Psicologia da edc

  • Published on
    20-Jul-2015

  • View
    86

  • Download
    1

Embed Size (px)

Transcript

<ul><li><p> PIAGET: DESENVOLVIMENTO COGNITIVO E APRENDIZAGEM</p><p> Prof. Julia Alves</p><p>ALDEAN LIMA SOUZAANA PAULA SILVADANIEL TAVARESJOS SRGIO LOPESMARIA REGINA DE OLIVEIRATACILEMA LEITE SANTANA DO IPANEMA AL 2014UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS UNEALCAMPUS II SANTANA DO IPANEMA-ALPSICOLOGIA DA EDUCAOCINCIAS BIOLGICAS</p></li><li><p>Sua, 09 de agosto de 1896 </p></li><li><p>Nasceu um garotinho chamado Sir Jean Willian Fritz Piaget</p></li><li><p>Que mais tarde iria ficar conhecido como Jean Piaget, um jovem estudante de biologia, at concluir seu doutorado.</p></li><li><p>Mais tarde Piaget dedicou-se a rea da psicologia, da epistemologia e da educao.</p></li><li><p>Foram muitos anos de estudos e dedicao at que ele se tornasse o grande Jean Piaget, que citado, estudado e lembrado at os dias de hoje.</p></li><li><p>Piaget defendeu uma abordagem interdisciplinar para a investigao da epistemologia.</p></li><li><p>Assim, todo o conhecimento e desenvolvimento da criana dependem da exposio ao meio e aos estmulos vindos deste.</p></li><li><p>Piaget afirma que a base do conhecimento a transferncia de assimilao de estruturas.</p></li><li><p>Assim um estimulo do meio ser encarado como uma estrutura que ser assimilado pelo individuo atravs da sua capacidade de aprender.</p></li><li><p>16 de setembro de 1980</p></li><li><p>A psicologia veste luto com a morte de...</p></li><li><p>JEAN PIAGET</p></li><li><p>)</p></li><li><p>Quem foi Piaget?Jean Piaget foi um renomado pesquisador, com destaque intelectual, tambm se destacou com publicaes de artigos na rea das cincias, onde obteve-se o titulo de doutor aos 21 anos de idade. Foi bilogo de formao, busca estudar na psicologia as questes epistemolgicas. Dedicou suas pesquisas descoberta sistemtica da evoluo mental da criana.</p></li><li><p>Em suas observaes e testes, em carter cientifico (atravs da minuciosa observao de seus filhos e de outras crianas), opta pelo mtodo clnico, a partir do mtodo experimental e da interrogao clnica, com intuito de conhecer o processo de raciocnio da criana. Nesse aspecto, o terico atribui relevncia a linguagem, enquanto via ingresso a reflexo infantil e de expresso de seu pensamento.</p></li><li><p>Epistemologia GenticaPiaget chama de epistemologia a sua teoria do conhecimento porque est centralizada no conhecimento cientfico. E tambm de gentica porque, alm de atentar-se no como possvel alcanar o conhecimento - ele estuda as condies necessrias para que a criana (beb) chegue na fase adulta com conhecimentos possveis a ela. Disto, surge o termo em Piaget epistemologia gentica ou psicogentica.</p></li><li><p>Desenvolvimento CognitivoPiaget compreende o desenvolvimento cognitivo como algo que contm uma dinamicidade; a inteligncia existe na ao, modifica-se numa sucesso de estgios, que compreendem uma gnese, uma estrutura e a mudana destas.</p></li><li><p>Desenvolvimento: Um Movimento em Busca de EquilbrioPiaget compreende o desenvolvimento como a busca por um equilbrio superior com isso, na busca por equilbrio constante, surge novas estruturas, novas formas de conhecimento. Neste processo, ele organiza mentalmente a realidade para entend-la, desenvolvendo a inteligncia. Baseadas nestes esquemas que as pessoas constroem as estruturas mentais que possibilitam o aprendizado. As formas de interao evoluem progressivamente conforme a faixa etria e as experincias individuais. </p></li><li><p>ADAPTAO: O ambiente fsico e social coloca continuamente o individuo diante de questes que rompem o estado de equilbrio do organismo e eliciam a busca de comportamentos mais adaptativos.ASSIMILO: Processo de absoro do que oferecido pelo mundo que nos rodeia.ACOMODAO: Processo mediante o qual nosso organismo se modifica, no sentido de adaptar-se as novas exigncias.EQUILIBRAO: Processo de organizao das estruturas cognitivas num sistema coerente. Independente, que possibilita ao individuo a adaptao realidade. </p></li><li><p>Fase sensrio-motora de 0 aos 2 anosA partir de reflexos neurolgicos bsicos, o beb comea a construir esquemas de ao para assimilar mentalmente o meio. A inteligncia prtica. As noes de espao e tempo so construdas pela ao. O contato com o meio direto e imediato, sem representao ou pensamento. Exemplos: O beb pega objetos e leva-o at a boca. Aprimorando esses esquemas, capaz de ver um objeto, peg-lo e lev-lo a boca.</p></li><li><p>Crianas no cotidianowww.contruireincluir.blogsport.comhttp://www.kidsvitrine.com.br/2014/06/acidentes-domesticos-com-criancas-o.html</p></li><li><p>Estgio pr-operacional: dos 2 aos 7 anosTambm chamado de estgio da Inteligncia Simblica . Caracteriza-se, principalmente, pela interiorizao de esquemas de ao construdos no estgio anterior (sensrio-motor). A criana deste estgio: egocntrica, centrada em si mesma, e no consegue se colocar, abstratamente, no lugar do outro.No aceita a ideia do acaso e tudo deve ter uma explicao ( fase dos "por qus").J pode agir por simulao, "como se". Possui percepo global sem discriminar detalhes.Deixa se levar pela aparncia sem relacionar fatos. </p></li><li><p> www.caixasdedica.com.br</p><p>http://www.freewords.com.br/desenvolvimento-moral-na-crianca-segundo-piaget/</p></li><li><p>Estgio das operaes concretas dos 7 aos 12 anos</p></li><li><p>Este perodo coincide com parte dos anos em que se frequenta o ensino fundamental (6 aos 14 anos), momento marcado por grande aquisies intelectuais. E a criana desenvolve a capacidade de concentrao, em trabalhos individuais, e de colaborao ao se trabalhar em grupo.A criana desenvolve noes de tempo, espao, velocidade, ordem, casualidade, ..., j sendo capaz de relacionar diferentes aspectos e abstrair dados da realidade. No se limita a uma representao imediata, mas ainda depende do mundo concreto para chegar abstrao. desenvolve a capacidade de representar uma ao no sentido inverso de uma anterior, anulando a transformao observada.</p></li><li><p>Operatrio formal A representao agora permite a abstrao total. A criana no se limita mais a representao imediata nem somente s relaes previamente existentes, mas capaz de pensar em todas as relaes possveis logicamente buscando solues a partir de hipteses e no apenas pela observao da realidade. Em outras palavras, as estruturas cognitivas da criana alcanam seu nvel mais elevado de desenvolvimento e tornam-se aptas a aplicar o raciocnio lgico a todas as classes de problemas. </p></li><li><p>Aprendizagem repensando a educaoOs estudos de Piaget nos mostram que cada fase de desenvolvimento apresenta caractersticas e possibilidades de crescimento ocorridas por meio a maturao e de aquisio . O conhecimento dessas possibilidades pode possibilitar aos professores oferecer estmulos adequados a um maior desenvolvimento no aluno.</p><p>www.amigadapedagogia.blosport.com</p></li><li><p>ReferenciasPsicologia da aprendizagem: da teoria do condicionamento ao construtivismo/ Nelson Piletti, Solange Marques Rossato. 1. ed., reimpresso. So Paulo: Contexto 2013.http://www.freewords.com.br/desenvolvimento-moral-na-crianca-segundo-piaget/, acessado em 07 de junho de 2014 s 16h01min.www.caixasdedica.com.br, acessado em 07 de junho de 2014 s 16h13min.www.contruireincluir.blogsport.com, acessado em 07 de junho de 2014 s 16h11min.http://www.kidsvitrine.com.br/2014/06/acidentes-domesticos-com-criancas-o.html, acessado em 07 de junho de 2014 s 16h21min.http://pensador.uol.com.br/frases_de_jean_piaget/, acessado em 07 de junho de 2014 s 16h34 min.www.amigadapedagogia.com, acessado em 07 de junho de 2014 s 16h57min.</p></li><li><p>"Nasceu gente inteligente"Jean Piaget</p><p>****</p></li></ul>