Liderança segundo o monge e o executivo

  • Published on
    29-Jun-2015

  • View
    2.504

  • Download
    10

Embed Size (px)

DESCRIPTION

O livro o Monge e o Executivo foi um sucesso de vendas, alcanando mais de 5 milhes de cpias vendidas, sendo 80% no Brasil. O livro trabalha uma srie de conceitos sobre liderana, utilizando uma linguagem romanceada. A histria apresenta a vida de John, um executivo com problemas no emprego e em casa, que aconselhado a participar de um retiro em um conhecido mosteiro da regio. L, ele descobre que o seu professor ser um conhecido CEO que, aps a morte da esposa, resolveu largar tudo e ingressar na vida monstica. No curso, em dilogos s vezes exasperados com um sargento do exrcito, um pastor, uma treinadora de basquete, uma enfermeira e uma diretora de escola pblica, o executivo aprende uma nova forma de ver a vida e o trabalho, confrontando seus medos e valores at chegar a um momento de clmax. O uso deste material livre, mantendo-se a referncia autoral. Feedback sempre bem vindo. Compartilhe-o vontade.

Transcript

  • 1. O MONGEE O EXECUTIVOPr. Andr Falco

2. Este curso visa explorar o conceito de liderana contido nas obras de James C. Hunter.Este primeiro material resume todo o contedo apresentado pelo autor no livro O Monge e o Executivo, livro com mais de 5 milhes de cpias vendidas, sendo 80% somente no Brasil.O livro possui como ideias centrais:Liderana ESSENCIAL ao exerccio de qualquer atividade.Sem liderana, os ERROS so mais comuns e com piores CONSEQUNCIAS.Liderar para TODOS, e no somente para uma ELITE. 3. O que ...LIDERANA? 4. Chefia no liderana 5. Ditadura no liderana 6. Segundo o monge, LIDERANA :A HABILIDADE...de INFLUENCIAR PESSOAS...para TRABALHAREM ENTUSIASTICAMENTE...visando atingir aos OBJETIVOS identificados...como sendo para o BEM COMUM. 7. Liderana uma habilidade pois pode ser APRENDIDA. Apesar de haver lderes natos, TODOS podem desenvolver, pela necessidade ou circunstncia, as qualidades que tornam uma pessoa um lder. 8. Liderana uma habilidade de INFLUENCIAR PESSOAS. Ela envolve levar um grupo a lutar por algo em que acredita, sem uso do poder, mas sim com uso de autoridade, viso e foco no objetivo. 9. Para entendermos o conceito anterior, precisamos diferenciar poder e autoridade:PODER a faculdade de forar ou coagir algum a fazer sua vontade, por causa de sua posio ou fora, mesmo que a pessoa preferisse no o fazer.AUTORIDADE a habilidade de levar as pessoas a fazerem de boa vontade o que voc quer por causa de sua influncia pessoal. 10. Caractersticas de uma pessoa com autoridade:Honestidade, confiabilidadeBom exemploCuidadoCompromissoBom ouvinteConquista a confiana das pessoasTrata as pessoas com respeitoEncoraja as pessoasAtitude positiva e entusisticaGosta de pessoasTodas so comportamentos, e comportamento ESCOLHA. 11. Liderana uma habilidade de influenciar pessoas para TRABALHAREM ENTUSIASTICAMENTE. O resultado de uma liderana slida a motivao para alcance dos objetivos propostos. 12. Liderana visa alcanar os OBJETIVOS identificados para o BEM COMUM. Compromisso e sacrifcio pessoal costumam transparecer como consequncia de uma boa liderana. 13. Ao trabalhar com pessoas e conseguir que as coisas se faam atravs delas, sempre haver duas dinmicas em jogo: a TAREFA e o RELACIONAMENTO. O lder deve manter o equilbrio ao lidar com ambos os aspectos, pois se focar em apenas um, ter problemas. 14. O foco apenas no trabalho gera rotatividade, rebelies, m qualidade de trabalho, baixo compromisso e baixa confiana.O foco apenas no relacionamento gera perda de desempenho e ineficincia. 15. Como modelo de liderana, o autor apresenta uma pirmide invertida. Na base, est a vontade, que faz as pessoas escolherem amar o prximo, sentindo suas necessidades, no desejos. Para atend-las, precisamos nos sacrificar e servir ao outro. Ao fazer isso, exercemos influncia, que gera a autoridade necessria para liderar. 16. O que a liderana tem a ver com...AMOR? 17. AMOR: Nem sempre podemos controlar o que sentimos em relao a outra pessoa, mas podemos controlar como nos comportamos em relao a outras pessoas.As caractersticas bblicas do amor, conforme 1 Co. 13:PacinciaBondadeHumildadeRespeitoGenerosidadePerdoHonestidadeCompromisso 18. PACINCIA: Mostrar autocontrole em face da adversidade. 19. BONDADE: Dar ateno, apreciao, incentivo. 20. HUMILDADE: Ser autntico, sem pretenso, orgulho ou arrogncia. 21. RESPEITO: Tratar as pessoas como sendo importantes. 22. GENEROSIDADE: Satisfazer as necessidades dos outros. 23. PERDO: Desistir do ressentimento quando enganado. 24. HONESTIDADE: Ser livre de engano. 25. COMPROMISSO: Ater-se s suas escolhas. 26. Para LIDERAR preciso AMAR AO PRXIMO:Colocar nosso prximo em PRIMEIRO LUGAR;Estar atento s suas NECESSIDADES;Preocupar-se com seu BEM ESTAR como nos preocupamos com o NOSSO; 27. A importncia do AMBIENTE 28. Todo lder deve CULTIVAR um AMBIENTE saudvel para as pessoas CRESCEREM e terem SUCESSO. 29. A atitude de CULTIVAR (achar a terra, arar, semear, regar e eliminar ervas daninhas) do lder. O CRESCIMENTO, porm, depende do outro. O lder apenas AJUDA no processo de crescimento. 30. Na sociedade, este cultivo depende de vrias circunstncias:PACINCIASaldo bancrioResponsabilidadeNormatizaoMotivao 31. Na sociedade, este cultivo depende de vrias circunstncias:PacinciaSALDO DA CONTA BANCRIA RELACIONALResponsabilidadeNormatizaoMotivao 32. Na sociedade, este cultivo depende de vrias circunstncias:PacinciaSaldo bancrioRESPONSABILIDADE INDIVIDUALNormatizaoMotivao 33. Na sociedade, este cultivo depende de vrias circunstncias:PacinciaSaldo bancrioResponsabilidadeNORMATIZAO DO COMPORTAMENTOMotivao 34. Na sociedade, este cultivo depende de vrias circunstncias:PacinciaSaldo bancrioResponsabilidadeNormatizaO DO COMPORTAMENTOMOTIVAO 35. E como a liderana...COMEA? 36. A liderana comea com uma ESCOLHA. Isso envolve encarar as tremendas RESPONSABILIDADES que assumiremos de frente e alinhar as AES com as BOAS INTENES. 37. Alguns tentam dizer que nossas escolhas esto predeterminadas, pela gentica ou ambiente, porm vemos exemplos claros do oposto. 38. Vivemos uma crise de responsabilidade hoje. Em vez das pessoas assumirem suas falhas, preferem colocar a culpa nos outros. 39. Reponsabilidade = Resposta + HabilidadeSignifica a habilidade do homem de selecionar a forma como responder a um estmulo. 40. O modo de ser das pessoas depende das DECISES, e no das CONDIES. 41. A DISCIPLINA, que nos ajuda na jornada, a opo por APRENDER algo que NO NATURAL, tornando-o um HBITO. 42. Estgios necessrios para se adquirir um novo hbito ou habilidade:INCONSCIENTE e SEM HABILIDADECONSCIENTE e SEM HABILIDADECONSCIENTE e COM HABILIDADEINCONSCIENTE e COM HABILIDADE 43. Estgios necessrios para se adquirir um novo hbito ou habilidade:INCONSCIENTE e SEM HABILIDADECONSCIENTE e SEM HABILIDADECONSCIENTE e COM HABILIDADEINCONSCIENTE e COM HABILIDADE 44. Estgios necessrios para se adquirir um novo hbito ou habilidade:INCONSCIENTE e SEM HABILIDADECONSCIENTE e SEM HABILIDADECONSCIENTE e COM HABILIDADEINCONSCIENTE e COM HABILIDADE 45. Estgios necessrios para se adquirir um novo hbito ou habilidade:INCONSCIENTE e SEM HABILIDADECONSCIENTE e SEM HABILIDADECONSCIENTE e COM HABILIDADEINCONSCIENTE e COM HABILIDADE 46. Lies finaisPara melhorar sua liderana, necessrio DISCIPLINA.SACRIFCIO E ESFORO so consequncias deste caminho.Talvez voc tenha que fazer ESCOLHAS difceis nesta caminhada.A dedicao e o trabalho duro para liderar com autoridade traro RECOMPENSAS, como INFLUNCIA, PROPSITO.As pessoas aderem aos LDERES, antes de aderirem MISSO.Liderar por autoridade envolve RISCO e tem como benefcio FAZER A DIFERENA na vida de outras pessoas.A REGRA DE OURO deve balizar nossa liderana.Liderar para os outros traz ALEGRIA. 47. Autor dos slides:Pr. Andr FalcoGraduado em Teologia, Ps graduado em Teologia Bblica e Sistemtica Pastoral e MBA em Teologia Prtica pelo Seminrio Teolgico Batista do Sul do BrasilSiga no twitter: @prandrefalcao 48. Voc gostou destes slides?Ento compartilhe-os!!!Ajude outras pessoas a descobrir o lder que h dentro delas!!