O Foco 157

  • Published on
    07-Nov-2014

  • View
    1.552

  • Download
    2

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Transcript

<ul><li> 1. ANO X / EDIO 157 28 DE NOVEMBRO A 04 DE DEZEMBRO DE 2009 www.agenciapress.net PSDB X CORREGEDORIA ANALISAR MARCONI EVANDRO PERILLO MAGAL POSSIVEL QUEBRA DE DECORO O BENFEITOR Segundo resoluo do Tri- Ao participar ontem, em bunal Superior Eleitoral Ipameri, do V Congresso Be- (TSE), apenas quatro ca- neficente de Mulheres Evan- sos salvariam os mandados glicas, o senador Marconi do poltico que trocou de Perillo (PSDB) foi recebido partido: perseguio polti- como benfeitor de Gois. A ca; fuso ou incorporao ex-prefeita do municpio e de siglas; criao de um atual suplente de deputado novo partido ou ainda mu- estadual Lamis Cosac dana de projeto no parti- (PSDB), ao falar aos partici- do abandonado. O enten- pantes do congresso, desta- dimento da meritssima cou os avanos que os dois de que seja realmente pre- governos de Marconi propor- ciso arrolar as testemu- cionaram a Gois. Para nhas, para que se esclare- Lamis, no h dvida de que am as possveis dvidas Marconi Perillo entrou para processuais e a Justia pos- a histria como um dos gran- sa julgar eximiamente o li- des administradores pblicos de Gois. Pg: 04 Pg: 03 Pg: 05 </li> <li> 2. 2 28 DE NOVEMBRO A 04 DE DEZEMBRO DE 2009 EDITORIAL CRISTAL, A NOVA BOMBA NO DESANIMAR NUNCA! res no aponta os dados, As autoridades envolvi- duz desemprego, desagre- H poucos dias me deparei com um amigo que no para- das no combate aos en- ga famlias, tolhe o futuro mas estima-se que sejam va de reclamar da vida, parece at que ele encarnava a torpecentes esto per- de milhares de pessoas. outros 150 mil. como se famosa Lei de Murphy, que defende que se alguma coisa dendo a luta para as dro- Como nas outras substn- a quarta maior cidade de pode dar errado, vai dar. Tipo aquelas pessoas que aze- gas, mas no por serem cias, tambm nas drogas Gois fosse habitada ape- dam qualquer conversa ou encontro com afirmaes nada pequenos o esforo e a permitidas h uma esca- nas por zumbis. positivas, como: se eu lavo o carro de manh, chove competncia. A questo lada: comea com o Para agravar o j tarde; se vai para a cama mais cedo, o telefone toca; a mistura entre facili- chopinho acompanhado gravssimo quadro, surge gram so encontrveis na se deixa cair um pedao de po, a parte com manteiga dade para encontrar os dos amigos nos churras- uma droga que consegue farmcia ou no mercado cai sempre para baixo; se leva o carro para o mecni- produtos, o poder co de fim de semana, logo ser mais devastadora e da esquina. H quem co- co ver, na hora o carro no aparenta o problema; quan- viciante, a variedade de est bebendo tambm nos mais barata que o crack. mece a procur-la para do tudo est bom, cuidado, sinal de problema ali na preos e a impunidade dias teis, passa para a o cristal, uma emagrecer ou como esti- frente, ou seja, pessimismo o lema! generalizada, que livra o pinga e da para a doena metanfetamina tambm mulante sexual. Quando O mundo est infelizmente recheado desse tipo de pes- usurio por falta de lei e uma questo de meses, chamada de vidro e percebe, resta apenas o soa que no consegue ver soluo para nada e ainda por o traficante por falta de poucos meses. No se gelo. O prprio dicion- cadver. Com poucos cima quer convencer os outros que est com a razo. E o estrutura do poder pbli- quer dizer aqui que todos rio Aurlio define meses de uso, os dentes perigo se torna maior visto que algumas pessoas acabam co. Outro problema a os consumidores de cer- metanfetamina como ficam podres e caem. O dando ouvidos s convices pessimistas. Temos que ter variedade em substnci- veja sejam alcolatras ou substncia cristalina, in- corpo envelhece um ms cuidado para no nos deixarmos contaminar por este v- as e preos. Tem muito caminhem, trpegos, para color, derivda da para cada dia de consu- rus, pois o nosso futuro depende de como nos comporta- dinheiro? P. Tem mais isso. No. Este texto anfetamina. E adverte: mo. No auge do transe, o mos frente s situaes problemticas que aparecem di- ou menos? Maconha. apenas um alerta. como a anfetamina, usa- usurio sente que baratas ante de ns. Tem s uns troquinhos? Das drogas ilcitas, a cam- da em medicina (e tam- esto andando sob sua Por este motivo, fundamental saber como enfrentar os Crack ou merla. Quan- pe em preferncia a bm ilicitamente) como pele e, para se livrar da desafios que esto vindo com cada vez mais fora para do os combatentes do mesma que lidera o anorxico e estimulante. aflio, arranca postas da derrubar-nos. Geralmente quando estamos enfrentando setor esto se acostu- ranking da destruio do O cristal cinco vezes prpria carne. um desafio, esquecemos de olhar para o lado ou para mando com uma aber- organismo, o crack. O mais forte que a cocana, Intil torcer para o cristal cima em funo de ficarmos com a cabea baixa, olhan- rao, surge algo mais psiquiatra Paulo Soares, mais barato que o crack ou qualquer outra nova do estritamente para o problema, tentando resolv-lo avassalador ainda. pesquisador que estuda e vicia mais que herona. droga passar longe daqui. nossa maneira, enquanto que na maioria das vezes a so- Claro, a droga mais usa- dependentes qumicos em O crack, at onde se Deve-se preparar o arse- luo est do seu lado, ou no alto, e voc no v. Essa da no Brasil inteiro, de Gois, revela uma estats- sabe, ainda no chegou ao nal para combat-la, sem uma atitude muito curiosa, visto que literalmente o olhar Caldas Novas a gua tica assombrosa: o nme- Brasil. Pelo ritmo de suas baixar as armas contrri- para o lado e para cima faz um bem enorme para a sa- Limpa, de Morrinhos a ro de goianienses viciados congneres anteriores, as s demais. de, pois provoca o to importante relaxamento, pea fun- Catalo, a cerveja. A em crack mais de 300 deve desembarcar logo. damental para obter respostas para o dia-a-dia. Na parte bebida alcolica uma vezes maior que h cinco Tudo associado a ela Demstenes Torres comportamental, a atitude de olhar para o lado e para droga lcita, mas por ser anos. Na Capital, segun- bombstico. fcil de procurador de Justia e cima traz uma incrvel sensao de que no estamos so- lcita no deixa de ser do seus relatrios, so 50 manipular, pois os produ- senador (twitter.com/ zinhos na batalha. Quantos amigos esto ao nosso lado, e droga. O alcoolismo pro- mil. No interior, dr. Soa- tos qumicos que a inte- demostenes_go) quanto poder tem o nosso Deus que est l em cima, ansioso por receber um pedido nosso para mostrar o seu infinito amor. Por isso, na hora de ir de encontro com as suas lutas, no v com a certeza de que j perdeu, no d ouvidos aos pessimistas, busque novas fontes de energia e nunca desanime, pois no vale a pena. QUASAR CIA DE DANA FAR Teresa Cristina (Teka), Editora e Produtora Executiva APRESENTAO EM CALDAS NOVAS FRASES DA SEMANA! Faltei duas sesses no ano pra fazer quimioterapia... no sou como uma vereadora que falta para colocar botox na cara e enchimento na bunda. (Vereadora Silvnia Fernandes) Tem gente que to pobre, mas to pobre, que s tem dinheiro. (Vereador Evando da Cruz) A Diretora da Quasar Cia de Dana, Vera Bicalho, juntamente com a produtora da companhia, Marci, estiveram em Caldas Novas na tera-feira, 17 de novembro, com a Diretora Municipal de Cultura, Adriana O preo da imparcialidade conviver com a medio- Dias, para acertar detalhes do espetculo que acontece no prximo dia 28 de novembro, no Centro de Conven- cridade de quem no entende o sentido da palavra. es do Municpio. (Radialista Adriana Mota) A apresentao faz parte de um projeto do Ministrio do Turismo, do qual a QUASAR faz parte. Eles fazem um circuito de apresentaes nas cidades do interior de Gois, com o objetivo de levar espetculos, das No tenho medo de ningum, nem de vereadora, nem metrpoles brasileiras, para mais perto do nosso interior, possibilitando populao maior acesso cultura. do zorro e nem do Batman tambm. A Prefeitura Municipal de Caldas Novas apia o projeto e abre as portas para receber este grupo de renome (Vereador Andr Rocha) internacional proporcionando cidade opo de entretenimento, cultura e educao. A entrada franca e os ingressos estaro disposio para os interessados a partir do dia 25 de novembro na O Brasil um paraso de pedfilos. Sede da Secretaria Municipal de Cultura, na Secretaria Municipal do Turismo e na Secretaria Municipal de (Senador Magno Malta) Educao. (Fonte: SECOM) www.agenciapress.net ABRANGNCIA Caldas Novas, Morrinhos, Rio Quente, Piracanjuba, Pontalina, Jovinia, Dorothi Domingues Agncia Press Teresa Cristina (Teka) Vicentinpolis, Panam, Goiatuba, Bom Jesus, Itumbiara, Buriti Alegre, DIRETORA GERAL EDITORAO/ DIAGRAMAO JORNALISTA/PRODUTORA gua Limpa, Marzago, Corumbaba, Goiandira, Ouvidor, Nova Aurora, drdomingues@terra.com.br agenciapress@terra.com.br EXECUTIVA - DRT 3514 (MTB) Catalo e Goinia. MATRIAS PAGAS, ARTIGOS ASSINADOS E PUBLICADOS NESTE JORNAL, NO REPRESENTAM NECESSARIAMENTE A OPINIO DA DIRETORIA E SO DE INTEIRA RESPONSABILIDADE DOS AUTORES. </li> <li> 3. 28 DE NOVEMBRO A 04 DE DEZEMBRO DE 2009 3 DENNCIA DE QUEBRA DE DECORO SER FOCO POLTICO ANALISADA POR CORREGEDORIA INIMIGA? Comisso Processante instalada na ltima semana desfeita e a possvel prtica de decoro parlamentar dever agora ser analisada pela Corregedoria da Cmara Municipal de Caldas Novas A vereadora Magda Mofatto (PTB) tratada como uma espcie de inimiga pblica nmero um por Ao findar o prazo estipula- seus pares. Em quase um ano de mandato, no con- tambm a troca de tiros com do pela Cmara Municipal seguiu ser ouvida de fato em nenhum projeto. Tudo a Polcia Militar, fato este, de Caldas Novas (24/11) o que apresenta em plenrio derrubado, s ve- registrado oficialmente em para que pudesse ser pro- zes sem ao menos se apreciar o mrito da ques-...</li></ul>