Revista Vitrine Cristã - 5ª edição

  • Published on
    31-Mar-2016

  • View
    218

  • Download
    5

DESCRIPTION

Revista com contedo cristo e anunciantes

Transcript

Vitrine Crist junho - julho - agosto2Vitrine Crist junho - julho - agostoEditorial3e x p e d i e n t eDireo: Grupo RMCOM - Marketing: Agencia N.I - Editorial: Fabiana Diniz (MTB 40.129) Projeto Grfico e Diagramao: Andr Bunduki Atendimento: N.I Negcios Inteligentes contato@negociosinteligentes.com.br Comercial: Flvio de Moraes flavio@negociosinteligentes.com.br Caroline Devecchi caroline@negociosinteligentes.com.br Mdia: AMCRIST Colaboraram nesta edio: Wilson Pereira Junior, Emlio Fernandes, Ronaldo Franja, Jeter Blaas. Administrao: Rua Jos Bim 336 Centro Atibaia SP CEP 12940-640 adm@rmcom.com.br 55 11 2427-2009 55 11 2427-2010 Vitrine Crist uma publicao do Grupo RMCOM, dirigida ao varejo cristo com lanamentos, promoes e tendncias do segmento. Vitrine Crist no se responsabiliza pelo contedo e conceitos emitidos nos artigos assinados. proibida a reproduo, total ou parcial, do contedo editorial publicado em Vitrine Crist sem autorizao documentada pelo departamento editorial.4814202434Pdv e Indstria:A parceria que pode dar certo.ArtIgos:Como administrar bem.Produto:Marcas que evangelizam.IntErnEt:e-commerce.rEflExo:na boca do peixe.Vitrine Crist junho - julho - agosto4Editorial4 junho | julho | agostovitrinecristChegamos a nossa 5 edio da vitrine Crist, a revista que te oferece as vrias oportunidades de negcios do segmento cristo evanglico. E, falando em negcios, como voc est administrando sua empresa e seus clientes, peas- chave para um bom negcioPensando em prestar apoio a pequenos, mdios ou grandes empresrios, esta nova edio da revista traz imprescindveis dicas de como planejar, organizar as estratgias, interagir e conquistar a credibilidade de seus clientes...Enfim, voc ter uma viso eficaz de como administrar com sabedoria o seu empreendimento. A matria sobre a relao entre Pdv e indstria, por exemplo, revela situaes sobre os cuidados que a indstria dever tomar antes de expor os seus produtos nos Pontos de venda. preciso muita ateno de ambas as partes, para que o cliente fique satisfeito. satisfao, que se traduz em necessidades respondidas, a garantia que todas as empresas desejam oferecer aos seus clientes, ou pelo menos deveriam. Para isso, muitas investem em um novo sistema de vendas e atendimento personalizado atravs da internet. voc j utilizou servios de e-commerce Ento informe-se sobre esta ferramenta online, que tem ganhado a confiana de um nmero cada vez maior de adeptos.o povo de deus criativo mesmo, atravs da matria Marcas que evangelizam, voc ter a oportunidade de conhecer os objetivos de investidores cristos em marcas de produtos de todos os gneros, de alimentcios a acessrios em geral, que trazem em suas estampas as mensagens de Cristo.na condio de cliente ou empreendedor, a nossa proposta a de atrair sua ateno para estas e outras novidades que surgem na indstria ou no comrcio do segmento cristo, sempre com o real objetivo de faz-lo expandir, o que j a garantia do sucesso. de empresrio inteligente Para um cliente exigenteVitrine Crist junho - julho - agosto5Vitrine Crist junho - julho - agostoVitrine Crist junho - julho - agostoVitrine Crist junho - julho - agosto88 PDV E INDSTRIAvitrinecristEm busca do melhor resultado em vendas, o relacionamento entre a indstria cultural evanglica e seus pontos de venda tem sofrido constante evoluo. diante do cenrio da crescente competio, surge a necessidade de trabalhos cooperados. A profissionalizao de ambos tem estreitado os laos entre as duas vertentes. preciso inovar e surpreender o consumidor o tempo todo, seja atravs de novos materiais ou novas aes promocionais no Pdv. Existem aplicaes de novas tecnologias dentro das lojas atravs de movimentos, luzes, sons, cheiros, diferentes efeitos visuais para atrair a ateno do consumidor. A indstria, produzindo mais e melhorando os preos para os varejistas; e os varejistas, por sua vez , repassando os descontos para os seus clientes finais e aperfeioando cada vez mais o atendimento , a variedade e o relacionamento, afirma Cris da livraria evanglica Bergara. A concluso deste casamento perfeito entre os dois elos traz benefcios para ambas as partes. todos sairiam ganhando, pois os varejistas comprariam mais, quanto ao cliente final , com preos mais acessveis, aumentaria o seu poder de compra,conclui.Estudos apontam que mais de 80% das decises de compra procedem dos pontos-de-venda. tamanha a importncia deste fato que os investimentos em aes do tipo promocionais no Pdv tm de ser realizados atravs de uma aliana estratgica que beneficie as duas partes deste acordo. uma aliana muito importante, pois quando os dois segmentos trabalham em parceria, todo o processo final, o nosso cliente, fica satisfeito, ressalta Cris. Qualidade e prazo so quesitos fundamentais que podem solidificar a relao entre a indstria e Pdv ou prejudic-la, se as aes no forem bem planejadas. o Pdv, segundo pesquisa realizada com ricardo Pastore, coordenador do ncleo de varejo da EsPM, o lugar onde tudo comea. Em alguns segmentos de supermercados, por exemplo, no raro encontrar aqueles balces promocionais, de grandes campanhas nacionais, em estado lastimvel, mal montados, sujos, com portas danificadas, presas por fita adesiva, e suas promotoras mal-vestidas.A parceria que pode dar certoPONTO-DE-VENDAPdv E IndstrIAVitrine Crist junho - julho - agosto9Vitrine Crist junho - julho - agosto10o mix extenso e variado oferecido pelo varejo cristo transps o foco do produto para o consumidor. Hoje, as lojas no podem ser apenas pontos-de-venda. Elas tem se tornado pontos de relacionamento, em que a preferncia do cliente por preos mais baixos d espao valorizao de elementos como atendimento, conforto, qualidade e convenincia. o Caf talentos gospel, situado na rua Conde de sarzedas traduz esta realidade. os pontos-de-venda, muito mais do que pontos de contato, devem ser ferramentas para fidelizar e reter consumidores.Tudo porque o consumidor busca solues e no apenas produtos. Estes canais de relacionamento no podem abrir mo de elementos tradicionais como preo, promoo, localizao estratgica, servios para o cliente, alm de ter produtos e atendimento de qualidade. Procuramos a cada dia nos atualizar, seja atravs de reunies com representantes das editoras , mdia , internet , enfim qualquer veculo que nos faa estar a par das mudanas que vem ocorrendo no nosso mercado cristo, afirma.10 PDV E INDSTRIAvitrinecristPdv Ponto de relacionamentoAs empresas precisam ter vantagens competitivas. Segundo consulores, 7 requisitos devem ser seguidos: Experincia com a loja: ter uma boa iluminao, layout, fazer com que os clientes sintam prazer em estar no ambiente interno da empresa; Convenincia: facilidade de localizao, acesso rpido e seguro, agilidade no pagamento das mercadorias, porque ganha a loja que facilita a vida do cliente, Sortimento: ter um mix de produtos que sejam adequados ao cliente; Qualidade: bons produtos para a satisfao do cliente; Disponibilidade de produtos: minimizar a ruptura para que os clientes possam retornar ao estabelecimento; Multicanal: as empresas precisam se relacionar com os clientes de vrias formas; Servios aos consumidores: demonstrar interesse, oferecer servios, ouvir os clientes, ser simptico. 10Caf Talentos Gospel Ponto certopara reuniese encontrosde negcio.Vitrine Crist junho - julho - agostoVitrine Crist junho - julho - agostoVitrine Crist junho - julho - agostoA R T I G Ovitrinecristartigos1414Como o consumidor decide a compra de um produtoPor.: Wilson Pereira JniorScio Proprietrio do Grupo 100% CristoEm tempos de internet, a cada dia o consumidor vem mudando a maneira de decidir onde comprar seu produto e quanto pagar por ele. Comprova-se, cada vez mais, que o preo no o mais o fator decisivo na hora da compra. vou citar um exemplo para elucidar melhor esta questo: vamos supor que voc tenha duas coisas para fazer hoje. A primeira comprar uma caneta e a segunda comprar um terno para usar no trabalho. Em uma loja de material de escritrio, uma bela caneta sai por r$ 25,00. voc est prestes a compr-la, quando se lembra de que a mesma caneta est em liquidao por r$ 18,00, em outra loja, a 15 minutos de distncia. o que voc faz? resolve caminhar 15 minutos para poupar r$ 7,00? A maioria de ns, diante deste dilema, diria que faria a caminhada para poupar os r$ 7,00. vamos segunda tarefa: comprar um terno. voc encontra um luxuoso terno por r$ 450,00 e resolve compr-lo, mas outro cliente cochicha em seu ouvido e fala que este mesmo terno esta por r$ 443,00 em outra loja, tambm a 15 minutos dali. voc faz a caminhada? A maioria diria que no. o que acontece? ser que 15 minutos do seu tempo valem r$7,00? se valer, a caminhada deveria ser feita; se no valer, nenhuma das duas deveriam ser feitas. Muitas vezes o consumidor decide com a relatividade, porm cada dia o fator tempo tem um peso muito grande na hora do consumidor decidir. Ao avaliar esta situao dentre inmeras outras que poderamos citar, o consumidor vem mudando a maneira de decidir na hora de comprar. Agregar servios ao produto como entrega, no deixar produtos faltarem na prateleira, bom atendimento, tm pesos maiores que o preo na hora do consumidor decidir."Agregar servios ao produto, no deixar produtos faltarem na prateleira e o bom atendimento tm pesos maiores na hora do consumidor decidir".Vitrine Crist junho - julho - agostoVitrine Crist junho - julho - agosto1616 A R T I G OvitrinecristNo ms passado, estive visitando uma nova livraria no centro de Angra dos Reis. Em excelente localizao, pequena sim, mas totalmente abrangente em variedade de produtos. A Planeta Gospel (nome da livraria) est comeando e durante minha visita puder compartilhar uma pesquisa que li em um site britnico chamado iVillage que listou 25 dicas para administrar melhor seus negcios (principalmente se ele estiver comeando). Quero compartilhar 10 entre as 25 dicas: no entre em um negcio desconhecido, sobre o qual voc no entenda nada. Se fizer isso, vo passar o resto da vida tentando alcanar os outros. Quando voc encontrar algum melhor que voc, contrate-o. separe seu trabalho da sua vida pessoal. Defina seu horrio de trabalho e respeite-o religiosamente. Quando sair do trabalho, deixe um recado no seu telefone e uma mensagem automtica no e-mail dizendo quando voc dar retorno, mas d uma alternativa de como encontr-lo em caso de urgncia. separe uma hora por dia para pensar. se voc encher sua agenda com compromissos o dia inteiro, sua empresa nunca ir crescer. utilize a internet. Anuncie em sites. use e-mail. Envie newsletters. tenha seu prprio site e divulgue-o em sites de busca como o google.Qualidade, metas e honestidade tenha em mente que o investimento inicial em um negcio consumido rapidamente. Por isso, tenha certeza de estar coberto financeiramente por pelo menos dois anos. Escreva um plano de negcios para no perder de vista os seus objetivos e atualize-o todo ano. no trabalhe por menos do que o mnimo necessrio para sua sade financeira. Mas procure dar descontos a consumidores ou clientes que assinarem contratos ou fizerem pacotes. faa com que a qualidade esteja presente em todos os aspectos do seu negcio. Caso contrrio, voc poder ser obrigado a fechar as portas. desenvolva um bom relacionamento com o gerente do seu banco e seus credores. demonstre um interesse sincero em resolver problemas. Pague o mximo que puder para quitar suas dvidas.o jovem casal proprietrio tem conhecimento daquilo que esto oferecendo, mas esto fazendo a lio de casa, com empenho e dedicao. Quando colocamos esta qumica em ao os resultados so visveis em tempo curto e comeamos a desfrutar dos benefcios de um novo empreendimento.frmulas mgicasEMilio FErnanDES Junior, formato em Marketing, ps-graduado em administrao de empresa, consultor para empresas e palestrante para empreendedores. Vitrine Crist junho - julho - agostoAgendA SemAnAl15 x 20,5 cm 256 pginasnoSSo AndAr dirio Anurio 2011/Vol. 610 x 15 cm 384 pginasdirio de orAo14,7 x 20 cm 448 pginasCapa duraAgenda permanenteBrincadeiras Brincadeiras i- -que-c-veis i- -que-c-veis nesnescapa2_LC261-Nova_ok.indd 1 03.05.10 13:28:07Agenda permanenteBrincadeiras Brincadeiras i- -que-c-veis i- -que-c-veis nesnescapa1_N1415-ok- teste.indd 103.05.10 13:01:11Lanamentos Publicaes Rbc(41) 3257-4028www.publicacoesrbc.com vendas@publicacoesrbc.comPUBLICAES RBCAgendA infAntilBrincAdeirAS ineSquecVeiS14,8 x 21 cm 416 pginas 2 opes de capa capa durao jogo dA VidA13,5 x 20,5 cm 120 pginasI S B N 978-1-60485-312-49 7 8 1 6 0 4 8 5 3 1 2 4QC650PUBLICAES RBC EunicE Faith PriddyEunicE Faith Priddyum estudo devocional sobre 50 mulheresMulheres na BbliaMulheresBblia9naMulheresBblia9naEunice Priddy captura a sua ateno neste penetrante estudo sobre a importncia da vida de algumas mulheres significativas na Bblia. Desde a primeira leitura senti-me impulsionada a utilizar estes exemplos ao ministrar s vidas de jovens universitrias. Este livro uma ferramenta muito adequada para o ensino, na cultura de hoje. Helen AmstutUso o livro Mulheres na Bblia em reunies com as mulheres nas vilas e cidades. Este livro descreve cada uma das mulheres mencionadas de maneira precisa e clara, e retira, de cada uma delas, as lies espirituais que elas nos oferecem. Carole Plunkitt (missionria no Togo, frica Ocidental)Nascida em Paris onde seus pais, Haroldo e Faith Dark, estudavam a lngua para preparar-se para o campo de misses na frica, onde serviram por 35 anos.Aos 12 anos de idade, dedicou sua vida ao servio missionrio. Algumas lembranas de infncia mais queridas, remetem aos momentos que passava conversando ao redor de fogueiras nas vilas africanas. Junto a seu esposo Glenn serviram como missionrios em Mnaco e depois em Honduras, onde iniciaram uma estao de rdio crist. Nessa poca, sentiu grande preocupao por mulheres nos pases em desenvolvimento. Fruto dessa inquietao, comeou a escrever o livro Mulheres na Bblia e a desenvolver um programa radiofnico.Devido s limitaes fsicas causadas pela doena de lpus, a famlia regressou para Harrisburg, Pensilvnia, EUA, em 1995. Atualmente, trabalha como anfitri para a Associao dos Batistas para Evangelismo Mundial (ABWE) e seu marido o diretor do departamento financeiro de Misses. QC650_coverMulheresBiblia.indd 1 08.06.10 11:27:25mulhereS dA BBliA13,5 x 20,5 cm 376 pginasVitrineCrista_Junho2010.indd 1 09.06.10 16:40:06Vitrine Crist junho - julho - agostoVitrine Crist junho - julho - agosto18vitrinecristA R T I G O18Quem no se lembra do famoso Mappin? um dos maiores magazines das ltimas dcadas! Eu me lembro como hoje! Meus Pais amavam comprar nessa loja, andavam de l para c, subiam e desciam os andares e, quando eu pensava que iramos embora, as compras estavam apenas comeando. faltava passar no setor de brinquedos, eletroeletrnicos, mveis, roupas, perfumaria, cama, mesa e banho, ao todo, eram 34 setores. ufa!Imprensa, funcionrios e clientes na frente das lojas pareciam no acreditar. uns choravam, outros de cabea baixa, mas todos perplexos se perguntavam: o que aconteceu? depois de 86 anos de atividades, em julho de 1999 o MAPPIn baixava suas portas. Como uma rede de lojas como o Mappin quebrou? Por qu? resposta: faltou Administrao. Algumas pessoas espiritualizam quase tudo, e quando alcanam um determinado patamar financeiro esquecem que precisam continuar administrando. Com o passar dos anos, muitos acham que sempre vo vencer, confiando na sua marca ou no seu nome j conhecido na praa. Existem pessoas que no conseguem administrar a prpria vida, o tempo, salrio, famlia, contas, ministrio. ser que uma pessoa com esse histrico, vai saber lidar com muito dinheiro, fama e o mundo?Jesus era famoso, e o seu nome, o nome mais conhecido at os dias de hoje. A Bblia nos revela que a sua fama no parava de crescer. A Bblia no fala que Jesus era milionrio. Jesus nos diz que o seu Pai o dono do ouro e da prata. Jesus era um administrador do reino de deus. na multiplicao dos Pes ordenou que os discpulos recolhessem o que sobrou, para que nada fosse desperdiado. o problema nunca foi a fama, nem o dinheiro, muito menos a msica, quando usada a servio do reino de deus, para que o Mundo saiba que Jesus Cristo o senhor. Quem administra os talentos com prudncia entra no gozo do senhor. Quem faz de forma relaxada, perde at o que tem. Exemplos de sucesso e de fracasso no faltam, e esto a para quem quiser ver. ronalDo FranJa, Cantor, Compositor e Executivo da rdio Vida 96.5 FMMsica, Dinheiro, Fama e o MundoProdutos com qualidade, atendimento personalizado,preo justo e timas condiesBBlias, livros, CDs, DvDs, TTulos TeolgiCos, MaTeriais para eBDwww.videiraverdadeira.com.bratendimento@stargospel.com.brloja 1 rua Conde de sarzedas, 134liberdade sp (11) 3242-0804loja 2 rua Conde de sarzedas, 160liberdade sp (11) 3101-7015Vendas noatacado e varejowww.shoppingtem.com.bra sua loja gospel na web.ConTaTosTel. 11 4113 0069 interessante notar que de algumas dcadas para c, com a exploso no crescimento de evanglicos, cresceu-se tambm a demanda de produtos que atendem este segmento. os rtulos ou marcas com motivos evanglicos esto presentes em produtos que vo de gneros da cesta bsica at brinquedos. A resposta que os empresrios encontram para justificar essa preferncia , na maioria das vezes, a evangelizao. foi neste mercado que encontramos uma maior satisfao, pois, continuamos a produzir o que mais fazamos de melhor, com qualidade, e, ainda, paralelamente, levamos as mensagens de Cristo, atravs 20 P R O D U T OvitrinecristMarcas que evangelizamCrescem os investimentos em fabricao de produtos com rtulos evanglicos e muitos j ocupam at as prateleiras de supermercados.Vitrine Crist junho - julho - agostoVitrine Crist junho - julho - agosto22 P R O D U T Ovitrinecristde nossos produtos, afirma Jean Louis, das Confeces Belttty . Empresa nacional fabricante de baby looks com mensagens evanglicas. Cremos que as mensagens que viro em todos os nossos produtos alcanaro o mundo e resgataro muitas almas perdidas e dominadas pelo inimigo. Estamos fazendo nossa parte em busca de um mundo melhor em pessoas e almas, declaraes extradas do site da empresa 100% Jesus. Empresa catarinense lanada em 2009 que exibe sua marca em produtos como gua mineral, refrigerante, sucos e leites, alm produtos do gnero cosmtico.Ganhar a confiana e o reconhecimento do pbico a quem se deseja conquistar quesito de grande relevncia para empresas deste ramo. A preocupao gerada, pois o novo convertido ao evangelho tende a buscar uma demanda cada vez maior dos produtos deste segmento de mercado. ficamos felizes em saber que nossos clientes possam expressar atravs dos produtos Beltty suas convices religiosas. lanamos modelos com diversificao de cores e modelos pensado na Mulher Crist, afirma Jean.A procura por produtos consagrados a deus, que trazem o nome bblico estampado marca tem feito parte de conhecidas campanhas de milagres realizadas nas igrejas. o caso da campanha da gua 100% Jesus na Igreja Mundial do Poder de deus. As milhares de garrafas de gua da marca 100% Jesus recebem a orao do Apstolo valdemiro e logo so distribudas aos mais de 30 mil fiis, para que sejam curados de suas enfermidades. A qualidade est presente na confeco das mercadorias, nos preos praticados e nas formas de distribuio de cada produto. A empresa Belttty, por exemplo, conta com uma cadeia de lojistas, sacoleiros ou revendedores em todo o pas, A todo momento estamos cadastrando novos clientes revendedores; damos prioridade a direcionarmos nossos canais de vendas queles que so autnomos.Aes filantrpicas As estampas da evangelizao so movidas por propsitos altrustas e de grande exemplo pessoal. o investimento em obras sociais j faz parte das aes da empresa 100% Jesus, que destina 20% do faturamento lquido s obras sociais e s igrejas que lhes prestam apoio. 100% Jesus www.cemporcentojesus.comNegcios com a Confeces Belttty:atendimento@belttty.com.brVitrine Crist junho - julho - agostonpcom.com.100%JesusSeja um Revendedor Autorizado da Linha de Cosmticos 100% Jesus.Creme de hidrataoCreme para pentear Hidratante corporal ReparadorShampooVoc ter a sua disposio uma linha de 32 produtos de qualidade para oferecer aos seus clientes o que h de melhor no segmento de tratamento dos cabelos e corporal. Alm de complementar a sua renda, seus clientes ainda ficaro satisfeitos por conhecer essa linha de cosmticos. Todo mundo vai sair ganhando. Visite o nosso site www.cemporcentojesuscosmeticos.com e preencha seus dados, que entraremos em contato com voc. Vitrine Crist junho - julho - agosto24 I N T E R N E TvitrinecristE-commErcE A soluo inteligente que oferece a oportunidade de aumentar as vendas e lidar de uma forma mais direta com seu cliente.Quando pensamos no comrcio eletrnico, logo nos vem cabea a ideia de uma loja virtual. Esta ideia no est errada, mas se explorarmos com mais calma o conceito de e-commerce, loja virtual apenas uma parte de toda a abrangncia do e-commerce.o comrcio eletrnico ou e-commerce, como tambm conhecido, atravs da Internet o ramo de atividade econmica que mais cresce no mundo. dentro do cenrio mundial, o Brasil no poderia ficar de fora quanto a sua participao nos crescentes nmeros de faturamento representados pelo setor. Em 2009, o pas j ocupava a 5 posio com o maior nmero de conexes via internet. segundo dados do Ibope/nielsen, em dezembro do ano passado os nmeros somaram 67,5 milhes de internautas.A formao de uma nova cultura na rede, graas expanso da internet e a polticas de segurana, deu asas para este novo modelo de negcio.a babylook crist que todo mundo quer!www.belttty.com.bratendimento@belttty.com.brvendas (11) 3522-8534 | (85) 3219-4144E-commErcE 26VantagEns do E-commErcE Economia de tempoPela prpria natureza do e-commerce, a extino de barreiras de tempo e distncia nas transaes de negociao gera inmeras facilidades de acesso aos produtos. o crescimento virtual e a agilidade comercial so quesitos importantes que nos atraem para este tipo de servio, afirma Jorge rodrigo, diretor da nI- negcios Inteligentes. sites de e-commerce tm um mecanismo de busca mais rpido. Por meio dele, o cliente no pode experimentar o produto, mas tem a rapidez na busca. A flexibilidade de horrios uma outra convenincia do e-commerce, pois, em qualquer momento se pode acessar e efetuar compras e vendas pela Internet. Custo baixoo custo reduzido de funcionamento da comercializao online traz um importante benefcio para as organizaes, pois os altos custos de ligaes internacionais podem ser sistematicamente reduzidos.A comercializao via Internet tem suas vantagens por diminuir a importncia geogrfica dos territrios. Ela permite que tanto o pequeno quanto o grande empresrio obtenha acordos mercadolgicos em qualquer lugar do mundo. o ingresso direto loja sem a necessidade de intermedirios mais uma vantagem relevante para o usurio que mesmo assim pode inclusive obter preos mais competitivos. naturalmente que este artifcio tambm pode trazer benefcios empresa: ao vender seu produto diretamente ao consumidor, elimina um passo da comercializao, acarretando em melhores preos e maior capital de giro.26 I N T E R N E TvitrinecristVitrine Crist junho - julho - agosto27E-commErcE comrcio ElEtrnico no Brasilno primeiro semestre de 2008, as compras on-line somaram r$ 3,8 bilhes (45% mais do que igual perodo de 2007)[10]. o ano fechou em r$ 8,2 bilhes (crescimento de 30% na comparao com 2007). A previso para o primeiro semestre de 2009 era de r$ 4,5 bilhes[11], mas, mesmo com crise, o faturamento foi de r$ 4,8 bilhes, 27% a mais em relao ao mesmo perodo de 2008. o valor mdio das compras de 323 reais[12]. A previso que o ano feche em r$ 10,6 bilhes.fonte: Ibope/nielsen se o cliente percebe que a comunicao foi feita para ele, que toda aquela soluo de varejo funciona para ele, como se fizesse parte de um clube de consumo que o conhece profundamente, respeita e direciona todas as suas aes para lhe atender.Porm, algumas observaes devem ser feitas pelo cliente antes de aderir compra. sempre importante sondar os portais e sites comerciais para comprovao e histrico no mercado. Analisar as condies e orientaes de entrega, prazo, bem como as especificaes gerais do servio ou produto, alerta Jorge rodrigo. A est a grande vantagem do e-commerce, fazer com que o negcio tome o formato que o cliente espera, resultando em aumento de vendas e satisfao por parte dos consumidores. 28 I N T E R N E TvitrinecristVitrine Crist junho - julho - agostoVitrine Crist junho - julho - agosto31Vitrine Crist junho - julho - agostoVitrine Crist junho - julho - agosto34 R E F l E x OvitrinecristNa boca do peixeEsse imposto era aplicado anualmente como um tributo judaico, para manuteno e sustento do templo. Quando Pedro foi questionado se seu mestre pagaria o imposto, de pronto respondeu que sim, e levou o caso a Jesus . Esclarecendo que os membros da famlia real no pagavam imposto, Jesus faz um trocadilho com a metfora semtica do termo filho, e ensina que sendo ele o filho de Deus, estaria livre dessa obrigao. Preocupado em no gerar escndalo, diz para Pedro pescar , pois no primeiro peixe encontraria um estter, equivalente a 4 dracmas, o necessrio para pagar o imposto de ambos.Podemos no saber o modo, mas precisamos ter a certeza, a mesma convico expressa por Pedro, a declarao de que Ele tudo pode. ainda que hbeis e capacitados, nos deparamos com situaes fora de nosso alcance. no entanto, ao levarmos os problemas a Cristo, recebemos direo. Cabe ento a ns, o exerccio da f e obedincia.Jamais podemos nos esquecer do significado da palavra sobrenatural: acima do natural. Se no existe sobrenatural, no existe Deus. Pedro naquele momento no foi esttico, mediante a palavra do mestre creu, se moveu, e recebeu o milagre! Jeter Blaas bacharel em teologia, pastor titular da igreja do Evangelho Quadrangular em Jundia vila rami, msico e compositor do cd a Tua uno.Mateus 17:24-2724 Quando Jesus e seus discpulos chegaram a Cafarnaum, os coletores de imposto de duas dracmas vieram a Pedro e perguntaram: O mestre de vocs no paga o imposto do templo?25 Sim, paga respondeu ele.Quando Pedro entrou na casa Jesus foi o primeiro a falar, perguntando-lhe: O que voc acha, Simo? De quem os reis da terra cobram os tributos e impostos?De seus prprios filhos ou dos outros?26 De outros, respondeu Pedro.Disse-lhe Jesus: Ento os filhos esto isentos.27 Mas para no escandaliz-los, vai ao mar e jogue o anzol. Tire o primeiro peixe que voc pegar, abra-lhe a boca e voc encontrar uma moeda de quatro dracmas. Pegue-a e entregue a eles, para pagar o meu imposto e o seu. por Jeter BlaasVitrine Crist junho - julho - agostoVitrine Crist junho - julho - agosto