Web 1x Web2

  • Published on
    06-Jul-2015

  • View
    539

  • Download
    0

Embed Size (px)

Transcript

  • 1. A origem da internet (Arpa) A comunicao via internet (protocolos) A criao da www e a popularizao da internet Os primeiros navegadores A internet no Brasil

2. 1995: www ganha o mundo e empresas pontocom crescem vertiginosamente. Papis destas empresas atingiam valores altos (valor de futuro) 2000: papis das empresas pontocom despencaram com o bug do milnio e a bolha estourou 3. Foi a primeira gerao de internet comercial. Seu grande trunfo era a quantidade de informaes disponveis; A web era um repositrio quase infinito de contedo, mas unilateral; Somente os responsveis por uma pgina podiam colocar informao na web; Os aplicativos da web 1.0 eram fechados. 1995 havia 10 mil pginas na web 4. O termo Web 2.0 se refere s pginas web cuja importncia se deve principalmente participao dos usurios. Este termo foi criado retroativamente para descrever as limitaes que caracterizaram o desenvolvimento inicial da rede, baseado no conceito de pginas Web e a exigncia de cadastramento prvio para acesso ao contedo da pgina 5. O termo Web 2.0 utilizado para descrever a segunda gerao da World Wide Web - tendncia que refora o conceito de troca de informaes e colaborao dos internautas com sites e servios virtuais. Sua essncia permitir que os usurios sejam mais que meros espectadores: eles so parte do espetculo. Os melhores sites so ferramentas para que os internautas gerem contedo, criem comunidades e interajam. Alguns, como a Wikipdia, possibilitam a construo coletiva do conhecimento. difcil lidar com o excesso de informao intil. 6. uma infra-estrutura comum, mediante a qual se pode compartilhar, processar e transferir informao de forma SENSVEL.Tal infra-estrutura faz com que as mquinas COMPREENDAM significados de informao, tornando o trabalho fcil e gil. 7. Uma rede de significados Informao classificada Hierarquia de dados Infra-estrutura ordenada Converter a rede em uma mega base de dados 8. Existe uma equipe chamada World Wide Web Consortium (W3C) que se dedica a melhorar, ampliar e padronizar o sistema e as linguagens da web. Publicaes e ferramentas esto sendo desenvolvidos. 9. Ela vai permitir: Realizar dedues lgicas Realizar inferncias Combinar informaes Gerar informaes novas a partir de uma referncia Realizar consultas complexas Automatizar processos 10. Efetivamente no. Mas h tentativas... Livraria on-line Amazon. Se voc compra regularmente na Amazon, os computadores do site interpretam suas preferncias e arriscam palpites sobre livros que voc gostaria de ler. 11. Efetivamente no. Mas h tentativas... Buscador 2.0 X 3.0 Tema: So Paulo+ time Google, encontra milhes de sites a partir de uma ou maispalavras-chave que voc tecla. Se voc teclar quot;So Pauloquot; equot;timequot; em busca de informaes sobre o clube no Google, eleapresentar todos os sites que contenham essas palavras.Mas no vai indicar aqueles que falam do So Paulo FutebolClube e no usam a palavra quot;timequot;. Radar Network O buscador da Radar avaliaria a relevnciados sites, a partir do contedo de cada pgina. Entraria emcada site e quot;compreenderiaquot; quando o assunto futebol. Comisso, ele saberia se a pgina trata de So Paulo como time oucidade. 12. Anos Ps- Futuro902003 13. Quantidade de Usurios so parte Inteligncia artificial informao do espetculo:- organizao e o disponvel 24 horasgeramuso mais inteligente por dia contedo, criam do conhecimento j FOCO: comunidades, interadisponvel na gemInternet.contedoFOCO:FOCO:usurioestruturas 14. Contedo era Excesso deMquina vai de mo informaestrabalhar nica, tipo inteissozinha e podebanco de errardados, exigia cadastramento 15. Privada PblicaPblica eprivada- contedo contedo - Lgica dodirigido eera pagocompartilha pago + mentocompartilha mento 16. Steve Jimmy Tim Case, donoWale, criador Berners-Lee da AOL, queda criou a www ecomprou awikipedia, aquer recri-la Time Warner enciclopdia tornando ememuma webconstruo semntica 17. Buscava BuscaBuscar conforto informao, pesquparticipao, quer e menor esforo.isa e praticidadeter acesso a Ser a era dos nos servios informao erobsoferecidos porajudar a construirnerds o contedo e compartilhar experincias 18. No apenas Um editor (sejaCapacidade semnticapermite queum site detorna um site maismuitos outros notcias ou umeficiente. Na comentem e site pessoal no pesquisa, se ter colaborem com oGeocities)respostas mais contedocolocava o precisas. O usurio publicado, como contedo num site poder fazer tambm permiteda Web para queperguntas ao seuque os usuriosmuitos outrosprograma e ele sercoloquem, eles lessem, mas a capaz de ajud-lo a mesmos, materialcomunicao entender mais suaoriginal.terminava a.necessidade. 19. Utilidade: Web sites no so mais depsitos isolados de informao com canais de comunicao de uma s via (um entre muitos), mas, ao invs disso, so fontes de contedo e funcionalidade, tornando-se assim plataformas de computao para oferecer aplicativos da Web aos usurios finais. 20. Compartilhamento: Um enfoque da criao e distribuio de contedos na Web caracterizada pela comunicao aberta, controle descentralizado, liberdade para compartilhar e recombinar contedos, bem como o desenvolvimento da ideia de mercado como uma conversa (muitos para muitos). 21. Banco de dados: ao desenvolver softwares que usam insumos da comunidade e interao com os usurios, sites como Wikipedia, MySpace, You Tube e Flickr criaram sofisticados armazns para estocagem de contedos sem produo prpria. 22. Os editores da Web esto criando plataformas ao invs de contedo. Os usurios esto criando contedo.Em 2006, a Web mundial tornou-se um instrumento que rene pequenas contribuies de milhes de pessoas e as torna importantes, explicou a Time. 23. Mdias Sociais So ferramentas online projetadas para permitir a interao social a partir do compartilhamento e da criao colaborativa de informao nos mais diversos formatos.Redes sociais So as relaes entre os indivduos na comunicao mediada por computador. Esses sistemas funcionam atravs da interao social, buscando conectar pessoas e proporcionar sua comunicao e, portanto, podem ser utilizados para forjar laos sociais. 24. Social Networking: Orkut, Facebook, linkedin, etc. Redes sociais temticas: Youtube, Flickr, Last.FM, MySpace, etc Redes de compartilhamento: Slideshare, E- Mule, Torrent, Wikipedia, etc. Microblogging: Twitter, Jaiku, etc. Comunicadores instantneos: messenger, skype, gtalk, etc Redes de interesse: Blogs, wikis, fruns, comunidades, etc. 25. Participao voluntria: a obrigatoriedade elimina a curiosidade e a possibilidade de pr- atividadeIsonomia: quando todos so iguais perante determinadas regrasAes coordenadas e decises compartilhadas: no h hierarquia mas no significa que no seja organizada h uma coordenao que orienta e todas as deciso so compartilhadas com o grupoSentimento de pertencimento: o participante se v como parte do grupo e importante para o grupoExistncia do objetivo comum: aquilo que rene o grupo, que motivou a participao no grupo 26. Tags: para catalogar ou apenas localizar contedos criados. Os tags so escolhidos informalmente e no pertencem a nenhum esquema de classificao formalmente definido.Isto chamado de folksonomiaTAGS = INDEXAO PERSONALIZADATaxionomia era a indexao por critrios cientficos, utilizada antes da web 2.0 27. ICEROCKET.COM Delicious.com TECHNORATI.COM 28. Uma nuvem de tags (do ingls tag cloud) um sistema automtico inserido num site para visualizar as tags mais usadas pelos visitantes da pgina. O cdigo do computador gera uma nuvem de tags e as exibe com uma fonte maior, conforme a frequncia de uso, permitindo que os usurios visualizem rapidamente o contedo principal relacionado a cada tag. 29. Escolher tema para pesquisa de blogs Acessar os trs sites de busca e exercitar busca simples e busca avanada (advanced) Fazer um relato curto no blog Tempo: 15 minutos Icerocket.comtechnorati.com Delicious.com 30. Entrar no blog individual Inserir uma nuvem de tags AparnciaComplementos Tempo: 5 minutos 31. Lanamento: 1998 Origem: Larry Page e SergeyBrin, colegas na universidade deStanford, decidem que um buscadorseria o grande desafio. Slogan: portal de buscas da web Desafio: se adaptar web semntica 32. Palavra Google, o que vem em mente? BUSCA GRATUITAComo sustentar um site de servio?PUBLICIDADE 33. Anunciante Soluo?AdSense O Google que no produzcontedos, mas apenas localiza, criouum mecanismo de anncio porpalavra-chave. A empresa definequanto ela paga cada vez que ousurio clicar, e o Google cobra porclique.GoogleUsurio 34. EmpresaAnuncia noGoogle Soluo? Usurio clicaGoogle AdSense no anncio e negocia comvai para o site terceiros da empresaSite/BlogRobs eletrnicos indexam contedo 35. 2005: Google divulgou uma receitapublicitria superior a seis bilhesde dlares 2006: o rendimento com anncios chegou a 10 bilhes de dlares. Tudo isto sem precisar contratar nenhum representante de vendas. (fonte: http://investor.google.com). 36. Busca eficiente Publicidade aberta e compartilhada Servios como gmail, RSS, Office Mapas, blogger, calendrioLarry Page Sergey Brin 37. Lanamento: fevereiro 2005 Origem: ex-funcionrios do PayPal, o banco online e financeira que impulsiona grande parte do comrcio do eBay. Slogan: Broadcast Yourself(Seja Um Comunicador) Desafio: respeitar os direitos autorais. Muitas pessoas se apropriam do contedo de outras pessoas. 38. Em junho de 2006, a NBCreduziu as resistnciasquando decidiu fazer umaparceria com o YouTube ecriou um canal oficial no sitepara exibio de clipes. Os usurios podem escolherentre os Mais Recentes, osTops, os Mais Vistos e Maisdiscutidos, e encontrarrapidamente o clipe de maiorsucesso do momento. Ouacessar apenas um doscanais Em outubro de 2006, a Googlecomprou o You Tube por 1.6bilhes de dlares em aes 39. Os usurios do Digg encontram contedo interessante em outro site online, depois submetem os links e sumrios considerao do Digg. Em seguida, outros usurios do