AMD apresenta viabilidadedos processadores OpteronAMD apresenta estudo de viabilidade e caractersticas da plataforma de servidores Opteron 6000, que contm a Direct Connect Architecture 2.0 (arquitetura de conexo direta) com 2 a 4 processadores de 8 a 12 ncleos para plataformas x86. A nova plataforma Opteron compatvel com chipsets para 2 a 4 soquetes de processadores e ser compatvel tambm com a prxima gerao de plataforma chamada Bulldozer.</p> <p>ProtocoloBrasliaAps outras empresas e organizaes como a Caixa Econmica Federal, Banco do Brasil, e SERPRO, a Petrobras tambm assina o Protocolo Braslia, documento que prope a inteno de aderir ao padro ODF (Open Document Format). O Protocolo Braslia no obriga o uso do padro, ele apenas estabelece a inteno de utilizao de um formato padronizado como forma de melhorar a interoperabilidade das organizaes relacionadas ao governo. Os principais aplicativos a suportar o padro ODF so o OpenOffice.org, seu brao brasileiro BrOffice.org e o IBM Lotus Symphony. O primeiro passo da companhia instalar um destes aplicativos como alternativa ao Microsoft Office e avaliar o desempenho e produtividade. Apesar de assinada a inteno de adotar o ODF, o feedback dos funcionrios ser levado em considerao na tomada de deciso de qual sute permanecer em uso. importante lembrar que o Open Document Format , a rigor, o padro de formato de documentos definido pela ABNT, em maio de 2008, quando esta publicou a norma brasileira NBR ISO/ IEC 26300: Tecnologia da informao - Formato aberto de documento para aplicaes de escritrio (OpenDocument) v1.0.</p> <p>MSI e Local Xem parceriaA MSI, fabricante mundial de produtos de informtica, anuncia a Local X como nova distribuidora da linhas de placasme em Santa Catarina com objetivo de aumentar a presena da marca nas principais revendas de equipamentos de toda a regio Sul do pas. Por enquanto a Local X ir comercializar todos os modelos nacionais de placasme da MSI, fabricados em Manaus (G31M3-L, K9N6PGM-V, H55-E33 e P55-CD53), mas a inteno acrescentar outros produtos ao portflio, como placas de vdeo e notebooks. Os produtos da MSI so reconhecidos pela qualidade e excelente relao custo-benefcio. Ter a marca no nosso portflio garantia de bons negcios, diz o presidente da Local X, Fabian Teixeira. Atualmente, a Local X conta com aproximadamente 4.000 revendas ativas e, segundo Teixeira, o objetivo que pelo menos 50% delas comercializem as placas-me da MSI.</p> <p>2010 # 91 # PC&amp;CIA</p> <p>Notcias</p> <p>Edio Gratuita. Download em www.revistapcecia.com.br</p> <p>Testes</p> <p>Edio Gratuita. Download em www.revistapcecia.com.br</p> <p>MSI</p> <p>H55M-E33A Intel lanou sua nova linha de processadores i3, i5 e Pentium baseado na arquitetura Clarkdale. E para aproveitar todos os recursos destas novas CPUs, incluindo o vdeo integrado, tambm foram lanados novos chipsets. Conhea uma dessas novas placas que j est sendo comercializada no Brasil, a MSI H55M-E33.</p>...