Artigo 3

  • Published on
    18-Nov-2014

  • View
    45

  • Download
    5

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Transcript

  • 1. [ Relaes Trabalhistas ] Por que apoiar o demitido na continuao da carreira? Marcio Bamberg headhunter. Patrocnio: LEME CONSULTORIA www.lemeconsultoria.com.br comum empresrios pensarem que, montando um pacote amortecedor da demisso, o tal cala-boca, composto de um valor em dinheiro extra exigncia legal mais extenso de benefcios por um espao de tempo, resolve-se o problema do colaborador demitido. Contudo, a coisa muito mais complexa. O rompimento de uma carreira sempre uma situao traumatizante. E para os dois lados. Sem dvida, o pacote indenizatrio ameniza temporariamente o abalo emocional e a profunda sensao de perda causada pela demisso. Mas ao se defrontar com a realidade do mercado de trabalho, que vo se aflorar as dificuldades para o demitido. Vamos examin-las. Embora o mercado de trabalho esteja aquecido com a retomada da atividade econmica, o demitido vai esbarrar com um grande nmero de profissionais qualificados desempregados, frutos dos programas de reengenharia, downsing e da chamada dcada perdida da economia brasileira. E esta gente estar disputando as mesma posies com ele. Em geral, os profissionais demitidos exibem longo tempo de permanncia no emprego. A proteo oferecida pela "gaiola de ouro" da empresa embota a sua percepo mundo. A janela com que enxergam a vida exterior muito estreita. Freqentemente, por fidelidade empresa e pelo conforto da rotina, eles recusaram convites de headhunters para examinar novas propostas de emprego. E o mercado de trabalho simplesmente virou de pernas para ar nos ltimos anos. Como ele vai encontrar a nova ocupao antes de se esgotarem as suas reservas? Demitir uma tarefa desagradvel, difcil de ser conduzida. Porm, uma tarefa cuja freqncia aumentou em funo das aceleradas mudanas por que passam os negcios, traduzidas pela globalizao da economia, avanos tecnolgicos, acirramento da concorrncia, fuses, incorporaes e privatizaes de empresas, relocao e fechamento de unidades, queda da fidelidade entre empregador e empregado. Da ento ter surgido o outplacement, criado pelas economias de mercado do mundo ocidental para fazer frente crescente mobilidade de pessoal. O outplacement real Atual, existe no mercado um largo nmero de consultorias que oferecem servios de outplacement, na sua maioria a pessoas fsicas, aproveitamento a atual mar de desemprego. Como em qualquer atividade humana, existem empresas mais ou menos idneas, com nveis variados de competncia e qualidade de servios. Diante disso, antes de avanarmos em nossas consideraes, vamos conceituar claramente o que outplacement. Existe nos Estados Unidos a AOCFI (The Association of Placement Consulting Firms International), entidade que regula a atividade internacionalmente. Segundo ela, outplacement deve ser definido como o processo estruturado em bases profissionais, destinado a apoiar o empregado demitido a abordar o mercado de trabalho de modo organizado e disciplinado, e assim obter uma nova ocupao do menor espao de tempo possvel, promovendo uma transio como o mnimo de trauma e stress. Como existe concordncia dos autores com essa definio, vamos desdobr-las em seus vrios aspectos e benefcios para a empresa patrocinadora de outplacement e para o demitido. Comecemos pelo chamado employability. Employability O conceito de employability, capacidade de emprego, tem sido uma das saudveis discusses no meio empresarial quanto administrao de recursos humanos. Por meio dele, a empresa avalia suas condies de atrair os talentos adequados aos seus quadros, as oportunidades que oferece para o crescimento profissional, as polticas de gesto de RH, inclusive as de terminao de carreira, salrios e benefcios, seus produtos e servios, sua imagem pblica, entre outros valores.
  • 2. Resumindo, estes so os fatores que tornam a empresa empregvel, atraente como ofertante de emprego na percepo da comunidade em que opera. Pelo lado do empregado, ns, orientadores de carreira, enfatizamos que employability significa a necessidade da constante reviso da sua bagagem de competncias, habilidades e atitudes, sua atualizao e reciclagem de conhecimentos, de modo que seu produto profissional continue atraente para o mercado. Enfim, que o profissional seja empregvel nas empresas do segmento em que ele milita. Sob a ptica da capacidade de empregar, o outplacement beneficia as duas partes. Para a empresa, revela uma atitude de responsabilidade social para com a sua fora de trabalho, ao lhe oferecer um apoio na religao carreira. Alm do aspecto humano da questo, o outplacement acalma os empregados remanescentes, previne boatos no mercado e problemas com sindicatos e entidades de classe, evita comentrios desfavorveis na empresa e arranhes na sua imagem pblica, preservando a sua empregabilidade. Para o empregado, sob a orientao e estmulo de um profissional especializado, ele vai ter a oportunidade de revisar sua carreira, buscar os meios para a sua reengenharia pessoal, localizar seus novos caminhos, e assim, continuar empregvel. Publicado em 18/12/2001 no www.RH.com.br. Os textos publicados no representam, necessariamente, a opinio dos responsveis pelo site RH.com.br. Todos os direitos reservados. expressamente proibida qualquer reproduo. atodigital.com