Gabarito exercícios aula 18 biologia

  • Published on
    19-Jul-2015

  • View
    479

  • Download
    1

Embed Size (px)

Transcript

BIOLOGIA A (AULA 18)METABOLISMO ENERGTICO E METABOLISMO DE CONSTRUO

EXERCCIOS DE REVISO

GABARITO

1) Os dois monossacardeos se combinam, havendo nessa reao qumica a perda de uma molcula de gua. Fala-se em sntese por desidratao.

2) Significa, textualmente, quebra pela gua. A vantagem que molculas grandes, que no poderiam ser absorvidas pelo sangue, so reduzidas as suas unidades constituintes, suficientemente pequenas para haver absoro.

3) So absorvidos pelo tubo digestrio, normalmente, os monossacardeos.4) Um deles o amido, que tem o papel de reserva energtica nos vegetais, alm de constituir um nutriente fundamental para a alimentao humana. O outro a celulose, componente estrutural de reforo da parede celular de vegetais.

5) A sacarose um dissacardeo. Ela no seria absorvida de forma imediata pelo tubo digestrio, necessitando, previamente, de digesto. J a glicose, por ser um monossacardeo, absorvida de forma imediata, podendo, assim, ficar disponvel mais rapidamente para o trabalho muscular.

6) Letra C

7) Letra B

8) A mudana na sequncia dos aminocidos de uma enzima, que uma protena, modificaria sua forma, e, por isso, poderia modificar sua funo. Afinal, as enzimas se combinam com o substrato por um mecanismo de chave-fechadura e, para isso, dependem de sua forma.9) A teoria da chave-fechadura prope que as enzimas se combinam a seu substrato por haver compatibilidade entre as formas de suas molculas, como se houvesse um encaixe entre elas. Assim, a forma da enzima ir determinar com que tipo de substrato ela poder reagir.

10) Os fatores so o pH e a temperatura. No caso da digesto, por exemplo, a amilase salivar age sobre o amido, num pH de aproximadamente 7,0. No entanto, quando o bolo alimentar chega ao estmago, a atividade da amilase cessa, j que, a, o pH fortemente cido.

11) As extremidades do corpo do animal (orelhas, focinho, ps e cauda) normalmente perdem mais calor para o ambiente do que as demais regies do corpo. Assim sendo, nas extremidades, a enzima fica ativa, porque est numa temperatura inferior a 34C, e, consequentemente, produz o pigmento preto. As demais regies do corpo, por terem temperatura superior a 34C, no produzem pigmento, por causa da inativao da enzima.

12) No poderia. A vacina contm antgenos, que estimulam a produo de anticorpos. Os soros antiofdicos, no entanto, so preparaes que contm anticorpos prontos, que combatem os antgenos j presentes no caso, representados pelo veneno de cobra.

13) a) A medida que se baseia no mecanismo acima a vacinao.

b) A primeira inoculao de antgeno fez com que houvesse uma produo de anticorpos inicialmente discreta e lenta. A segunda dose de antgeno reforou o processo, provocando ento uma produo bem maior de anticorpos (j se havia estabelecido a memria imunitria, causada pela primeira inoculao).

14) Letra D