Ricardo Araujo

  • View
    1.148

  • Download
    9

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Palestra de Ricardo Arajo, Diretor Comercial da Rapido Cometa, apresentada durante 6 Encontro de Logstica da Fiesp

Transcript

  • 1. O RAPIDOCOMETA 69 anos de experincia Mais de 12 milhes de entregas realizadaspor ano Presente em todos os estados do Brasil Mais de 184 pontos no Brasil com 41 filiais Mais de 650 mil m2 de rea construda e deptio Mais de 5 mil localidades atendidas no Brasil Transporte de cargas para 220 pases atravsda FedEx Certificada pelo ISO 9001 desde 1997 Mais de 8 mil funcionrios Mais de 3 mil veculos Mais de 12 mil clientes ativos.

2. SERVIOS SERVIOSServio areo Transporte Full ServiceAtendimento Equipepara todo rodovirio em logstica, especializado especializadaBrasil e 220para todoatendendo aspara vendas para o manuseiopaseso pais, comnecessidadesdiretas, atravsdos produtos,atravs os menores de cada etapa de uma rede com todas asde acordo prazos doda cadeia deexclusiva paracertificaescomercial mercado esuprimentos entrega nos rgoscom a FedEx atendendo aresidencial deregulamentadoresdiversos tipos alta capilaridadede cargas 3. MAPA DECOBERTURA Filial-Polo Ponto de operaes 4. PRINCIPAIS CLIENTES 5. O RAPIDO E AMULTIMODALIDADE 6. RODOVIRIOCARACTERSTICAS: Abrangncia Nacional. Disponvel para carga fracionada ou lotao. Tecnologia de informao com acompanhamento via internet e call center. Veculos monitorados via satlite 24 horas por dia e 7 dias por semana. Gerenciamento de Risco de ponta a ponta. E mais: Distribuio D2D. Entrega paletizada. Agendamento de entregas. Armazenagem no destino. Logstica reversa. 7. RODOVIRIOSERVIOS: Rapido Rodo Regional Rapido Rodo Inter-Regional Rapido 1 Hora Inter-Regional 8. FERROVIRIO O perfil de carga operada pelo Rapido Cometa, e ainda a limitada malha ferroviria brasileira, inviabiliza o uso desse modal pela nossa empresa. 9. CABOTAGEMCARACTERSTICAS: Parceria entre o Rapido Cometa e a MERCOSUL LINE. Origem em Manaus com destino para Nordeste - portos de PECEM (CE) eSUAPE (PE), para distribuio de carga fracionada. Objetivo: diminuir o gargalo nos perodos de pico como finais de ms, diasdas mes e Natal. Nestes perodos existe a escassez de equipamentos para orodo-fluvial dificultando o escoamento da carga. Menor risco. Os ndices de acidentes de trnsito, quebra de veculo porconta da precariedade das estradas brasileiras, faltas e avarias caemconsideravelmente. Clientes tratam com apenas uma empresa e realizam a cabotagem edistribuio fracionada. 10. AREOSERVIOS:Rapido Areo Colo a Colo - Servio mais urgente responsvel por levar aencomenda, atravs de um colaborador, no prximo vo disponvel. Ele far aentrega pessoalmente no menor tempo possvel e em qualquer hora do dia ou danoite.Rapido Areo Pequenos Volumes - Envio depequenas encomendas que variam de 100g a 8 kg. Oprazo de entrega de at 2 dias teis para asprincipais capitais e de at 3 dias teis para osprincipais interiores. Rapido Areo Expresso - Transporte para cargas queprecisam chegar ao destino no prximo dia til para ascapitais e em at 2 dias teis para as demaislocalidades. 11. AREOSERVIOS: Rapido Areo Tradicional - Baseado em um trabalho de planejamentode malha e consolidao de volumes, o Rapido Areo Tradicional oservio com o melhor custo-benefcio para cargas com prazo de entregade at 2 dias teis para as capitais e de at 3 dias teis para as demaislocalidades. Rapido Areo Internacional - Atravs de um acordo operacional com aFedEx, a maior empresa de carga expressa do mundo, o Rapido realizaa coleta e entrega de documentos e cargas com tempo de trnsito de 1 a4 dias teis para mais de 220 pases. 12. DIFICULDADES NOTRANSPORTE DECARGAS NOMODAL AREO 13. CARACTERSTICAS DA DEMANDA Aoescolher o modal areo, o cliente busca trs premissasfundamentais: agilidade, informao e segurana. Tradicionalmente o cliente do areo espera sempre umtratamento diferenciado, informaes rpidas e precisas. Em geral as cargas deste modal so: sensveis, perecveis ede alto valor agregado. Muitas vezes so destinadas a salvarvidas e/ou para evitar perdas financeiras. 14. COMPANHIASDenominadas como Companhias Areas Mistas, so empresasque transportam em sua prioridade passageiros, edisponibilizam espao em seu poro para transporte decargas. So elas: AZUL, TAM, GOL, WEBJET e AVIANCA.Denominadas como Companhias Areas Cargueiras, soempresas que possuem a finalidade de transportar apenascargas. So elas: ABSA, VARIGLOG e RIO LINHAS AEREAS. 15. COMPANHIAS VALORPESO MXIMO/COMPANHIA TIPOAERONAVESMALHA MXIMO/AWBVOLUMEA319, A320 e A321A319, A320, A321 e Valor de nossa TAMMISTA= 150 kg; A330 = Nacional A330aplice500 kgB737-300, B737-700 Valor de nossaGOLLOGMISTA 80 kg Nacionale B737-800 aplicePOA, CWB, GRU, GIG, AVIANCAMISTA F100 Ilimitado 100 kgCNF, SSA, BSB, REC, NAT e FORCPQ, GRU, FOR, REC,MCZ, MAO, BSB, GYN, AZUL MISTA EMBRAERIlimitado70 kg SSA, CGB, CGR, CNF,CWB, FLN, NAT, NVT,POA, VIXPOA, CWB, GRU, GIG,WEBJETMISTA B737 300 Ilimitado 120 kgCNF,SSA, BSB, REC, NAT e FOR ABSA CARGUEIRAB767 300F Ilimitado4.000 kgGRU, MAO, REC, FOR B727-200 e B757- VARIGLOG CARGUEIRAR$ 1,5 MM2.000 kgGRU, FOR, BEL, SSA 200 RIOCARGUEIRA Boeing 727-700 SSA, GRU, REC 16. DIFICULDADES NO SETOR Estrutura dos Aeroportos: TECAs no so apropriados para asCompanhias Areas. Em muitos casos os terminais so lonados. Oacesso aos TECAs lento, provocando filas para o embarque, oque em alguns casos ocasiona perda de vos. Segurana e integridade da carga: os investimentos pretendidosem segurana (cmeras, espao, segurana no acesso, dentreoutros), esbarram na morosidade da Infraero em concederliberao para as companhias estruturarem seus TECAs. Manuseio da mercadoria: em algumas companhias, a equipe de pista terceirizada, com falta de treinamento e alta rotatividade. 17. DIFICULDADES NO SETOR Malha area: Em sua maioria so utilizados vos de passageiros, assim, a carga perde a prioridade para bagagens, perecveis, expressos, esquife e animais vivos. Poucos trechos operados por companhias cargueiras. Atualmente temos cargueiros operando nos seguintes aeroportos: GRU/REC/FOR/MAO/SSA e BEL. Temos apenas 1 vo por dia, e em alguns trechos no so dirios, como por exemplo GRU/BEL. 18. FOTOS 19. FOTOS 20. FOTOS Tecnologia: sistema de Raio-x no Tecnologia: balco e balana no setor de recebimento esetor de armazenagem eexpedio de mercadoriasexpedio das mercadorias 21. FOTOSrea: mercadoria na rea rea: mercadoria na reasuperior do TECA externa do TECA 22. FOTOSManuseio: simbologia da caixa rea: embarque e desembarque no respeitada de mercadorias 23. FOTOSAcesso: via pblica entre oAcesso: trajeto TECA*/Aeronave TECA* e a pista * Fortaleza/CE