Ligacao nova alteracao_de_carga_para_unidades_em_via_publica

  • Published on
    18-Aug-2015

  • View
    13

  • Download
    5

Embed Size (px)

Transcript

  1. 1. Coordenao de Engenharia Gerncia de Planejamento da Expanso e Engenharia da Distribuio Diretoria de Distribuio LIGAO NOVA OU ALTERAO DE CARGA PARALIGAO NOVA OU ALTERAO DE CARGA PARALIGAO NOVA OU ALTERAO DE CARGA PARALIGAO NOVA OU ALTERAO DE CARGA PARA UNIDADES CONSUMIDORAS COMPREENDIDAS EMUNIDADES CONSUMIDORAS COMPREENDIDAS EMUNIDADES CONSUMIDORAS COMPREENDIDAS EMUNIDADES CONSUMIDORAS COMPREENDIDAS EM VIA PBLICAVIA PBLICAVIA PBLICAVIA PBLICA Condies de atendimentoCondies de atendimentoCondies de atendimentoCondies de atendimento
  2. 2. 1Ligao nova ou alterao de carga para unidades consumidoras compreendidas em via pblica LIGAO NOVA OU ALTERAO DE CARGA PARA UNIDADES CONSUMIDORASLIGAO NOVA OU ALTERAO DE CARGA PARA UNIDADES CONSUMIDORASLIGAO NOVA OU ALTERAO DE CARGA PARA UNIDADES CONSUMIDORASLIGAO NOVA OU ALTERAO DE CARGA PARA UNIDADES CONSUMIDORAS COMPREENDIDAS EM VIA PBLICACOMPREENDIDAS EM VIA PBLICACOMPREENDIDAS EM VIA PBLICACOMPREENDIDAS EM VIA PBLICA Condies deCondies deCondies deCondies de atendimentoatendimentoatendimentoatendimento 1111 ---- IntroduoIntroduoIntroduoIntroduo A presente Instruo tem por finalidade estabelecer as condies mnimas de projeto e execuo para atendimento a unidades consumidoras compreendidas em via pblica em complemento as especificaes tcnicas contidas na RegulameRegulameRegulameRegulamentao para fornecimento de energia eltrica emntao para fornecimento de energia eltrica emntao para fornecimento de energia eltrica emntao para fornecimento de energia eltrica em baixa tensobaixa tensobaixa tensobaixa tenso RECONRECONRECONRECON----BTBTBTBT. 2222 ---- Condies GeraisCondies GeraisCondies GeraisCondies Gerais O atendimento a quaisquer unidades consumidoras localizadas em via pblica dar-se- somentesomentesomentesomente mediante a apresentao prvia de autorizao do rgo pblico competente para o exerccio da atividade e da ocupao do espao pblico, e de licena especfica, quando necessria, para o emprego de poste particular / padro de ligao diretamente na via pblica. A solicitao de ligao deve ser tratada pelo prprio interessado, ou, se desejado, por profissional ou firma devidamente habilitados pelo CREA-RJ, autorizado pelo consumidor para tratar dos servios tcnicos junto Light. A determinao da demanda em funo da carga instalada e o respectivo dimensionamento do padro de ligao (materiais e equipamentos), em funo da demanda calculada, devem ser estabelecidos considerando os mtodos e especificaes contidas na RECON-BT. Notas:Notas:Notas:Notas: a.a.a.a. Por tratar-se de ligao em via pblica deve ser sempresempresempresempre apresentada ART (AnotaART (AnotaART (AnotaART (Anotao deo deo deo de Responsabilidade Tcnica)Responsabilidade Tcnica)Responsabilidade Tcnica)Responsabilidade Tcnica) devidamente quitada pelo responsvel tcnico habilitado pelo CREA- RJ; b.b.b.b. Esta instruo tcnica contempla os padres de medio em via pblica para demandas de at 23,2kVA com proteo geral de at 70A, para os casos em que for solicitada uma demanda superior, a aprovao do padro de medio deve ser analisada pontualmente, observados os limites de atendimento fixados pela RECON-BT;
  3. 3. 2Ligao nova ou alterao de carga para unidades consumidoras compreendidas em via pblica 3333 ---- Tipos de ligaes em via pblicaTipos de ligaes em via pblicaTipos de ligaes em via pblicaTipos de ligaes em via pblica 3.13.13.13.1 ---- MobilirioMobilirioMobilirioMobilirio urbano (Bancas de jornalurbano (Bancas de jornalurbano (Bancas de jornalurbano (Bancas de jornal, quiosques, quiosques, quiosques, quiosques etc.)etc.)etc.)etc.) O atendimento poder ser feito atravs de rede de distribuio rea ou subterrnea, sempre em tenso de fornecimento de 220/127 V, observados os limites de atendimento fixados pela RECON-BT. Para os casos onde a unidade consumidora se encontrar do mmmmesmo lado da rede deesmo lado da rede deesmo lado da rede deesmo lado da rede de distribuio areadistribuio areadistribuio areadistribuio area, o ponto de ancoragem do ramal de ligao deve ser feito atravs de poste particular de ao com altura de 6 metros6 metros6 metros6 metros e carga nominal de 100 daN100 daN100 daN100 daN, sendo este instalado sempresempresempresempre junto unidade consumidora. Para os casos onde a unidade consumidora se encontrar do lado oposto da rede delado oposto da rede delado oposto da rede delado oposto da rede de distribuio areadistribuio areadistribuio areadistribuio area, o ponto de ancoragem do ramal de ligao deve ser feito atravs de poste particular de ao com altura de 7,5 metros7,5 metros7,5 metros7,5 metros e carga nominal de 100 daN100 daN100 daN100 daN, sendo este instalado sempresempresempresempre junto unidade consumidora. Para os casos onde a unidade consumidora for atendida atravs de rede de distribuiorede de distribuiorede de distribuiorede de distribuio subterrneasubterrneasubterrneasubterrnea, a caixa de medio deve ser fixada em poste particular de ao com altura de 6 metros6 metros6 metros6 metros e carga nominal de 100 daN100 daN100 daN100 daN,,,, ou instalada sobreposta a estrutura da unidade. Neste caso entre a caixa de medio e o solo, a fim de garantir a interligao do ramal de ligao subterrneo, deve ser instalado eletroduto de PVC rgido de 2. Caixa para medio:Caixa para medio:Caixa para medio:Caixa para medio: Ligao em rede de distribuio aLigao em rede de distribuio aLigao em rede de distribuio aLigao em rede de distribuio arearearearea utilizar caixa de medio com Lente monofsica (CLM) ou Polifsica (CLP) fixada diretamente no poste particular de ao (exemplo 4.1). Ligao em rede de distribuio subterrneaLigao em rede de distribuio subterrneaLigao em rede de distribuio subterrneaLigao em rede de distribuio subterrnea utilizar caixa de medio (CM1 ou CM3) sobreposta estrutura da unidade (exemplo 4.2) ou utilizar caixa de medio com Lente monofsica (CLM) ou Polifsica (CLP) fixada diretamente no poste particular de ao (exemplo 4.4). NotaNotaNotaNota:::: a.a.a.a. A caixa para disjuntor de proteo geral (CDJ1 ou CDJ3)A caixa para disjuntor de proteo geral (CDJ1 ou CDJ3)A caixa para disjuntor de proteo geral (CDJ1 ou CDJ3)A caixa para disjuntor de proteo geral (CDJ1 ou CDJ3) deve ser instalada preferencialmente na parte interna da unidade consumidora.
  4. 4. 3Ligao nova ou alterao de carga para unidades consumidoras compreendidas em via pblica 3.23.23.23.2 ---- Consumidores que no possurem uma estrutura fixa e permanenteConsumidores que no possurem uma estrutura fixa e permanenteConsumidores que no possurem uma estrutura fixa e permanenteConsumidores que no possurem uma estrutura fixa e permanente O atendimento poder ser feito atravs de rede de distribuio rea ou subterrnea, sempre em tenso de fornecimento de 220/127 V, observados os limites de atendimento fixados pela RECON-BT. Os mesmos devero obter uma autorizao explcita do rgo pblico competenteautorizao explcita do rgo pblico competenteautorizao explcita do rgo pblico competenteautorizao explcita do rgo pblico competente indicando no s o permetro em que devem exercer suas atividades, mas tambm indicando o ponto onde o consumidor deve preparar seu padro de ligao. Para os casos onde a unidade consumidora se encontrar do mesmo lado da rede demesmo lado da rede demesmo lado da rede demesmo lado da rede de distribuio areadistribuio areadistribuio areadistribuio area, o ponto de ancoragem do ramal de ligao deve ser feito em poste particular de ao com altura de 6 metros6 metros6 metros6 metros e carga nominal de 100 daN100 daN100 daN100 daN. Para os casos onde a unidade consumidora se encontrar do lado oposto da rede delado oposto da rede delado oposto da rede delado oposto da rede de distribuio areadistribuio areadistribuio areadistribuio area, o ponto de ancoragem do ramal de ligao deve ser feito atravs de poste particular de ao com altura de 7,5 metros7,5 metros7,5 metros7,5 metros e carga nominal de 100 daN100 daN100 daN100 daN. Para os casos onde a unidade consumidora for atendida atravs de rede de distribuiorede de distribuiorede de distribuiorede de distribuio subterrneasubterrneasubterrneasubterrnea, a caixa de medio deve ser fixada em poste particular de ao com altura de 6 metros6 metros6 metros6 metros e carga nominal de 100 daN100 daN100 daN100 daN. Caixa de medio:Caixa de medio:Caixa de medio:Caixa de medio: Ligao em rede de distribuio aLigao em rede de distribuio aLigao em rede de distribuio aLigao em rede de distribuio arearearearea utilizar caixa de medio com Lente monofsica (CLM) ou Polifsica (CLP) fixada diretamente no poste particular de ao (exemplo 4.3). Ligao em rede de distribuio subterrneaLigao em rede de distribuio subterrneaLigao em rede de distribuio subterrneaLigao em rede de distribuio subterrnea utilizar caixa de medio com Lente monofsica (CLM) ou Polifsica (CLP) fixada diretamente no poste particular de ao (exemplo 4.4). NotasNotasNotasNotas:::: a.a.a.a. A caixa para disjuntor de proteo geral (CDJ1 ou CDJ3)A caixa para disjuntor de proteo geral (CDJ1 ou CDJ3)A caixa para disjuntor de proteo geral (CDJ1 ou CDJ3)A caixa para disjuntor de proteo geral (CDJ1 ou CDJ3) deve ser fixada diretamente no poste particular de ao.
  5. 5. 4Ligao nova ou alterao de carga para unidades consumidoras compreendidas em via pblica 3.33.33.33.3 ---- Fiscalizao EletrnicaFiscalizao EletrnicaFiscalizao EletrnicaFiscalizao Eletrnica O atendimento poder ser feito atravs de rede de distribuio rea ou subterrnea, sempre em tenso de fornecimento de 220/127 V, observados os limites de atendimento fixados pela RECON-BT. Para os casos onde a unidade consumidora se encontrar do mesmo lado da rede demesmo lado da rede demesmo lado da rede demesmo lado da rede de distribuio areadistribuio areadistribuio areadistribuio area, o ponto de ancoragem do ramal de ligao deve ser feito em poste particular de ao com altura de 6 metros6 metros6 metros6 metros e carga nominal de 100 daN100 daN100 daN100 daN, ou na prpria estrutura da fiscalizao eletrnica (ver nota b